Arquivo diário: 24/07/2019

Godoy Cruz 2 x 2 Palmeiras – Libertadores 19

A se considerar o que se apresentou no 1o tempo, com dois gols e um penalti perdido pelo adversário, o empate foi a demonstração de recuperação que o torcedor palmeirense queria ver.

Foi uma transição entre o que vimos de ruim nos últimos 2 ou 3 jogos, para um Palmeiras mais próximo do que vinha produzindo antes da parada da Copa América.

E nada poderia ser mais emblemático do que o gol do Borja ter salvado o Palmeiras da derrota. Giro perfeito em cima do zagueiro e aquela bola que tanto teimou em não entrar em outros jogos passou caprichosamente por baixo do goleiro antes de parar nas redes.

Partida muito boa do William, e muito fraca do Dudu. Quem adora passar pano pra ele vai dizer que ele teve que jogar centralizado, que não é a dele e tals. Sei. Ele, por ser o melhor do time, é o que vai ter sempre maior responsabilidade e, quando não entregar, maior cobrança. Ficou devendo hoje. Aceitem que dó menos.

Na defesa, Gustavo Gomez foi péssimo, o primeiro gol foi nele e ainda fez o penalti absurdamente infantil que, se nao fosse o Weverton, teria enterrado o Palmeiras de vez. Voltou da Copa América muito fraco, precisa superar o penalti perdido contra o Brasil e voltar a ser o melhor zagueiro em atividade na America do Sul.

O 2×2 encaminhou bem a situação do Palmeiras pra próxima terça-feira, mas se o time entrar com o pé mole dos primeiros 20 minutos de hoje, pode dar Adeus a mais uma competição. Não vai acontecer.

Não poderia encerrar sem antes agradecer ao monstro sagrado Moisés, único camisa 10 decente que tivemos desde Alex e sim, isso foi pra ofender você viúvas do Valpinga ahahaha Obrigado, Profeta, aquele gol no Lixão, aquele gol contra o Barcelona, aqueles tantos gols e assistências, vão ficar guardados na memória do palmeirense, Boa sorte!

Sábado, contra o Vasco, seguimos defendendo a liderança do BR. Copa do Brasil à parte, seguimos forte nos nossos objetivos. Foco, força e

AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: