Tem Jogo! Palmeiras x Fluminense – Copa BR 15 – jogo de volta

Em pouco menos de 24 horas, o Palmeiras entra em campo no Allianz Parque pra selar seu destino pro ano de 2016.

Passar pelo Fluminense amanhã confirmará o Palmeiras em mais uma final de Copa do Brasil – o Santos deve ser o adversário para o título e mantém as chances do Verdão chegar na Liberta sem depender do BR.

E a campanha desenvolvida nos últimos 05 jogos serviu pra deixar o palmeirense bastante apreensivo: o Palmeiras perdeu pra Chapecoense, Ponte Preta, Fluminense e Sport e só ganhou do Avai nos últimos 5 jogos. Perdeu a chance de consolidar a classificação pra Libertadores no BR com o que seria pelo menos 05 pontos de vantagem pro quinto colocado, e pra isso bastava ter empatado com a Chape e vencido Ponte e Sport dentro de casa.

Mas nunca é assim e a gente sabe bem como a banda toca pro Palmeiras, ora jogando pessimamente, ora sendo assaltado pela arbitragem com a nossa própria conivência institucional, enfim a mesma história dos últimos sei-lá-quantos anos…

Ainda temos que quebrar a cabeça pra tentar adivinhar que time vai entrar em campo, tantas que são as surpresas e invenções de Marcelo Oliveira na montagem do time titular. Quarta passada a escolha injustificável de Vitor Ramos pesou: os dois gols do Fluminense saíram em falhas dele, que também contou com a ajuda de Andrei Girotto nas presepadas. Mas o time reagiu bem com as modificações – os dois perebas saíram – e só não saímos do Maracanã com o empate porque, pra variar, tivemos um gol mal anulado pela arbitragem…

Só que, dessa vez, não dá mais pra errar. Qualquer falha na escolha do time que vai a campo, durante o jogo e até mesmo da arbitragem, vai custar caro pro Palmeiras. E o Fluminense, que nunca foi flor que se cheire, com o perdão do trocadilho, trabalhou pesado nos bastidores pro jogo de amanhã.

Os refletores do Maraca nem tinham apagado e já estava o presidente deles literalmente chorando pras câmeras de TV, como se o Fluminense não tivesse duas Séries B pra pagar…

Ainda foram ao STJD pra “brigar” por 10% dos ingressos pra torcida deles, sendo que nem 600 torcedores compraram ingresso pra ver o time jogar no Allianz. Nítida manobra de bastidores pra tumultuar a partida. Afinal, quanto mais nervoso o Palmeiras estiver, melhor pro Fluminense, na ótica deles.

Mas aí eu espero que Marcelo Oliveira seja um monstro na preleção, e faça virar todo esse nervosismo a nosso favor.

Tem que por no telão o quanto esse Fluminense e um lixo:

E o quanto somos melhores e maiores que eles:

Não custa lembrar a história desse jogo, valido pela última rodada do BR 05. O Palmeiras vinha em franca ascensão no campeonato, saindo da décima sexta posição, e chegou na última rodada em quinto com 67 pontos, pra jogar justamente contra o quarto colocado, o Fluminense, que tinha 68.

A vitória punha o Palmeiras na Liberta, o empate bastava pro Fluminense. Ainda no primeiro tempo, o Fluminense abriu o placar com Tuta.

No segundo tempo o Palmeiras foi pra cima, mas com um ataque que tinha Washington Orelha e Gioino, não ia ser nada fácil…

A virada do Verdão começou justamente nos pés – e não nas mãos – de São Marcos: uma bola quase perdida na zona do escanteio da nossa defesa, ali em frente ao antigo setor família do Palestra, o Marcão correu, evitou a saída, deu um lançamento de 70 metros pro Gioino, que pela primeira e talvez única vez na carreira acertou o domínio, cruzou pro Washington que dominou, ajeitou e sentou a bota: 1×1.

Mas aos 22, um chutaço de fora da área dum moleque da base do Fluminense, que atendia por “Arouca”, indefensável até mesmo pro Santo, e de novo o Fluminense, que só precisava empatar, estava na nossa frente.

E precisou de apenas 12 minutos pro Palmeiras colocar o Fluminense no devido lugar: Juninho Paulista de falta, com ajuda de Petkovic, e Corrêa, também de falta, colocaram o Verdão na Liberta 2006.

10 anos depois e recebemos de novo na nossa casa o time do Fluminense, eles só precisando empatar, pra mantermos viva a chance do título a Copa do Brasil e, por consequência, da vaga na Liberta 2016.

Só que agora, além de mais uma Série B, o Fluminense ainda nos deve aquele jogo sujo do BR 2009, que nos custou o título e valeu pra eles mais uma fuga bem pouco ortodoxa do rebaixamento…

Por isso, espero que os jogadores entrem amanhã com sangue nos olhos, o mesmo que teve um time tão modesto quanto Marcos, André Cunha, Daniel, Gamarra, LúcioMarcinho Guerreiro, Correa, Juninho, Diego Souza (Gioino), Marcinho e Washington. Se eles conseguiram, não vai ser o atual elenco que vai ramelar.

E na bancada não pode ser diferente, estaremos diante de um inimigo genuíno, e temos que fazer a nossa parte com louvor, o Allianz tem que tremer!

PRA CIMA PALMEIRAS, PRAAAAAA CIMAAAA PALMEEEEEEIRASSSSSS!!!!!!!!!!!!

AVANTI PALESTRA!

Publicado em 27/10/2015, em Tem Jogo! e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Nem 600 ingressos? Qual a fonte?

  2. Rogerinho Fumo

    A palavra é CONFIO! Estaremos na final.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: