Rosario Central 3x3Palmeiras – Libertadores16

Eu tenho nojo da transmissão do Sbostv… Deus ilumine o Palmeiras pra fechar com o Esporte Interativo e que mande esses mentecaptos como os que participaram da transmissão do jogo do Palmeiras hoje pra puta que pariu!

E dizem que o Noriega é palmeirense… Porra nenhuma, palmeirense somos nós, esse cara tem ódio do Palmeiras. Tô cansado de cara que nunca chutou uma bola na vida cagando regra sobre futebol… Enquanto escrevo ouço um comentarista da mesma Sbostv falando que não entende qual a diferença de performance de um time dentro e fora de casa… Dá pra argumentar com um asno desses?

Sobre o jogo, o resultado manteve o Palmeiras vivo na Libertadores, mas respirando por aparelhos e dependendo de uma vitória por pelo menos 02 gols contra o River, e que Nacional e Rosario não termine em empate. O que torna as coisas ainda mais difíceis, porque a chance de que o último jogo dos uruguaios e argentinos seja um jogo de comadre é gigante… mAS gigante mesmo é o Palmeiras, então fé em San Gennaro e pra cima deles!

E o que tinha tudo pra ser só alegria pro palmeirense hoje, se tornou um dos jogos mais dramáticos dos últimos tempos: com cinco minutos já ganhávamos por 1×0, aos 34 o jogo estava empatado e aos 42 estávamos à frente do placar de novo.

02 gols do Jesus prometiam uma atuação pra ser inesquecível, mais aí veio o segundo tempo. Porque no primeiro,  ele já tinha perdido a chance de marcar logo no lance de inauguração do jogo.

Já na primeira oportunidade no segundo tempo e quase chance do Palmeiras matar o jogo: Jesus mandou na trave…

O Palmeiras já tinha tomado um gol de uma falta desviada na cagada, que foi parar dentro da rede. Outra bola parada e numa jogada ensaiada, Rosario empatou de novo, e chegou a virada com um penalti besta do Vitor Hugo, que já tinha cagado no lance anterior quando foi tira a bola da nossa área e deu um chutinho tímido… 3×2 pros caras.

Ainda acertamos uma cabeçada na trave antes de, em outra cobrança de falta, e já com um a menos – Jesus, do Céu ao Inferno, foi ridiculamente expulso aos 27 – chegarmos ao empate com Lucas Barrios, um tantinho impedido, igualar novamente a partida.

Dalí até o fim, o sufoco foi constante até o apito final, que veio como uma sinfonia pra dar um suspiro de esperança, por menor que seja – e é tudo que o palmeirense precisa – pra gente prosseguir tendo chances de classificação na última rodada.

De negativo, só a péssima atuação do Robinho, mais uma. A cada dia que passa, ele fica mais distante do mínimo aceitável pra usar a nossa camisa. Tá longe de ser o meia que tanto falta nesse elenco.

Que na próxima quinta, o Palmeiras ressurja imponente e que seja como todo nós queremos IMENSO!

AVANTI PALESTRA!

Publicado em 07/04/2016, em Geral, Palmeiras em Campo e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Rogerinho Fumo

    É isso aí! Vamos acreditar pq vai dar certo…nunca foi fácil, agora não seria também.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: