Palmeiras 0x0 Asa – CopaBR15

E lá se vão 270 minutos de um único e mesmo jogo, em que é proibido o Palmeiras marcar gol.

A bola gira, gira, gira, gira mais um pouco e gira de novo, mas não tem um salafrário pra chutar no gol.

Quando chutam, é pra fora, ou nas pernas do zagueiro adversário.

Nas poucas chances que o Palmeiras consegue levar algum perigo ao gol do adversário, a finalização ou cabeçada é fraca, fácil pro goleiro.

Foi assim em Joinville, foi assim contra o Goiás, foi assim hoje, e será assim sempre.

Na coletiva desta terça-feira, Oswaldo já deixou claro que só vai alterar a forma de jogar quando estiver no prejuízo. Como se não fosse uma desgraça para a camisa do Palmeiras os últimos x resultados, sem marcar gol, com esse futebol tão insosso contra adversários inexpressivos que só não dá sono porque desperta um ódio profundo.

Saí do estádio jurando nunca mais voltar. Sim, é mentira.

Eu sou um imbecil. Assim como vocês. E aconteça o que for, vamos continuar voltando a esse lugar maldito, elitizado, burguês e sem alma que virou a casa do Palmeiras.

Tem que mudar tudo. Hoje deve ter sido o pior público da Arena desde sua inauguração: 17 mil pagantes. Como convencer o torcedor a pagar uma fábula pra ver esse time modorrento “jogar”bola?

Mas o problema está longe de ser só esse. Porque esses 17 mil pagantes de hoje em nada se assemelham, por exemplo, com os 18 mil que assistiram em 22 de maio de 2010, o último jogo no falecido Palestra Itália, 4×2 frente ao Grêmio.

O último jogo oficial do Palmeiras na sua casa teve praticamente o mesmo público que hoje, mas com uma diferença gritante: lá, tinhamos 14 mil torcedores de arquibancada pulando e apoiando incessantemente, a um preço médio de R$ 29,00.

Hoje, fomos pouco mais de 5 mil torcedores de arquibancada, pagando em média R$ 55,00.

O que isso demonstra? O protesto das organizadas, que ficam e ficarão em silêncio em todos os jogos em que o preço for o absurdo praticado hoje, deixa claro que o novo frequentador do Allianz Parque não é do tipo que é dado a cantar o jogo inteiro. Sem as torcidas do Gol Norte, o estádio vira um cemitério de selfies e gritos de “gol” antes da hora, com gente mais olhando e dando tchauzinho pra câmera do telão do que se revoltando com o resultado absurdo que é empatar com o Asa de Arapiraca em casa. 

Sem desmerecer e respeitar este – ou qualquer outro – torcedor, o que a Diretoria não consegue entender é que esse torcedor do Allianz só vai cantar e pular quando o time der espetáculo. Quando fizer gols e mais gols e mais gols. E não há nada de errado nisso. De novo, têm todo o meu respeito.

Mas é inegável o prejuízo que o time sofre sem o apoio da massa, dos torcedores de arquibancada que se dispõem a ficar em pé o jogo inteiro e cantar e incentivar o time sem parar. Porque esses são os caras que tão ficando de fora.

De novo, não estou entrando no mérito de quem é mais palmeirense quem é menos, apenas que são estilos diferentes de torcer, e os caras que estão acostumados a carregar o time nas costas são os que ocupariam os cerca de 23 mil assentos vazios que tivemos hoje num jogo decisivo de mata-mata.

Tirando os pouco mais de 6 mil lugares do Gol Norte – o único setor realmente cheio no jogo de hoje, havia espaços vexatórios em todo o anel superior e nos setores Gol Sul e Leste e Oeste.

E não há como negar que o jogador – ainda mais esses bagres que vestem nosso manto hoje – sente a diferença. Aí vão dizer “Pô, mas esse protesto das organizadas prejudica o time”. Pode ate ser, mas como não ver e reconhecer que todos esses assentos vazios e a exclusão dos “torcedores populares” prejudica muito mais?

Como não constatar que à família de menor poder aquisitivo, mesmo pagando Avanti, fica quase proibitivo ir a maioria dos jogos?

Desafio que você faça um teste, Paulo Nobre. Venda o anel superior inteiro a R$ 40,00 no próximo jogo e se o Palmeiras não ganhar de um Goiás ou um Asa de Arapiraca, nunca mais escrevo uma linha sobre preço de ingresso.

Mudando de assunto, hoje pra mim foi o limite com o treinador. Domingo será a cereja do bolo, ou ganha ou que vá arrrrrrastarrrrrrrr o errrrrrrreeeeeeee lá no casa do carrrrrrrrrrrrrrralho. A essa altura dos acontecimentos era pra esse time ter um padrão de jogo, ainda que fosse uma puta duma bola parada ou jogada de linha de fundo, cobrança de escanteio, foda-se, qualquer coisa, mas algo de produtivo tinha que ser visto.

Mas não, apenas esse infame e desgraçado para-brisa, a bola gira de um lado pro outro, ninguém chuta, não acontece merda nenhuma. Pra jogar assim não precisa de treinador. Aliás, precisa sim, põe eu lá, que eu faço a mesma coisa e por 1/20 do preço.

E Mattos, vai esperar até a Copa América acabar pra mandar embora esse chileno safado em modo operação-padrão e trazer gente séria pra vestir essa camisa? Lembra o que foi que aconteceu com a pausa da Copa do Mundo do Gareca? Pois é, abre o olho cara-palida, aqui não é aquela moleza das marias não…

Que puta moral que vamos chegar pra jogar o clássico, hein? Parabéns, malditos!

AVANTI PALESTRA!

Publicado em 28/05/2015, em Palmeiras em Campo e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 7 Comentários.

  1. Nilton Palmeirense

    Esqueci do grande alfredo mostarda. E a raiva e a idade. Me perdoem

  2. Nilton Palmeirense

    Nao sou de organizada e tenho pago avanti pra comprar ingresso a 120,00. Gracas a Deus posso pagar mas me solidarizo com o torcedor que nao pode. O problema e que pra ver esse time 30 reais ja e um absurdo. Fico imaginando quanto nao cobrariam pra ver Leao eurico luis pereira e zeca dudu e ademir da guia (que saudade) edu leivinha cesar e ney. Meu time preferido. Ou entao os times 93 94 e 96. Nobre abre o olho enquanto e tempo. OO nao e treinador. No mais concordo com vc. Excelente post.

  3. Estou começando a me tornar torcedor de sofá. E isto meu caro,está acabando comigo.Em partes, pelos preços abusivos cobrados atualmente (mesmo pagando 50%),mas no geral, creio que é saber que entra ano e sai ano, sempre teremos uns cabeças de bagre,seja na comissão técnica ou no elenco,e isso parece nunca mudar. E infelizmente a única mudança que estou vendo,é a minha falta de vontade de ir ao estádio.

  4. Falou tudo, estou extremamente indignada com o resultado de ontem. É uma falta de respeito com a história do clube e com os torcedores um ingresso deste preço, jogadores (alguns) sem vontade e um técnico que escala errado e espera 20 minutos do 2° tempo, empatando com o ASA para mudar. Gostaria de entender como se fura uma retranca com 1 atacante? Se o atacante fosse bom ainda… ¬¬

  5. Com esse futebol pode colocar ingresso de graça que não lotaria. Isso não é um time e sim um amontoado de gente. Parecem não treinar. Pode contratar mais meio mundo de bons jogadores que com esse treineiro não chegaremos a lugar algum.

  6. Rogerinho Fumo

    Que draga pqp

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: