Arquivos do Blog

Oeste 0x0 Palmeiras – Paulistão16

Em uma apresentação digna de quarta-feira de Cinzas, o Palmeiras não saiu do zero contra o Oeste num estádio lotado de palmeirense em SJRio Preto.

Robinho, Jesus, Barrios, Dudu, ninguém jogou absolutamente nada. Dudu ainda merece um desconto porque nesse sequestro que tomou de refém o esquema tático do Palmeiras, ele fica completamente sacrificado tendo que jogar pelo meio ao invés de pelas pontas, onde rende muito mais.

E a culpa é em parte do treinador que não abre mão do esquema tático, mesmo sabendo que não tem as peças necessárias pra manter o sistema de jogo que ele tanto ama, e outra parte da Diretoria, que não soube até aqui suprir as deficiências do elenco, em especial a falta de um meia armador.

O único com característica para a posição no elenco e à disposição do treinador, Régis. parece não ter agradado o treineiro, que em 04 jogos no ano colocou o jogador apenas 45 minutos em campo.

O fato é que estamos a 05 dias da estreia na Libertadores e o time não demonstrou o futebol que se esperava. A desculpa de que é início de temporada já não cola mais, e o futebol sem padrão nenhum começa a deixar o palmeirense preocupado.

Outra coisa chata é o segundo empate em 03 jogos. O ano passado o Palmeiras ganhava ou perdia, mas quase nunca empatava. Agora desandou de empatar, essa bosta de resultado que é 2/3 derrota, mas há quem ache bom. Eu acho um lixo.

Tá na hora de pé no chão e cobrança. Alexandre Mattos tem que colocar ordem no chiqueiro, dentro e fora do campo. E voltar às compras. Não adianta nada ter a camisa mais valiosa do Brasil, o melhor contrato de patrocínio, e não ter um 3, um 10 e um segundo camisa 9 dignos da nossa camisa.

Sem notas individuais hoje. Foram todos mal, do meio pra frente, e na zaga foram poucas falhas, mas nenhuma suficiente pra tirar o zero do lado do placar do adversário. Mas, pelo conjunto da obra do time, ficam sem nota também.

Só Marcelo de Oliveira merece um sonoro ZERO. Desamarra esse time, 4-4-2 na cabeça e aí segura os Porco!

AVANTI PALESTRA!

Oeste 0 x 2 Palmeiras – BRB13

O que acontece com um time sem bastidores? O juiz que te rouba uma vez, te rouba sempre.

O senhor responsável pela apitagem de hoje já devia ser conhecido do palmeirense. Foi ele quem operou o Verdão no ano passado, num dos tantos jogos em que perdemos pontos apenas pro juiz, mas precisamente na partida contra o Gambá pelo BR12, na qual Luan foi expulso ainda no primeiro tempo. Rememorem aqui.

Numa repetição do que já havíamos visto no ano passado, o safado, em 3 minutos, expulsou Leandro de campo, em dois lances em que quem sofreu a falta foi o jogador palmeirense.

Uma sem-vergonhice que pode acontecer uma vez com qualquer time, mas duas vezes, pelo mesmo apitador, só com time que não trabalha bastidores.

E a crítica aqui, antes que os viciados em situação exsurjam dos ralos, é para a administração anterior, que inclusive já foi feita no post linkado acima. É culpa do Tirone e do Frizzo que esse mal-intencionado tenha operado de novo o Palmeiras, porque nada fizeram depois daquele assalto no Pacaembu no ano passado.

Mas igual crítica merecerá a atual gestão se deixar barato dessa vez. Não pode haver uma terceira vez. Apitou e fodeu o Palmeiras duas vezes, não pode apitar nunca mais. Simples. Ou vão deixar aparecer outro PCO?

E o fato do Palmeiras ter ganhado o jogo, de forma até fácil, não pode ser desculpa pra diminuir a pressão. Esse juiz não pode nunca mais apitar jogos do Palmeiras.

Sobre o jogo, Wesley mostrou porque fez tanta falta em campo no sábado passado. Foi o melhor em campo. Sobrou, ocupou todos os lados, puxou os contra-ataques, deixou várias vezes os atacantes cara a cara com o goleiro, mandou bola na trave, deu passe pra gol, enfim, mandou no jogo.

Na zaga, partida sem falhas do Vilsão – A Mooca pira – e do Henrique, enquanto o Prass só assistiu o jogo. Wendel bem e Juninho foi o de sempre.

No meio, Charles errou tudo que tentou até sair de campo, Eguren só entrou pra ganhar o bixo, Massa normal e o Valdivia bem.

Na frente, Alan Kardec completa o terceiro jogo sem entrar em campo, Leandro foi bem e foi injustamente expulso. Vinicius e Serginho – este último, apesar do gol – vão “sem nota”.

O Gilson, por não saber armar o time pra jogar com 3 atacantes – vide sabado – mandou pra campo 3 volantes – Massa/Charles/Wesley e, no fim, deu certo. Sem cornetagem hoje.

19 mil pagantes. Mais gente do que no Pacaembu sábado. Pois é.

No fim das contas, nos fará bem a estadia em Londrina semana que vem. Espero que a diretoria leia o post do Forza Palestra e ponha em prática as ideias ali expostas. 

Seguimos agora pra Natal. Leandro, Valdivia e Henrique estão fora de combate. GK vai ter pouco trabalho, afinal, jogamos com o pior time da B.

Mantidos 10 pontos de vantagem pro segundo e ampliados pra 17 os pontos pro quinto. Faltam 3 vitórias pra atingirmos os pontos necessários – segundo os estatísticos – pro acesso e, por enquanto, 6 vitórias pra classificação matemática. Mantenho a previsão de que subiremos em Bragança, mas já há quem diga que o acesso virá uma rodada antes disso, em Juazeiro contra o Icasa. Quanto antes melhor.

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

OESTE 0 X 2 PALMEIRAS

Local: Benedito Teixeira, em São José do Rio Preto (SP)
Data/Hora: 1/10/2013 – 21h50
Árbitro: Marcelo Aparecido R de Souza
Auxiliares: Ricardo Pavanelli Lanutto e Gustavo Rodrigues de Oliveira
Público/renda: Não disponíveis
Cartões amarelos: Everton Dias, Piauí, Jheimy, Adriano Alves (OES); Valdivia, Leandro, Charles e Henrique (PAL)
Cartões vermelhos: Fernando Leal (23’/2T) (OES); Leandro (23’/2ºT)
Gols: Leandro, 15’/1ºT (0-1); Serginho, 47’/2ºT (0-2)

OESTE: Fernando Leal; Adriano Alves, Dezinho e Ligger; Eric, Everton Dias, Lelê, Pablo (Paes – 25’/2ºT) e Piauí (Arnaldo – Intervalo); Bruno Batata e Jheiyme (Bruno Nunes – 18’/2ºT). Técnico: Ivan Baitello

PALMEIRAS: Fernando Prass; Wendel, Vilson, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Charles (Eguren – 32’/2ºT), Wesley e Valdivia (Vinicius – 29’/2ºT); Leandro e Alan Kardec (Serginho – 38’/2ºT). Técnico: Gilson Kleina.

AVANTI PALESTRA! 

Palmeiras 4 x 0 Oeste – Brasileirão B 2013

Acabei de falar com o Laurão, o meu avô. Hoje ele tá feliz, Palmeiras ganhou de baciada, Mauricio Ramos e Maikon Leite foram embora, Bruno saiu do time, enfim, só coisas boas. Se o Gambá apanhar do Baea amanhã, Laurão vai ser só alegria…

Realmente, o retorno dessa merda de recesso pra Copa das Confederações foi melhor impossível. Até o Valpinga voltou, e jogou muita bola. Depois de 4 meses, quem diria…

Qualidade indiscutível, isso nunca foi objeto de discussão. O foda é saber quando vai dar pra contar com o Chileno vagabundo…

Outros destaques necessários: o oportunismo do Leandro  o elemento surpresa do Charles jogando mais a frente do que o Wesley, a boa partida do Luis Felipe, a boa opção do Mendieta entrando no lugar do bebum, até bola na trave ele mandou, enfim, deu tudo certo, correspondeu à expectativa do torcedor, todo jogo na Série B devia ser 4×0 pra nóis.

Mas, sem empolgação, afinal foi só uma vitória contra o Oeste pela Série B. Nada que mereça festa, senão o reconhecimento de uma partida jogada à altura da camisa do Palmeiras,  simples ordem natural das coisas.

O que nunca será a ordem natural das coisas é o Palmeiras jogar em Prudente. 7.500 pessoas foram ao jogo. Nada diferente do que vimos em Itu, com preços não proibitivos, ou seja, mais uma bola fora da diretoria. O mínimo que a diretoria poderia pretender é encher o estádio, e jogando o mais perto admissível da Capital. Tão fácil e, mesmo assim, tão difícil pra alguns poucos….

Mas, enfim, o que importa é a vitória.

Sigamos assim. Ganhando e, a partir da próxima sexta, voltando a jogar EM CASA!

OS GOLS:

 

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 4 X 0 OESTE

Local: estádio Prudentão, em Presidente Prudente (SP)
Data e Horário: 6/7/2013, sábado, às 16h20
Árbitro: Antonio Rogerio Batista do Prado (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (ambos de SP)
Cartões amarelos: Mendieta (PAL) e Piauí e Everton Dias (OES)
Cartões vermelhos: Não houve

Gols: Leandro, aos 6’/1T (1-0); Leandro, aos 38’/1T (2-0); Charles, aos 21’/2T (3-0); Charles, aos 38’/2T (4-0)

Palmeiras: Fernando Prass; Luís Felipe, André Luiz, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Valdivia (Mendieta, aos 28’/2T); Leandro (Serginho, aos 40’/2T) e Vinícius (Caio, aos 35’/2T). Técnico: Juninho.

Oeste: Fernando Leal; Dedê, Dezinho (Heli – intervalo), Ligger e Piauí; Adriano Alves, Everton Dias, Wanderson (Lele, aos 3’/2T), Bruno Sabino (Memo, aos 18’/2T) e Fernandes; Fábio Santos. Técnico: Roberto Cavalo.

AVANTI PALESTRA!

Oeste 1 x 3 Palmeiras – Paulistão13

Vejam como são as coisas: tivesse aquele penalti do Barcos entrado no jogo contra o Bragantino, o Palmeiras teria 6 pontos e dividira a liderança do campeonato com os Lambaris. Os babacas da imprensa, desses que fazem festa porque depois de 1 ano em um clube um chinês acertou um drible, iam dizer que a crise do Palmeiras acabou, que o time tá uma máquina e tal. A imprensa é ridícula, tratam o futebol como um circo cabe a nós tratá-los como os palhaços que são.

Falando do jogo, o Palmeiras conseguiu converter as jogadas em gol e furou o bloqueio montado Oeste que, em boa parte do jogo até o primeiro gol, chegou a se defender com 9 jogadores de linha. No final, 3×1 pro Verdão, Barcos, Patrik e Luan marcaram pro verde.

Mesmo assim, perdemos muitos gols, Ayrton e Maikon Leite foram os campeões. Este último, joga com a cabeça tão baixa que só um colete cervical resolve. Na defesa, a Avenida Juninho deu as caras de novo.

Mais uma boa partida do Souza, que eu não elogiei no último jogo por pura birra, hoje reconheço. E que saiu machucado, puta que pariu, a bruxa não larga o pé do Palmeiras… Valdívia, que finalmente apareceu em campo, entrou no segundo tempo e mostrou que, com um pouquinho de vontade, pode ajudar o Palmeiras sempre e não a cada 4 rodadas. E Luan, que foi pro jogo nos últimos 10 minutos, entrou como sempre, mas fez um gol pra aliviar um pouco a barra. Mas é pouco alívio, só até o próximo jogo…

Alow imprensa pau no cu, o time que estava sem ganhar desde outubro ganhou, seus filhos da puta! Agora vão lá falar do quanto o Zizao fala bem português ou do loiro-xoxota-tingida na cabeça do Neymar, que é o que lhes resta.

Domingo tem Penapolense no Pacaembu. Eh nóis!

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

OESTE 1 X 3 PALMEIRAS

Local: Teixeirão, em São José do Rio Preto (SP)
Data/Horário: 23/1/2013, às 22h
Árbitro: Rodrigo Braghetto
Assistentes: Rogerio Pablos Zanardo e Leandro Matos Feitosa

Renda e Público: 11.166 pagantes/renda não disponível
Cartões Amarelos: Eduardo, Dezinho (OES); Juninho, Maurício Ramos (PAL)
Cartões Vermelhos: Nenhum
GOLS: Barcos, 26’/1ºT (0-1); Patrick Vieira, 32’/2ºT (0-2); Serginho, 19’/2ºT (1-2); Luan, 44’/2ºT (1-3)

OESTE: Fernando Leal, Eduardo, Dezinho e Ligger; Dede, Wanderson, Paulo Vitor, Peterson e Jefferson (Lelê – 9’/2ºT); Serginho e Jheimy (Marcinho – 16’/2ºT). Técnico: Luiz Carlos Martins

PALMEIRAS: Fernando Prass, Ayrton, Maurício Ramos, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Wesley, Souza (João Denoni – 22’/2ºT) e Patrick Vieira (Valdivia – 18’/2ºT); Maikon Leite (Luan – 38’/2ºT) e Barcos. Técnico: Gilson Kleina.

AVANTI PALESTRA!

PorcoNews n.89

PorcoNewslogo

Depois de quase 05 meses, PorcoNews de volta no ar, Palestras!

BOA SORTE, PAULO NOBRE

Ontem os conselheiros do Palmeiras, por 153 votos contra 106, elegeram Paulo de Almeida Nobre presidente do Verdão. Sim, todos vocês já sabem disso, é só pra não deixar o registro. Vai ter muito trabalho pra arrumar o coreto que foi deixado de pernas pro ar por aquela trupe que pretendo nunca escrever o nome aqui.

Neste primeiro dia de mandato, Nobre esteve na Academia, se apresentou aos jogadores e pediu que eles honrem a camisa e respeitem o torcedor. Se jogador de futebol fosse bom entendedor, muita gente tinha pegado o boné e se mandado. Quem sabe para ao menos um a ficha já tenha caído.

PEDIU PRA SAIR, 02, AGORA NÃO VOLTE ATRÁS 

Luan pediu pra sair. No mesmo dia que Larry, Curly e Moe foram embora? É muito bom pra ser verdade… Sério, tem que ser verdade… E, antes de sair, troca uma ideia com o Juninho e com o Marcio Araujo. Não custa nada… E não mude de ideia. Não sabe brincar, não desce pro pray… E vá com Deus desfilar seus dois pés direitos lá na puta que pariu.

COPINHA

O Palmeiras perdeu por 3×2 pro Santos e foi eliminado da competição mais uma vez pelos sardinhas. Jogo marcado por uma presença absurda da torcida do Palmeiras e por uma inexplicável substituição feita pelo técnico Narciso que, aos 20 e poucos do primeiro tempo, sacou do time o zagueiro Luis Gustavo, que tinha acabado de fazer um penalti imbecil no jogador do Prantos. 

Na sua primeira exibição pro novo chefe, Narciso errou e feio. Queimou o moleque e perdeu o time. Depois ainda foi arrojado, sacou um volante pra colocar um atacante quando o time perdia por 2×0, e quase deu certo, o Palmeiras esboçou reação, diminuiu, tomou mais um gol, diminuiu de novo mas não teve forças pra fazer o terceiro.

Muitos jogadores que eram esperança da torcida mostraram pouco ou quase nada. Não quer dizer que não sirvam. Alguns certamente não servem. Mas, pra mim, isso quer dizer que tem que trabalhar o psicológico dessa molecada. Vestir a camisa do Palmeiras não é pra qualquer um e os moleques sentem o peso. Profissionalizar a direção das categorias de base, acabar com a farra dos empresários e com o Palmeiras B, e dar oportunidade pros moleques no time de cima será um dos grandes desafios do novo presidente.

De qualquer forma, parabéns pro torcedor que foi à Barueri e mostrou que o palmeirense é foda mesmo. E que esses moleques nos rendam pelo menos um lateral direito, um zagueiro, um meia, um atacante, etc…

ROMAN

Muito torcedor palmeirense passou o dia querendo saber se o Riquelme vem ou não vem, outros tiveram a manhã de criar um hash no twitter #NobreTrazoRiquelme e teve até gente perguntando também no famigerado tuinter se a torcida do Palmeiras tinha gritado  o nome do argentino durante o jogo da Copinha em Barueri. Só pode ser piada…

Esqueçam o gringo, porra! Se ele vier ele veio, se ele não vier, não veio. E pronto. Até parece que se o Riquelme chegar o Palmeiras estará automaticamente de volta a série A e classificado pra final da Libertadores… Chega de alienação! Já não bastam as Klebetes, Valdivetes e Assuncetes, agora já tem Riquelmete? Pára… Não precisamos só de um camisa 10, precisamos de um time inteiro…

E meu palpite é que ele NÃO vem e que é melhor assim. O tio do sobrinho do porteiro do amigo de um amigo meu conhece o motorista do tio do Paulo Nobre que disse que ele não vem. Que pena… 

CONVOCAÇÃO DA SELEÇÃO

 Excelente a “reportagem” do Olé do Brasil sobre a convocação da Felipão. Como disse o Baragatti no tuiter hj, Luan blefou e se deu mal, pensou que ia pedir pra sair na segunda, ser convocado na terça e assinar com um grande europeu na quarta. É amigão… um Toulosse na sua carreira já foi demais…

TEM JOGO! OESTE X PALESTRA, R2 PAULISTÃO13

Logo mais, às 22hs, tem Palestra encarando o Oeste de Itapolis pelo Paulista. Tem que recuperar os pontos desperdiçados em casa.

Foram relacionados:

Goleiros: Fernando Prass e Bruno;
Laterais: Ayrton e Juninho;
Zagueiros: Maurício Ramos, Henrique e Marcos Vinícius;
Volantes: Márcio Araújo, Wesley, João Denoni e Wendel;
Meias: Valdivia, Souza e Patrick Vieira; e
Atacantes: Barcos, Maikon Leite, Luan, Mazinho e Caio. 

Viu só??? O Valpinga vai pro jogo! Tendência dele sofrer um novo “entorse” que só vai curar depois do Carnaval é enorme.

Palpite é de 3×0, Barcos, Souza e Henrique marcam.

E é isso, porcada, PorcoNews de volta na parada. 

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 1 x 1 Oeste – Paulistão12

Mais um empate. Quem lê o Maluco sabe bem o que eu penso de empates. ODEIO empates.

 Mas vou dar um desconto pro Verdão. Apesar de o time parecer de ressaca do carnarval, vou dar um descontinho, porque tenho certeza que vamos surrar os bambis daquele jeitinho que eles adoram no domingo. Mas se não ganhar domingo, vou cobrar de hoje e de domingo também…

E vou dar um desconto também porque mais uma vez o Palmeiras foi prejudicado. Primeiro, na marcação de um penalti do mais sem-vergonha. Eu vi pela tv e apesar da opinião do Villaron, sempre contra o Palmeiras, não foi nada, o Araujo encostou no ombro do jogador do Oeste que despencou de malaco.

Pouco depois, Maikon Leite levou um rapa na área e… nada. Foi tanto penalti quanto o outro – ou seja, não foi nada – mas é sempre assim contra a gente.

Mas, ok, àquela altura, iam 10 minutos de jogo e o Verdão jogava quase que bem. Mas o futebol foi secando ao ponto que Daniel Carvalho ia pregando, que o Patrik continuava sem entrar no jogo, que o juiz insistia em não marcar faltas claras pro Palmeiras.

Até que mais uma vez brilhou a estrela de Barcos, que já havia quase feito um golaço de esquerda cruzado de fora da área, pra excelente defesa do goleiro Zé Carlos do Oeste, o melhor deles em campo.

O Pirata recebeu bola na entrada da área de Juninho, girou fácil no zagueiro e bateu forte, meio rasteira. O goleiro do Oeste não conseguiu segurar e a bola sobrou solta pro Maikon Leite rebotear e empatar o jogo. E fomos pro intervalo na igualdade.

E no segundo tempo, os espaços no meio, aqueles mesmos do ano passado, apareceram na medida em que os meias do Palmeiras iam cansando e errando passes e que o Oeste voltou com um meia no lugar de um zagueiro. Já não se via mais a mesma qualidade das jogadas do início do primeiro tempo. Felipão tentou corrigir, colocando o João Vitor no lugar do Patrik, e depois Arthur no Cicinho e Vinicius no Daniel Carvalho, mas tava díficil. Faltava um meia, só pra variar. As poucas chances criadas paravam sempre na mão do goleiro, uma falta do Assunção e uma cabeçada do Roman foram tiradas quase de dentro do gol.

Na defesa, Roman se mostrava bem nas antecipações, inclusive nas bolas áreas, e Leandro Amaro oscilando boas e péssimas jogadas.  Bruno foi bem e, ao que parece, teve a confiança que vinha faltando ao Deola.

E foi só. O Palmeiras aceitou a marcação – e também a pressão – do Oeste e por isso não ganhou. Felipão podia ter tentado um time mais ofensivo, com dois meias, mas o Carmona nem no banco ficou. Pra quem gostaria de ver Daniel Carvalho e Valdivia juntos, pode esperar sentado. E os únicos que vão tomar puxão de orelha hoje vão ser Patrik e Vinicius. Os moleques tem que agarrar as chances com mais vontade. Sempre que o Bigode aposta neles, falta aquele algo mais. Vamos se consagrar aê, rapaziada!

A boa notícia fica por conta da provável contratação de Wesley que, se vier mesmo, promete acabar com essa inoperância do meio de campo alviverde. Tomara que alguém avise pro Felipão que o Wesley NÃO É MEIA. Pode escalar a vontade, Bigode.

AVANTI PALESTRA!

Tem Jogo! Palestra x Oeste – Paulistão 12 – R09

Logo mais, 19:30 hs, o Verdão recebe o time do Oeste no Pacaembu, pela nona rodada do Paulistão. Uma vitória recoloca o time na liderança da competição, além de que será a sexta vitória consecutiva do time, o que não se via há – que eu me lembre – pelo menos 03 anos.

Mesmo assim, a defesa do Palmeiras deve ser um ponto de atenção. Muitos gols tomados no início do campeonato tem ocorrido em decorrência de falhas individuais, inclusive do goleiro. Deola é bom, mas precisa ganhar confiança, e logo. No ataque, problema constante dos anos anteriores, a coisa parece caminhar muito bem, obrigado. Assunção segue inspirado e quase que compensa sua constante incapacidade de acompanhar os contra-ataques adversário e Barcos, além de bom de bola, não tolera micagens por parte da imprensa. Pefeito!

Henrique, suspenso e Mago, ainda se recuperando do Carnaval, não jogam. Teremos em campo Deola; Cicinho, Mauricio Ramos, Leandro Amaro e Juninho; Marcio Araújo, Marcos Assunção, Patrik e Daniel Carvalho; Maikon Leite e Barcos. O Oeste, décimo quinto na tabela, vai a campo com 11 jogadores, isso é certeza, 1 goleiro e dez homens de linha.

Vitória verde, sem muito trabalho, por 3×1, gols de Barcos, Assunção e Cicinho.

Hoje, excepcionalmente, não estrei no Pacaembu. O horário do jogo não permite. Mas quem estiver, tome uma gelada por mim e avisa o pessoal do BuinBom que tá tudo bem comigo. KKKKKKKKKK

AVANTI PALESTRA!

Oeste 0 x 1 Palmeiras – Paulistão 2011

3 PONTOS. Isso é o que importa. Mas de olhos bem abertos e pés firmes no chão.

O Palmeiras não conseguiu repetir o mesmo jogo que fez em Piracicaba na última quinta-feira mas, mesmo assim, ganhou.

Isso de certa forma já era esperado, porque o time do Oeste não é tão ruim quanto o presidido pelo Juninho Pizzaiolo. E também porque o juiz deixou o rodizio de falta no Kléber rolar solto. Primeiro amarelo nos cornos que não pararam de bater no Gladiador só saiu aos 20 do segundo tempo. Aí fica dificil jogar futebol…

Enquanto o Conivaldo continuar jogando no time, qualquer que seja a posição, o Palmeiras estará exposto. O lado esquerdo da zaga é uma avenida. Marcio Araujo e Assunção, como únicos volantes de contenção é suícidio. Um anda em campo e o outro não sabe nem usar garfo e faca, quanto mais jogar bola.

Aliás, o Assunção ainda não conseguiu repetir o bom futebol do final do ano passado. Bateu algumas faltas e escanteios medíocres, mas por outro lado, acertou dois cruzamentos com a bola rolando, um no pé do Luan e outro na cabeça do Danilo, dois gols feitos e perdidos. Logo mais ele volta à forma.

Maurício Ramos e Danilo também não foram bem. Mas deram sorte que o ataque do Oeste era composto por dois lixos, um deles com os mesmos futebol e marra que André Balada.

O primeiro tempo terminou sem gols e sem grandes jogadas.

No intervalo, Felipão sacou o Telmário, o craque da camisa 29, e voltou com o Patrik.

Eu preferia que ele tivesse tirado o inútil do Márcio Araújo e entrasse com o Bruno Turco, mantendo o esquema com trˆs atacantes.

Aos 20, foi a vez do Butt-Head dar lugar ao Vitor. Felipão conseguiu equilibrar um pouco o lado direito do sistema defensivo, enquanto que o esquerdo continuava um lixo. O Conivaldo ainda quase me marca um gol contra. Seria o fim da linha…

E quando já começava a ficar ruim pro Felipão, que havia insistido mais uma vez com o camisa 40, eis que, num cruzamento do Luan (a quarta assistência seguida do garçom, dos últimos 5 gols do Verdão), surge no meio da área ele, PATRICKEMBAUER, pra completar pra rede e garantir a vitória do Palmeiras. Isso aos 41 do segundo tempo.

Fim de papo, Oeste 0x1 Palmeiras, e a terceira posição na tabela é nossa, viu Casagrande?

Fiquei impressionado com a quantidade de faltas que o Kléber levou, a maioria por trás, sem que o juiz tivesse sido correto na aplicação dos cartões. Ainda deixou de marcar um penalti claro no Conivaldo… Enquanto isso, no Pacaembu, penalti pro Norusca só se o cara for derrubado a bala… O ano vai começando como terminou o passado…

Para o próximo jogo, quinta contra o Paulista, Felipão já terá à disposição João Vitor, Thiago Heleno e Michael Jackson. Só achei estranho na coletiva depois do jogo de hoje que ele já vetou Lincoln e Valdivia pra quinta-feira. Estranho…

De qualquer forma, estaremos no Pacaembu pra conferir e, depois, toca pro ensaio da Mancha! É verde o sangue que corre na veia!

AVANTI PALESTRA!

Tem Jogo! Oeste x Palmeiras – Rodada 3 Paulistão 2011

Às 19:30 deste domingo o Palestra volta a campo no estádio Amaros, para enfrentar o Oeste de Itápolis.

Segundo jogo seguido com a mesma formação: Deola, Alex Sandro (#2), Danilo, Mauricio Ramos e Conivaldo, Cone Araujo, Assunção e Tinga, Kléber, @luansantanaevc e Telmário (#29).

Os donos da goma jogam com Fábio; Dedê, Rafael Caldeira, Paulo Miranda e Fernandinho; Márcio Carioca, Dionísio, Léo Salino e Roger; Fábio Santos e Mazinho. Tirando o Dionísio, que já jogou no Santos, de novo eu não conheço nenhum desses feras aê…

… a não ser o Sr. Paulo Miranda, a “revelação” do Deportivo Brasil (leia-se TRAFFIC) que virou aposta (e piada de mau gosto) do Luxispoquer no Palmeiras em 2008 e 2009, especialmente  naquele Argentinos Jrs. 2 x 0 Palmeiras na Sulameircana 2008. A dupla foi decisiva na eliminação: enquanto o Luxa comentava o jogo dos estúdios da Globo em São Paulo ( e o Ney Pandolfo – atual gerente do Santos, comandava o time no campo), o Paulo Miranda deixava os caras fazer dois gols de cabeça lá em Buenos Aires… Porque é que a gente nunca esquece desse lixos que passam por aqui?

O jogo não deve ser a mesma moleza que foi em Itu. O Oeste sapecou 3 no São Caetano na estréia e perdeu pra Lusa por 1 x 0, mas jogando com um a menos. E, se o técnico deles não for cego, sabe que é só jogar pelo lado esquerdo da nossa defesa que ali dá jogo… Ney Franco cuzão, nem fode nem desocupa a moita. Ou põe o Gabriel Silva pra jogar, ou devolve o moleque!

Mesmo assim, é só o Palmeiras chuveirar a bola pra perto do Paulo Miranda que é nóis!

Palpite do Maluquinho: 2×1 Palestra, 02 gols de cabeça do Telmáááááááááááário, e um gol dos caras nas costas do Conivaldo.

AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: