Arquivo diário: 22/07/2018

Palmeiras 3×2 Galo – BR18

Com mais uma atuação digna de gerar desconfiança no torcedor, o Palmeiras conseguiu os 3 pontos no último lance da partida.

Sempre sou partidário de que o que importa são os 3 pontos.

Mas não fosse a falha bisonha de Victor na saída do gol aos 48 do 2T, o Palmeiras teria chegado à vexatória marca de 4 empates seguidos – e sempre saindo na frente do placar.

O time mostra imensa dificuldade de administrar o resultado, porque não consegue nem aproveitar os contra-ataques, nem manter a posse de bola. Na maior parte das vezes, o turnover vem com menos de 1 minuto.

E não me disporei a comentar as alterações lamentáveis que o Roger faz. Hoje, de novo, foi de chorar o Jean no Dudu e logo depois o Deyverson no FM pra corrigir a cagada anterior…

Muito mais preocupante foi ver que Marcos Rocha e Diogo Barbosa perderam todas as disputas de bola com os atacantes do Galo.

Foi, enfim, uma vitória injusta. Tão injusta como a bola na trave do Jean no jogo de quinta contra o Lambari, a última do jogo.

Quem quiser justiça tambem, está acompanhando o esporte errado.

O que fica do jogo de hoje é que o Palmeiras segue sem confiança pra construir e principalmente pra manter os resultados, às vezes a última bola vai entrar, outras não.

O que não pode é depender sempre do último lance do jogo pra salvar os 3 pontos…

Roger, Roger, desse jeito teu chimarrão vai azedar…

AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: