A “vitória” do Verdão, pela perspectiva do Marco Nespoli

12/01/2021, desde o dia do sorteio que sonhava com esse dia. Ele chegou. E, depois de uma vitória incontestável em Buenos Aires parece que nossos jogadores voltaram anestesiados pelo mesmo Fernet de péssima qualidade que tomei no estádio em Tigre, minha única oportunidade como visitante na Libertadores esse ano.

Palmeiras de Abel entrou em campo irreconhecível, talvez pelo extenuante maratona que nossos jogadores têm passado nos últimos meses, talvez pela imaturidade de alguns deles, talvez por termos enfrentado um dos melhores times da América na última década.

Fato é que, apesar de não termos jogado nada, jogamos da mesma maneira que o time treinado por Felipão – nosso eterno campeão da América – em nossa última conquista. O time que faz o resultado fora e decide em casa.

E assim foi. Estamos na final da América contra o freguês do litoral ou o gambá argentino e dia 30 pintaremos o Cristo Redentor de verde e branco.

De positivo hoje, como jamais poderia deixar de ser, foi nossa torcida.

A aula que a Mancha deu, desde o mosaico ao estádio, até o corredor que abraçou e levou o time do hotel para o campo de batalha foi daquelas pra lembrar o que fizemos na final da Copa do Brasil.

Além, claro, de mostrar pro Abel o quanto “adeptos” somos.

Despeço-me com uma frase de amigo Barneschi ao final do jogo:

“Isso posto, temo que a principal sequela sejam os dias de vida que foram roubados de cada um de nós. Porque é evidente que isso aí vai cobrar um preço altíssimo do nosso saldo de dias a viver.”

Seremos!

Publicado em 13/01/2021, em Geral. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: