Arquivos do Blog

De Ídolo a Cuzão – Os 10 Pecados Capitais do Judas

Judas terá seu destino selado de vez no Palmeiras em reunião com o presidente do Palmeiras na noite deste dia 13 de outubro de 2011, que deverá confirmar seu afastamento definitivo do Palmeiras. Ele deverá terminar o ano treinando separado do elenco, participando do famoso Bobinho Open de Gaurulhos (via @parmerista).

O traidor foi contratado novamente pelo Palmeiras no meio de 2010, como um pacote de loucuras/medidas populistas de Beluzzo que, àquela altura, buscava salvar o último suspiro de chance de se reeleger. Pouco depois chegaram Felipão e Valdivia.

Em pouco mais de um ano, o jogador – que chegou com um inexplicável (talvez até explicável) status de ídolo – conseguiu minar todo o prestígio que tinha com diretoria, comissão técnica e a maior parcela da torcida. O Maluco pelo Palmeiras relembra, um a um, os pecados que conduziram o “ídolo” a virar persona non grata para o palmeirense.

1) Palmeiras 2×2 Botafogo/RJ, 22/07/2010, Pacaembu. O Palmeiras ganhava de 2×0 no primeiro tempo e cedeu o empate em 2 gols de bola parada. Na saída do gramado, Judas criticou abertamente a zaga do Verdão. Primeiro incêndio pro Bigode apagar, com pouco mais de 2 semanas de trabalho. Foi então instituída a primeira lei do silêncio no Palmeiras, fazendo com que a animosidade da imprensa para com o Palmeiras e com o Felipão começasse desde cedo a azedar mais do que o comum.

2) Palmeiras 1 x 2 Fluminense, 28/11/2010, Arena Barueri. O Verdão havia sido eliminado da Copa Sulamericana para o Goiás e acabava de perder, com gosto, para o Fluminense ficar a 2 pontos do título. Em entrevista o boca-mole cria novo tumulto no clube, ao criticar abertamente o diretor de futebol Wlademir Pescarmona e ainda expor a situação financeira do clube nos microfones. Uma afronta direta à hierarquia e uma insubordinação inadmissíveis.

3) Palmeiras 2 x 1 Noroeste, 10/03/2011, Bauru. Judas se machuca uma semana antes no jogo contra o Comercial do Piaui, pela Copa do Brasil. No sábado seguinte, vetado pelo DM, é visto no Sambodrómo ao lado de Valdívia, ensaiando um ziriguidum. Segunda-feira se reapresenta e volta a sentir a lesão muscular, que o tira de mais um jogo, desta vez contra o Noroeste. Ao final, Felipão critica a falta de compromisso dos “jogadores”. O traíra decide então que tinha “um direito de resposta” a ser publicado no twitter, criticando diretamente o comandante. De novo, a quebra de hierarquia foi abafada e contornada por Felipão, que ainda fez do jogador o seu capitão. Bola fora, Bigode…

4) Palmeiras 5 x 0 Avaí, 19/06/2011, Canindé. Judas solta o verbo contra o presidente do Palmeiras, por conta de uma declaração mal-interpretada de que, se fosse ao Flamengo, não seria titular. É o começo do fim.

5) Entrevista coletiva, 22/06/2011, Academia. O canalha convocou a imprensa para esclarecer o “mal entendido” com o presidente, mas na verdade queria mandar o seu recado: se não tiver aumento… O Judas deixava se manipular pelo grande responsável pelo estopim da crise do jogador com o Palmeiras: o seu empresário, que não havia conseguido fazer constar no contrato do jogador uma cláusula escrita de que ele teria o segundo maior salário do elenco e, naquele momento, começava a tentar fazer valer a pedida na base da força. Daqui pra frente, a merda só ia feder mais.

6) Academia de Futebol, 09/07/2011. Judas estava prestes a completar seu sétimo jogo, vetando assim qualquer possibilidade de transferências para outro clube ainda na temporada 2011. Depois de 20 dias fora, liberado pelo Departamento Médico, se recusou a concentrar com o resto do elenco, saiu da Academia e foi fazer um exame médico por conta própria, que só constataria aquela famosa lesão, a contratite. Desacatou ao mesmo tempo a CT, o DM e, lógico, a diretoria. Pra mim, essa foi a gota d’água

7) Jogo Aberto (entre outros), 11/07/2011. O jogador perde a linha e chama o vice-presidente de futebol de tudo que é nome: ‘Se o Frizzo não tem caráter e não fala como homem, ele fica se escondendo, tentando me colocar contra o torcedor e não tem coragem de atender o telefone para conversar comigo e resolver o assunto’;  ainda disse que nunca tinha pedido aumento de salário para ganhar R$ 500.000,00 (o tal do assunto  devia ser um furúnculo) e que o clube o forçava a fazer a sétima partida sem que ele tivesse condições físicas.

8 ) Academia de Futebol, 14/07/2011. Judas falta ao treino da manhã e diz que não sabia que tinha de treinar… Foi finalmente multado pela Diretoria. Mas, já era tarde demais…

9) Palmeiras 1 x 0 Ceará, Canindé, 22/09/2011. A multa aplicada 2 meses antes fez o jogador calar a boca, embora o futebol continuasse sumido. O mercenário decide dar entrevista após a vitória do Palmeiras na qual se sente no direito de questionar o esquema tático e o ambiente do Palmeiras que ele tanto ajudou a conturbar. Ainda achou tempo para chorar a respeito da chuva de moedas que sofreu no jogo contra o Avaí, e ironizou: devo ser o mercenário mais burro do mundo. Sem dúvida.

10) Academia de Futebol, 11/10/2011. Judas decide iniciar um motim dos jogadores em razão do episódio entre João Vitor e torcedores na porta do Palestra, sugerindo que ninguém embarcasse para o jogo do Verdão no Rio de Janeiro. Muito antes de estar sendo solidário ao jogador “agredido”, Judas só pensava que sua batata estava assando: pouco mais de uma semana antes, o alvo podia ter sido ele. A coisa encrespa entre ele e Felipão e o jogador abandona a concentração. Felipão bate o martelo: ou saía o jogador, ou sairia ele. O bigode dá entrevista após o jogo com o Flamengo e diz que desistiu do atleta. Frizzo confirma hoje pela manha a saída do atleta: se ele não quer jogar pelo Palmeiras, o Palmeiras também não o quer.    

Se algum dia houver um seminário a respeito de como desvalorizar um jogador e destruir uma carreira em 15 meses, Judas e seu empresário seriam concorridíssimos. Depois desse rol de eventos o Judas, que queria ganhar meio milhão de reais por mês, deve ficar satisfeitíssimo se conseguir receber 1/3 disso. Nenhum clube aministrado com inteligência vai se dispor a pagar mais do que o Judas já ganha no Verdão, ainda mais depois de ter se mostrado ser extremamente problemático, mimado, insubordinado e desagregador.

E que não venham os trouxas de plantão querer culpar diretoria e/ou torcida pelo fim do Judas no Verdão. Essa cova o imbecil cavou sozinho. Aliás, sozinho vírgula, Judas não teria tido tanto êxito não fosse a péssima assessoria que recebe. Às vezes dava até dó de ver um suposto gladiador parecendo mais um fantoche de circo barato. Pensando bem, dó o caralho, que se foda esse desgraçado.

O torcedor tem que aprender de uma vez por todas: palmeirenses somos nós. Se tem uma coisa que o Judas nunca foi na vida é palmeirense. O que ele fez foi usar a carência da torcida em seu único e exclusivo benefício, para poder exigir um contrato mais vantajoso e pra poder fazer todo tipo de absurdo, como os 10 listados acima, acobertado pela moral recebida da torcida. É um aproveitador.

E não se engane, palmeirense: a saída dessa laranja podre só irá fazer bem ao Palmeiras. Como não se trata de um jogador ruim, poderá servir de moeda de troca por um bom atleta do Inter ou do Flamengo, por exemplo. Já pros Gambás, dificilmente ele irá. Pra eles, nem um centavo da multa de R$ 143 milhões pode ser reduzido. E a diretoria nem seria louca de fazê-lo.

Parabéns, Judas. Se o que você queria era ser odiado pela torcida e escurraçado do Verdão, conseguiu. Agora, aguente. Vai acabar tendo que voltar pra Ucrânia ou onde quer que seja que te aturam. Seu merda.

AVANTI PALESTRA! 

PorcoNews n. 53

Fala, parmeras! PorcoNews no ar e esta semana o assunto é Nova Arena. E outras cositas mas…

NOVA ARENA

Ontem as W. Torre anunciou a AEG como sua parceira na administraçao da agenda de eventos da Nova Arena. Na cobertura do PTD, podem ser vistos os vídeos e fotos do evento. Evento este do mais alto nível, trouxe até um depoimento de David Beckham (aquele que ia jogar nos bambis) direcionado ao torcedor do Palmeiras a respeito da Nova Arena.

Evento que nao contou com a presença de nenhum dirigente do Palmeiras, como bem lembrou e lamentou o 3VV

No pacote de novidades da Nova Arena, foi anunciado pelo diretor da W. Torre Rogério Dezembro, que as obras do novo estádio do Verdao terão visitação aberta aos torcedores do Palmeiras. Eu já confirmo minha presença e só saio de lá a hora que achar o sapo enterrado no gramado. Leia mais sobre o showroom da obra no Globo.com.

O IG destaca que a chegada da parceira AEG pode fazer com que a Nova Arena sejá palco do UFC. Gostou, né Gé Guarino?

ENQUANTO ISSO, NA ACADEMIA…

O Bigode segue quebrando a cabeça sobre como escalar o time para o clássico na casa de praia do Verdão.  Alex Muller confirmou hoje, no Twitter, que o ButtHead e o Judas não jogam:

O ButtHead ainda merece um desconto. Já o Judas…

Além deles, Valdívia, o jogador da seleção do Chile que faz tratamento no DM do Palmeiras, e Luan, o grosso-esforçado, não jogam. Vou apostar num Marcos; Araujo, Henrique, M. Ramos e Gabriel; Chico, Assunção, Tinga e Carmona; Maikon Leite e Fernandão. E que San Genaro nos proteja…

ENGRENAGEM SOLTA

A notícia é antiga, mas eu só li ontem. O diretor de marketing do Palmeiras, Bruno Frizzo, deu uma entrevista ao Maquina do Esporte. Quer ter uma idéia de como funcionam as coisas no Palmeiras? A matéria dá um belo panorama. Daí você se pergunta, porque será que as coisas vão tão mal no Verdão…

OPALA 66 À ALCOOL

A fonte é pouco confiável, pois se trata do UOL, reportando uma noticia de um Jornal chileno que vai pela pecha de “El Mercurio”, mas a se confirmar, nosso meia segue consumindo mais álcool que um Opala 66. Dessa vez El Mago teria causado numa cafeteria lá no Chile, em evidente estado de embriaguez. Antes que as Valdivietes venham me apedrejar aqui, eu pouco me importo se o cara bebe ou deixa de ber. Eu quero é ver ele jogar pelo menos 70% das partidas, ao invés de 30%. Já seria um bom começo…

JUDAS

O Blog do Perrone, cujo link não se reproduz aqui por razões óbvias, escreve que o coitadinho do jogador teria sido vítima de um protesto injusto, já que teria jogado com dores contra o ATlético/GO. Ainda dá a entender que a comissão técnica teria mais culpa na atual situaçao do jogador do que o próprio. E termina, brilhantemente:

“O cenário proporciona uma nova novela ao final do Brasileirão. Palmeiras e Cruzeiro terão que aceitar uma proposta pior que a do Flamengo (cancelada e provavelmente insuperável) ou o alviverde será pressionado para dar aumento a um jogador que tem rendido menos do que pode.”

Meu caro Sr. Perrone: O Judas tem contrato, que ele tem que cumprir goste ele ou não. Aumento? Só se for de ânsia de vômito toda vez que se lê algo da sua escrita… Lembre, quem mais sái prejudicado nessa história é o jogador. É ele que está com fama de mimado, chinelinho, vagabundo, traídor, causador de intrigas, ruim de grupo, 6 meses sem marcar gol, etc. Está se desvalorizando sozinho. Duvido que alguém se disponha a pagar a ele mais do que ele já ganha hoje… E se ele for pros Gambás, ótimo, vão juntar-se fome com vontade de comer. Deixa ele ir lá foder o barraco da galinhada que eu quero é dar risada… 

AVANTI PALESTRA!

Judas Não Joga Sábado. E daí?

O blog do Alex Muller garante que o Judas não irá jogar no próximo sábado devido a uma vagabundice lesão no joelho. Já no Gambá Aberto de hoje, o Gambá Neto ensinuou que o Gambá seria o destino do traíra no ano que vem.

Aí o palmeirense se desespera, certo? Errado. A grande verdade é que o boca mole não faz nenhuma falta ao time. Não, não estou dando minha opinião. Estou constatando. Vejamos:

Em 26 partidas, o Judas não disputou 7. Desses 21 pontos em jogo sem o traíra, o Palmeiras ganhou 11. Aproveitamento de 52,38%. Por outro lado, nas 19 partidas em que o linguarudo atuou, o Verdão ganhou 28 dos 57 pontos disputados. Aproveitamento de 49,12%. Ou seja, com ou sem ele, dá praticamente no mesmo, até um pouco melhor sem o dono das 30 peças de ouro.

O Judas fez gol em apenas 2 partidas neste Brasileirão, contra o Botafogo e contra o Avaí (x2), ambos no primeiro turno. 03 gols em 19 jogos, uma média de ‘fantásticos’ 0,15 gols por jogo. Henrique,  nosso zagueiro que chegou com o campeonato já em andamento, tem média de 0,23. Ok?

Mas não é só. Com o Judas em campo, o Palmeiras marcou 21 vezes em 19 jogos (média de 1,1 gols por jogo). Sem ele, foram 11 gols em 7 jogos (média de 1,57 gols por jogo). 

Ou seja, indiscutivelmente, o Palmeiras é mais time sem o cara em campo. Os números não mentem, e a má vontade do jogador, que é evidente, fica ainda mais ao se olhar as estatísticas. É só reparar pra ver que ele já não ganha as divididas como antes, voltou a tomar os cartões bobos que não tomava no começo do ano…

Mas isso nem importa muito.

O que importa mesmo é que sem ele em campo, dificilmente haverá declarações polêmicas e imbecis após o final do jogo, o que tem sido a especialidade de um dos grandes responsáveis pelo racha no elenco e pelo ambiente pesado no grupo, desde que ele e seu genial empresário decidiram que o atacante deveria ganhar mais do que os R$ 300.000,00 que ele já ganha para desempenhar esse aproveitamento, até aqui medíocre.

Sim, além de não fazer lá muita diferença em campo, o bacanão não mede o que fala. Desde que disputou a partida contra o Avaí pelo primeiro turno do Brasileirão, há 20 jogos, além do affair público com o time do Madureira, o “astro” teve as manhas de participar de um programa de TV ao vivo no qual acusou o vice-presidente do clube de ser covarde e de não ter palavra; critica abertamente companheiros ao reclamar que não recebe passes na cara do gol, que o time não pode tomar gols bobos contra um time que tem apenas 9 jogadores, e mais recentemente decidiu que tinha o direito de reclamar do esquema tático (de bolas alçadas na área e sem a presença de um meia de ofício).

Não que ele não tenha razão. Eu concordo com tudo o que ele disse a respeito do time e seria hipócrita se dissesse o contrário. Mas quem é Kleber? Quem lhe deu o direito de expor as deficiências do grupo na imprensa? Com certeza os demais jogadores não deram, e a resposta já veio após o jogo contra o A/GO. Coisa que ninguém comenta, mas o episódio do retorno antecipado do Judas para São Paulo, ainda no domingo à noite, somado à entrevista de Deola no desembarque do time na segunda-feira, dão a confirmação do racha no elenco, tão visivel em campo.

Em resumo, o Judas é mais um caso perdido de jogador com enorme potencial que não consegue desempenhar no Verdão. Numa das declarações geniais de sempre, o #30 já deu a letra de que não fica no Palmeiras em 2012. Está contando os 12 jogos que faltam nos dedos. Os culpados são vários: a diretoria que conduziu muito mal (e muito devagar) o imbróglio com o Flamengo; o Bigode também não ajudou, ao escalá-lo metade do ano como centro-avante ( o que ele definitivamente não é), ou então ao lhe entregar a tarja de capitão depois de tudo que ele fez, especialmente por sua postura perante o restante do grupo; mas, principalmente, o grande culpado é o próprio jogador, tanto perdido quanto mal orientado…

E se o Judas for pros Gambás em 2012, que vá com Deus. E que tenha lá uma passagem tão destacada quanto as de Roberto Carlos, Magrão, César Sampaio, Edmundo e tantos outros que infelizmente foram manchar a carreira vitoriosa pelo Verdão lá na Marginal s/n.

Porque, vamos combinar, jogador assim, que joga pouco e fala muito, o Palmeiras tá precisando é de distância. Seja ele quem for.

AVANTI PALESTRA!

 

 

 

PorcoNews n. 51

Buenas, palestrinos! O PorcoNews dessa sexta tá no ar numa semana do Palmeiras que foi daquele jeito, cheia de confusões, que só não tiveram mais destaque que a alta do dólar e a queda do satélite na Terra prevista para amanhã.

POR FALAR NISSO (OFF-TOPIC)

Pelo que tão dizendo por aí, esse tal de satélite que vai entrar na órbita do nosso planeta entre hoje e amanhã seria do tamanho de um ônibus. Não será nenhuma surpresa se descobrirem que o “Busão-télite” seja este aí da foto, que foi usado uma só vez e depois mandado pro espaço KKKKKKKKKKKKKK!  

É como dizem por aí: O Palmeiras me decepciona de vez em quando. O Gambá não me decepciona nunca! KKKKKKK O Curintia é igual uma vaca em cima de uma árvore. Ninguém sabe como foi parar lá em cima, mas todo mundo sabe que  mais dia menos dia, vai despencar de lá. Obrigado por existir, Small Club!

O MELHOR DM DO MUNDO

O Departamento Médico do Palmeiras é o melhor do Mundo. Quem garante é o Chile, que conta com a plena recuperação do seu jogador Valdivia para os jogos das eliminatórias da Copa do Mundo de 2014. Os médicos do Palmeiras são infalíveis, o chileno vai pra seleção, volta machucado e os nossos doutores trabalham duro até que ele esteja curado, justamente em tempo para se apresentar novamente à seleção chilena. Sensacional pros chilenos. Pra quem é palmeirense, ainda vamos ter a chance de ver o jogador em seu ultimo jogo-treino pelo Palmeiras em 2011, contra o América/MG, no próximo dia 1/10, quando Valdivia ainda estará adquirindo ritmo de jogo pra servir o Chile. Depois disso o Mago se apresenta pra seleção chilena e, quando voltar, dali 15 dias, não será nenhuma surpresa se estiver novamente lesionado, dessa vez não se recuperando antes do dia 04 de dezembro, o último jogo dessa temporada. Felipão já desencanou. Não dá pra contar com ele. Viva La Roja!

JUDAS CHORÃO

Após o jogo de ontem, o camisa 30 resolveu mais uma vez abrir a boca pra falar groselha. Dessa vez o falador resolveu dizer que está chateado com o ambiente no clube, que não sabe se continuará no Palmeiras em 2012, que o Palmeiras não tem um meia armador, que ele não recebe um bom passe pra gol há tempos, que se ressentiu da chuva de moedas que levou em Florianópolis e da alcunha de mercenário. E terminou dizendo que se ele é mercenário, deve ser o mais burro do mundo, porque não queria sair, não recebeu aumento e nem foi vendido. Quanto a isso não tem discussão. Judas, você está certíssimo. Você, e quem te assessora, são burros pra caralho… Sem mais.

#BOTAMEIAFELIPÃO

O Maluco pelo Palmeiras endossa a campanha do Verdazzo! #BotaMeiaFelipão. E aproveita pra sugerir mais algumas:

#BotaOTingaemGuarulhos; 

#BotaOMumuNosGambás; 

#BotaORivaldopraQueimarnoMármoredoInferno.

Por hoje é só, parmeras! Vitória no domingo e uma semana de paz. É pedir muito?

AVANTI PALESTRA!

As Grandes Marcas dos Nossos Ídolos

Gostaria de parabenizar nossos maiores ídolos do elenco: Judas30 e El Pedrinho, pelas grandes marcas alcançadas neste ano.

Judas completa neste domingo uma marca que nenhum artilheiro do Brasil tem. 1 turno inteiro do Campeonato Brasileiro sem fazer gol. Contra o Avaí, o Judas marcou duas vezes. De lá pra cá, um gol na Sulamericana e nenhum no BR2011. Até o Fabio Jr., o limitadíssimo atacante do América MG, já superou esse “recorde”. E pensar o quanto eu vi de palmeirense cornetando o Mano Menezes porque o Leandro Damião foi convocado e o Judas não… Marca invejável a sua, Judas,é realmente louvável! Meus parabéns!

Já que o Judas reivindicou da diretoria o reconhecimento quando ele estava em boa fase, leia-se, R$ 500.000,00 por mês de reconhecimento, que tal reduzir seus vencimentos pra R$ 50.000,00, até que volte ao auge e a marcar gols como se espera de alguém que quer ganhar MEIO MILHÃO DE REAIS POR MÊS ? Essa sim seria uma atitude de ídolo, Judas, vai por mim…

Valdívia (que dizem que em espanhol significa Pedrinho) atravessa a quinta contusão seguida desde que, há pouco mais de 1 ano, voltou ao Palmeiras. Ninguém se machuca mais que ele no Brasil. Outra marca louvável!

Durante todos os meses recebeu, ainda que nem sempre religiosamente, o magnifico salário, o segundo maior do elenco. Jogou 1/3 das partidas, mas recebeu por 3/3 delas. Enquanto isso, vejo Juninho Pernambucano recebendo um salário mínimo do Vasco, Deco se oferecendo a não receber salário enquanto estiver contundido, assim como o Marcos já fez.

E aí, Mago, que tal seguir a moda e abrir mão da grana enquanto está no DM, mostrar o quanto você merece ser ídolo do Verdão?

Fica a dica aí pro #30 e pro #10. Enquanto isso, sigo sendo fã só do Palmeiras e de mais ninguém. Diretores, treinadores, jogadores (Marcos, lembrem, não é jogador, é Santo), todos, SEM EXCEÇÃO, vêm e vão. Quem fica é só o Palmeiras e a sua torcida. Só eles merecem nossa atenção. O resto é fumaça. E muitas vezes, nem verde é.

AVANTI PALESTRA!

Ídolos de Barro

Ontem postei o seguinte comentário no post pós-jogo do Verdazzo!:

O Assunção é a âncora do Palmeiras. Pra mim ele não tem crédito NENHUM! O que foi que esse cara ganhou com a camisa do Palmeiras? Aliás, o que foi que ele ganhou com a camisa de qualquer time? O cara tem um Rio-SP, uma Conmebol e um Campeonato Italiano em TODA a carreira e lá se vão quase 20 anos jogando futebol. Merece 0 todo jogo. FORA! Assim quem sabe acaba essa maldição de ficar vivendo das cobranças de faltas e escanteio que de vez em quando são razoáveis. CHEGA DE MULETAS!
Concordo plenamente.Já passou da hora do M. Assunção sair do time.
O Assunção tem sido o maior motivo de gols no Palmeiras, sem não é dele diretamente é por desvio dos chutes deles, é a melhor contratação do Palmeiras em relação Custo/beneficio (GOLS) nos ultimos tempos. Titulo ele não tem, mas no Palmeiras só o Marcos tem, se titulo da crédito ninguem tem pq Paulista não é crédito para ninguem.
TioWidow, é muito pouco pra quem quer ser campeão. Por mim, pega ele, o Kleber e o Valdivia, manda tudo embora, economiza 800 paus por mês e investe na molecada da base. Em 2013, o Palmeiras disputa alguma competição pra valer. O Santos em 2001 tinha Rincon, Edmundo e mais um monte de ex-jogador. Em 2002 apostou na molecada e se deu bem. O Inter em 2007 quase foi rebaixado, apostou na base e em 2009 foi campeão da Libertadores e Mundial. Enquanto isso o Palmeiras fica investindo em jogador velho e cansado, que só quer saber de balada, que já tá com a vida ganha… E na base do Palmeiras, molequqes como Gilsinho, Ramos e Patrik Vieira vão saindo pra outros clubes porque cansaram de esperar por uma oportunidade que nunca vem…
Mas em uma coisa eu concordo com você. Nesse time aí, só o Marcos tem crédito. E o Felipão.

Hoje chega a notícia de que a lesão de Valdívia o afastará por mais 30 dias do Palmeiras. É a quinta vez que ele se machuca desde que voltou, há um ano atrás.

Some-se a isso as seguidas lesões não confirmadas por exames clínicos do #30 que, de uma hora pra outra, deixou de ser o Gladiador pra virar mais um eunuco, um canelinha de vidro.

Não podemos esquecer do fiasco que foram as recentes contratações de Lincoln e Ewerthon Gambá, ou as um pouco menos recentes de Edmilson e Roque Junior.

E, pra completar, o time vive das bolas paradas de um ex-jogador de 35 anos que nunca ganhou porra nenhuma no futebol, que joga na posição mais importante do time (nomeie um campeão brasileiro que tinha um pangaré de segundo volante) e se dá ao luxo de andar em campo, já que não agüenta correr mais que 500 metros pro jogo. Até pra bater faltas e escanteios o comédia se arrasta. E de cada 10 escanteios batidos, um resulta em algum perigo. Os outros 9, é sempre na cabeça do zagueiro no primeiro pau. As faltas, a mesma coisa. Quando sai gol, não resulta em vitória (casos dos jogos de Botafogo e Vasco). O penalti de ontem, pra mim, não foi surpresa nenhuma. A displicência com que foi batido é marca registrada desse tão idolatrado MEDÍOCRE.

E vendo ontem no Pacaembu mais um ano ir pro saco, parei pra pensar o que meus dois brothers Rovaron e Rogérinho diziam, antes do jogo: o Palmeiras devia aceitar a oferta do Qatar e se livrar do Valdivia. Na hora, não concordei e disse que o Palmeiras sem ele não jogava nada, enquanto eles me diziam que era muito pouco o que ele havia feito pelo Palmeiras desde que voltou. Estão cobertos de razão. Basta dizer que, de 21 jogos disputados nesta edição do Brasileirão, Valdivia jogou 8, um pouco mais de 1/3 das partidas. O 3VV até lembrou no Drops de hoje que, no Twitter, estão falando que “Valdivia”, em espanhol, quer dizer “Pedrinho”… 

O mesmo vale pro Kleber e pro Assunção queridinho da torcida. É quase nada o que esses caras retribuem pelos enormes salários e carinho incondicional da torcida. O Kléber, por exemplo, fez gol na estréia do campeonato brasileiro, mais 2 na goleada contra o Avaí e, desde então, HÁ EXATOS 16 JOGOS, não marcou mais.

O Assunção, que pra parte da torcida tem muuuuito crédito, fez 4 gols. Ou seja, somados, Kleber e Assunção fizeram a mesma quantidade de gols que o tão criticado Luan. Ah, mas o Assuncão dá vários passes pra gol… São 7 no total. Em 21 jogos, é muito pouco, não?

Por isso, cansei desses medalhões, verdadeiros ídolos de barro. O Palmeiras precisa é de uma meia dúzia de moleques da base que ainda não estão com a vida ganha e nem preocupados se o salário deles é o maior do elenco, mas que vão suar sangue pra chegar lá. Cansei de não poder contar com esses caras que recebem o peso em ouro e todas as benesses de serem idolatrados pela torcida, mas não sabem retribuir à altura. Acorda palmeirense! Chega desses medíocres chupinhando o Verdão e não dando nada em troca… Não tem outro jeito. É fazer a limpa e botar a molecada pra jogar. Quem sabe em 2013 o Verdão disputa algum título…

Então vamos endossar, bora pro twitter! #FORAASSUNÇÃO! #FORAVALDIVIA! #FORAJUDAS! #EUQUEROMEUPALMEIRASCAMPEÃODENOVO!

AVANTI PALESTRA! 

A Arte de Jogar Merda no Ventilador

Estar de férias tem suas vantagens.

Ter assistido ao vivo a coletiva de imprensa do Kleber hoje não foi uma delas. Quem quiser ouvir ao vivo, o Blog do Alex Muller irá publicar a íntegra da coletiva aqui (ainda não tá no ar, mas será neste link).

Imaginei que ia ver um ponto final nessa história toda de Flamengo, e o que eu vi foi o cara botar mais fogo ainda na bagaça.

Sim. ele disse que não quer sair, ele disse que ama o Palmeiras, disse que já se entendeu com o presidente e que ficou muito feliz com as palavras de Felipão após o jogo contra o Hawaii 5.0.

Mas mandou seu recado, que pra mim ficou mais do que claro: “Quem decide se vai me dar aumento ou renovar meu contrato é com o presidente, se ele quiser pagar pra ver e esperar o Flamengo…”

Em resumo, o que dá a entender é que o jogador usou a proposta recebida do Flamengo pra conseguir aumento (e ter o maior salário do elenco – que dizem que ele já tem) e ouviu um sonoro não. Até aí, tudo muito normal. Agora, forçar a barra pela imprensa, como foi feito, e terminar dessa forma, deixando claro que se o Flamengo pagar a multa e oferecer mais dinheiro ele se manda, foi de fuder.

Ou seja, o palmeirense que tinha o jogador como ídolo, que acha que o cara ama o clube e joga por amor, tá na hora de parar de se enganar. Jogador gosta de dinheiro, carro e mulher. O clube que ele joga é só o meio pra ganhar dinheiro, comprar carro e pegar mulher. Entendeu?

Agora, o que me deixa emputecido é criar essa putaria toda só porque quer aumento. Ah, vá a merda! O Palmeiras ganhando de 5, em segundo lugar, com a zaga redondinha e o ataque funcionando, e só se fala da briga do Kléber com o presidente?

Mas, a culpa não é só do jogador. O presidente calado, é um poeta. Impressionante como não sabe se portar à frente de um microfone. Devia ouvir os conselhos (que prestam) do seu padrinho que, em 13 anos de mandato, deve ter dado menos entrevistas que o Tirone já deu em apenas 5 meses de presidência. ô cabacice…

Enfim, que bela merda que foi criada. Aqui vão os meus recados: Presidente: SHHIIIIIIIIIUUUUUUUUUU! Kléber: Pode ir pro Flamengo ganhar o dobro na carteira de trabalho e ZERO no bolso. Aproveita e contrata um advogado tão bom quanto o seu empresário, pra daqui a 15 anos, penhorar a Gávea. E torcedor: Chega de endeusar jogador. Quem merece nosso amor é a camisa do Palmeiras e só.

AVANTI PALESTRA!

PorcoNews n. 23

Alô palestrinos primo campioni mondiale, oinctacampeões brasileiros! PorcoNews de volta depois de uma folga na sexta-feira passada, por conta do desfile pela Mancha Verde. E por falar nisso, começamos pelo Carnaval 2011.

CARNAVAL

Não vi o desfile da Vai-Vai. Estava voltando pra casa. No dia seguinte ao desfile, me preocupei apenas em assistir o magnifíco desfile da Mancha Verde. Mesmo com o atraso de mais uma hora, o que significou que a composição de toda a escola ficou plantada em pé na concentração por quase três horas, a Mancha foi sublime, o desfile foi impecável. Já a Vai Vai bateu carro alegórico na avenida, abriu um buraco enorme na evolução, mas mesmo assim levou o título.

Pelo jeito vai ser díficil uma escola derivada de torcida de futebol faturar o título do Carnaval paulista. A Mancha foi aclamada pelo público a vencedora com folga do Carnaval, obtendo nota de 9,52 no voto popular.  Mas, os jurados viram outro defile. Tiraram pontos injustos em samba-enredo e da bateria, logo da bateria.

Minha sugestão para o ano que vem é escolher como enredo a vida do Silvio Santos. Nessas horas (e só nelas), eu bato palmas pro Eurico Miranda. Afinal, se é pra perder de qualquer jeito, independentemente de ter sido ou não a melhor escola, pelo menos faremos uma hora e meia de propaganda do SBT na Globo.

Piadas à parte, já que a Mancha não é de brincadeira, vai chegar um dia que não vai ter por onde tirar ponto da Mancha. E nós já estamos lá. O desfile deste ano mostrou que a Mancha não deve nada pras “escolas tradicionais”. E hoje, no desfile das Campeãs, vamos mostrar de novo que aqui o coro come e o bicho pega!

FELIPÃO X KLÉBER

Com muito jogo de cintura, Felipão botou panos quentes nas declarações dadas por Kléber no twitter e deixou a imprensa,  que como lembrou o Conrado, queria ver sangue, a chupar han…, bom, os seus dedões. Sobre o fato, escrevi ontem a respeito da minha discordância com a insubordinação do Kléber. O técnico tem que ser respeitado, mesmo quando está errado (e ele não estava). O Kléber pode até cobrar o Felipão, mas jamais em público. Isso pega mal, em primeiro lugar, pra ele próprio.

Ah, e antes que me esqueça, pouco me importa o que pensa o empresário do Kléber. Todos deveriam fazer o mesmo. Empresário, até onde eu sei, não entra em campo, não veste a camisa, não ganha jogo e, principalmente, não torce pelo clube e, mesmo que torça, outros interesses vem à frente. Então, ti ignoris nele! Meu unfollow já tá dado. 

 LICITAÇÃO C13

A lambança está armada. Hoje a REDETV, com proposta de 1,54 bilhões de reais, concorreu sozinha e faturou o direito de transmissão de TV aberta do Campeonato Brasileiro para o triênio 2012/2014.

Na prática, estão pagando pra ver isso sair do papel. A TV RECORD, grande concorrente da GLOBO na aquisição dos direitos de transmissão, desisitiu da licitação no último minuto, alegando incerteza jurídica. Afinal, dos 20 integrantes do C-13, 11 alegaram que iriam negociar sozinhos seus direitos de TV. Entre eles todos os times do Rio, Palmeiras, Sardinhas e Gambás e o Cruzeiro.

Não tenha dúvida que nesse pau todo quem apanha é o torcedor. Aquele que vai a um Palmeiras e Corinthians debaixo de sol a 38ºC no horário equivalente às 15 hs. Aquele que toma enxurrada na cabeça porque, mesmo sem a intenção do Palmeiras e São Paulo de jogar diante de um dilúvio, o jogo “teve” que acontecer. Que vai assistir a um jogo de quinta-feira, que não tem transmissão pra TV aberta, mas que só começa às dez da noite.

Nada disso vai mudar, seja quem for o vencedor. E os clubes, sedentos pelo dinheiro tão precioso que lhes permite contratar Conivaldos, Caramujos e @launsantanaevc’s da vida, quer mais é que o torcedor se foda mesmo.  Ao invés de fazer campanha para mudar o horário do jogo e, assim, conseguir maior público, a solução encontrada é mudar o jogo pro Canindé, pra Barueri, enfim, quanto mais longe melhor… Mas isso já e tema pra outro post.

ESPANHA SE FUE

O fantour programado pela antiga diretoria e pelo qual o Palmeiras iria disputar dois amistosos no fim de março foi cancelado. Ao que tudo indica, a pedido de Felipão. Nada mais correto, já que o Palmeiras teria que alterar datas de jogos do Paulistão e da Copa do Brasil (este último, jogo de volta). Quem não se lembra da viagem de 94, antes do jogo decisivo contra os Bambis pela Libertadores? Viajar é o caralho!

Bom, por hoje é só, já deu seis horas e vou pra casa me preparar pro desfile das Campeãs (leia-se, durmir até as dez e meia!). E lembrando que o próximo PorcoNews será o n. 23B.

AVANTI PALESTRA!

Outros Tempos…

Depois de muito tempo, resolvi me render à grandeza dos maiores goleiros do Palmeiras e assistir ao programa infelizmente apresentado por Chico Lang e Flávio Prado, mas que uniu Oberdan, Valdir, Leão, Sérgio, Marcos e Velloso.

Ouvindo o Oberdan e o seu Valdir falarem, eles lembravam que na época deles, treino era chute a gol e olhe lá… Jogador jogava arrebentado, com dedinho quebrado, com bolhas nos pés, mas matava a pau pra defender as cores do clube. E quando o professor falava, ninguém ousava contrariar. Era lei suprema.

Hoje em dia, os tempos são outros. Todo e qualquer morfético que nasceu com dois pés esquerdos, mas é destro, tem um vídeo no youtube ou um famigerado DVD mostrando jogadas quase que bisonhas como se fossem pinturas do futebol. Jogadores podem ser contratados sem nem mesmo fazer um teste. Ah, as maravilhas do mundo moderno!

E a medicina esportiva então? Determina praticamente tudo no futebol: que tipo de treino é feito, o que o cara pode comer, quem joga, quem fica de fora. Mas, nem tudo é perfeito, na véspera de carnaval não há medicina esportiva que resolva tantas contusões insuperáveis. Que curioso, não?

E o treinador, que fica puto com razão e pede apenas que o jogador tenha cuidado e moderação na folia, de repente vira vilão, ingrato… O mesmo cara que deu a braçadeira de capitão, de repente virou um filho da puta… E a resposta vem por fibra óptica, num piscar de olhos, mas nunca olho-no-olho…

Por isso que sou a favor do retorno das cartilhas. Jogador tem que ter é medo do técnico. Tem que ter, acima de tudo, respeito pelo treinador e inteligência na hora de abrir a boca, saber a importância do seu ofício e de suas atitudes. Igual antigamente, na época do Oberdan e do Seu Valdir…

Chinelo no restaurante da concentração? R$ 10.000,00 pra caixinha dos funcionários do clube;

Atendeu celular no treino? Mais dez conto;

Fugiu da concentração ou levou mulher pro quarto? Deeeeeeez pilas;

Video-game na concentração? outros dezinho;

Falou mal do companheiro na entrevista? se continuar assim, o jardineiro vai trocar de carro, ô mané…

Tem conta no twitter e fez twitcam com mais um monte de macho de cuecas no quarto? Tá querendo jogar nos Bambis?? Ah, vai soltando os dez paus…

Respondeu para o treinador pelo microblog? se retratar, também no microblog, de preferência utilizando os 140 caracteres para escrever, repetidamente: “Fui babaca e prometo nunca mais criticar meu treinador pelo Twitter! Fui babaca e prometo nunca mais criticar meu treinador pelo Twitter!” E só pra não perder o costume, passa os dez mangos pra cá…

Quem sabe assim veremos mais futebol e menos falação. Como nos outros tempos, aqueles em que cachorro se amarrava com lingüiça e que jogador de futebol servia só pra jogar bola. E não existia essa maldição chamada twitter…

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras atropela o campeão da Libertadores

Passamos o carro. Do jeito que o palmeirense gosta. O Palmeiras humilhou o Inter! Jogou muito! Estamos chegando, enquanto o resto tropeça. Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: