Arquivos do Blog

Palmeiras 4×1 Capivariano – Paulistão16

O Palmeiras conseguiu um bom resultado hoje, diante do pior time do campeonato paulista. O 4×1 folgado foi construído sem muito problemas, mas eles houveram.

 Mas no ataque as coisas funcionaram muito bem, obrigado. Com Thiago Santos e Jean na proteção da zaga, Allione, Dudu, Rafael Marques e Cristaldo se encarregavam de comandar os lances ofensivos.

E já antes dos 10, em ótimo passe de Lucas pro Cristaldo, dentro da área, só rolar pro Allione abrir o placar.

  Algum tempo depois, numa falha bisonha dos dois laterais levamos o gol de empate do Capivariano. Lucas, como sempre, foi lento na cobertura e deixou o atacante dominar, levar a bola até a linha de fundo e acertar um cruzamento certeiro pro jogador (que devia estar sendo marcado pelo Egídio), sozinho, igualar a partida. 

 Ainda no primeiro tempo, Egídio se redimiu, cobrando a falta que, no desvio quase de barriga do Thiago Martins, nos colocou de novo à frente. E assim foi o primeiro tempo.

Na etapa complementar, Cristaldo, de penalti, e Alecsandro fizeram os gols que deram números finais à partida. A novidade ficou por conta da substituição de Lucas por Arouca, com Jean assumindo a lateral direita: pela fase atual do Lucas, periga dele realmente perder a vaga.

E por falar em perder vaga, Cristaldo, com 03 gols seguidos, já garantiu a titularidade pra quarta-feira contra o Nacional, resta saber se o Marcelo vai ser justo também com o Allione, ou se vai voltar o até aqui (em 2016) pouco eficiente Robinho, que hoje estava suspenso.

Duas vitórias seguidas devem dar sobrevida ao técnico Marcelo Oliveira, mas ele que não relaxe, porque os próximos dois jogos são decisivos pro time e pra ele também, e ainda estamos longe de jogar o futebol que o palmeirense quer e merece ver em campo.

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 2×0 Capivariano – Paulistão15

Gritar gol no meio da cetimônia de casamento: quem nunca? Foi inevitável. segundos antes da noiva entrar o Robinho faz aquela pintura de gol, fazer o que? GOOOOOLLLLL e um belo esporro da Dona Maluquinha. Faz parte.

Já o segundo, deu pra segurar o grito. Iam sendo trocadas as alianças.

Veio o apito final, o bambi Bernardo e a Karin já eram marido e mulher e mais 3 pontos na conta do Palestra.

Que venha a Baea – se fosse Salvador ia ter gringo novo em campo, hein? – e depois o Bragantino. Pra cima, Palmeiras!

AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: