Arquivos do Blog

Ituano 1×0 Palmeiras – Paulistão 17

Sem saber o que é perder um jogo desde outubro do ano passado, o palmeirense amargou ontem o primeiro revés de 2017. E o que se viu foi realmente desagradável para olhos tão acostumados a ver o time vencer.

Se a proposta inicial do Eduardo, trazendo o Jean para o meio pra vaga do Tche Tche, com Fabiano na direita, parecia ser uma opção inteligente, foi tudo por água abaixo quando o treinador resolveu abandonar a ideia para colocar o Thiago Santos em campo no lugar do lateral direito contundido.

Jean voltou pra lateral direita, só que o 1-4 do meio de campo ficou com dois volantes de contenção (Melo e Santos), ou seja, um 2-3 desnecessário e exageradamente defensivo contra um adversário fraco como o Ituano.

A melhor opção seria Michel Bastos, que iria contribuir bem mais pra qualidade da saída de bola e  auxiliar o Guerra na armação das jogadas.

Também não entendi o porquê da inversão de Dudu e Roger Guedes, o primeiro pela direita e o segundo pela esquerda, sendo que ambos rendem muito mais no lado oposto em que atuaram.

Ainda foi numa falha dupla do Prass e do TS (que nem devia ter ido pro jogo) que saiu o gol do Ituano, no segundo tempo, numa cobrança de escanteio.

O Eduardo precisava corrigir o erro de ter mandado o TS pro jogo, mas ia ficar muito feio pra ele ter tirado o volante que ele mesmo colocou no time. Resultado: tirou o Dracena, recuou o TS e mandou Alecsandro pro campo. Ficou mais feio ainda.

No fim das contas, em todo o segundo tempo o Palmeiras teve um único lance perigoso, uma cabeçada do Keno que passou raspando, logo depois de ele ter substituído o péssimo Roger Guedes.

De positivo, a atuação do Guerra foi um contraponto de tanta coisa errada no time do Palmeiras no Novelli Jr., foi possível ver que ele tem muita qualidade, embora no segundo tempo, cansado, caiu bastante de produção.

Sim, é começo de temporada. Mas também é começo de temporada pro Ituano, pro Botafogo/SP e pra Ponte Preta (que foi massacrada ontem no Panetone), e até agora o Palmeiras não conseguiu mostrar um bom futebol contra nenhum dos adversários enfrentados neste ano, mesmo tendo disparado o melhor elenco do país.

É hora de ter paciência, é verdade. Mas conheço pouquíssimos palestrinos que dentre suas virtudes têm a capacidade de serem calmos quando o assunto é Palmeiras. Em especial quando, no segundo jogo da temporada, o treinador já tá quebrando a prancheta tirando zagueiro pra colocar centro avante. Aí fica complicado…

Essa derrota, afinal, pode ser positiva (se é que existe a possibilidade de “derrota” e “positivo” numa mesma frase quando o Palmeiras perde), pois o Eduardo já pôde ter bem uma ideia, na coletiva ao final do jogo, de como a imprensa irá jogar querosene na fogueira sempre que o Palmeiras não tiver o resultado esperado.

A 10 dias do primeiro grande desafio, Eduardo tem muito a aprender com o tropeço de ontem, especialmente porque o time está inoperante. Saímos de ser o time que mais finalizava a gol no final de 2016 pra sermos o pior nesse quesito até aqui, em 2017.

É certo que com a volta do Moisés, já esperada pra esta quinta-feira, contra o São Bernardo, no Allianz, as coisas devem melhorar. É só não inventar que o futebol vai aparecer. Bola esse time já mostrou que sabe jogar.

AVANTI PALESTRA!

Ituano 2×2 Palmeiras – Paulistão15

Empate irritante. 

Nada mais precisa ser dito. 

Oswaldo mostra de novo que só sabe montar o time nesse 4-2-3-1 independentemente de quem joga. O que é um erro, pois é o esquema que tem que se adaptar pro jogador e não o contrário. 

O que se viu com os reservas hoje foi um time sem nenhuma condição de criar jogadas de perigo pro desinteressado Ituano, no estadio maledetto em que o Palmeiras nao ganha dos donos da casa desde 2005. Que marva ridícula…

Era a chance de tentar alguma coisa diferente. Mas Oswaldo não quis/não soube como fazer. 

Com isso, o mais provável é que o Palmeiras não tenha direito de jogar a semi – jogo único – no seu estádio. Que (in) conveniencia, já que o jogo não poderia ser no Allianz mesmo… 

Ainda como “premio” pela quarta melhor campanha entre os quatro grandes, nas quartas, ou jogaremos fora de casa ou na segunda à noite. Maravilha!

E se chegar na final, muito pouco provável que a finalíssima seja no nosso campo. Pois é…

Um campeonato tiro curto como esse notmalmente se decide nos detalhes. E mandar os jogos decisivos em casa é um dos grandes detalhes a serem considerados. 

Não pensamos assim, ou melhor, nao fizemos por merecer essa vantagem. Agora toca ir pra Santos ou Itaquera na semi…

Mas antes, que venha o Botafogo. 

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 1 x 0 Ituano – Paulistão14

Quem já jogou truco na vida sabe que a primeira mão é um caminhão, como dizem por aí. Sair na frente é sempre mais vantajoso. Para o treinador do Palmeiras, porém, isso não se aplica, pois ele segue escalando o morto do Mazinho como titular e, invariavelmente, tem que corrigir o time no segundo tempo pra buscar o resultado – seja ele o empate de domingo ou a vitória desta quarta-feira.

Hoje, o que não faltou foi alternativa para a injustificável presença do ineficaz, improdutivo e, por que não, grosso, do Mazinho, que em 09 rodadas foi titular em absolutamente todas, mas só jogou bem a primeira. Será possível que só o Kleina não enxerga isso?

Porque outro motivo o Palmeiras está resolvendo os jogos sempre aos 38, 42 minutos do segundo tempo, ao invés de marcar no primeiro tempo? Até uma criança sabe que o time titular do Kleina não é o que o Palmeiras tem de melhor no elenco. Se resolveram dar descanso pro Wesley e pro Wellington, porque não deram pro Mazinho também? Dá um descanso (eterno) pra ele e pra torcida também, pois já estamos de saco cheio desse pereba no time titular. Acorda Gilsão…

Enfim, jogamos um primeiro tempo amarrado e sonolento, graças à sobrecarga em cima do Mendieta, enquanto o Mazinho só fazia por cagar o jogo. A primeira etapa parece ter durado horas a fio…

Eis que no segundo tempo, uma evolução – ainda que micro – por parte do treinador: ao invés de esperar até os 15 do segundo tempo, o Kleina, talvez envergonhado de tanto fazer o palmeirense passar nervoso (queira Deus!), já deixou o Mazinho no vestiário e voltou com o Marquinhos Gabriel. E lá foi o time do Palmeiras correr contra o relógio, contra um Ituano trancadinho e respaldado pela arbitragem sempre calhorda de Wilson Luis Seneme.

Bruno Cesar Bayer (eles não tem a mesma careca?) estreou logo depois, no lugar do picolé de chuchu Josimar – aquele que desdenhou o Palmeiras na Série B e com a atuação insossa de hoje derruba aquela ladainha de volante de apoio x volante de contenção (volante, pra mim, é tudo a mesma merda!) – e não foi mal, apesar de estar claramente fora de ritmo de jogo. E ainda tivemos Eguren no lugar do França.

E quando as coisas já caminhavam pro terceiro empate seguido contra times pequenos (antes empatamos com o Audax e com o Small Club), numa boa jogada do Diogo na boca da área, a bola foi pro Juninho cruzar e achar o Kardec do outro lado da área, que teve tempo de dominar e sentar o pé pra abrir o placar, aos 42 do segundo tempo. Tic, tac…

Na seqüência, o sem vergonha do Seneme conseguiu achar um pretexto pra expulsar o Kardec, que não tinha feito nada, não tinha nem amarelo. Uma safadeza digna de um árbitro que tanto fez por prejudicar o Palmeiras ao longo da carreira.  Lembrem aqui que foi ele quem apitou e operou o Palmeiras no jogo contra o São Caetano ano passado na Série B. Mesmo assim, quebrou-se a escrita de quase 4 anos que o Palmeiras não vencia jogos apitados por ele. Chupa Seneme!

Com a boa estreia do Bruno Cesar, e uma partida consistente do Mendieta e do Diogo, se o Kleina não botar Leandro e Mazinho no banco, é porque tá de sacanagem.  Chega de estragar o time, Kleina!

E pra quem tava orgulhoso com a matéria de que o Palmeiras tem a melhor média de público do Brasil, faço duas perguntas: i) quão maior seria essa média se o ingresso do jogo do Palmeiras custasse 40,00, como o dos Gambás – segundo colocado – e não os extorsivos 60,00 atualmente cobrados? e ii) será que se o ingresso não custasse o que custa atualmente, teríamos hoje no Pacaembu, num jogo em que o time reserva do Palmeiras enfrentou o inexpressivo Ituano numa quarta as dez da noite, mais que os 6 mil e poucos pagantes que estiveram no estádio? Só pra refletir se, pelo menos em jogos não tão atrativos pra quem não frequenta o estádio TODOS os jogos, não seria uma boa baixar os preços proporcionalmente e encher o Pacaembu sempre e não só em clássicos…

Uma pena que a vitória de hoje ajudou os lixos. Domingo que vem, mais uma vez enfrentamos adversário direto da Gambazada. Faltando seis rodadas pro fim, bem que um empate hoje e outro no domingo não seriam tão mau negócio assim. Se bem que, muito mais gostoso será eles passarem de fase na berlinda e depois serem massacrados pelo Palestra na semi… Enfim, são apenas conjecturas. 

OS  LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 1 X 0 ITUANO

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/Horário: 19/2/2014, às 22h
Árbitro: Wilson Luiz Seneme
Auxiliares: Rogério Pablos Zanardo e Gustavo Rodrigues de Oliveira
Cartões amarelos: França (PAL); Josa, Dener e Dick (ITU)
Cartões vermelhos: Dener e Jackson (ITU); Alan Kardec (PAL)
Gol: Alan Kardec, aos 42 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Marcelo Oliveira e Juninho; França (Eguren – 34’/2ºT), Josimar (Bruno César – 26’/2ºT), Mazinho (Marquinhos Gabriel – intervalo) e Mendieta; Diogo e Alan Kardec. Técnico: Gilson Kleina

ITUANO: Vagner; Dick, Alemão, Anderson Salles e Dener; Josa, Paulinho (Gercimar – 37’/2ºT), Jackson, Cristian (Jean Carlos – 27’/2ºT) e Esquerdinha; Rafael Silva (Túlio – 42’/2ºT). Técnico: Doriva

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 3×0 Ituano – Paulistão 12

O Verdão não tomou conhecimento do Itauno ontem, no Pacaembu.

Como não consegui ver boa parte do jogo, deixo vocês apenas com os melhores momentos e dessa vez vocês comentam o jogo. Isso mesmo, deem um descanso pro Maluco, kkkk!

O mais importante é que o time está jogando bem, Assunção está iluminado este ano, deixando com vergonha quem tanto o criticou – eu – e esse Barcos tá com cara de que vai fazer bem mais que 27 gols. Chegando mais um ou dois jogadores esse time vai dar muito trabalho. Pra cima deles!

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 3 X 0 ITUANO

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/Hora: 11/02/12 – 17h
Árbitro: Edson Reis Pavani Junior (SP)
Auxiliares: Eduardo Vequi Marciano (SP) e Maria Eliza Correia Barbosa (SP)
Público/ renda: 11.193/ R$ 367.835
Cartões amarelos: Cicinho 44’/1T; Jefferson Luiz 06’/2T; Kleyton Domingues 18’/2T; Artur 41’/2T
Cartões vermelhos: –

GOLS: Patrik 07’/1T (1-0); Barcos 22’/1T (2-0) e Artur 22’/2T (3-0)

PALMEIRAS: Deola; Cicinho (Artur 2T), Leandro Amaro, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção (Pedro Carmona 31’/2T), Daniel Carvalho (João Vitor 18’/2T) e Patrik; Maikon Leite e Barcos. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

ITUANO: Douglas, Alex, César Gaúcho, Thiago Gomes e Gustavo; Rodrigo Costa (Otacílio Neto 17’/2T), Alan Mota, Alemão e Kleyton Domingues; Michel (Evando 34’/2T) e Jefferson Luiz (Hugo 29’/2T). Técnico: Doriva.

AVANTI PALESTRA!

PorcoNews n.69

Buenas, Palestras! PorcoNews na área.

WÉÉÉÉÉÉÉSLEY CHEGA?

Só falamos de jogador aqui depois de contratado. Mas vale a leitura do post do Alex Muller sobre a negociação pra se ter uma ideia de como tá difícil contratar jogador hoje em dia. Quando e se ele vestir a camisa, falaremos da contratação (que será ótima).

SEU VALDIR SAI

Seu Valdir deixou a comissão técnica do Palmeiras nesta sexta-feira. Pediu afastamento por motivos pessoais. Além de ter sido goleiro e preparador de goleiros do Verdão, seu Valdir exercia atualmente a função de consultor da equipe profissional de futebol. Foi tricampeão brasileiro e paulista pelo Verdão na década de 60. Fez 482 partidas pelo Palmeiras. Mais sobre a carreira do Seu Valdir no Verdazzo!

VALEU BIGODE

Puta que pariu! Duas rodadas sem Luan ser relacionado? Aí é nóis Bigode!

O INFERNO DE PRUDENTE

Mais uma vez, prudentinos, sulmatogrossenses e outros palmeirenses da região: nada contra o interior, mas lugar de clássico é na Capital. Faremos campanha ferrenha contra a reeleição do prefeito de Prudente. Ou se ele não puder se reeleger, que ele se candidate a prefeito de São Paulo. E devolva o clássico a quem de direito: nós, os palmeirenses que não perdem por nada um jogo do Verdão, carregam o time nos ombros o ano inteiro e quando chegam os jogos em que o bicho pega ficam a ver navios. Essa putaria tem que acabar. Que o Palmeiras x Bambis seja o último jogo da história em Prudente. Mais sobre a revolta do palestrino com essa farra dos clássicos no Forza Palestra!.

CARA NOVA?

Também vale a leitura do post do Verdeazzo! sobre a possível mudança do distintivo do Palmeiras. Vejam lá.

JUNQUEIRA

Todo palmeirense sabe que Junqueira é um dos jogadores palmeirenses que recebeu a honra de ter um busto seu nas alamedas da Sociedade Esportiva Palmeiras. Mas, quem quiser saber mais do Junqueira não pode perder o causo do Jota lá no 3vv. Formidável Bicicleta, mais um imperdível.

FESTA DA GAVETA!

Essa é pra quem ainda não viu o post do Maluco desta segunda-feira. o Acorda, Palmeiras! (movimento do qual o Maluco pelo Palmeiras faz parte), que participou diretamente da organização da Procissão de São Marcos, irá promover, no primeiro fim-de-semana de março, a Festa da Gaveta, em homenagem ao absurdo engavetamento do pedido de alteração estatutária pelas eleições diretas no Palmeiras. Saiba mais a respeito da Festa da Gaveta no Press Release Oficial, e acompanhe os sites participantes do ACORDANET (Verdazzo!, Blog do Divino, Antena Verde e o Maluco) para saber mais. Vamos mostrar que o palmeirense é tão bom em reivindicar seus direitos como fizemos na homenagem do nosso Santo!

TEM JOGO! PALESTRA X ITUANO – PAULISTÃO12 – R07

Neste sábado o Verdão encara o Ituano, pela 7a rodada do Paulistão. Juninho, Cicinho e L. Amaro voltam ao time. Luan, graças a San Gennaro, segue de fora. Há grandes chances de Barcos iniciar como titular. Neste caso teremos Doela, Cicinho, Henrique, Leandro Amaro e Juninho, Araujo, Assuncão, Patrik e Daniel Carvalho, Barcos e Maikon Leite. A escalação do Ituano eu não sei, e também não estou preocupado em saber.

Amanhã infelizmente não estarei presente no Pacaembu. Vocês tomam uma gelada por mim lá no Buim Bom, hein?

Palpite do Maluco: 3×1 Palmeiras, 02 gols de Barcos e mais um do Assunção.

AVANTI PALESTRA!

Ituano 1×4 Palmeiras – Enfim, começa 2011!

AEEEEEEEEEEEE, O meu Palmeiras ganhou!

Bem lembrou o @parmerista: 2 meses e 3 dias depois, uma vitória que dignifica nossa camisa. Kléber (2), TELMÁÁÁÁÁRIO (o camisa 29) e Tinga, anotaram pro Verdão. Elton, descontou pros caras. Mas o nome do jogo foi @luansantanaevc, com 3 assistências.

O Palmeiras entrou num 4-3-3 com  @luansantanaevc, Gladiador e Telmáaaario. Sem meias armadores, Assunção, Caramujo e Tinga fechavam o meio. De última hora, Felipão estreou o Alex Sandro – o camisa 2 (que precisa mudar de apelido tambem, igual o Telmáaaaaaaario) que junto de Mauricio Ramos, Danilo e Conivaldo compunham a defesa.

Num primeiro tempo razoável, o Palmeiras abriu o placar com Kléber, num penalti marcado pelo PC (quem diria!) sobre o Alex Sandro (o camisa 2). Que diga-se, foi penalti mesmo. O Palestra foi cozinhando o galo até que, numa bola no costado (abraço, Gagá do Valle!)  dele, sempre ele, Conivaldo, aos 44 do primeiro tempo, saiu o gol dos homi. Ducha de água fria no retorno ao vestiário. Só pra variar, no último minuto do primeiro tempo…

Pelo jeito, o esporro do Bigode no vestiário foi eficaz, porque o Palmeiras voltou comendo a grama no segundo tempo. 10 minutos, cruzamento de @luansantanaevc e gol de Telmáááááááááááário, o camisa 29.

Mais alguns minutos, outro cruzamento de @luansantanaevc, mais um gol do Gladiador, contrariando as expectativas dos mais otimistas palestrinos.

Sairam Alex Sandro, para a entrada de Vitor, Gladiador para a entrada de Bruno Turco, que jogou bem os 10 minutos que atuou e Kid Bengala, para a entrada de Leandro Amaro.

No crepúsculo final, boa jogada do Vitor, bola pra ele, @luansantanaevc (que levou o motorádio pra casa), mais uma assistência para o gol de Tinga.

Boa partida do Palmeiras. Conivaldo e Caramujo, como de praxe, foram os pontos fracos. O esquema com três atacantes sobrecarregou o lado esquerdo da defesa, que já era fraco pelas peças que atuavam por ali, ora o Cone ora o Caramujo…

Mas, mesmo com a falta de um meia armador, Tinga assumiu a bucha e jogou muito bem, assim como o Alex Sandro (o camisa 2), que estreou com personalidade e, especialmente o @luansantanaevc, o melhor em campo.

Vitória boa, pra tirar a zica e pra mostrar serviço pros novos patrões (Frizzo esteve em Piracicaba pra acompanhar o Verde). Mas ainda tem muito o que consertar. Rivaldo fora imediatamente e Bruno Turco no lugar do Caramujo, por favor Bigodon!

E nós passamos os Gambás na tabela, viu Casagrande, seu mediocre!

Hoje chegou Max Pardalzinho, Chico e Rodolpho ainda podem acertar, só depende do Tironessauro, o Tatu da Ilha da Fantasia, segundo o Gé…

E o palpite do Maluquinho, que até hoje não acertei nenhum resultado (…), pelo menos acertou a vitória e gols de Kléber e Tinga. E o PC não expulsou ninguém, deve ter sido a primeira vez na carreira do mala!

Enfim, começou 2011, do jeito que o palmeirense gosta: sacolada pra cima do adversário, jogando bem ou não!

Veja os gols (atualizado as 08:10):

Ficha técnica emprestada do 3VV:

ITUANO 1 X 4 PALMEIRAS

Estádio: Barão de Serra Negra, Piracicaba (SP)
Data/hora: 20/1/2011 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Paulo César de Oliveira
Auxiliares: Vicente Romano Neto e Alex Alexandrino
Renda e Público: R$ 103.998,00/ 3821 pag.
Gols: Kleber, 27’/1ºT (0-1); Welton, 44’/1ºT (1-1); Dinei, 8’/2°T (1-2); Kleber, 15’/2°T (1-3); Tinga, 46’/2°T (1-4)
Cartões Amarelos: Jean Pablo, Malaquias, Jefferson (ITU); Marcos Assunção (PAL)
Cartões Vermelhos: –

ITUANO: Eder, Eder Sciola, César Gaúcho, Jackson e Esquerdinha; Adoniran, Junior Urso, Jean Pablo e Jefferson (Kleyton Domingues, 27’/2°T); Welton (Leandrinho, 16’/2°T) e Malaquias (Tiago Faria, 35’/2°T). Técnico: Sérgio Ramires.

PALMEIRAS: Deola, Cicinho (Vitor, 35’/2°T), Maurício Ramos, Danilo e Rivaldo; Marcos Assunção (Leandro Amaro, 46’/2°T), Marcio Araújo e Tinga; Luan, Kléber (Bruno Turco, 38’/2°T) e Dinei. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

AVANTI PALESTRA!

Tem Jogo! Ituano x Palmeiras – Rodada 2 Paulistão 2011

De chefe novo, o Palmeiras vai à Piracicaba jogar com o Ituano, pela segunda rodada do Paulistão.

Em busca da primeira vitória e sem meias armadores para escalar no time (Valdivia segue recuperando a forma e Lincoln está machucado), Felipão vai colocar o time pra frente: vamos de três atacantes: Deola, Vitor, Danilo, Mauricio Ramos e Conivaldo, Assunção Caramujo e Tinga, @luansantanaevc, Kleber e o camisa 29.

De acordo com o globoesporte.com, o Ituano joga com Éder; Jean Pablo, Jackson e Cesar Gaucho; Éder, Adoniran, Leandrinho, Oliveira e Esquerdinha; Malaquias e Welton. Prazer, Maluquinho. Só conheço o Malaquias, aquele canalha que deu com a planta do pé no Marcão e o Santo é quem foi expulso, graças a mais uma sensacional arbitragem de Paulo Cesar Oliveira, no Paulistão de 2008. Mesmo com a traquinagem e com um a menos, sapecamos o Bragantino com 4, numa das melhores atuaçõe do Mago. Que saudades…

Por falar em arbitragem, advinha quem é o árbitro? Ele, o único, Paulo Cesar de Oliveira, auxiliado por Vicente Romano Neto e Alex Alexandrino. Fortes emoções virão!

Palpite do Maluquinho: 2×1 Palestra, de virada, gols de Tinga e Kléber, e o PC vai expulsar alguém do Palmeiras, pode apostar!

AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: