Arquivos do Blog

Carta Aberta ao Presidente da SEP

Estimado Signore Maurício Galiotti,

Sou um admirador da sua pessoa, desde os tempos do primeiro mandato do seu antecessor. Você que me recebeu e a mais alguns lá na Academia de Futebol pra falar dos planos daquela administração para o segundo mandato do então presidente.

Você que foi aclamado presidente da S. E. P., sem adversário no pleito pelo cargo maior do clube e que, logo nos primeiros dias de mandato, recebeu a mim e mais alguns para falar, sempre francamente, pelo futuro do nosso Verdão.

Você que trouxe de volta a gratuidade para crianças em alguns jogos – não em todos, é verdade – e recriou o setor família tão elogiado nos tempos do velho Palestra.

Você que oficializou o fim do lugar marcado no setor Gol Norte. 

Você que tanto está acertando, presidente, não pode deixar passar em branco e continuar avalizando esse inferno que o torcedor palmeirense é submetido a cada novo jogo na nossa casa.

Hoje, mais uma vez, o palmeirense foi feito de otário para comprar um mísero ingresso pela Internet, fato que já vem se tornando corriqueiro a cada novo jogo decisivo.

O ingresso mais barato, do Setor Gol Norte – desde que foram reservados 2 mil lugares para comercialização pela W Torre – se esgota em míseros 18 minutos, o que torna qualquer instabilidade uma penalidade fatal pra quem se mata pra manter o rating com 05 estrelas pra poder assistir o jogo ali.

A questão é que isso ocorre há meses e não há meio do Futebolcard corrigir o problema. Hoje, o pior de tudo foi um comunicado, quase duas horas depois, pelo Palmeiras, anunciando o que mais de 10 mil palmeirenses já sabiam:

A essa altura, Presidente, o caos já estava instalado na vida de milhares de palmeirenses que tentavam seguir com a normalidade de suas vidas ao mesmo tempo em que tinham que conviver com a hipótese de ficar de fora do jogo contra o maior rival.

Depois de 90 minutos que pareceram 90 dias, finalmente o ingresso foi comprado. Aí algum conformista pode dizer – mas então, do que se está reclamado?

Ora, presidente, eu consegui reservar o meu ingresso, graças a ajuda de um amigo, mas sei de muita gente que ficou sem.

Sei de amigos que estão desistindo do prazer de acompanhar o time no estádio porque não têm mais paciência com as incontáveis filas; fila pra comprar ingresso na Internet, fila pra trocar ingresso gratuito no Pacaembu (essa foi a campeã de todas), fila pra trocar ingresso de 1/2 entrada no Allianz, fila pra passar na barreira da PM/FutebolCard, fila bisonha e quilométrica pra entrar no Portão B do Estádio…

É como disse um palestra lá no twitter hoje de manhã: e eu que achei que a fila tinha acabado em 93…

Presidente, sei que o Signore não é dado a medidas populistas, mas já passou da hora de mandar o Futebolcard pra casa do chapéu, de bater o pé com a PM e SSP pra acabar o Palestra Under Siege, esse estado de sítio absurdo que só vale pro Palmeiras e pra mais nenhum clube paulista, uma vergonha e, sobretudo, uma discriminação tão odiosa e retrógrada que remonta aos idos de 1942…

Siga lembrando que você manda no Maior do Brasil, administra a paixão de 17 milhões, dentre os quais estão os 30, 35 mil que a cada nova partida do Verdão em sua casa têm o seu amor posto à prova por tantos desmandos, descasos, arbitrariedades nada isonômicas e também por tanta incompetência dos parceiros que ganham fortunas pra entregar um serviço de péssima qualidade.

Signore Galiotti, tá na hora de deixar o sangue italiano falar: SOMOS PALESTRA! O torcedor, eu lhe garanto, agradece.

 AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: