Arquivos do Blog

Jogo dos 7 Erros

Senhores, 

Proponho aqui um desafio.

Abaixo assistam o vídeo.

Depois vejam o lance que aparece aos 2:40 neste link aqui.

Duas jogadas iguais.

Duas consequências distintas, isso já sabemos.

Encontrem as outras 07 diferenças.

DICAS:

1 – Um dos times não depende de dinheiro público pra construir estádio.

2 – Um dos times não depende de dinheiro público pra ter patrocínio da camisa.

3 – Um dos times sempre teve estádio.

4 – Um dos times tem a imprensa como inimigo.

5 – Um dos times não depende das arbitragens pra ser campeão ou pra não perder clássicos.

6 – A torcida de um dos times não estende bandeirão de empresa de material esportivo no jogo.

7 – Um dos times não é freguês.

Ficou fácil ou querem que eu desenhe?

AVANTI PALESTRA!

No Brasil É Diferente, sim, Senhor!

O Internacional de Porto Alegre, esta grande vítima do maligno e desonesto Palmeiras, na pessoa de seu presidente Giovani Luigi, lamentou no globo.com a postura do atacante Barcos:

– Temos o exemplo positivo do Klose na Europa. E aqui no Brasil é completamente diferente.

O diretor jurídico do clube, Daniel Cravo, seguiu a mesma linha:

– O Klose colocou a mão na bola, mas se acusou e admitiu o erro. O Barcos agiu de forma torpe e indigna. Ele comemorou e ainda reclamou do árbitro. O Henrique deu um tapa na cara do D’Alessandro e ninguém falou nada. O Palmeiras montou uma coletiva na segunda para ele, que assumiu ter colocado a mão na bola. O Inter pediu para serem averiguadas as atitudes do Barcos.

Muito bem. No Brasil é diferente mesmo. Não precisamos ir muito longe pra ter essa certeza. Não é preciso sequer sair de Porto Alegre, ou mesmo analisar outro campeonato que não o BR12. Vejam este lance do jogo Flamengo x Inter/RS, no dia 26 de maio de 2012:

NÃO! NÃO PODE SER! MEUS OLHOS ESTÃO A ME TRAIR! Estaria eu vendo demais ou o jogador do Inter meteu a mão na bola dentro da área, deliberadamente, sem ninguém segurando ele pelas costas, é bom que se diga, E NÃO FOI CONTAR IMEDIATAMENTE PRO JUIZ – QUE NADA VIU –  QUE ELE TINHA FEITO PENALTI?

Mas o Inter não é o paladino da verdade, da dignidade da honestidade e da justiça?

NO TEO CU, INTER! NO TEO CU! Porque no dos outros é refresco, né?

AVANTI PALESTRA! PRA CIMA PALMEIRAS!

Vergonha Sem Fim

Leiam a Súmula do jogo do último sábado, que relatou que “nada houve de anormal” durante a partida.

Leiam a entrevista de Aristeu Tavares, responsável pela comissão de arbitragem.

Leiam, agora, a entrevista de Barcos, na qual ele revela que o delegado da partida, Gérson Baluta, se vangloriava de ter prejudicado o Palmeiras.

Pois bem, vamos aos fatos. Em detalhes.

R2 – Gremio x Palmeiras: Penalti absurdo não marcado em Henrique. 1 ponto perdido.

R3 – Sport x Palmeiras: gol mal anulado do Palmeiras, 1 ponto perdido.

R5 – Palmeiras x Vasco: penalti não marcado para o Palmeiras, 2 pontos perdidos.

R13 – Cruzeiro X Palmeiras: 2 gols do Cruzeiro irregulares, 3 pontos perdidos.

R17 – Palmeiras x Flamengo: gol do Palmeiras em impedimento, 2 pontos ganhos.

R18 – A/GO x Palmeiras: penalti não marcado, 1 ponto perdido.

Esses dados são os considerados pelo Placar Real, que não computou o assalto contra o Bahia, em que tivemos 1 penalti não marcado e 1 penalti que não aconteceu pro Bahia (+3 pontos pro Palmeiras e – 3 pontos pro Bahia), a expulsão vexatória do Luan no jogo ontra os Gambás, o jogo contra o Inter, entre outras. Há, ainda, outros jogos em que o Palmeiras foi favorecido pelo arbitragem, mas como não houve interferência no resultado do jogo, também não estão sendo computados aqui.

Considerando apenas os lances que foram identificados pelo, até onde se sabe, isento, Placar Real, o Palmeiras estaria hoje em 13.o lugar, com 38 pontos.

Ao se admitir que o placar do jogo contra o Inter tenha influência direta e imediata das imagens de televisão, por uma questão de equidade, muito antes de pedir a anulação daquele jogo, o Palmeiras teria direito que os pontos perdidos para Grêmio, Sport, Vasco, Cruzeiro e A/GO lhe fossem creditados depois de constatados os erros de arbitragem, correto?

Errado, senhores, porque o futebol é comandado por gente do naipe de Aristeu Tavares, pra quem um dos times mais prejudicados de todo o campeonato estaria, “agora”, tentando, talvez por desespero, mudar o foco.

Curiosamente, a Súmula do jogo, elaborada pelo juiz cujo chefe é o senhor do parágrafo acima, que ficou interrompido por 6 minutos por conta do famigerado lance atesta que nada houve de anormal. Como pode um gol ser primeiro validado, e vários minutos depois invalidado, e nem uma linha de explicação sequer consta do relato do juiz?

A resposta fica óbvia quando se lê o relato do tom de deboche com que o delegado da CBF, um sujeito que deveria ser imparcial e neutro, se dirigiu a um integrante da comissão técnica do Palmeiras, o clube que mais títulos venceu no País…

Mas isso é assim desde que o mundo é mundo. “O mundo do futebol é imundo”, e vai continuar sendo assim sempre. Faz parte do contexto, e prevalece quem sabe dançar a música, ou quem sabe se esquivar dela.

O que salta aos olhos é que, tivesse a diretoria do Palmeiras, ao menos uma vez, se portado com o mesmo brio e amor ao clube que Alexandre Kalil que, ao menor sinal de prejuízo ao Atlético, virou um bicho selvagem, talvez não estivéssemos nessa situação. Talvez não tivéssemos perdido mais de uma dezena de pontos por erros ridículos – pra não dizer propositais – de arbitragem. Talvez não tivéssemos todo tipo de absurdo praticado contra o clube dentro de campo, na beira do campo, nas tribunas de julgamento, etc…  

Um clube do tamanho do Palmeiras, com um currículo invejável de conquistas e glórias, jamais poderia ter sido entregue às mãos de gente tão pouco afeita ao mundo da bola. Culpa não só de quem é eleito, mas de quem elege também.

Quem sabe já nesse próximo pleito presidencial, ainda que indireto, essa gente que tanto mal faz pra instituição seja posta em seu devido lugar e com isso volte o Palmeiras à sua posição de maior expoente do futebol nacional.

Só assim termina essa vergonha sem fim, não do Palmeiras, mas do que fazem do clube a cada novo dia.        

AVANTI RENOVAÇÃO! 

Festa do Apito da CBF 2 x 1 Palmeiras – BR12

E a vergonha segue comendo solta nas arbitragens de jogos do Palmeiras no Brasileirão.

Se até esse comédia reconhece, é porque a semvergonhice está beirando o absurdo:

O curioso é que o nosso gerente, aquele bom moço, no último jogo contra o Bahia, dizia logo após o jogo que não teria visto prejuízo ao Palmeiras.

Agora, diz que quem cuida disso é o jurídico do clube. Sei, sei…

Acontece que a putaria não vem de hoje. O Palmeiras fechou o ano passado como o time mais roubado do campeonato brasileiro e segue disparado com a primeira colocação, com absurdos 0,6 pontos tungados por rodada, ou se preferirem, 3 pontos perdidos pro apito a cada 05 jogos.

Tabela de Favorecimento - www.placarreal.com.br - 31.07.2012

Tabela de Favorecimento – http://www.placarreal.com.br – 31.07.2012

Essa semana foi feito mais um protesto formal à CBF. BELA MERDA! Será que ninguém vê que protestos formais não servem de porra nenhuma? Tem que ser enérgico, meus senhores! Cadê o sangue italiano dessa gente que comanda o Palmeiras? Tem que perseguir e exigir severas punições para cada um desses malditos árbitros e bandeirinhas que assaltam o Palmeiras a cada novo jogo. O cara tem que ter medo da gente! Tem que saber que se fizer cagada vai ficar 02 meses sem apitar. Quem sabe aí os canalhas pensam duas vezes…

Mas não é só! O PRESIDENTE tem que se fazer presente junto de todo o corpo jurídico, seguranças, etc., a cada um dos próximos 25 sorteios da escala de arbitragem, pra IMPEDIR que sempre nos nossos jogos venham juízes principiantes, estreantes na Série A, retornando de licença forçada, com histórico de prejuízos praticados contra o Palmeiras e mais aqueles figurinhas carimbadas que não perdem uma oportunidade de operar o Verdão.

Outra coisa. Assim que sair a escala de arbitragem, convoquem uma coletiva e esculhambem o árbitro sorteado, puxem a capivara do cara e apontem todos os erros absurdos . Sim, faça com que o cara entre em campo com o cu na mão e com a certeza que não vai ter perdão qualquer errinho, por menor que seja. Tá na hora de botar o terror.

E o Felipão está muito mais do que correto em não dar mais entrevista depois dos jogos em que o Palmeiras é assaltado. Quem sabe com isso, sem a coletiva, os patrocinadores também pressionam a diretoria a tomar providências pra cessar a balbúrdia, sem falar que com isso ele evita o risco de punições, o que prejudicaria ainda mais o clube.

Chega de protestos formais e vamos começar a tomar providências eficazes e enérgicas com essa festa do apito.

Tá na hora de mostrar que aqui é Palmeiras, senhores diretores!

AVANTI PALESTRA! 

 

Lá Vem o PC…

Ninguém menos que PC Oliveira, o árbitro que mais prejudicou o Palmeiras depois (ou até mesmo antes) de Mandrake Marinho, será o árbitro que vai apitar o Derby.

O fato dele estar relacionado para o sorteio sem qualquer objeção por parte da diretoria é o primeiro ponto a ser analisado. Que porra estavam fazendo nossos diretores quando não reclamaram do PC ir parar na lista do sorteio do Palmeiras x Gambás mais importante dos últimos 11 anos?

Também preocupa a matéria publicada no JT de ontem pela manhã, que dava conta de que um acordo havia sido costurado entre as diretorias dos clubes para que PC fosse o árbitro. Qualquer palmeirense, por mais distraído que fosse, não acreditaria num absurdo desses. O Palmeiras jamais aceitaria que PC fosse árbitro de um jogo tão complicado como esse, logo ele que tem um histórico, no mínimo, polêmico em jogos do Verdão. NÉ, DIRETORIA??? Mas o cara acabou sendo mesmo o sorteado. O que gerou verdadeiro mal-estar em relação ao sorteio.

O currículo de PC contra o Palmeiras é de arrepiar, como há muito já divulgado em massa pela Mídia Palestrina. Em 28 jogos apitados pelo PC, 16 jogadores foram expulsos e 11 penaltis foram marcados contra o Palmeiras. O Palmeiras só ganhou até hoje dois, dos 14 clássicos apitados pelo PC. Não são números para alarmar? Daí me vem essa história de que o JT disse antes que o juiz seria o PC e foi ele mesmo?

Tudo muito estranho… É bem verdade que reclamações sobre a escala de árbitros para clássicos são quase que protocolares, mas essa história toda está MUITO mal contada…

Se a diretoria palmeirense não fez o acordo com a gambazada para a escala do PC para o jogo caberia, NO MINIMO, um pedido de explicação ao jornalista que assim divulgou. Vejam que a notícia dá conta de que o acordo foi selado durante a reunião de segunda-feira que definiu o Pacaembu como palco da semi-final. Ou seja, se é que há alguma verdade na notícia, a diretoria do Palmeiras, ainda que não tenha selado qualquer acordo, tinha plena ciência de que o PC estaria na relação e não se opôs ao nome do árbitro ANTES DA ESCOLHA dos nomes que foram selecionados pro sorteio.

Depois de sorteado o árbitro, não adianta reclamar, pedir novo sorteio e tal… Fica parecendo mais uma mentalidade da nossa diretoria do tipo “deixa sortear o PC que se a gente perder já tem um culpado…” Afinal, a diretoria tinha plenas condições de, caso quisesse, ter questionado que o PC fosse escolhido para o sorteio no primeiro lugar. Como nada fez, fica até feio reclamar depois.

Isso porque uma das promessas de campanha do atual presidente era justamente reaproximar e rever a atuação do Palmeiras junto à FPF e à CBF. Pelo jeito…

Tem que ver direito isso aí!

AVANTI PALESTRA!

Uma no Cravo, Uma na Ferradura

Após a derrota para o SPFW, Felipão, que tinha sido injustamente expulso e reclamou de perseguição da arbitragem brasileira, disse que seu time era “uma no cravo, uma na ferradura”, frase que já havia dito antes quando o time intercalava bons e maus resultados.

Leia o resto deste post

Clássico se ganha nos detalhes. Se perde também…

Dos incansáveis bordões do futebol, tem um que não fica gasto: clássico se ganha nos detalhes… e se perde também. Na visão da arquibancada, a impressão que ficou é que o Palmeiras merecia mais. Na pior das hipóteses, um empate com o desinteressado time  dos bambis. Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: