Arquivo diário: 05/06/2016

Mulambos 1×2 Palmeiras – BR16

E não adiantou nem a mulambada vir com o excelentíssimo juiz Dewson, aquele mesmo disgramento que apitou A/pR 3×3 Palmeiras em novembro do ano passado pelo BR15.

Se a diretoria palmeirense fosse séria, esse Sr. jamais apitaria um jogo do Palmeiras depois daquele fiasco. Mas, devem ter mandado mais um ofício e um DVD, e o resultado tá aí, Palmeiras jogando fora contra os mulambos, e eis quem surge com o apito…

E não teve jeito, de 4 penaltis pro Palmeiras, 03 indiscutíveis, ele só marcou um, o único que não tinha a menor possibilidade de não marcar. Os outros 3, já viu né…

O Palmeiras começou de novo muito bem e aos 3:40 já vencia o jogo, mais uma vez com o Jesus aproveitando e guardando logo de cara, como deve ser sempre.

Mas numa daquelas coisas que só acontecem com a gente, Alan Patrick, ele mesmo, motherfucker, aproveitou mais uma falha do Thiago Martins e acertou um chute perfeito aos 9 e empatou o jogo.

E o Palestra não se abalou: Jesus teve pelo menos mais três chances claras de gol, uma de cabeça, duas com os pés, todas de boas enfiadas do Moises, mas o Palmeiras, dono do primeiro tempo, não soube aproveitar.

Voltou o segundo tempo e os mulambos subiram a marcação e deixaram o contra-ataque ao nosso dispor. E fomos perdendo, um dois, três. Ai Cuca mandou pro campo Luan, ele mesmo, que entrou em campo no lugar do Mateus Salles, sob os olhares desconfiados da palestrinidade. 

E não é que ele entrou e jogou bola? Meio enferrujado, é verdade, mas fez o que se esperava dele, não comprometeu, enfim, fez mais do que o Rafa Marques faz na maioria dos jogos que ele entra…

Mais uns minutos e o Cuca tirou o Roger e colocou Cleiton Xavier. A essa altura o Sr. Dewson já devia um penalti pro Verde, cruzamento do Luan que o zagueiro do Flamengo tirou com a mão. Mas foi só com uma defesa de Gordon Banks do zagueiro mulambo, em bola de cobertura que o Jesus mandou, que finalmente o juiz deu. Zagueiro expulso e Jean guardou. 2×1.

O juiz ainda podia ter marcado mais dois penaltis pro Palmeiras, mas sabe como é. né?

Rafael Marques ainda entrou no lugar do Dudu e sofreu uma entrada por trás dentro da área, dele, o grande Marcio Araujo (que falta ele NÃo faz), e ainda teve mais uma mão na bola em cruzamento do CX.

No fim, o único e gigantesco vacilo foi o Vitor Hugo ter tomado o terceiro amarelo aos 38 do segundo tempo, num lance besta, desnecessário, e que nos custará jogar o Derby, que vale a liderança da competição, com sabe-se-lá que zaga…

Com a primeira vitória fora de casa na competição, o Verde assumiu a quarta posição, com 12 pontos, 1 atrás de Gambá, Inter e Gremio. E vejam vocês, não tivesse o Palmeiras sido absurdamente roubado contra a Ponte e Bambi, teríamos pelo menos 14, ou seja, era pra ser líder isolado da competição. Em 06 jogos, fomos prejudicados em 04, sendo que nos 02 últimos foi possível vencer, apesar do juiz. Viu, presidente? Tá esperando o que pra se coçar?

Domingo vale a liderança contra os Lixos. E eu não dormirei até lá pensando em como o Cuca vai montar essa zaga e em quem a CBF vai “sortear”pra apitar o jogo com a conivência plena da nossa diretoria…

Meus cumprimentos pros amigos que estiveram em Brasília hoje e vão trazer os 03 pontos pra casa – finalmente… ahahahaha – e um salve especial pro Josué, esposa e filhão de 04 anos, palestrinos de Brasília que hoje foram pela primeira vez ver o Verdão jogar ao vivo no estádio. Que pé quente hein, Josué!? Continua assim, irmão!

AVANTI PALESTRA!

OS LANCES:

Em breve.

A FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO: Alex Muralha; Rodinei, Léo Duarte, César Martins e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Everton (Cuéllar, aos 21’/2ºT) e Alan Patrick (Mancuello, 28’/2ºT); Fernandinho e Felipe Vizeu (Marcelo Cirino, aos 13’/2ºT). Técnico: Zé Ricardo.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Fabrício; Matheus Sales (Luan, aos 13’/2ºT), Tchê Tchê e Moisés; Dudu (Rafael Marques, aos 39’/2ºT), Róger Guedes (Cleiton Xavier, aos 20’/2ºT) e Gabriel Jesus. Técnico:Cuca.

%d blogueiros gostam disto: