Arquivos do Blog

O BONDE DO IMENSO: PEDRÃO

Senhores, mais um da série o Bonde do Imenso, este escrito pelo Pedro Paulo Marsiglia. Fala aí o Pedrão:

MAIS

Mais paixão.

Mais amigos irmãos.

Mais um título.

O que aconteceu nesse semestre que aqui estamos deixando, nada mais é do que mais um mais nas nossas vidas e historias de amor.

Mais: classe gramatical – substantivo masculino, adjetivo e advérbio.

Mais uma vez passamos por provações e provocações. Mais uma vez sofremos, fomos humilhados, desprezados, ironizados e ridicularizados por uma imprensa marrom, tendenciosa, suja e incapaz de condizer com a verdade, com a coerência e com a imparcialidade que tem que agir, mas não consegue (por causa de fontes dúbias e escusas). Lutamos contra tudo isso, só que com uma diferença de outras temporadas: nossa união é mais forte, nossa amizade é mais próxima e sincera. Nossa dignidade é mais clara ainda e todos tem que engolir goela abaixo essa nossa grandeza. Não vou usar aqui o velho chavão “contra tudo e contra todos”, porque não são todos, temos muitos a nosso favor. Temos cerca de 16 milhões de corações a nosso favor. Temos a verdade, temos a grandeza, temos a historia a nosso favor. Por mais que queiram nos rebaixar, eles não conseguem.

Nosso time ganhou mais um título, desacreditado por todos, até por nós mesmos, mas ganhamos. Tivemos a imprensa contra mais uma vez, com má vontade de cobrir o Palmeiras, tendo a maior emissora do País ignorando o campeonato, mudando os horários dos jogos e deixando-o de lado, só para prejudicar um pouco mais a torcida com acesso e transportes.

Contra isso tudo, e mesmo assim, nosso time ganhou mais um título, um time limitado, sim desacreditado, até por nós mesmos, mas ganhamos mais um título.

Nosso time ganhou a  “nossa fila” criada pela imprensa marrom, afinal de contas, nosso título estadual em 2008 de nada vale, porque como todos diziam estávamos numa fila de 13 anos. Estranho… o outro time, “queridinho da imprensa e do governo” conseguiu “acabar com a fila” deles, mas com o “mesmo” título estadual???

E olha que a fila deles era praticamente o dobro da nossa… 23 anos…

Nós estamos comemorando nosso mais recente título e não vamos parara tão cedo. Porque? Porque estamos acostumados a títulos, estamos acostumados a decisões, estamos acostumados à glória.

Ficamos sem comemorar um título nacional 13 anos, mas mesmo assim continuamos no topo do ranking nacional. Ou seja, vamos dizer que “demos uma colher de chá” para os adversários, de mais de 10 anos, para ver se conseguiam se aproximar, mas… não dá… nossa supremacia é gigante.

Mais de 10 anos e continuamos no topo. O máximo que conseguiram foi empatar, mas passar? Nunca.

Somos os maiores campeões do Brasil, o pais do futebol, consequentemente somos os maiores e mais respeitados campeões da historia do futebol nacional.

Ninguém consegue se comparara a nós, todos tentam nos diminuir, nos imitar, nos ridicularizar, mas com isso só conseguem uma coisa… nos engrandecer ainda mais, nos unir ainda mais, nos desabafar e ter que nos engolir ainda mais.

Tenho que engrandecer uma pessoa…

Ao homem mais palestrino de todos. Que me ensinou a ter dignidade, a ter respeito pelos outros, que me ensinou a ser honesto, que me ensinou a ser vencedor e acima de tudo me ensinou a ser palestrino.

Obrigado Sr. João Paulo Marsiglia, por ter me deixado esse legado.

Essa amizade, essa cumplicidade, essa honradez e perseverança, hoje eu encontro na Famiglia… O Bonde da Famiglia do Imenso… onde todos são iguais, todos se amam, se respeitam, se ajudam e se transformam em um só.

Mais que um grupo vencedor. Mais que um simples grupo de amigos com um objetivo em comum. Assistir, acompanhar, debater, criticar e torcer pelo Verdão. Uma família verdadeira, unida e compacta. Nada pode ou consegue nos deter… juntos somos imbatíveis, e quem nos ensinou a ser assim?

O maior. O mais vencedor. O melhor. Sociedade Esportiva Palmeiras.

Como disse uma das nossas várias músicas:

“Se jogasse lá no Céu…

Eu morreria…

Só pra te ver!”

E sei que não estaria sozinho. Além do Sr. João Paulo, estariam comigo o Daniel Grandesso, o Gerson Guarino, o Rogério Fumo, o Thiago Teixeira, o Renato Vieira, o Otavio Moura, o Caio Mônaco, o Emerson Genovesi, o Fernando Rovaron (aqui estão os nomes porque os apelidos são internos), e outros como eu sabem que somos os MAIS odiados, os MAIS copiados, os MAIS invejados.

E tudo isso porque somos os maiores e melhores.

PALMEIRAS IS ALL IN

%d blogueiros gostam disto: