Arquivo diário: 03/06/2016

Palmeiras 4×3 Gremio – BR16

Pacaembu, frio, chuva desde o minuto que o jogo começou, tobogã (obrigado, mimadinho) e a obrigação de vencer o líder do campeonato até a abertura da quinta rodada.

O Palmeiras, com 6 pontos, não podia nem sonhar em qualquer coisa que não fosse chegar aos 9, para manter em apenas 4 a diferença pro Inter, que venceu o Atlético/PR e assumiu a ponta da tabela.

E logo com 1 minuto o Verde já abriu o placar, enfiada monstra do Dudu, melhor em campo, e o Gabriel Jesus dessa vez não desperdiçou: caixa e 1×0 pro Porco.

Mas o time do Palmeiras não encaixou o jogo. Alecsandro, péssimo, garantia que o Gremio jogasse o primeiro tempo inteiro com um a mais, enquanto o juiz ia decidindo todos os lances a favor dos gaúchos.

Mas foi aos 50 – isso mesmo – do primeiro tempo que o tal de Marielson operou do vez o Palestra: num lance que até a gente do distante tobogã conseguiu ver que o zagueiro do Gremio estava impedido-pra-caralho, o safado deixou seguir. Erro tem limite e esse já tinha passado antes da metade do primeiro tempo: Palmeiras, se dependesse do juiz, não ganharia o jogo.

Voltamos pro segundo tempo finalmente com 11 – Alecsandro saiu e Roger Guedes entrou – o Jesus foi jogar de 9. Acontece que o Palmeiras tinha uma Avenida Francisco Matarazzo inteira pro Gremio aproveitar nas costas do Zé Roberto.

E numa dessas que o Roger errou um passe pro miolo da área do Grêmio, os gaúchos foram chegando pela esquerda, Zé Roberto ainda no campo de ataque, Moises também pesado não conseguiu segurar o bom lateral direito do Gremio e, numa falha de posicionamento do Thiago Santos, Giuliano virou o jogo pros caras.

Mas não deu nem dois minutos e Roger Guedes, num daqueles lances que a sorte dos justos aparece, encobriu o goleiro do Gremio numa puxada quase sem ângulo, e botou o Palmeiras de novo no jogo: 2×2.

E o Palmeiras começou a mandar na partida. Claramente, a alteração tinha surtido resultado, e a ineficiência do Alecsandro no primeiro tempo deu lugar pruma grande atuação do Gabriel Jesus, ganhou por cima, por baixo, roubou bola, entrou no meio dos zagueiros do Gremio, enfim, jogou como a gente quer ver sempre.

Só que o nome do jogo foi mesmo Dudu. Sinal de que o puxão de orelha do Cuca deu resultado: já tinha encaixado uma assistência pro Jesus no primeiro tempo, infernizou a vida do alemãozinho lateral esquerdo do Gremio e ainda encaixou duas cobranças de bola parada perfeitas – um escanteio e uma falta – pro Vitor Hugo e pro Thiago Santos marcarem. 4×2.

E ainda deu tempo do Palmeiras moscar e tomar o terceiro, gol do lateral direito Edilson, um dos melhores do Grêmio na partida.

Como o Flamengo ganhou do Vitória, terminamos a rodada na quinta posição. E agora, é justamente a mulambada que vem pela frente, e depois os Gambás.

Se já fomos prejudicados sem dó contra Ponte Preta e Grêmio, imaginem o que está por vir nas próximas duas rodadas?? Que tal, Sr. Paulo Nobre, parar de caçar assunto com a torcida e começar a defender o clube perante a Comissão de Arbitragem? O sr. não acha curioso o caseirão do Ricardo Marques apitar pros bambis, o Vuaden inventando falta pros gambás ganharem dos Sardinhas, e um puta jogo de dois times brigando pelo título vem um tal de Marielson-ninguem-nunca-ouniu-falar-antes?

Que tal largar do pé da torcida um pouco e pegar mais no da CBF com essas arbitragens de merda? Quer disputar o título ou não?

Domingo, Mané Garrincha, que finalmente venha nossa primeira vitória fora de casa. O embalo que esse time precisava pra ganhar confiança e vencer como visitante veio hoje. Aos amigos que vão pra Capital Federal, tragam os 03 pontos.

AVANTI PALESTRA!

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 4 X 3 GRÊMIO

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data-Hora: 2/6/2016 – 21h (horário de Brasília)
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa (RJ) e Ivan Carlos Bohn (PR)
Público/Renda: 19.196 pagantes / R$ 525.845,00
Cartões amarelos: Matheus Sales, Dudu, Vitor Hugo, Fernando Prass e Fabrício (PAL), Marcelo Hermes, Bruno Grassi, Pedro Geromel e Lincoln (GRE)
Gols: Gabriel Jesus 1′ 1ºT (1-0); Giuliano 49′ 1ºT (1-1); Giuliano 9′ 2ºT (1-2); Róger Guedes 11′ 2ºT(2-2); Vitor Hugo 27′ 2ºT (3-2); Thiago Santos 38′ 2ºT (4-2) e Edilson 45′ 2ºT (4-3)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Tchê Tchê (Fabrício 37′ 2ºT), Thiago Santos, Vitor Hugo e Zé Roberto; Matheus Sales e Jean; Moisés (Thiago Martins 31′ 2ºT), Gabriel Jesus e Dudu; Alecsandro (Róger Guedes – intervalo). Técnico: Cuca

GRÊMIO: Bruno Grassi; Edílson, Geromel, Bressan e Marcelo Hermes; Walace, Maicon, Giuliano (Bobô 35′ 2ºT), Douglas (Lincoln 25′ 2ºT) e Éverton; Luan.Técnico: Roger Machado

%d blogueiros gostam disto: