Arquivo do autor:Maluquinho

Ceará 2×0 Palmeiras – BR19

Difícil explicar o que se passou nessa última semana.

O que 30 dias sem jogar bola não fazem de desserviço prum time que estava sobrando na conquista dos resultados…

A derrota iria chegar, e ela veio num momento em que o Palmeiras ainda tem gordura pra queimar.

Jogadores, comissão e diretoria terão que assimilar as cobranças que, conquanto que sejam sem violência, serão válidas e necessárias. Onde tá escrito que não pode cobrar?

Principalmente, as cobranças devem ser de dentro pra fora, e devem repercutir de forma positiva pra que esse time volte a obter os resultados.

Não há tempo pra respirar, e a reação PRECISA VIR já na próxima terça, fora de casa, pela Libertadores.

Quem sabe se o Felipão começar repensando no camisa 9, já que o principal problema é a bola que não tá entrando no gol, e francamente insistir com sempre o mesmo é ou teimosia ou muita teimosia.

Que esse time volte de Mendoza com 3 pontos, classificação encaminhada e uma caixa de Malbec pra eu esquecer esses últimos 10 dias do Verdão. Acabou a Copa América, Palmeiras, vamos voltar a jogar?

AVANTI PALESTRA!

Inter 1(5)x(4)0 Palmeiras – Copa BR19

17 jogos depois, o Palmeiras voltou a saber o que é derrota e, nos penaltis, de novo, se despede de um torneio mata mata, tendo mais time, mas menos bola que o adversário.

As circunstâncias de mais uma eliminação na Copa do Brasil começam lá no primeiro jogo, onde o Palmeiras efetivamente perdeu a vaga; em mata mata, não pode desperdiçar gol NUNCA.

No lance acima, 24 do2T, 3 palmeirenses contra 1 adversário, não ter feito o gol foi muito mais grave do que os pênaltis mal cobrados por Gomez ou Moises ontem.

Coincidentemente, os 2 jogadores que estavam mais bem posicionados para liquidar de vez a partida na semana passada naquele lance, são os mesmos que deixam o Palmeiras com 2 a menos em campo todo jogo: Deyverson e Lucas Lima não jogam futebol para serem titulares no Palmeiras.

Porque o Deyverson errou aquele passe, mas a chance do Lucas Lima perder o gol se tivesse recebido a bola era igualmente enorme.

Ontem a escrita não mudou. O que o Palmeiras teve de oportunidade no 1T morreu, sempre, no pé de um desses 2.

Daí fica difícil entender porque o Felipão insiste tanto com eles, sendo que, pelo menos pro LL, tem um caminhão de melhores opções no banco, e pro Deyverson, o futebol jogado não justifica a titularidade absoluta em. detrimento dos outros atacantes do elenco, por pior que sejam os seus substitutos.

O sistema defensivo, à exceção de Weverton, não repetiu as boas atuações de sempre e prova disso é que tomamos um gol em que a zaga toda foi perdendo divididas no pé mole até a bola parar na nossa rede…

Coincidência ou não, Felipe Melo e Dudu, que são normalmente os pontos fortes da equipe, estiveram muito abaixo do que sabem jogar.

E, na hora que o time mais precisou, na maldita disputa de pênaltis, se omitiram de novo. Melo ainda vá lá, não é a dele mesmo, mas o Dudu não bater um dos 5 e nem um dos outros 2 alternados é uma vergonha pra ele, e mais vergonha ainda pra quem o defende dessa covardia.

Pênalti é tão importante que deveria ser batido pelo presidente do clube, já dizia o ditado popular. Como pode entao o principal jogador, o mais bem pago, não ser o primeiro, ou pelo menos um dos 5 primeiros a bater? Inadmissível…

Enfim, por mais doloroso que seja, o Palmeiras ainda segue muito bem postado na disputa do BR e da Libertadores, mas essa eliminação tem que servir de alerta.

Que fique a lição para o Palmeiras, que esse elenco precisa urgente de um 9 TITULAR e à altura do resto do elenco, e um camisa 10 que nao seja 2° volante improvisado ou o descompromissado LL, improviso de jogador que é.

Ou então, foca nos pontos corridos e esquece torneios com disputas eleiminatorias. Porque como vimos, um dos objetivos do ano acabou de ficar pelo caminho simplesmente porque faltou qualidade e competência pro Palmeiras quando teve a chance de tampar o caixão do adversário.

Isso dito, ainda confio nesse time, no nosso treinador e, principalmente, na diretoria, que sabe muito mais do que a gente que com LL e Deyverson as pretensões do Palmeiras vão estar sempre mais distantes.

Pra cima do Ceará, com Artur Cabral e Scarpa, de preferência…

AVANTI PALESTRA!

SPFW 1×1 Palmeiras – BR19

Seria um resultado ótimo, não fosse pelo Guerra ter cometido pênalti no fim do jogo e permitido a vitória do Santos contra o Bahia.

Mas o Palmeiras poderia ter vencido, se o Deyverson não tivesse perdido dois gols embaixo da trave.

E o resultado foi garantido, também, pela excelente atuação de Weverton, que fez pelo menos 3 defesas absurdas. Sem Gomez, Luan, Melo e BH, o Palmeiras permitiu muito mais chutes a gol do que o time titular.

Não concordo com quem diz que Felipão menosprezou o Bambi. 4a feira temos decisão em Porto Alegre e o quarteto defensivo que descansou ontem será imprescindível para garantirmos a classificação.

E se o Deyverson faz aqueles gols que um camisa 9 não pode perder, eram mais 3 pontos na conta. ah se fosse o Borja que tivesse perdido aqueles gols…

Enfim, segue o líder, 33, e chupa bicharada, no que depender do Palmeiras vão passar o ano inteiro sem ganhar um clássico.

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 1×0 Inter – Copa BR19

Com mais uma atuação impecável do sistema defensivo, o Palmeiras abriu vantagem contra o Inter pelas quartas de finais da Copa do Brasil.

A atuação do sistema defensivo foi tão expressiva que Weverton precisou fazer uma única defesa num chute fora da área.

Já no ataque, Zé Rafael salvou o que seria uma atuação absolutamente displicente de todo o sistema ofensivo.

Os números do jogo são bem emblematicos:

Palmeiras 1×0 Inter

Posse de bola: 50% x 50%

Finalizações: 14 x 6

Chance real de gol: 3 x 2

Passes errados: 32 x 27

Roubadas de bola: 19 x 11

Faltas cometidas: 18 x 19

Foram pelo menos 5 contra-ataques claros que foram desperdiçados, um deles bisonhamente jogado fora por Deyverson, que teve uma atuação muito abaixo da média, a ponto de levar puxão de orelha do Felipão já na entrevista coletiva.

O Palmeiras poderia ter garantido a vaga hoje, se fosse um pouco mais eficiente. Não garantiu, então o foco na próxima quarta terá que ser o mesmo: se a zaga mantiver a escrita de hoje, estaremos na semi.

Se o ataque voltar a funcionar como de costume, também.

Nada como um clássico antes da decisão de quarta pra acertar o ajuste fino do time e chegar inteiro e jogando bem no Beira Rio.

E não poderia faltar um bem vindo de volta, William Bigode!

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 2×0 Avaí – BR19

CALMA. TRANQUILIDADE. Já diria um famoso e idolatrado ex-presidente.

Foi assim que o Palmeiras construiu o resultado contra o modesto time catarinense: sem afobação, sem desespero, com aquela certeza absoluta de que os 3 pontos viriam, como de fato vieram em 8 das 9 partidas disputadas pelo Verdão neste BR.

32 jogos sem perder no BR, 18 vitórias consecutivas em casa. Não é por menos que o Palmeiras é o Maior Campeão do Brasil.

E é preciso ter calma e conter a euforia também quando se olha a tabela do campeonato, afinal, ainda faltam 84 pontos a serem disputados. No ano passado, lembremos que o Palmeiras chegou à parada da Copa em 6º e com 13 pontos atrás do líder.

Desta vez, a figura é diferente, chegamos ao recesso pela entendiante Copa América com 5* pontos na frente do segundo colocado. Se por um lado a vantagem é excelente, por outro essa parada dá aos adversários tempo para se reorganizarem, se reforçarem e melhorarem seu desempenho.

Então mantenhamos a calma, a mesma que teve Deyverson pra desviar e fazer o primeiro do Verdão; a tranquilidade idêntica à que Bruno Henrique dominou, penteou, ajeitou e bateu de fora da área pra fazer o segundo; e que não tenhamos a afobação que teve o árbitro, ao interromper antes da hora a jogada que seria o terceiro gol do Verdão, de Dudu, por uma suposta bola fora pela linha de fundo, e que poderia ter sido revisada pelo VAR, como manda o protocolo.

O Palmeiras não entrará em campo até o dia 10, mas na próxima terça-feira, enfrentará o Botafogo no STJD, quando será julgada a sem-vergonhice de impugnação oposta pelo clube carioca.  Qualquer resultado que não seja uma goleada no Botafogo igual a que eles escaparam de levar em campo, será uma lástima e, principalmente, uma ameaça pela continuidade do Campeonato.

Só nas últimas duas rodadas Chapecoense e CSA, times da mesma relevância que o Botafogo na disputa do Brasileirão – leia-se, que brigam naquela faixa da tabela entre conseguir uma vaga na Sulamericana e evitar o rebaixamento – já ameaçaram impugnar partidas nas quais se entenderam prejudicados pelo uso do VAR.

Ou seja, ou o STJD estanca logo esse chororô e mostra que vai apoiar o uso da ferramenta de vídeo sem interferências jurisdicionais descabidas, ou pode dar adeus a um campeonato que seja efetivamente decidido dentro de campo.

Enquanto o julgamento não chega, o Palmeiras mostra que não está dormindo no ponto e deve ter um recesso bem movimentado no mercado de contratações: o anúncio de Ramires como novo reforço do Verdão pegou todo mundo de surpresa e tudo indica que mais nomes apareçam na Academia logo mais. Alguns podem sair também.

Mas como aqui só se comenta nome de jogador depois da tinta no papel e foto com a camisa, só nos resta ter muita CALMA! TRANQUILIDADE!

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 1×0 Athletico PR – BR19

E o Verdão não pára de ganhar. Mas a vitória de hoje foi cascuda, difícil de conquistar.

8 jogos, 7V e 1E, mas os salafrários na imprensa vão desdenhar, porque é o Palmeiras, né, pai?

Que se fodam. Como disse minha amiga @parmaree

31 jogos sem perder nesse campeonato dos infernos se alguém me dissesse em 7/12 de 2014, naquele fatídico jogo contra esse mesmo atlético pr, que isso aconteceria, eu ia mandar tomar no cu

Só nos sabemos o que essa camisa passou pra chegar até aqui; se é feio ou bonito na opinião da corja das redações esportivas, não é o palmeirense que vai se incomodar.

Até porque esses mesmos corvos que rapinam nos programas esportivos são PhD em exaltar times e campanhas muito piores do que o nosso Palestra.

E o Botafogo, se tivesse vergonha na cara, desistiria da impugnação depois da pilantragem do VAR contra o Palmeiras na tarde de hoje. Os caras são ruins, são péssimos, mas daí a anular o jogo, toda partida teria que ser jogada pelo menos duas vezes…

Inclusive, a Rede Globo que tinha assumido compromisso de não interferir mais nos jogos e não exibir os lances de revisão do VAR antes da decisão de campo, já abandonou a promessa e segue fazendo tudo ao seu alcance pra participar do que acontece dentro das 4 linhas. Agora, depende de quem joga, né, porque lance duvidoso contra os filhotes da emissora, nem com ordem judicial você consegue ver o replay antes do apito final…

Mas sabemos bem que o Botafogo é um timinho bem do mequetrefe e não vai deixar essa safadeza de lado. Prato cheio pros ilibados auditores darem a contribuição deles também pro desenrolar do campeonato.

Afinal, se foram requisitados vídeos e áudios da arbitragem no jogo contra o Botafogo, onde estavam suas Excelências pra solicitar o audio da arbitragem na final do Paulista de 2018? Hein? CANALHAS!

Mas deixe estar. Temos 4 pontos a mais neste momento, com uma rodada a menos. Se tiver que jogar com o Botafogo de novo, não será aquele catado de refugos que vai nos parar. Chance de aumentar e bem o saldo de gols.

E o Raphael Veiga, hein? Saiu do banco pra bater pênalti dos mais pesados… E bateu do melhor jeito possível, bica no meio e alta, goleiro nenhum pega.

Quinra-feira recebemos o Avaí em casa e que os nossos jogadores não diminuam essa gana de ganhar e atropelar quem estiver pela frente. Nós, na bancada, iremos apoiar cada vez mais EU CANTO O MEU PORCOOO, O MEU UNICO AMOR!!!

AVANTI PALESTRA!

Chape 1×2 Palmeiras – BR19

Sexta-feira fui criticado por ter feito um post econômico no jogo contra o Sampaio.

Mas assim, tá complicado ter muito o que falar desse time que só ganha, ganha, ganha, ganha e depois vai lá e ganha de novo.

E hoje não vai ser muito diferente, pensei até em aumentar o espaço entre os parágrafos, mas o Marco Aurélio, o leitor queixoso deste blog, é um cara tão astuto quanto sagaz e perceberia a artimanha.

Talvez ele perceba até que ao falar dele esse post acabou de ganhar mais 3 parágrafos totalmente despiciendos kkkk

Agora, o que nem o Marco Aurélio vai botar defeito é no futebol que o Palmeiras vem desempenhando nesse BR.

Já são 19 em 21 ou 16 em 18 pontos conquistados, com ou sem asterisco, um único empate e o resto é tudo vitória.

Hoje, depois de 8 jogos, sofremos um gol de pênalti, num lance em que Deyverson encarnou um boneco de posto de gasolina. Antes, o VAR já havia anulado bem.o que seria o primeiro gol sofrido pelo Palmeiras em 3 meses…

Àquela altura o Palmeiras vencia por 1×0, gol de Dudu com direito a passe deitado de Zé Rafael.

O empate na cobrança de pênalti não abalou o Verdão, e o desempate foi pra deixar um gosto de aço chupado na boca da imprensa que insiste em criticar o futebol prático e eficiente do Verdão: lance oriundo de lateral cobrado quase na linha de fundo, dentro da pequena área, casquinha do Melo e no desvio, a bola sobrou certinha pro Marcos Rocha, da entrada da área, de primeira, mandar a bola no ângulo. CHUPA MAURAOOOO!!!! KKKKK

No segundo tempo o Palmeiras poderia ter sido mais eficaz, pois não foram poucas as chances de gol desperdicadas, as melhores delas com Hyoran e Dudu.

Lucas Lima, que fez um primeiro tempo ok, foi tão mal no 2T que conseguiu sair vaiado de campo. Merecido, no ultimo lance dele no jogo, quase emenda um gol contra.

No final, a Chape até tentou crescer, mas o sistema defensivo do Palmeiras segue sendo infalível, ou quase.

Mais 3 pontos na bagagem e agora receberemos o A/PR na próxima rodada, um excelente teste pro Palmeiras mostrar de vez pros incrédulos que a boa fase do Verdão não é nada passageira.

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 2×0 Sampaio Correia – CopaBR19

Resultado previsível e construído com tranquilidade pelo Palmeiras.

Atuações muito boas de Mayke, com 1 gol e 1 assistência, LL e Moises, que originaram as jogadas dos gols e do time como um todo.

Da zaga nem me dou mais o trabalho de falar. É um absurdo o que a defesa do Palmeiras vem jogando. E o Felipe Melo então? séloko…

E assim, avançamos pras quartas.

Que venha o próximo

AVANTI PALESTRA!

Botafogo 0x1 Palmeiras – BR19

Em mais uma partida segura, consistente e eficiente, o Palmeiras chegou a 5 vitórias em 6 rodadas no BR, com um aproveitamento de incríveis 89%.

São agora 29 jogos sem derrota no BR, e mais um clean sheet da nossa zaga, que segue com um único gol sofrido em toda a competição.

O jogo começou com o Palmeiras subindo a marcação e espremendo a saída de bola do Botafogo, impedindo o time carioca de chegar no campo de ataque.

Com isso, o Palmeiras mantinha a bola no campo de ataque, e apesar da posse de bola do Botafogo ser maior, ela se deu praticamente o tempo todo no seu campo de defesa.

Sem recursos para atacar e/ou defender, o mandante começou a abusar das faltas e os amarelos começaram a aparecer.

E ai já veio o primeiro erro da arbitragem contra o Verdão, depois de um carrinho por trás e sem pegar a bola em nenhum momento, mesmo com o VAR, o juiz deixou de aplicar o que seria o segundo amarelo e a expulsão do LE botafoguense.

O primeiro tempo terminou com o Palmeiras muito melhor, mas com 0x0 no placar e o adversário com um jogador de favor no campo.

Veio o segundo tempo e logo ocorreu o 2o erro de arbitragem contra o Palmeiras, quando o juiz deu amarelo por simulação pro Deyverson num lance em que ele foi pisado dentro da área.

6 minutos depois e com a ajuda decisiva do VAR, o erro foi corrigido e o Palmeiras abriu o placar, com uma batida de pênalti de almanaque do maior paraguaio vivo na atualidade.

Depois do gol o Botafogo tentou se impor, mas mesmo assim o roupeiro do Verdão já avisou que Weverthon terá que usar o mesmo uniforme na próxima partida, já que saiu de campo sem suar a camisa e o calção.

E ai o Palmeiras começou a crescer nos contra-ataques.

Num deles, Diogo Barbosa, um dos melhores em campo – ao lado do Dudu, Deyverson e (quem diria) Lucas Lima – quase fez um gol antológico, mas faltou a confiança de sentar o pé com a direita…

Noutro, Scarpa deixou Deyverson na cara do gol e, no rebote, Dudu marcou o 2o gol do Verdão, mal anulado pelo bandeira que estava muito mal posicionado. Como o imbecil ainda subiu a bandeira antes do fim do lance, o VAR não pôde ser acionado e o Palmeiras foi prejudicado de novo na partida.

Mesmo assim a vitória veio, e com ela a manutenção da liderança, até o momento com 4 pontos de vantagem pro 2o colocado.

Mas seguiremos com os pés no chão. Com um puta orgulho do que esse time está jogando, pra tristeza geral das redações esportivas, mas sem clima de já ganhou, afinal, como disse o Bigode, ainda tem 32 rodadas pro Palmeiras ganhar, quer dizer, jogar kkkk

E segue meu PAL que tá líder pra caralho kkkk

AVANTI PALESTRA!

Sampaio Correia 0x1 Palmeiras – Copa BR19

Eu sempre fui e serei resultadista. Como não fui criado pra apreciar futebol como se fosse lazer ou diversão, pouco me cativa a ladainha de que o jogo tem que ser bonito, vistoso e qualquer baboseira mais que tanto bostejam nos programas esportivos por aí.

 E, se o jogo, apesar de feio, terminou com vitória, quase sempre – eu disse quase – deveria bastar.

Mas a partida de ontem deveria ser causa de vergonha para alguns dos reservas que disputaram o jogo contra o Sampaio Correia, tamanha a baixa qualidade de desempenho diante de um adversário tão menos capacitado, mas muito mais interessado em jogar bola do que as “estrelas” do Palmeiras.

Vergonha porque uma recepção tão calorosa e entusiasmada como a proporcionada pela torcida palmeirense do Maranhão e adjacências deveria ter sido retribuída com, no mínimo, um pouco de vontade diante de um público que dificilmente verá o Palmeiras jogar por aquelas bandas nos próximos 04, 05 anos…

No fim, foi um chute bem dado do Moisés, em cobrança de falta, com a ajuda do goleiro do Sampaio, que acabou aliviando (bem pouco) pro lado de peças que deveriam ser titulares absolutos do nosso time, mas que nem quando tem oportunidade de brilhar como titular, diante de um adversário mais fraco e de uma torcida que é 100% apoio, se dispõem a fazer aquilo para o que são muito bem pagos.

Mas, enfim, vitória é o que importa, então, poe mais uma na conta do Verdão.

E, aproveitando que o dia foi muito movimentado pelos lados da Pompéia, não poderiam passar sem comentários i) o acerto do Palmeiras com a Globo; e ii) a saída inesperada de Ricardo Goulart.

No primeiro caso, gol de bicicleta do Palmeiras e do Galiotte, pegamos a mão de ferro da emissora e transformamos numa folha de capim, Chupa, Globo! Não sei se os números que estão sendo divulgados são verdadeiros ou não, mas pouco importa, o Palmeiras se fez respeitar e se deu a devida importância, deu uma aula pros outros 17 times que beijaram a mão da emissora sem piscar – em especia los outros 5 que também assinaram com a TNT – e ainda conseguiu uma condição muito menos discrepante em relação aos dois filhotes queridinhos da TV o que, com a competência financeira já de conhecimento notório, deve levar o Palmeiras ao patamar de maior receita – em potencial – do futebol brasileiro para 2019.

Que fique claro pros outros que qualquer time, independente do tamanho e contanto que não tenha rabo preso, que não tenha cota de tv adiantada, pode peitar e quebrar o sistema, bastando ver que em 5 rodadas, a emissora não pode transmitir nenhuma partida do Palmeiras, entre elas a abertura do campeonato, enquanto a TNT teve exclusividade em 4 partidas, uma delas um clássico valendo a liderança do torneio.

Quem sabe na próxima renovação de contrato, daqui 06 anos, a legislação tenha mudado e se torne ainda mais justa e menos desigual a forma de negociar e de distribuir a receita dos direitos de transmissão entre os clubes.

No que diz respeito à saída do Ricardo Goulart, só devemos é desejar sorte ao atleta, que se recupere e que volte a jogar logo lá na China, para usufruir de uma proposta que ninguém em sã consciência teria coragem de desprezar. Obrigado, e vida que segue!

Sábado, em Brasília contra o Botafogo, voltaremos a jogar diante das lentes da rede Globo, mas sugiro aos palestrinos que continuem assistindo os jogos pela TNT quando o Palmeiras jogar contra os clubes que também assinaram com o EI (Santos, Inter, Fortaleza, Ceará, Paranaense e Bahia), afinal, com ou sem acordo com a Rede Globo, vai se fuder, o meu Palmeiras não precisa de você!  

 AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: