Arquivos do Blog

Palmeiras 1×0 Bragantino – Paulistão15

Os reservas do Palmeiras deram conta do recado e garantiram ontem a sexta vitória seguida da equipe, contra o modesto Bragantino, que perdeu a sétima consecutiva.

Por falar nisso, o técnico do Bragantino é velho conhecido do palmeirense, Marcio Araujo fez parte daquele triunvirato magnifico com Sebastião Lapola e Américo Faria na direção de futebol do verde há alguns atrás. Bem se vê porque não deixaram saudades…

Prass, João Pedro, Victor Ramos, Jackson e João Paulo, Renato, Amaral e Zé Roberto, Maikon Leite, Leandro e Rafael Marques começaram jogando. Amaral, com pouco tempo, sentiu de novo lesão e deu lugar pro Vitor Luiz. Que coisa, seria o segundo jogo dele na temporada.

Como esperado, o rendimento caiu bastante, mesmo com o Zé Roberto no meio. Mas o time foi objetivo, a ponto de conseguir marcar o único gol numa jogada de lateral, com Leandro Pereira fazendo o pivô de calcanhar pro Renato deixar o Rafael Marques escolher o canto e abrir o placar.

Como o Bragantino não esboçava mais nenhuma reação, a torcida pediu e Oswaldinho atendeu: Gabriel JESUS 33 finalmente em campo pelo time profissional do Palmeiras. O Allianz veio abaixo, e o resto do jogo foi a torcida de olho só no moleque.

Não teve gol, mas ele foi bem, botou o Vitor Ramos na cara do gol no primeiro passe, mandou uma pra fora rente a trave da meia lua e quase chega num rebote do Zé Roberto. Tá bom prum menino de 17 anos vestindo pela primeira vez o manto alviverde. Esse promete!

30 mil pessoas mesmo com toda a chuva que caiu em São Paulo ontem. Imagina se o preço dos ingressos fosse decente…

Resultado importante, principalmente porque ontem foi dia de estreia dos sobrinhos do Maluco João Pedro e Luca num jogo do Palmeiras. Se fosse 1/2 a zero, tava ótimo. Benvenuti alla famiglia!

Pra cima dos lambaris lá na casa de praia verde.

OS LANCES:

[https://www.youtube.com/watch?v=JzffnSEC-Pk]

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 1 X 0 BRAGANTINO

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 7/3/2015 – às 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Eduardo Vequi Marciano (SP) e Fabio Rogerio Baesteiro (SP)

Público/Renda: 29.452 pagantes / R$ 2.223.055
Cartões Amarelos: Victor Luís (PAL) e Thiago Martinelli (BRA)
GOLS: Rafael Marques, aos 32’/1ºT (1-0)

PALMEIRAS: Fernando Prass; João Pedro, Victor Ramos, Jackson e João Paulo; Amaral (Victor Luis, 6’/1ºT), Renato, Rafael Marques, Zé Roberto e Maikon Leite (Arouca, 12’/2ºT); Leandro Pereira (Gabriel Jesus, 26’/2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

BRAGANTINO: Lauro; Diego Macedo (Muralha, intervalo), Ferreira, Thiago Martinelli e Thiago Feltri; Adílson Goiano, Anderson Uchoa, Caio e Léo Gago; Diego Maurício (João Vitor, 38’/2ºT) e Erick Luís (Igor Sartori, 31’/2ºT). Técnico: Márcio Araújo.

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 2×0 Bragantino – Paulistão 14

Enfim, um jogo digno de Palmeiras, com o time ligado a partida inteira, disputando todas a bolas e sem dar nenhuma chance pro adversário ou pro juiz aprontar.

Dessa vez, não teve primeiro tempo apático, com 21 minutos já tava 1×0, gol do Kardec, sempre  ele, isso sem falar nas várias chances que já tinham sido criadas.

Não sei se essa formação é ideal pra todos os jogos, mas o time funcionou muito bem ontem com Marcelo Oliveira de primeiro volante, fechando o meio com Wesley, Valdivia e Bruno César. Partida muito boa dos 4, a não ser por mais um cartão besta do Valdívia, que já periga ficar de fora se o Palmeiras passar o Ituano.

25.000 pessoas no Pacaembu. Público bom, mas não excelente, ainda mais dada a importância do jogo. Não vou insistir na questão do preço, mas fica claro que não há outro culpado.

Achei excelente a iniciativa da diretoria de vender os jogos contra o Ituano e o Vilhena em pacote com desconto de 1/3 do preço. Essa foi uma das ideias que sugerimos neste post aqui. Mas – e infelizmente sempre tem que ter um mas – a diretoria erra na execução mais uma vez. Ao permitir a compra na pré-venda só pra quem pretende adquirir o pacote dos 02 jogos (como ocorre até o presente momento – dia 28/03, 12:30), deixa de ser respeitado o direito do sócio Avanti que deseje adquirir ingresso apenas para semi final na pré-venda.

Mais uma boa iniciativa só que mal implementada. Falta um ajuste fino. Não tenho dúvidas de que a diretoria tem boa intenção, só falta lapidar melhor na hora de colocar em prática.

Eu, de qualquer forma, já reservei meus dois ingressos.

Então ficou assim: Lambari x Penapolense na Vila, Palmeiras x Ituano no Pacaembu e Gambá x Bambis no playstation, confere? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK (by @lf_SEP)

Alo, Marquinhos Chedid, vai receber quanto pela bilheteria do jogo do Bragantino na semi-final? NÃO, PERA! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Pra cima deles, Palmeiras!

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

 PALMEIRAS 2 X 0 BRAGANTINO

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/Horário: 27/3/2014, às 21h
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra
Assistentes: Vicente Romano Neto e Daniel Paulo Ziolli
Público/renda: R$861105,00/ 24231 pagantes
Cartões amarelos: Bruno César, Marcelo Oliveira e Valdivia (PAL); Francesco e Geandro (BRA)
Cartões vermelhos: nenhum

 GOLS: Alan Kardec, 21’/1ºT (1-0) e Wesley, 17’/2ºT (2-0)

 PALMEIRAS: Fernando Prass; Wendel (Vinicius – 38’/2ºT), Lúcio, Tiago Alves e Juninho; Marcelo Oliveira, Wesley, Valdivia e Bruno César (Eguren – 27’/2ºT); Leandro (Patrick Vieira – 32’/2ºT) e Alan Kardec. Técnico: Gilson Kleina.

BRAGANTINO: Rafael Defendi; Yago, Alexandre e Guilherme; Robertinho, Francesco, Geandro (Diego – 22’/2ºT), Gustavo e Léo Jaime; Magno Cruz (Diguinho – Intervalo) e Tássio. Técnico: Marcelo Veiga.

COISA LINDA:

AVANTI PALESTRA!

Bragantino 0x2 Palmeiras – BRB13

Menos 1 jogo.

Mais 3 pontos.

Pouco mais precisa ser dito.

A não ser que Leandro é muito burro. Além de não estar jogando nada há tempos, conseguiu tomar o terceiro amarelo numa bobagem, e  depois mais um em outra imbecilidade, vai puxar 2 jogos de gancho pra aprender que a vida não é só um corte de cabelo novo. Moleque é bom, mas é burroooo…

Nessa Série B maldita desenvolvi um método meio diferente de assistir o jogo, quando acompanho pela TV, como hoje. Não assisto a cada lance grudado na tela, como se fosse final de Mundial, como assistia qualquer jogo antes. Fico mais olhando de rabo de olho, fazendo outra coisa, esperando essa porra acabar de uma vez por todas. Depois que marca gol, então, o desinteresse triplica , nesse ponto, tinha até que agradecer o Leandro, depois da expulso o jogo passou a ter alguma emoção, deu até pra comemorar o segundo gol do Palmeiras, marcado com um a menos, numa bela patada do Wesley.

No alambrado é  a mesma coisa, antes disputava um lugar com a cara na grade aos cotovelos, hoje, se tiver lugar, beleza, senão, fico ali no vão trocando ideia com os malucos, esperando acabar aquela porra pra poder ir pra casa.

Não vejo a hora dessa merda acabar e jogo do Palmeiras voltar a ser motivo de ficar pendurado na grade ou colado na tela da TV, Série B maldita. Que seja a última vez…

Sábado que vem  damos o último passo relevante pra volta à elite, onde somos o maior de todos. Porque, convenhamos, ganhar essa merda de Série B não tem importância nenhuma. NENHUMA.

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

BRAGANTINO 0 X 2 PALMEIRAS

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data/Horário: 19/10/2013 – 16h20
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Fabio Rogerio Baesteiro (SP)
Público/renda: 6.205 pagantes/ R$ 245.921,50
Cartões amarelos: Robertinho, Geandro, Leandro Santos, Guilherme, Preto (Bragantino); Leandro (Palmeiras)
Cartão vermelho: Leandro (Palmeiras)

GOLS: Alan Kardec, 27/1ºT (0x1); Wesley, 47/2ºT (0x2).

BRAGANTINO: Leandro Santos; Robertinho, Guilherme, Raphael Andrade e Carlinhos (Léo Aro – 9/2ºT); Serginho, Geandro, Preto e Gustavo (Geovanni – 20/2ºT); Leo Jaime (Cesinha – 36/1ºT) e Nilson. Técnico: Marcelo Veiga

PALMEIRAS: Fernando Prass; Luis Felipe, Henrique, André Luiz e Marcelo Oliveira (Fernandinho – 43/1º T); Márcio Araújo, Wesley e Felipe Menezes (Eguren – 16/2ºT); Vinicius (Ananias – 33/2ºT), Leandro e Alan Kardec. Técnico: Gilson Kleina.

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 2×1 Bragantino – BRB13

Alguns times, não importa quão medíocres sejam seus jogadores, sempre serão uma pedra nas chuteiras do Verdão. O maldito Bragantino é um deles. Sempre com sua filosofia do bate, bate, bate, bate mais um pouco e depois joga bola (mal), eternizada naquela agremiação pelo Sr. Marcelo Veiga, ganhar do Bragantino é corriqueiramente uma missão ingrata. A ponto de termos São Marcos expulso justamente num confronto com esse time desgraçado no Paulista de 2008, façanha esta que ficou a cargo do não menos agourento Paulo Cesar de Oliviera…

Ontem não foi diferente, o Bragantino desceu a botina no time do Palmeiras, muitas vezes com a complacência do árbitro Guilherme Ceretta de Lima, que estava com a cabeça doendo demais (por ter visto o seu Santos tomar de 8 do Barcelona minutos antes) pra fazer uma arbitragem decente, o que deixou o jogo muito truncado.

Mesmo assim o time do Palmeiras conseguiu criar as oportunidades e marcou os gols necessários pra mais 03 pontos, agora são 9 pontos do 5.o colocado (embora o sexto e o sétimo ainda têm um jogo por fazer). Essa é a conta que importa. Com essa conta subimos na R. 35. Que esse número siga baixando, que a Série A volte o mais rápido possível.

Quanto à boa atuação do camisa 10, algumas considerações: i) jogar bem, ainda mais na Série B que ele ajudou a colocar o time, não é mais que a obrigação, especialmente ganhando a fábula que ele ganha; ii) neste mês completam 3 anos desde que ele voltou e, com o de ontem, foram 11 gols  marcados no total, 96 jogos disputados e 110 sem jogar e eu tenho que elogiar o cara?

Desculpem, mas é cedo demais pra merecer minha confiança de volta. E sabem como é, confiança é igual bunda, cada um tem a sua, dá quem quer. AHAHAHAHA

Terça-feira, 19:30, R$ 80,00 no Anacleto Campanella, é uma atrocidade que dispensa comentários. O São Caetano é outro daqueles times da lista dos tinhosos. Que, aliás, no Palmeiras, é uma lista extensa, parabéns aos envolvidos….

Finalmente, queria deixar aqui o registro de que ontem infelizmente nos deixou o Sr. Luiz Carlos Vieira da Costa, o Luiz, jornalista com dezenas de anos dedicados à Gazeta Esportiva e um cara tão grandioso que, mesmo torcedor fanático do maior rival, criou dois dos maiores palmeirenses que eu conheço. Guina e Sala, recebam mais uma vez o nosso pesar. Tamo ai pro que precisar…. 

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

 

PALMEIRAS 2×1 BRAGANTINO

 

Local: Pacaembu, em São Paulo
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Cartões amarelos: Luis Felipe, Fernando Prass (PAL); Diego Macedo, Geandro, Elias e Léo Jaime (BRG)
Cartões vermelhos: Elias, aos 23’/2ºT (BRG) e Charles, aos 28’/2ºT (PAL)
GOLS: Alan Kardec, aos 41’/2ºT (1-0), Valdivia, aos 17/2ºT (2-0) e Dudu, aos 43’/2ºT (2-1)
Público e renda: 20.604 /R$ 660.305,00

 

PALMEIRAS: Fernando Prass; Luis Felipe (Eguren, 41’/2ºT), Vilson, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Valdivia (Mendieta, 32’/2ºT); Leandro e Alan Kardec (Vinicius, 36/2ºT). Técnico: Gilson Kleina.

 

BRAGANTINO: Leandro Santos; Glauber (Geandro, aos 19’/2ºT), Alvaro e Kadu; Diego Macedo, Elias, Thiaguinho, Gustavo (Geovanni, aos 43’/2ºT) e Léo Jaime; Césinha (Dudu/intervalo) e Paulinho. Técnico: Vágner Benazzi

 AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 0 x 0 Bragantino – Paulistão13

E começou 2013, palmeirense, ou seria 2009?

Brincadeiras à parte, vamos começar a temporada aqui maneirando na cornetagem, afinal, não adianta picas, se corneta resolvesse alguma coisa, o Palmeiras seria campeão todo santo ano…

Assim como nos últimos jogos do Verdão no ano passado, o que faltou ao time pra sair do zero com o péssimo time do Bragantino – que, com o u sem Marcelo Veiga, só bate e se defende – foi um meia articulador, já que o cantor vagabundo que joga com a 10 – só por mais alguns dias, ao que consta – está com dor no tornozelo – leiam bem, eu disse DOR, porque LESÃO, não foi constatada nenhuma.

Honestamente, muito me preocupa a incapacidade do Palmeiras de vencer equipes cujo único propósito é se defender. Isso porque, a se  manter esse elenco, o Palmeiras só pode pensar em disputar a Série B e voltar pra onde jamais deveria ter saído, os demais campeonatos, Paulistão incluído, podemos esquecer, não temos nenhuma chance.

Por isso, temos que aprender urgente a furar essas retrancas malditas, parar de abusar dos cruzamentos na área e da falta de criatividade na armação das jogadas. Afinal, o Verdão é a única equipe grande a disputar a Série B este ano, é o “time a ser batido” e vão ser pelos menos umas 30 rodadas de ataque do Palmeiras contra defesa dos adversários.  Alow, Kleina, pára de dormir no ponto, chefia, chance como essa de dirigir uma equipe vencedora como o Palmeiras é uma na vida e outra na morte…

E ao Barcos, perder pênalti não faz bem pra visibilidade pra jogar a Copa do Mundo, hombre…

Enfim, é isso.

Puta merda, pra quem não ia cornetar, descasquei geral. Não tem jeito. Odeio empate. Preferia que perdesse.

E já chega. Quarta tem mais em Itápolis.

Infelizmente não tem fotos do Pacaembu hoje. Fui vetado pelo DM. Literalmente. Tô pior que o chileno pinguço.

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 0 X 0 BRAGANTINO

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/Hora: 20/1/2013 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Vinícius Furlan
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior e Alex Alexandrino

Renda e público: 10.167 pagantes / R$340.890
Cartões amarelos: Malaquias e Rafael Defendi (BRA)
Cartão vermelho: –
GOLS: –

PALMEIRAS: Fernando Prass, Ayrton (Caio – 38’/2ºT), Maurício Ramos, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Wesley, Souza e Patrick Vieira (Maikon Leite – 20’/2ºT); Luan (Mazinho – 25/2ºT) e Barcos. Técnico: Gilson Kleina

BRAGANTINO: Rafael Defendi, Carlinhos, André Astorga e Kadu, Geandro, Preto (Neto – 24’/2ºT), Thiago Santos (Matheus – 18’/2ºT), Léo Jaime e Barboza; Malaquias e Lincom (Diogo – 11’/2ºT). Técnico: Mazzola Junior

AVANTI PALESTRA! 

Linguiceiros 1 x 2 Palmeiras – Paulistão 2012

Boa vitória num mau jogo. Podia parar com essa simples frase. Mas aqui a gente gosta de cornetar, então, vamos lá.

Primeiro: o time que jogou hoje tinha apenas 2 jogadores de diferença do que terminou 2011 – Bruno e Juninho (tinha também o Tinga no lugar do Patrik, mas quem consegue distinguir um do outro?). Vocês queriam goleada?

O jogo começou do jeito que a gente já sabia. Se o Palmeiras fizesse um gol, seria de bola parada. E foi logo aos 6, escanteio do Assunção, cabeçada do Leandro Amaro. 1×0 Verdão. O restante do primeiro tempo foi na maior parte o Bragantino no ataque – batendo escanteios que a zaga invariavelmente perdia na bola aérea – e, dos 30 pra frente, o Valdivia articulando jogadas pela esquerda com o Luan – péssimo tecnicamente – e pela direita com o Cicinho – que vinha sendo o monstro do jogo.

Ah, e a partir dos 30 do primeiro tempo até o fim do jogo, o que se viu também foi Valdivia apanhando copiosamente da zaga dos linguiceiros. A filosofia do Marcelo “Ferguson” Veiga, aplicada há vários anos em Bragança, resume-se a três palavrinhas mágicas: Senta, A, e Bota! E os caras não economizaram: 6 linguiceiros foram amarelados, e o juiz não expulsou o camisa 5 – ou outros – por pura semvergonhice.

 Mesmo assim, o chileno, depois que acordou, virou o nome do jogo. Dá até pena do Valdivia. Se o Palmeiras tivesse um ataque um pouquinho menos HORRÍVEL, o Mago sairia todo jogo com 04 a 05 assistências. Como os caras são tão ruins que só sabem comer de colher, o jogo do Verdão se transforma num festival de desperdício de gols feitos.

E entre uma e outra chance desperdiçadas, veio o castigo: Cicinho, que vinha sendo o segundo melhor em campo, chegou atrasado dentro da área e derrubou o linguiceiro: penalti pros caras, que o Bruno quase pegou. Pulou no canto certo mas não chegou. Me disse o Pepe Reale (o nosso Papa) durante o jogo, que em 2003, na base do Palmeiras, Deola era o goleiro titular, mas na hora dos penaltis quem ia pro gol era o Bruno. Ele pulou certinho na bola, o que pra mim já é 95% da obrigação do goleiro no lance capital. O resto é sorte. Iam-se 20 minutos e o jogo estava empatado.

Valdivia continuava apanhando, mas continuava botando o Luan Basten e o Ruimcardo Bueno na cara do gol, e nada… Este último, que ousa vestir uma das “9” mais temidas da história do futebol (a camisa dele deveria ser n. 0,0000000009), conseguiu isolar pra arquibancada uma bola em que, sozinho com o goleiro, tentou dar uma cavadinha. Foi tão ridículo que foi imediatamente substituído. Foi pouco: merecia ter o contrato rescindido. Ô bicho ruim…

Felipão resolveu então chamar o Fernandão. É curioso imaginar o que o Felipão treina com os jogadores durante a semana, se NUNCA se vê uma mudança tática no time. Pelo menos não no momento certo. É sempre o 9 no 19, o 17 no 40, o 6 no meia dúzia… Enquanto isso, em campo, o butijão (ou seria butijinho) do Assunção seca, o meio de campo vai abrindo feito uma cratera e o adversário vai crescendo e mesmo asim, a primeira opção é sempre o 6 no meia dúzia… Dava pra ser mais criativo, hein Bigode?

Até que, lá pelos 38 do segundo tempo, faltando 10 pra acabar, o Bigode finalmente resolveu ganhar o jogo e tirou o modorrento do Tinga pra colocar o Maikon Leite. No primeiro lance do Milk, depois de mais uma jogada desconcertante do Mago, gol de cabeça do camisa 7 e um puta alívio do caralho… Puta que pariu, como esse time irrita o torcedor…

Sofrido pra caralho, mas o que vale são os 3 pontos. Insisto no que terminei dizendo em 2011: o time é ruim, mas o Bigode ajuda a piorar. Ricardo Bueno e Tinga são duas piadas de mau gosto com o palmeirense. Não é possível esses caras serem titulares do Palmeiras todo santo jogo…

Se o tal do Barcos for só mediano vai se consagrar ao lado do Valdivia. Isso, é claro, se o Bigode for convencido que usar dois meias armadores no mesmo time não é nenhum crime ou algo imoral…

Quarta-feira tem BuinBom! Trabalhos iniciando 19hs e pra cima dos portuga.

OS LANCES:

ENTREVISTAS PÓS-JOGO (by Alex Muller):

A FICHA TÉCNICA:

BRAGANTINO 1 X 2 PALMEIRAS

Estádio: Nabi Abi Chedid (Marcelo Stefani), Bragança Paulista (SP)
Data/hora: 22/1/2012 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Auxiliares: Rafael Ferreira da Silva e Fausto Augusto Viana Moretti
Renda/público: R$ 240.986,00 / 8.200 pagantes
Cartões amarelos: Murilo Henrique (BRA), Wellington (BRA), Luis Henrique (BRA), Serginho (BRA), Paulo Roberto (BRA), Júnior Lopes (BRA); Cicinho (PAL), Henrique (PAL), Maikon Leite (PAL), Leandro Amaro (PAL)
GOLS: Leandro Amaro, 6’1º/T (0-1), Wellington de pênalti, 14′ 2º/T (1-1), Maikon Leite 39’2º/T (1-2)

BRAGANTINO: Rafael Santos; Murilo Henrique, André Astorga e Luiz Henrique; Victor Ferraz, Serginho, Wellington, Fernando (Júnior Lopes, 18’2º/T) e Léo Jaime; Romarinho (Paulo Roberto 20’2º/T) e Giancarlo (Bruno, 38’2º/T). Técnico: Marcelo Veiga.

PALMEIRAS: Bruno; Cicinho, Henrique, Leandro Amaro, Juninho; Márcio Araújo, Tinga (Maikon Leite, 37′ 2º/T), Marcos Assunção, Valdívia (Chico 47′ 2º/T); Luan e Ricardo Bueno (Fernandão, 22’2º/T). Técnico: Felipão

AVANTI PALESTRA!

 

Tem Jogo! Bragantino x Palestra – Paulistão12 R1

E começa mais uma temporada do Verdão. Ao time base do fim de 2011, acrescente-se o lateral Juninho e é isso. Daniel Carvalho fica no banco, do Roman eu nao sei e o Barcos, bom esse nem anunciado foi, e em se tratando de Palmeiras…
Luan, que era dúvida, vai pro jogo. Então teremos Bruno, ButtHead, Leandro Amaro, Henrique e Juninho, Araújo, Assunção, Tinga e Valdivia, Ricardo Bueno e Luan.
E o Braga? Foda-se o Braga. Tem que ganhar e pronto. Mas nao espere nada diferente do que aquele mesmo futebol canalha de sempre, abusando de bolas paradas e o Valdivia botando os bagres na cara do gol pra perderem 1, 2, 3 chances claras. Mesmo assim, dá Palmeiras.
Palpite do Maluco: 2×0 pro Palestra, gols de Luan e ButtHead.
15 hs na L’Osteria. Bora aê?
AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 3 x 0 Bragantino

Não assisti o jogo, tive que acompanhar pelo celular.

Pelo que eu li nos sites e blogs, o Palmeiras, apesar do resultado, apresentou um futebol abaixo do rendimento normal do time. Conivaldo e Caramujo, como sempre, foram os pontos fracos do time, enquanto Lincoln e Patrik não conseguiram repetir o mesmo entrosamento do jogo contra o Linense. E o Bragantino abusou das faltas e a arbitragem da conivência, como já era de se esperar.

Sobrou utilizar as jogadas de bola parada. E dessa vez não tinha o Assunção pra desperdiçar as cobranças de falta. Na primeira falta batida pro gol, Thiago Heleno abriu o placar. No segundo tempo, cobrança de Lincoln, outro gol de Thiago Heleno. E o competente João Vitor fechou a conta, depois de boa jogada de Luan.

De sobra, o Palmeiras ainda ficou com a liderança provisória do campeonato, confirmada hoje à tarde depois da derrota dos gambás pros bambis.

E quem disse que os gambás não levaram nada no Centenada? Levaram o centésimo gol do goleiro de hockei! AHAHAHAHAH Gambás medíocres…

O Palmeiras terá a semana inteira pra se preparar pro clássico de domingo, na Vila. Já cansamos de castigar os lambaris lá no litoral e é só entrar sério em campo (e sem invenções) que os guris tão ferrados. E dessa vez vai ter bonde pra Vila Belmiro… É nóis!

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 3X0 BRAGANTINO

Estádio: Canindé, São Paulo (SP)
Data/hora: 26/3/2011- às 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Magno de Sousa Lima Neto
Auxiliares: João Edilson de Andrade e Claudenir Donizeti Gonçalves da Silva
Renda/público: R$ 272.631,00 / 10.460 pagantes
Cartões amarelos: Cicinho, Rivaldo, Patrik (PAL); Everaldo, Cristian, Júnior Lopes, Carlinhos (BRA)
Cartões vermelhos: Não houve
GOLS: Thiago Heleno, 2’/1ºT (1-0); Thiago Heleno, 35’/2ºT (2-0); João Vítor, 41’/2ºT (3-0)

PALMEIRAS: Deola, Cicinho (João Vítor, 24’/2ºT), Leandro Amaro, Thiago Heleno e Rivaldo; Márcio Araújo, Chico, Patrik e Lincoln; Kleber (Mauricio Ramos, 38’/2ºT) e Adriano (Luan, 13’/2ºT). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

BRAGANTINO: Gilvan; Murilo, Carlinhos e Everaldo (Júnior Lopes, 22’/1ºT); Nêgo, Éder, Marcos Aurélio (Fabricio Carvalho, 35’/2ºT), Cristian (Paulo Roberto, 13’/2ºT) e Rodriguinho; Marcelinho e Léo Jaime. Técnico: Marcelo Veiga.

OS GOLS:

 

AVANTI PALESTRA!

Tem Jogo! Palmeiras x Bragantino – Paulistão 2011

Fala galera, hoje o Tem Jogo! vem na rapidez porque minha irmã casa em mais ou menos 30 minutos e não deu tempo de fazer nada hoje. A não ser passar aqui direto da sacristia da igreja e registrar o palpite do Maluquinho: 3×0, MJ, Kleber e Lincoln.
E amanhã é líder!
AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: