Chapecoense 5×1 Palmeiras – BR15

Desde 2010 o Palmeiras leva uma goleada vexatória por temporada, e este ano parecia que tudo ia mudar, mas daí vai lá o Palmeiras fazer das suas palmeirisses…

A verdade é que esta palhaçada que vimos em campo hoje estava bem mais do que anunciada. Já na primeira partida em Porto Alegre, pela Copa do Brasil, e até mesmo antes disso, no jogo com o time gaúcho pelo BR, podia se ver o sistema defensivo frágil e o ataque displicente.

Mas, tirando a derrota pros gaúchos fora de casa pelo BR, os resultados foram acontecendo, vencemos o Grêmio, empatamos fora com o Inter pela Copa do Brasil, jogo que era pra ter sido ganho, arrancamos um empate não merecido no panetone e selamos a classificação pra semi da Copa do Brasil também sem muito merecimento, mas com muito coração, principalmente da torcida.

Fomos pra Chapecó sem nossos 02 melhores jogadores, Robinho e Zé Roberto, os únicos com capacidade de articular o jogo do time e, por isso mesmo, já sabíamos que seria difícil encaixar um bom resultado na partida de hoje, mas nem o mais corneteiro conseguiria prever uma surra dessas proporções…

Primeira coisa a ser dita é que o Departamento Médico e de Preparação Física do Palmeiras é uma piada de mau gosto. Arouca vem de sabe-se lá quantas temporadas pelo Santos sem uma única contusão, e aqui no Palmeiras, jogo sim, jogo não, sai de campo machucado. Daí volta e machuca de novo. Robinho idem. Até o maluco do filme Corpo Fechado sairia do campo de maca, se vestisse nossa camisa. O curioso é que isso já vem de anos assim, mas é mais fácil cair o cu da bunda do que alguém ser demitido do departamento médico do Palmeiras…

A segunda questão é que o Marcelo Oliveira abusou de errar. Primeiro, voltou o Amaral pro time, e nem preciso explicar o por quê isso é errado. Andrei, por mais limitado que seja, mesmo não sendo um primeiro volante de ofício, não pode ser banco desse grosso.

Depois, o treinador insistiu mais uma vez com o Egídio. Não precisa ser nenhum Rinnus Mitchel pra saber que é só atacar pela nossa esquerda, quando Egidio está em campo, que é batata… Os treinadores dos outros 19 times já aprenderam isso, só o Marcelo Oliveira ainda não entendeu? Começa o jogo sempre com dez, professor? Cazzo…

Depois, o treinador subestimou o adversário ao mesmo tempo quee superestimou nosso time. Mandou 4 atacantes pra campo e nenhum meia. Entregou o meio de campo pro Chapecoense, que só precisou marcar o Arouca na saída de bola para, com tranquilidade, mandar no jogo, enquanto atacava pela nossa esquerda pra achar os gols.

Mas aí é que eu não entendo, porque estavam lá no banco Allione e Fellype Gabriel, meias de oficio, o Palmeiras treinou, quinta, sexta e sábado sabendo que o ZR e o Robinho não iam jogar, e o melhor que o Marcelo pensou em fazer foi mandar 4 atacantes pra campo e ninguém pra organizar as jogadas? PORRA!?

Se ainda tivessem os 4 – GJ, RM, Barrios e Dudu em excelente fase, ok, ainda dava um desconto, mas desses todos aí só o Dudu tá se salvando, os outros 03, principalmente o Jesus, não tão jogando nem a metade do que sabem…

Ainda assim, o 2×0 que ficou barato demais pro Palmeiras no primeiro tempo, especialmente por o time ter tido a capacidade de chutar uma única vez ao gol adversário, podia ser corrigido no segundo tempo, com duas simples alterações – 1 meia e o Egídio fora.

Mas o Marcelo preferiu mexer na direita, onde não tínhamos problema, pra colocar o Lucas no meio, vindo o JP no lugar do Amaral. Daí fodeu de vez. Antes tínhamos uma avenida, agora eram três.

E foi uma questão de tempo pra, em dia que dá tudo errado, a bola aérea falhar bisonhamente na defesa pela segunda vez. 3×1 pros caras e finalmente o Marcelo decidiu colocar um meia em campo, quando já estava tudo bem mais do que fudido.

Ainda deu tempo do Gabriel Jesus matar dois lances claros de gol, um quando ainda tava 3 e outro quando já tínhamos tomado o quarto.

E o fim do jogo não podia ter sido mais melancólico do que mais uma vez levar gol de um pé descalço como Ananias, ô vergonha sem fim…

Parabéns aos responsáveis, de novo saímos do G4 pela própria incompetência e o palmeirense mais uma vez tem que aguentar essa humilhação que, se os senhores tivessem um pingo de vergonha na cara jamais aconteceria…

Agora vamos às coisas boas, se é que algo de bom dá pra se tirar de uma presepada dessas. Primeiro, é que o Egídio está suspenso, e por nada neste mundo entrará em campo contra a Ponte Preta. Ponto pro Palmeiras.

Segundo é que teremos 10 dias sem bola rolando, e Deus queira que seja tempo bastante pra recuperar esse time fisicamente, por que é uma vergonha uma equipe de futebol profissional da grandeza do Palmeiras estar se arrastando em campo desse jeito. Contra o Inter, nada menos que 05 jogadores, metade da linha, saíram com cãimbras e extenuados, isso não existe…

Por fim, depois de tantos e tantos jogos mal jogados, e o Palmeiras escapando duma tragédia sempre por um triz, finalmente ela veio, e com ela devem vir algumas mudanças significativas no modo desse time jogar.

Porque só um energúmeno sem amor ao emprego iria insistir nesse esquema tático sem meia e totalmente manjado, num Egidio pela esquerda, num Amaral pelo meio, depois de uma saraivada como essas…

Que o Marcelo não seja imbecil de insistir na mesma cagada, pois os próximos 11 a 13 jogos daqui até o fim do ano valem toda a temporada de 2016.

AVANTI PALESTRA!

Publicado em 04/10/2015, em Palmeiras em Campo e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. HORROROSO ESSE TIME DO PALMEIRAS….ME LEMBRA OS VELHOS TEMPOS DA ERA PRE- PARMALAT, QUANDO NÃO GANHAVA NADA…….ONDE ENCONTRARAM UM VOLANTE TÃO INEXPRESSIVO E MEDONHO COMO O AMARAL??? ESSE LUCAS É PATÉTICO, EGÍDIO PARECE MAIS UM MENINO MALUQUINHO…NÃO SABEM JOGAR FUTEBOL..NÃO SABEM MARCAR..SÓ CRUZAR BOLA NA ÁREA…MARCELO OLIVEIRA VOCE TÁ NA ROÇA COM ESSES TRÊS PATETAS

  2. Guilherme_mpereira@hotmail.com

    Bom dia, sempre leio seu blog pois gosto da forma que vc escreve, mais discordo em algumas. Principalmente quando coloca a culpa das derrotas na diretoria . Hoje com aqui achando que vc ia fazer isso e fui surpreendido com uma análise racional. Parabéns.
    Quanto ao jogo, o Egídio só funciona se tivermos um volante que marca muito (Gabriel ou Thiago) pois compensa o verme defensivo dele.
    O DM do palmeiras deve ser pelo SUS, to torcendo pro Pato ser só um boato pq msm ele sendo diferenciado tenho ctz que aqui vai voltar a machucar todo jogo (e com um investimento de 30 milhões)…
    Essa lambada tava anunciada e só não saiu antes pq o Vítor Hugo estava carregando o piano da zaga sozinho, hj ele foi mal (o que é normal, depois de tantos jogos excelente) e aí aconteceu essa merda.
    Podemos ter messi e cr7 na frente, se a bola não chega neles eles não tem o que fazer. Marcelo professor pardal.
    Mais essa parada vai ser boa, estamos colados no g4 e vamos ganhar a copa do Brasil.
    AVANTI

  3. Egidio,Barrios,Amaral,jesus,tem que ficar no banco. E cade o allione,mouche,Felipe Gabriel, agora é a hora de mudança no time

  4. Esse Amaral não dá

  5. Nossa, essa goleada foi o Meu presente de aniversário… Ninguém merece!!!

  6. Palmeiras Sempre

    E o Amaral? Alguém explica como esse Infeliz foi contratado e mais: Como ele consegue ser titular absoluto?

    Quanto ao resto do time acho que a cabeça dis caras tá na copa do Brasil, mas obviamente o Palmeiras não irá vencer por 2 motivos. Vão ( você s sabem quem) preferir uma final rio são Paulo ou seja, já dançamos e a outra é que não temos time pra enfrentar santos ou são Paulo. Simples assim a vaga pra libertadores já era também, sejamos realistas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: