Arquivos do Blog

Portuguesa 3 x 0 Palmeiras – BR12

Difícil explicar uma derrota como essa. Por isso, nem vou tentar. Nunca fui mesmo de analisar jogos e de apontar os erros e acertos, ou de dar nota pros jogadores. Se fosse fazer isso hoje, ia ser nota zero pra todo mundo, do 1 ao DT.

Maldito Geninho. Maldito!

A calculadora começa a ser item indispensável na vida do palmeirense a partir de agora, infelizmente. Já estamos a 4 pontos da redenção, e jogos como o de hoje não tem mais lugar para acontecer. Esse time vai ter que reagir por bem ou por mal. É inaceitável ser campeão e, 02 meses depois, apresentar um futebol minúsculo como o visto nos últimos jogos. Falta vergonha na cara…

Protesto já. Precisa afastar jogadores vagabundos e também os que estão em péssima fase técnica. Juninho, Leandro Amaro e João Vitor não podem ser titulares nem do Palmeiras do Nordeste. E precisa contratar urgente. O Palmeiras não pode ser refém de jogadores que não reconhecem o privilégio que é vestir essa camisa.

E é só. Chega de vergonha.

Acabou a paz.

OS LANCES:

O BONDE:

A FICHA TÉCNICA:

PORTUGUESA 3 X 0 PALMEIRAS

Local: Canindé, em São Paulo (SP)
Data/hora: 29/8/2012, às 20h30
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP)
Auxiliares: Anderson Moraes Coelho (SP) e Herman Brumel Vani (SP) 
Renda e público: R$ 214.390,00 /7.531 pagantes
Cartões amarelos: Boquita, Ananias, Ferdinando e Moisés (POR); Valdivia, Thiago Heleno, Henrique e Leandro Amaro (PAL)
Cartões vermelhos: Não houve
Gols: Bruno Mineiro, 4′ 2º/T (1-0); Bruno Mineiro, 24′ 2º/T (2-0); Moisés, 40′ 2º/T (3-0)

PORTUGUESA: Dida; Luis Ricardo, Gustavo, Valdomiro e Rogério (Lima – 39′ 2º/T); Ferdinando, Léo Silva, Moisés e Boquita; Ananias (Diego Viana -38 2º/T) e Bruno Mineiro (Maylson – 45’2ºT). Técnico: Geninho.

PALMEIRAS: Bruno; João Vitor, Leandro Amaro, Thiago Heleno e Juninho; Henrique, Correa (Márcio Araújo – 14’2ºT), Valdivia e Mazinho (Obina, 14′ 2ºT); Barcos e Betinho (Maikon Leite – intervalo). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

AVANTI PALESTRA! 

Tem Jogo! Portuguesa x Palestra – R20 BR12

Segundo turno tá aí. E é hora de reação. Isso significa que jogos como Portuguesa, Sport, Figueirense, Náutico, Coritiba, Ponte Preta, Bahia e Atlético Goianiense, onde quer que sejam disputados,  têm que terminar com vitória do Palmeiras. Isso feito, o Palmeiras precisará de 6 pontos nos 10 outros jogos, contra os 3 paulistas, 4 cariocas, 2 gaúchos e 2 mineiros. Portanto, se o Palmeiras for Palmeiras, não precisa de calculadora pra fechar o ano.

Para o primeiro dos 8 jogos em que a vitória é OBRIGAÇÃO, neste dia 29, contra a Lusa, o Palmeiras terá à disposição Artur, Maikon Leite e Márcio Araújo, finalmente expulsos dos confortos do departamento médico. Além disso, Thiago Heleno volta de suspensão.

Com isso, devem ir a campo Bruno Lacoste; Artur, Thiago Heleno, Mauricio Ramos e Juninho; Henrique, João Vitor (Marcio Araujo), Correa e Valdivia; Barcos e Mazinho (Obina, Betinho ou Maikon Leite).

Do lado da Lusa, o que mais me preocupa é o técnico Geninho. Não, ele não é bom técnico. Mas o Palmeiras tem um azar do caralho quando joga contra… Pro jogo a Lusa deve ir com Dida; Luis Ricardo, Gustavo, Valdomiro, Rogério; Ferdinando, Léo Silva, Moisés e Boquita; Ananias e Bruno Mineiro.

No primeiro turno jogamos 2 pontos fora em casa. Amanhã é dia de cobrar essa conta.

Palpite do Maluco 2×1 Palestra, Thiago Heleno e Barcos fazem pro Verdão.

Nos vemos no Canindé.

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 1×1 Portuguesa – BR12

E segue a temporada irritante de empates imbecis. Ontem foi o primeiro do Brasileirão, o oitavo empate do ano. Em janeiro eu apostei em 22 empates na temporada. Não duvido que passemos dessa marca ridícula.

Mas hoje vou poupar vocês leitores da minha ira contra empates malditos. Não vou escrever que o Felipão errou de novo na escalação e nas substituições, que o lado esquerdo da defesa segue sendo a desgraça do time, que o Henrique ficou plantado feito mandioca no gol de empate dos caras ou que se o Palmeiras não fosse tão cagado a bola do Maikon Leite na trave tinha entrado. Vocês já sabem disso.

O que importa é quarta-feira. É obrigação. É nossa única e minúscula chance de conseguir alguma coisa de bom na segunda passagem do Bigode pelo Verdão, até aqui desastrosa e lamentável.

Então, pra cima do Patético! Pra cima do Juan Carrasco e daquele time cretino! Pra cima da arbitragem! PRA CIMA VERDÃO!

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 1 x 1 PORTUGUESA

Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 19/5/12 – 18h30
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Anderson Moraes Coelho (SP) e Fabio Rogério Baesteiro (SP)
Renda/ público: R$ 271.801/ 8.939
Cartões amarelos: Ananias 34’/1T (POR); Luis Ricardo 15’/2T (POR); Rogério 37’/2T (POR); João Vitor 47’/2T (PAL)
Cartões vermelhos: – 

GOLS: Luan 37’/1T (1-0) e Rodriguinho 41’/2T (1-1)

PALMEIRAS: Bruno, Cicinho, Henrique, Leandro Amaro (Maurício Ramos 2T) e Juninho; Márcio Araujo, João Vitor, Patrik, Daniel Carvalho (Mazinho 7’/2T) e Luan; Barcos (Maikon Leite 35’/2T). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

PORTUGUESA: Wéverton, Luis Ricardo, Renato, Rogério e Raí; Wilson Matias (Bruninho 39’/2T), Léo Silva, Boquita (Michael 24’/2T) e Henrique; Ricardo Jesus (Rodriguinho 16’/1T) e Ananias Técnico: Geninho.

AVANTI PALESTRA!

PorcoNews n. 82

Vamos de PorcoNews, senhoras e senhores! E hoje tem muita coisa pra falar. Simbora!

SOCIEDADE ESPORTIVA POLÊMICA

Acumulo mais de 30 anos de palestrinidade e, a cada novo dia, fica impressão de que se não fossem as polêmicas, o Palmeiras sequer existiria. É impressionante a capacidade do clube em instaurar crises nas coisas mais triviais e cotidianas do futebol. Absolutamente tudo vira encrenca no Palmeiras. Tudo.

O exemplo mais emblemático dessa semana foi o lançamento da camisa oficial de jogo para a temporada 2012/2013. Veja as fotos no post do Verdazzo!. PRONTO! Instaurada a discórdia. Desde a cor, tamanho do escudo, inobservância do novo manual de identidade visual no escudo do clube e na paleta de cores, os detalhes estampados no peito, tudo foi objeto de críticas de todos os lados.

Eu, particularmente, gostei da camisa. E pouco me importo se a camisa é bonita ou feia. A camisa de 1993 era horrivel, parecia um abacate listrado e mesmo assim o time faturou geral. Em 2008 fizeram uma camisa verde aguada e também fomos campeões. Então, a camisa não precisa ser bonita. Precisa ser vencedora.

Essa chiadeira toda foi ontem. Hoje, a treta que repercutiu foi outra. A BMG notificou o clube em razão da ausência da sua marca no lançamento da nova camisa. A diretoria se justifica: “não sabíamos como seria a nova camisa.” HÃ?????? POUTAQUEPARIOU, diria o Baragatti… E se a camisa tivesse vindo preta e encardida com um despertador no peito? COMO ASSIM NÃO VIRAM, PORRA?!?!?!?

Por isso que digo, tudo vira crise. Ainda mais com a habilidade inegável de nosso dirigentes em produzir aos litros declarações infelizes. Ô SAN GENARO!?!?!? Acabaram as férias, hein????

AUAUAU, O BETINHO É…

E hoje também foi o dia da apresentação de Betinho, o pivô da treta da semana passada entre Felipão e diretoria. Que, segundo o Bigode, foi só um mal entendido. Ao que tudo indica, a treta foi que a diretoria teria barrado a contratação do atleta, após uma enxurrada de críticas quanto ao nome do jogador nas redes sociais. Aqui é assim: o cara nem veste a camisa e já é execrado. Se o complemento da frase do título vai ser “Boçal” ou “Animal”, só vamos saber a hora que ele entrar em campo. Por ora, resta só desejar muito boa sorte ao Betinho e lembrá-lo de ler a Cartilha. Faz o seu e anda na linha que é nóis!

JOGO DOS 7 ERROS…

Pensei muito antes de comprar a maquete do velho Palestra Itália. Afinal, era um investimento alto. Mas mais alto ainda foi o sentimento de manter sempre ao alcance dos olhos a imagem que já está bordada no peito do lugar onde todos nós aprendemos a gostar de futebol e amar o Palmeiras. E, a foto da divulgação mostrava uma réplica perfeita da nostra casa.

Resultado: comprado.

Não via a hora de chegar e já até cogitava arrumar a mesa desastrosamente bagunçada do escritório para a “nova relíquia”. Hoje chegou…

Todo palestrino que, até o dia 09.07.2010, contava com ao menos 02 anos de idade, sabe que o símbolo atual do Palmeiras, adotado pelo clube em 1942, ficava posicionado no gol das chaminés da antiga fábrica da Matarazzo.

E, no gol das piscinas, o símbolo institucional era o do Palestra Itália, usado pelo clube desde 1914. Né?

NÃO É. Ao menos quem fabricou as maquetes, e quem as aprovou, não sabe disso. E, pelo jeito, A DIRETORIA DO CLUBE TAMBÉM NÃO VIU NEM APROVOU A MAQUETE, DIOS MIO!!!!!!! 

PUSERAM OS SÍMBOLOS INVERTIDOS! E NÃO FOI SÓ NA MINHA NÃO… COMO PODE TANTA CABACICE  NUM MESMO LUGAR??

SAN GENARO! O MIO SAN GENARO! ACUDA O PALMEIRAS!!!!

Em tempo, falei agora pouco com o assessor de imprensa do Verdão, Fabio Finelli, que me disse via twitter que o clube já está adotando providências.

Aguardemos.

NOVA NUMERAÇÃO

Foi o Finelli também quem divulgou hoje pela manhã, no site oficial do Verdão, a nova numeração dos jogadores do Palmeiras. Destaques para Barcos, que finalmente assumiu a 9, e Lenadro Amaro, que resolveu jogar com a 13. É, não é só nos cortes de cabelo que o cara não se ajuda. Confira:

Goleiros:

1- Bruno

22- Deola

38 – Pegorari

46 – Raphael Alemão

47 – Fábio

Laterais:

2 – Cicinho

14 – Artur

6 – Juninho

23 – Fernandinho

Zagueiros:

3 – Henrique

4 – Thiago Heleno

5 – Román

13 – Leandro Amaro

15 – Maurício Ramos

27 – Wellington

Volantes:

8 – Márcio Araújo

16 – João Vitor

20 – Marcos Assunção

87 – Wesley

Meias:

10 – Valdivia

17 – Mazinho

18 – Patrik

19 – Daniel Carvalho

31 – Felipe

Atacantes:

7 – Maikon Leite

9 – Hernán Barcos

11 – Luan

25 – Vinícius

33 – Betinho

VAI COMEÇAR O BR12

Outro muito bom texto do site oficial, esse do Cazavia, destaca o início do torneio nacional e traz um pouquinho da história das 8 conquistas do Verdão, o primeiro clube a conseguir isso, há 18 anos atrás. Vale a leitura.

TEM JOGO! PALESTRA X LUSA – BR 2012

Amanhã, 18:30, no Estádio do Pacaembu, único lugar onde o Palmeiras deveria jogar na ausência do Palestra, começa o Brasileirão 2012 pro Verdão. Encaramos a Lusa, rebaixada no Paulistão, e agora treinada por Geninho.

O Palmeiras não terá Assunção e Valdivia, que serão poupados, e Roman, que serve a seleção paraguaia. O time em campo deve ser Bruno, Cicinho, Maurício Ramos, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, João Vitor, Daniel Carvalho e Felipe; Mazinho e Barcos. Pode ocorrer, ainda, a estreia do Betinho, que pode ser a opção para o jogo de quarta-feira, para o lugar do Barcos., suspenso.

Palpite do Maluco: 2×0 Verdão, gols de Mazinho e Mauricio Ramos.

A partir das 15:30, estaremos no Buim pra acompanhar Chelsea – o time do presidente – e Bayern, pra ver com quem os Gambás não vão jogar no fim do ano.

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 1×1 Portuguesa – Paulistão12

Está aberta a temporada oficial de empates no Palmeiras. Ontem,  a se considerar que o Verdão perdia o jogo, até que não foi mal negócio. Mas eu sempre vou achar empatar uma merda. Especialmente se o Palmeiras foi melhor e teve mais chances que o adversário, como ontem.

De novo, fomos castigados com a presença do Tinga na equipe titular. Até quando, mio San Gennaro, até quando?? E o pior é que o moleque, que não é essa porcaria toda, está sendo sacrificado por ser escalado na meia, quando joga mesmo é de segundo volante. Não irá me surpreender se no futuro, ele fora do Palmeiras se mostre bom jogador em outra equipe.

Pelo menos, só durou 45 minutos. Felipão, mesmo sem estar perdendo, resolveu tirar o 17 pra colocar o Maikon Leite já na volta pro segundo tempo. Devia estar com vergonha do futebol horrível da equipe até então. Mas foi a Lusa que, aos 4, numa falha bisonha da zaga (a bola passou entre Henrique, Assunção e Juninho – o que estava fazendo o Leandro Amaro na lateral da área eu não sei), abriu o placar.

O Palmeiras então foi pra cima. Valdivia, como sempre, ia colocando os bagres na cara do gol, e o desperdício era geral. Até ele mesmo errou um chute fácil da pequena área, numa ótima jogada do Maikon Leite, que Ricardo Bueno conseguiu completar na trave. 

Aí o inusitado aconteceu. Luan, péssimo no jogo, foi substituído, para a estréia do Daniel Carvalho. Quem diria, hein Bigode, Tinga e Luan fora do time no mesmo jogo? E foi uma estreia até que razoável do gordinho, embora o peso e a falta de ritmo tenham “pesado”, a qualidade no passe do Palmeiras melhorou significativamente com ele em campo. Se emagrecer, vira titular  – ou pelo menos deveria.

O volume de jogo era bom, mas faltava o gol. Que custou a sair, só veio aos 38, cruzamento do Maikon Leite e antecipação do Ricardo Bueno, se redimindo, em parte, da quantidade absurda de gols perdidos neste e no último jogo. O Palmeiras ainda tentou a virada, mas não deu tempo.

No fim, foi um resultado até que interessante. Apesar do empate, as alterações corrigiram a escalação bisonha e quem sabe sirvam pro Bigode perceber que precisa mexer no time titular logo. O Maikon Leite não é nenhum primor, mas não pode ser banco num time tão limitado como o Palmeiras, em que Luan e Tinga são os preferidos. É só querer, Bigode.

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 1 X 1 PORTUGUESA

Estádio: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/hora: 25/01/2012 – 22h
Árbitro: Leonardo Ferreira Lima (SP)
Auxiliares: Fabio Luiz Freire (SP) e Maiza Teles Paiva (SP)

Renda/público: R$ 245.216 e 7.983 pagantes
Cartões amarelos: Maylson (POR); Henrique (PAL)
Cartões vermelhos:-
GOLS: Maylson, 4’/2ºT (0-1); Ricardo Bueno, 35’/2ºT (1-1);

PALMEIRAS: Deola, Cicinho, Henrique, Leandro Amaro e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção (João Vitor, 36’/2ºT), Tinga (Maikon Leite, intervalo), Valdivia e Luan (Daniel Carvalho, 17’/2ºT); Ricardo Bueno. Técnico: Murtosa

PORTUGUESA: Weverton, Luis Ricardo, Leandro Silva, Renato e Marcelo Cordeiro; Boquita, Léo Silva, Maylson (Raí, 39’/2ºT) e Henrique; Vandinho (Rafael Oliveira, 24’/2ºT) e Edno. Técnico: Jorginho.

AVANTI PALESTRA! 

Tem Jogo! Lusa x Palmeiras – Rodada 5 Paulistão 2011

Alo palestrinos primo campione mondiale, oINctacampeões brasileiros!

Amanhã no Canindé o Palmeiras pode assumir a liderança isolada do Paulistão, dependendo também do resultado dos lambaris contra a bambizada.

Assunção está fora, lesionado, assim como Danilo, que viajou para a Italia e talvez nem volte mais. Mas o Santo foi relacionado, assim como Thiago Heleno e Max Pardalzinho. Eis os jogadores que podem ir pro jogo:

Goleiros: Marcos e Deola
Laterais: Cicicnho, Vitor e Rivaldo
Zagueiros: Mauricio Ramos, Thiago Heleno e Leandro Amaro
Volantes: Márcio Araújo, João Vitor e Bruno Turco
Meias: Tinga e Patrik
Atacantes: Kleber, Dinei, Luan, Adriano, Vinícius e Max Santos

Com isso, o time titular deve ser mantido no 4-3-3 com Marcos, Butt-Head (#2), Leandro Amaro (Thiago Heleno), Maurício Ramos e Conivaldo, João Vitor, Caramujo e Tinga, Kléber, @luansantanaevc e Telmário (#29).

Outra opção, refletindo o treino do meio da semana, pode ser o 3-5-2 com Marcos, Thiago Heleno, Maurício Ramos e Leandro Amaro, Butt-Head, Caramujo, João Vitor, Tinga e @luansantanaevc, Kléber e Telmário.

A Lusa não terá seus principais jogadores (Dodô, Mauricio, Marco Antonio, Fabrício e Heverton) e recebe o Palmeiras com Wéverton, Paulo Sérgio, Preto Costa, Domingos e Marcelo Cordeiro; Ferdinando, Sopa, Glauber e Ivo; Kempes e Luis Ricardo.

A arbitragem fica pro conta de Luis Alexandre Nilsen. A expectativa é que seja mais uma péssima arbitragem. Clássico tem que ter árbitro conhecido, macaco velho e não um mano que ninguém nunca ouviu falar, viu Coronel Marinho?

Se o Palmeiras almeja alguma coisa deste campeonato, não pode nem tomar conhecimento da Portuguesa. Não é um time bobo, mas sem seus principais expoentes, não pode fazer frente ao time de Felipão. A dúvida é saber como vai se comportar a zaga sem o Danilo, já que o Maurício Ramos tem falhado demais em bolas relativamente simples e o Conivaldo tem sido um fardo pra defesa, errando 103% das jogadas. Talvez por isso Felipão possa optar, antes ou durante da partida, pelo 3-5-2 visto nos treinamentos.

Por uma lambança da organização do Paulistão, amanhã à tarde estarão nas ruas as torcidas de Palmeiras, Portuguesa, Bambis, Lambaris e Gambás. O André Guerra, presidente da Mancha, chegou a mandar uma carta ao promotor Paulo Castilho exigindo que os jogos fossem alterados de data/horário ou que as medidas de segurança fossem devidamente adotadas. Até o momento não li que a PM ou o MP estariam adotando quaisquer precauções pra evitar confrontos. Depois reclamam, mas na hora de prevenir, eles proíbem a entrada de faixas e instrumentos musicais, verdadeiras “armas”. Vai entender… Muita atenção na ida e saída do jogo amanhã, galera!

Palpite do Maluquinho: 2×0 Palestra, gols de Adriano Michael Jackson (who’s bad?) e @luansantanaevc. Ah, e o Domingos vai expulso, aos 43 do primeiro tempo, se o juiz não for comédia.

AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: