Arquivos do Blog

Palmeiras 2×1 Santos – Paulistão18

O primeiro verdadeiro teste da temporada foi vencido com tranquilidade pelo Palmeiras.

Um 2×1 que não trouxe qualquer preocupação pro torcedor palmeirense, tamanha que foi a segurança do Palmeiras em campo.

De fato, a vitória não esteve em nenhum momento ameaçada pela equipe santista, nem mesmo depois do gol irregular dos lambaris. Era nítido que não tinham time nem bola pra tentar uma reação.

Felipe Melo segue falando pouco e jogando demais. Hoje, no primeiro tempo, errou uma ou outra saída de bola, mas nada que pudesse tirar o brilho de mais uma atuação precisa, segura, técnica e de muita garra, até carrinho dentro da área o cara dá com a certeza de quem não erra o bote. Levou amarelo, merecido, mas é coisa rara pra ele com a camisa do Verdão. Que início de temporada, o Ousado segue sendo o dono do time.

Tche Tche foi muito bem hoje, esteve literalmente no campo inteiro, deve ter corrido uns 20 km…

E tem o Borja, garantiu mais 3 pontos, né, pai? Contra o Botafogo ele já tinha feito o gol da vitória e hoje de novo fez o dele e garantiu os 100% do Verdão. É claro que ele não joga sozinho, mas que ele fez os gols de duas das cinco vitórias do Palmeiras até aqui, isso ele fez…

Se boa parte da torcida não tem paciência com ele, o que é até fácil de entender, eu ainda acho que ele segue melhorando, e ainda vai nos dar muitas alegrias esse ano. Forza Borja!

Aquela falta na trave do Lucas Lima podia ter entrado, hein?

E pra fechar, seguimos vendo só coisas boas no trabalho do Roger. Alterações corretas, hoje até demorou um pouco pra mexer, mas sempre aproveitando bem o banco de reservas, rodando o elenco, testando novas possibilidades. Hoje, por exemplo, Dudu, Lucas Lima e Tche Tche saíram, Keno, Scarpa e BH entraram, e o time manteve o padrão. Ponto pro treinador.

Próximo jogo será em Mirassol, e será uma ótima oportunidade pra mostrar que os fantasmas do passado realmente sumiram. 

AVANTI PALESTRA!

Lambari 1×0 Palmeiras – BR17

Apesar do bom futebol do Palmeiras ontem, não foi o bastante pra superar a atuação perfeita do goleiro adversário e também a sempre péssima arbitragem de Wilton Pereira Sampaio.

O juiz foi decisivo em dois lances primordiais. Primeiro, não marcou a falta clara do atacante santista sobre Dracena no lance que gerou o gol deles. E depois deixou de marcar penalti claro no Dracena no fim do jogo. 

Mas é certo que a derrota veio de novo depois de uma indefinição na marcação pela direita, mesma coisa contra o Coritiba. 

Foi bom ver também o quanto jogou bola o Roger Guedes, arrisco até dizer que foi o melhor palmeirense em campo.

Apesar da clara evolução nos jogos contra Galo, Fluminense e ontem, o Palmeiras segue sem marcar pontos ou gols fora de casa. 4 derrotas. Péssima campanha e já há os PVCs da vida apontando ser impossível tirar os 12 pontos de diferença pra liderança.

A se manter essa escrita de o Palmeiras não pontuar fora de casa, realmente não vamos conseguir buscar. Por isso, ou o Palmeiras ganha na Bahia, ou priorizar a Libertadores até o fim do ano será a única opção.

E presidente, não adianta nada chefiar delegação da CBF e no jogo seguinte ser assaltado desse jeito…

AVANTI PALESTRA!

Lambaris 2 (3) x (2) 2 Palmeiras – Paulistão16

Eu tô aqui de cabeça erguida. Num jogo em que muita coisa deu errado, em que o Palmeiras não teve o apoio dos 700 de sempre naquele amontoado de laje, teve uma coisa que não falhou, e não falha nunca: a gigante, monstruosa CAMISA do Palmeiras.

Mas algumas coisas não têm perdão. Robinho, obrigado pelos gols no Rogério Ceni, mas ele aposentou, porque você não faz o mesmo? Gabriel Jesus, de novo, perdeu gol feito em jogo decisivo. Moleque pipoqueiro, que a Juventus leve logo esse merdinha. E Rafael Marques, nem se for o último jogador disponível, nem se tivesse marcado 5 com a bola rolando, não pode mais bater pênalti contra os Sardinhas.

Quis ainda o destino que os dois gols deles saíssem de vacilos do Matheus Salles no campo de ataque… Por melhor que seja o moleque na marcação, precisa evoluir nos demais fundamentos, principalmente do meio pra frente, perdeu duas bolas fáceis, tomamos 02 gols, não pode. Gabriel também não foi bem, e desde que voltou, ainda não mostrou a bola do ano passado. Mas os moleques seguem prestigiados.

O Cuca também demorou pra mexer, Robinho cagando até escanteio, e ainda deixou o time sem alteração por 15 minutos do segundo tempo, não dá pra entender. E os dois gols do Palmeiras saíram do banco de reservas: Cleiton inverteu pro Barrios, enfiada pra área e gol do Rafael Marques; cruzamento do Cleiton, gol de cabeça do Rafael. Porque esperar até os 15?

Enfim, não era a nossa vez, e pelo conjunto da obra na competição, sinceramente o Palmeiras não fez campanha de time campeão. Agora são três semanas até o início do Brasileirão e o único time grande que vai estar em pré-temporada nesse período é o Palmeiras. Tem que largar pesado…

Queixo apontando pro teto, SOMOS PALMEIRAS, a camisa mais pesada do Mundo! E quem gritou olé naquele vaso sanitário que alguns chamam de estádio, cagou nas calças. Respeitem o gigante de Palestra Italia! E que venha o BR16!

AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: