Quer ser campeão, ou quer ter razão?

Matéria veiculada pela ESPN Brasil na quinta-feira, dizia que Alexandre Mattos queria os torcedores que acenderam os sinalizadores “presos” e que iria “enviar um ofício e um DVD” à CBF por causa dos erros da arbitragem contra o Palmeiras. Lembro de ter pensado na hora que li a matéria: Porque não pediu pra prender os árbitros também?

Hoje, a manchete era algo do tipo: Paulo Nobre vai à CBF reclamar da arbitragem e diz que comportamento da torcida é “absurdo”. De novo, pensei: E o comportamento dos juízes, não é absurdo também?

E a questão pode ser resumida, pra mim, com um apetite monstro da diretoria pra comprar briga com a torcida organizada e uma lariquinha boba pra defender o clube na CBF e, principalmente, na Comissão de Arbitragem.

Precisou o Palmeiras ser prejudicado pela quarta vez pra sua diretoria parar de mandar ofício e DVD, tirar a bunda da cadeira e ir pressionar pessoalmente o Sr. Sérgio Correia, o que, pra mim e pra toda a torcida, devia ter acontecido na saída do Moisés Lucarelli, lá na segunda rodada… Com os até aqui 04 pontos perdidos, hoje teríamos 20, 1 a frente do atual líder. Pois é…

Mas, pelo menos fizeram isso hoje, até que enfim. PARABÉNS! Que continuem fazendo isso a cada nova patifaria da arbitragem contra o Verdão. Não pode deixar barato, tem que arrepiar mesmo, chega de ofício e DVD. 

Voltando ao tema, as entrevistas de Mattos e do PN dos últimos dias teriam sido perfeitas, se tivessem simplesmente desconversado a respeito do problema com a torcida e focado apenas na arbitragem. E por que? Simples, porque roupa suja se lava em casa, oras.

Que inocência achar que o STJD ou a CBF vão se solidarizar com ele nessa cruzada contra os “bandidos travestidos de torcedores” como ele mesmo define. Não vão mover uma palha. Eles estão cagando.

Logo, só tem um jeito de resolver: conciliação. Porque, quando as coisas não tem solução, quando se está diante de um impasse e nenhum dos lados envolvidos na querela quer ceder e reconhecer as próprias cagadas, alguém precisa ter a nobreza de se perguntar: – quero ser feliz, ou quero ter razão?

Por isso que, se San Gennaro puder iluminar o caminho da diretoria do Palmeiras, que eles entendam de uma vez por todas que não é na imprensa, na CBF ou no STJD que os problemas com a torcida vão ser resolvidos, mas sim entre quatro paredes, numa reunião fechada e que de preferência jamais se saiba que sequer ocorreu, e na qual todas as diferenças poderão ser avaliadas, algumas compostas, outras com certeza não, mas, enfim, que se sele um pacto pra que todos passem a remar pro mesmo lado rumo a mais uma conquista do Verdão.

E então, Paulo Nobre, faça jus ao sobrenome e dê o primeiro passo, ninguém precisa saber que você cedeu em prol de um bem maior. Afinal, presidente, quer ser campeão, ou quer ter razão?

AVANTI PALESTRA! 

Publicado em 17/06/2016, em Geral, Visão da Arquibancada. Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Que??? Vc nao eh jornalista??? Quem define a manchete eh o Nobre, o entrevistado, ou o jornalista?
    Este faz pensando na coerencia do conteudou ou com aquilo q mais vende?
    …. Nobre eh o melhor presidente de clube q ja tivemos!!!

  2. Renato Teixeira de Almeida

    realmente é isso mesmo, vejo no nobre uma vontade imensa de resolver o “problema” com a mancha e quanto aos erros de arbitragem precisou esperar até a oitava rodada sendo que estamos sendo prejudicados desde a primeira, que embora tenhamos vencido houve sim erros contra nós, mas voltando ao assunto “problema”, vejo muita falta de vontade do nobre em uma reconciliação, e acho que ele como líder que é deveria dar o primeiro passo nessa retomada de aliança que só tem a ajudar o Palmeiras, e quanto a mancha, deveria sim tomar uma atitude diferente daqui pra frente pra mostrar que o ato de curitiba foi um erro, e como exemplo, se alguém ascendesse novamente um sinalizador, que os caras fossem lá e pegassem quem ascendeu, o fato é que essa briga só vai prejudicar o Palmeiras, e não importa quem está certo ou errado agora, ambos os lados precisam ceder e se entender para que o Palmeiras não seja ainda mais prejudicado, então chega de ser orgulhoso nobre, tome uma atitude e tente, novamente, se é que tentou, uma reconciliação com a torcida, pois a torcida quer, merece e precisa desse título…
    EU QUERO SER CAMPEÃO!

  3. Demetrio Dantas

    Negociar com vândalos? Sério? Os caras estão prejudicando o time de propósito é óbvio que eles não pensam no Palmeiras,eles só pensam em sí mesmos e o Palmeiras sempre foi grande muito antes dessas torcidas organizadas o Palmeiras era gigante.Sempre foi.Lugar de bandidos é atas das grades não em sala da diretoria de um clube grande como o Palmeiras. Esse caras ferram até quem paga pra assistir o jogo,socios torcedores,todo mundo,sem falar que desde 2009 que a gente não tem um time forte pra disputar um título e esse campeonato tá uma baba,se o Palmeiras se passar pra esse papel ridículo de se curvar pra marginal com certeza estará se apequenando como disse a dirigente das bibas anos atrás.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: