Palmeiras 1×0 Gambazada -BR16

Palmeiras x Gambá é sempre motivo de uma tensão extra. Dormir mal, acordar nervoso, preocupado com a hora do jogo que não chega nunca, sem vontade de comer, o corpo parece ficar imune à cerveja que não ajuda a diminuir a apreensão de enfrentar o maior rival.

Mas hoje não, não no dia 12 de junho. Essa data é nossa, desde 1993, e em nenhum momento me passou pela cabeça a hipótese de o Palmeiras não ganhar da gambazada num dia dos namorados.

O caminho pro estádio, a breve parada na padoca da Caraíbas, a descida pra encontrar os irmãos em frente às bicicletas da esquina da Venâncio, tudo na maior tranquilidade, parecia até amistoso.

Com a bola rolando, a serenidade diminui um pouco, mas não vai embora em nenhum momento. O Palmeiras é melhor, domina o jogo e quase marca logo de cara, com Gabriel Jesus, num lance daqueles que não se perde em clássico de jeito nenhum… Mas tá tudo certo, hoje o dia é nosso.

Passados os primeiros 20 minutos, o Gambá encaixa a marcação no meio, mas time bunda mole que é, não cria nenhum lance real de perigo.

No intervalo, Cuca garantiu os 03 pontos ao tirar o Roger Guedes e colocar o Cleiton, 4-4-2 clássico. Não demorou 03 minutos e o próprio Cleiton abriu o placar.

Um pouco depois uma bola na nossa trave já anunciava a certeza da vitória: hoje não! 

Dali pra frente o Palmeiras ainda teve pelo menos mais 03 chances claras de matar o jogo, além de um pênalti em cima do Dudu, obviamente não marcado, mas em nenhum momento perdeu o controle da partida, até porque o Gambá só chegava com algum perigo em bolas paradas. Olha que beleza, o Tite é o novo Muricy…

Destaque seja dado às atuações impecáveis de Thiago Santos e Edu Dracena, jogaram com o espírito de 1993 encarnado na pele. Como deveria ser sempre contra eles. 

Final de jogo, eu já sabia, vitória do Palestra. Qualquer outro resultado seria impossível, num 12 de junho.

AVANTI PALESTRA!

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 1 X 0 GAMBAZADA

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Rogerio Pablos Zanardo (SP)
Cartões amarelos: Jean, Zé Roberto, Edu Dracena, Moisés (PAL), Giovanni Augusto, Cristian, Felipe, Fagner (COR)
Público e renda: 39.935 / R$ 2.763.659,36
Gol: Cleiton Xavier 2’/2°T (1-0)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Tchê Tchê, Thiago Martins, Edu Dracena e Zé Roberto; Jean, Thiago Santos e Moisés (Matheus Sales 43′ 2ºT); Róger Guedes (Cleiton Xavier – intervalo), Dudu (Rafael Marques 38′ 2ºT) e Gabriel Jesus.Técnico: Cuca

GAMBAZADA: Walter; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Cristian (Maycon 21′ 2ºT) e Bruno Henrique; Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto e Guilherme (Danilo 19′ 2ºT); Luciano (André 36′ 2ºT). Técnico: Tite

Publicado em 12/06/2016, em Geral, Palmeiras em Campo e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Gostei muito da atuação do Moisés também, jogou muito…e vem melhorando a cada partida

  2. Rogerinho Fumo

    Jean, TcheTche, Dracena e Thiago Santos, monstrosssssss.
    Chupa Gambá!

  3. Se jogar igual jogou hje, com vontade, disputando cada centimetro do campo, nao vai perder para ninguem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: