Arquivos do Blog

A Liderança Palestrina na Média de Público no Paulistão14

Há alguns dias, a ESPN publicou uma matéria (leia aqui) sobre a liderança do Palmeiras na média de público no início do campeonato.

Então, no início de fevereiro, depois de 05 jogos, o Palmeiras tinha uma média de 15.214 pessoas por jogo. A matéria não fez diferenciação entre públicos em casa ou fora de casa.

Encerrados os jogos do mês de fevereiro, o UOL publicou hoje (leia aqui), as novas médias de público do Paulistão.

10 rodadas já foram disputadas e o Palmeiras segue sendo o primeiro do Ranking, com 13.425 pessoas por jogo.

Mas o curioso é que essa liderança foi construída até aqui pelos públicos fora de casa, onde o Palmeiras lidera com média de 13.927 pagantes por jogo como visitante, bem acima dos rivais (lembrando que um desses público foi o clássico com os Gambás).

Já no quesito mandante, o Palmeiras é segundo colocado, com 12.923 pagantes em média, estando atrás dos Lixos que lideram com 13.600 gambás por jogo.

Acrescente-se ao debate, ainda, que dos jogos como mandante, tirando o jogo com os bambis, nenhum outro teve público maior do que 13 mil:

– Palmeiras x Linense (fim de semana): 10.717 pagantes;

– Palmeiras x Penapolense (dia de semana): 11.232 pagantes;

– Palmeiras x Bambis (fim de semana): 23.694 pagantes;

– Palmeiras x Audax (fim de semana): 12.551 pagantes;

-Palmeiras x Ituano (dia de semana): 6.420 pagantes; e

– Palmeiras x São Bernardo (dia de semana): 6.742 pagantes.

Ou seja, a liderança de público até o momento vem sendo impulsionada pelos públicos em que não é o Palmeiras quem define o valor do ingresso, mas sim o time visitante.

E como disse no post de ontem, o baixo público do Palmeiras em jogos em casa, principalmente nos jogos do meio de semana, ocorre por conta do ingresso a R$ 60,00 que, mesmo para o torcedor AVANTI do plano de entrada ainda custa o mesmo valor, por exemplo, que o preço cheio do ingresso que os Gambás cobram para as arquibancadas.

Por isso, caso a diretoria do Palmeiras queira ter o estádio sempre cheio, com pelo menos 10.000 pessoas por partida, precisa começar a pensar em  promover uma diferenciação de valores nesses jogos de meio de semana e contra times sem muita expressão, senão, vamos continuar na casa dos 6 mil pagantes nesses jogos, um público inaceitável prum clube que, no ano do seu centenário, tem quase 40 mil sócios torcedores cadastrados com benefícios e descontos na compra dos ingressos.

Outra ideia seria fazer um pacote de jogos com preço diferenciado, por exemplo, o sócio Avanti que reservar os jogos contra Portuguesa e Ponte Preta juntos, ganha mais desconto de quem comprar cada um dos jogos avulsos. Ou então quem não é AVANTI e se associar até o dia do jogo da Lusa, ganha o ingresso pro jogo com a Ponte, uma forma de buscar alavancar o programa de sócio torcedor e ao mesmo tempo garantir mais público nos jogos seguintes.

Enfim, ideias como essas ora sugeridas precisam ser testadas e colocadas em prática, o que não pode acontecer mais é vermos o Pacaembu a cada nova rodada de meio de semana com os mesmos 6, 7 mil de sempre, quando deveríamos ter casa cheia todo santo jogo! É ano do Centenário, CAZZO!

AVANTI PALESTRA!

PorcoNews n. 25

Alô primo campioni mondiale, oinctacampeões brasileiros. Estamos chegando com o PorcoNews dessa semana. Vamos lá!

FELIPÃO I

O Felipão tá emputecido com o “jornalista” da Folha de São Paulo e da ESPN Brasil que voltou a falar do seu salário numa matéria “jornalistica”. Aqui você encontra o texto. Até eu que não sou do ramo consigo perceber que o viés da publicação contra o Palmeiras é tamanho que o texto parece sem nenhum nexo. O “autor” quer falar de discrepância entre salários em clubes grandes ou pequenos, da campanha do Palmeiras ou do fato de que, segundo ele, Felipão não ganha um clássico há quase uma década?

A pergunta é: o que o cú tem a ver com as calças? A discrepância no futebol não surgiu hoje, e o “cronista esportivo” sabe muito bem disso. Será que a idéia é que o treinador em tese não ganha um clássico há quase uma década porque ganha melhor que todo mundo? Não faz nenhum sentido. É um texto pífio, pior dos que eu escrevo quando chego em casa ruim de tanto tomar cerveja assistindo ao jogo do Palmeiras.

E o clube não deixou barato: repudiou com veemência a conduta deplorável do “colunista” da Folha, por meio de uma nota publicada no site oficial do Verdão. Felipão também não aliviou. Deu entrevista e disse que se acontecer alguma coisa de ruim com ele ou com sua família por causa desse tipo de declaração, ia “buscar até o inferno” o responsável e terminou: “É uma ameaça? É!”.

Pronto. Acho que o que o comédia que escreveu o texto queria foi conseguido. Teve seu nome colocado no site oficial do Palmeiras. Se inveja matasse, o que ia ter de jornalista gambá caindo duro por aí…

FELIPÃO II

E o treinador não mirou suas armas apenas no jornalisteco, sobrou pra diretoria também. “Resolvam essa porcaria” é o que Felipão teria mandado de recado para a diretoria, a respeito do imbróglio que envolve o meia Lincoln. Depois do jogaço que o cara fez ontem, a reação não podia ser outra. Até outro dia, diziam por aí que o Felipão é quem tinha afastado o Lincoln e o M. Ramos e, pelo visto, a história era outra. Ao que consta, a diretoria teria dito ao Felipão que, se quisesse um camisa 9, deveria se desfazer dos dois jogadores, cujos salários são considerados altos. Como nem eles saíram e nem o camisa 9 chegou, o Bigode mandou à diretoria à merda. Fez bem. Tem que botar pressão mesmo.

QUANTO VALE UM PALMEIRENSE?

Essa dica eu emprestei do Drops do 3VV de hoje. O site Espírito do Porco, do palestrino Tiago Aquino (que é, também, um dos admins. da página do Palmeiras no Facebook), fez uma comparação entre os torcedores do Palmeiras e dos Bambis, Urubus e Gambás, relativamente ao consumo de produtos oficiais e licenciados do clube e chegou à conclusão de que o Palmeirense é, disparado, o maior consumidor dentre os torcedores do país inteiro. Só não concordo com a conclusão de que um palmeirense equivale a 02 gambás. UM Container cheio desses favelados não equivale a um palmeirense. FATO!

LINCOLN

Retorno de gala do meia Lincoln ao time do Palmeiras no jogo contra o Linense. Sobraram passes precisos, toque de bola refinadíssimo e muita, mas muita inteligência nas jogadas. Só faltou um golzinho, que tava tão fácil de fazer, daqueles sem goleiro e tal, que foi perdido. Resta saber se o Lincoln, depois desse período todo fora, conseguiu de fato recuperar a forma física que tanto pesou desde que chegou no Verdão. Eu aposto que sim, e acho que sábado ele vai dar show de novo no Canindé. E, quando o Mago voltar, contra as sardinhas, quero ver os dois em campo. Os guris da Vila tão fudidos!

PATRIK

Quem sabe a diferença entre o Patrik dos jogos do Palmeiras contra Uberaba e Linense e do jogo contra o São Caetano? A referência no meio de campo. O moleque ainda é muito novo pra jogar sozinho na armação do meio de campo do Palestra, mas com um jogador experiente do seu lado, corresponde e rende muito mais. Ou seja, não pode queimar o menino escalando ele e o Tinga no meio-campo do Palmeiras… Ainda mais com o Assunção e o Caramujo em nível tão fraco como temos visto. Enquanto isso, o moleque vai tendo seus 15 minutos de fama. E pede pra jogar com Valdivia, Lincoln e Kléber. Vai que vira?

VOLTA À LIDERANÇA

Semana passada eu arrepiei o verbo aqui porque o Palmeiras tinha caído pra quarto com o resultado diante do São Caetano. Mas,olha como são as coisas: se os bambis ganharem dos gambás no domingo e o Palmeiras não vacilar diante do Bragantino, assumimos a ponta do campeonato de novo, a 3 rodadas do fim da primeira fase. A defesa da liderança será com dois jogos fora, Vila Belmiro e Moisés Lucarelli (dois velhos fregueses) e um em casa contra o Prudente. Fica aqui a profecia: se terminarmos em primeiro na fase classificatória, o caneco é nosso.

SÃO MARCOS E rogério ceni

Nesta segunda-feira o programa Bem Amigos, da SporTV, uniu o maior goleiro do mundo e aquele aspira de goleiro de hóckei. A apresentação competiu ao Luiz Roberto, pois o Galvão estava na Europa gravando o Na Estrada com Galvão. Mas o Galvão fez questão de entrar via VT, para “apresentar” os convidados do seu programa semanal. E foi dizendo: “a previsão é de que nós teríamos [no programa] Marcos,SÃO MARCOS!, e rogerio ceni”. Impagável, pois é assim mesmo que nós vemos a diferença. Um é o Santo, o outro, um coroinha. Um é pentacampeão mundial, o outro foi o garoto do gatorade (o famoso waterboy) da seleção campeã. Entenderam, bambizada? Não adianta nada botar o nome do frangueiro na frente do Santo no título do youtube. A partir dos 3:30 do vídeo, veja o Galvão botando os “pingos nos is”. CHUPA BAMBIZÃO:

Finito! Semana que vem tem mais.

AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: