Arquivo diário: 17/04/2018

Botafogo 1×1 Palmeiras – BR18

No contexto do campeonato, ponto fora de casa é excelente. No contexto das últimas duas semanas do Palmeiras, não foi.

A torcida não conseguiu esconder a frustração, e as redes sociais explodiram de uma lista infindável de cabeças que deveriam rolar a qualquer custo. Ninguém escapou. Acho que, se eu tivesse feito este post ontem logo após o jogo, não teria sido diferente.

E mesmo refletindo mais friamente, ainda está difícil engolir os 2 pontos jogados fora, e apesar de o empate como visitante nunca ser ruim, é triste ver os 3 últimos gol que o Palmeiras sofreu, TODOS decorrentes de falhas individuais bizarras e inaceitáveis.

No ano passado, a grande queda que tivemos em relação a 2016 foi no sistema defensivo, principalmente pelas laterais. Agora, parece que as laterais foram resolvidas, mas o problema surgiu no miolo de zaga.

Não tenho informação sobre a condição física do Dracena, mas ele já está à disposição há pelo menos 4 jogos, e a contar que perdemos pontos importantes em 3 desses jogos por falhas individuais, fica difícil entender a escolha do treinador.

Não acho Thiago Martins e AC jogadores ruins, mas a inexperiência está evidenciada a cada partida que passa e o peso da camisa só aumenta a cada nova falha… Já disse antes que o Roger precisa preservar um dos dois, e nessas horas a experiência do Dracena vai ajudar tanto o que for pro banco como o que ficar no time. Muda logo, Roger, antes que eles virem os novos Luan e Juninho, que a torcida não pode nem ouvir o nome.

Outro que, apesar de experiente, está sentindo o peso de finalmente vestir a camisa de um time imenso, é Lucas Lima. Mais um que, se não for preservado pelo treinador, cairá em muito breve na ira da torcida. Inclusive porque o Guerra tem entrado e jogado muito mais bola que o camisa 20. Banco pra ele, professor, pro bem dele e pro nosso também…

São medidas importantes e que mostram que o treinador está atento às dificuldades e às necessidades do time. Porque sabe como é, né, professr, time gigante basta 4 resultados ruins e o peão já tá com um pé na fila do seguro-desemprego. E já foram 3 resultados beeeeeeeem ruins, né não?

E daqui 4 rodadas tem a imundície pela frente de novo, e se esse time não tiver voando até lá, não prevejo boas coisas, inclusive porque lá, tem que jogar pra ganhar dos 6 árbitros, do delegado, do diretor de arbitragem, do tutor e da puta que pariu toda…

Então professor, bora trabalhar, chacoalhar esse elenco e fazer esses caras jogarem bola, porque isso você já mostrou saber fazer. 

AVANTI PALESTRA!     

 

%d blogueiros gostam disto: