Palmeiras 2×2 Cruzeiro – BR17

Mais um ponto diminuído. Já são 12 no total. E faltam 5 pra buscar. Hoje poderiam faltar apenas 03, não fosse uma partida lamentável do Juninho, que deu os 02 gols do Cruzeiro, um ele mesmo que marcou, e também não fosse a atuação decisiva do árbitro Heber Roberto Lopes, o grande responsável pelo resultado.

Eu disse aqui num dos últimos posts que não podia depender de arbitragem, pois na dúvida, é sempre contra o Palmeiras. Mas dessa vez teve exagero: o árbitro não marcou um penalti claro no Keno e ainda anulou um gol bom do Borja.

Mas nada disso seria de se lamentar se o Palmeiras não tivesse vacilado nos dois gols que o Cruzeiro marcou e ainda nos gols desperdiçados pelo Keno e pelo Dudu, ainda no 1T e que teriam lacrado o jogo.

De qualquer forma, tirando as mancadas do camisa 4, o Palmeiras fez uma partida muito consistente, teve muito volume de jogo e não se abalou com o revés logo aos 6 minutos de jogo, buscou o empate, fez o segundo bem mal anulado, podia ter feito mais dois, e o primeiro tempo terminou num injustíssimo 1×1.

No segundo tempo o time manteve o volume, com um pouco menos de intensidade, mas quase levou o segundo gol, evitado por uma defesa monstruosa de Fernando Prass. Seguíamos buscando a vitória, só que aos 20 e poucos novo vacilo do Juninho e outro gol do Cruzeiro.

Foi o pior momento do Palmeiras na partida, Valentin logo sacou Jean pra entrar o Roger Guedes e depois trocou Keno por Deyverson.

Seguimos amassando o adversário até que aos 40, de novo Miguel Borja – viu Cuca? – colocou o Palmeiras em igualdade no placar, um gol de centro avante, dominou e pegou a bola na subida, sem chance pro goleiro.

Ainda foram mais 9 minutos de pressão, mas a bola não entraria mais na rede do Cruzeiro. 4 jogos esse ano com as Marias, 3 empates e 1 derrota, a qual também teve um pênalti absurdo não marcado no Roger Guedes, bem debaixo o nariz daquele espantalho que fica fantasiado de juiz na linha de fundo, assim como o lance de hoje no Keno…

O balanço final da partida é que o caminho será longo nos próximos 7 jogos. 21 pontos em disputa e a ordem é pontuar o máximo possível, por isso, nos dois próximos jogos, mesmo fora de casa, a pegada tem que ser pra vencer e tentar diminuir ainda mais a distância pra liderança, que pode ficar a 2 pontos já no próximo domingo, caso o Palmeiras vença no Entulhão.

Se jogar como hoje, só com um pouco mais de atenção na defesa, a vitória virá, ah e como virá…

AVANTI PALESTRA!

Publicado em 30/10/2017, em Geral, Palmeiras em Campo e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Palmeiras ta jogando bem, acho que os gambas vao perder este título pra nos, eles sao mto piores que o cruzeiro e o Palmeiras ta jogando mtonmais que eles

  2. Tira o Juninho ele está acabando com a defesa do palmeiras

  3. RUBIAM MARA ZAMFORLIM MARTINS

    Deus te ouça…🙏🙏🙏

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: