Red Bull 2 x 0 Palmeiras – Paulistão 15

Nem cinco dias de paz o palmeirense consegue ter.

Minha mulher até tirou as crianças da sala.

Maldito complexo de Robin Hood.

Eu disse no último post que o jogo contra os bambis foi atípico, porque com 10 minutos a partida estava resolvida. Aí fica difícil medir qualidade…

No fim das contas, a euforia da torcida com uma vitória depois de 13 clássicos sem ganhar ou não serviu pra contagiar o time, ou só serviu pra atrapalhar. De qualquer forma, é preocupante,

E a derrota começou emblemática: um erro vexatório do inútil Dudu no ataque deu origem ao contra-ataque em que a defesa ficou assistindo (o Arouca de camarote) justo o lixo do Gambá marcar.

O time ainda tentava entender o que tinha acontecido quando Arouca ficou olhando de novo o Gambá cruzar, pro Vitor Hugo assistir o Matusalém Eller marcar o segundo.

O jogo que já tava amarrado, acabou ali. Perdemos prum time recheado de refugos. Vieram Gabriel Jesus no péssimo Cristaldo, o péssimo Victor Luiz no machucado Zé Roberto e o picolé de chuchu Alan Patrick no Robinho.

Ganhamos do Pink Bambis e perdemos pro Red Bull. Esse é o nível do Palmeiras do Oswaldinho.

Pra completar, ainda corremos o risco de perdermos o Zé Roberto pros jogos decisivos, um dos poucos que se salvou hoje, com uma possível contusão que pode tornar o futebol desse time ainda mais sofrível e limitado.

Falta criatividade no esquema tático, isso é visível. Oswaldinho fez alterações protocolares – aquelas só pra falar que fez – mas não consegue fugir do pobre 4-2-3-1 que, já vimos bem, nem sempre dá certo. 

Por mais empolgante que tenha sido a vitória de quarta, o resultado de hoje é digno de ódio e revolta. Justíssimo quem se sente assim, porra!

Enquanto isso vemos o rival, possível adversário das semis, nadando de braçada com um futebol modorrento, mas ainda invicto. É bom começar a jogar bola até lá…

E pra completar, praticamente sacramentamos a quarta posição entre os (4) primeiros, e só jogaremos em casa – salvo algum  improvável desastre pros rivais – na primeira partida da final. Porca Miseria.

Enquanto isso, tinha vagabundo passeando em Londres, mas com aval de muito deslumbrado aí.

ÊÊÊ Palmeiras…

AVANTI PALESTRA! 

Publicado em 29/03/2015, em Palmeiras em Campo e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Rogerinho Fumo

    Na moral? Preferia nem chegar nas semis. Vai ser vexatorio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: