É guerra!

Senhores!

Vejam as manchetes das páginas esportivas:

Com futuro em xeque, Henrique vive seu maior jejum no Palmeiras

Time do Palmeiras custa mais do que o dobro de rivais na luta contra degola

Indefinição entre Série A e B deixa Palmeiras engessado em negociações

Argentino do Palmeiras aumenta mistério de compatriota do clube

Pressão sobre Dorival cresce, e técnico faz ‘jogo da vida’ no domingo

Zagueiro do Palmeiras posta mensagem enigmática no Twitter

Mouche deve voltar à Argentina se Dorival permanecer no Palmeiras

Palmeiras completa um mês sem fazer pontos no Brasileirão

Dorival deve deixar o Palmeiras, que quer Mano Menezes e busca um executivo

Mouche questiona Dorival: “Para nós, argentinos, custa ter continuidade”

Não tenham dúvidas, essas manchetes foram colocadas no ar com o único propósito de desestabilizar ainda mais o já instável ambiente do Palmeiras. As redações esportivas, infestadas de gambás e bambis, estão em polvorosa sambando numa possível desgraça do Palmeiras.

Infelizmente, o clube não respondeu à altura de tantas e tantas investidas para desmoralização do Palmeiras e não conseguiu blindar o elenco como em outras oportunidades, justamente na semana mais importante (e sofrida) do Palmeiras no ano mais importante de sua história.

Declarações como a insatisfação de Mouche, uma possível briga entre Dorival e Prass, a saída do treinador, a intenção de contratar Mano Menezes, comentários sobre o que o Tobio postou no twitter, além das costumeiras matérias em tom de deboche, não podiam ter passado sem no mínimo algum tipo de retaliação oficial do Palmeiras.

Aí você lembra que a última nota oficial do clube foi justamente pra responder a uma legítima convocação da torcida pra protestar pacificamente no dia das eleições do clube, e volta à cabeça a impressão de que a diretoria não perde tempo pra mostrar os dentes pro torcedor insatisfeito com o desempenho do time, mas vê com leniência e passividade a imprensa tripudiando dessa mesma situação difícil que o Palmeiras enfrenta, justamente quando o que mais se precisa é paz. Lamentável, e algo pra se aprimorar no próximo ano.

Mais uma vez só cabe à nós, torcedores, fazermos nossa parte, ignorarmos o sarcasmo da imprensa suja e empurrarmos esse time no domingo até perdermos a voz, em uníssono, e fazermos valer o peso gigantesco dessa camisa tão maltratada pelos que hoje às vestem dentro das 4 linhas.

Se pisarmos no Allianz com essa carga negativa e suja que a imprensa pilhou a semana inteira, será o nosso fim… Vamos esquecer por 90 minutos o ódio eterno aqueles jogadores que todos sabemos os nomes e que nunca deviam ter vestido nossa camisa, mas que hoje aí estão, pois serão eles que poderão nos tirar dessa situação, para apoiá-los e fazer com que consigam produzir um mínimo de futebol necessário pra garantirmos os 03 pontos.

Com o apito final, aí sim, cada um por si, quem quiser xingar que xingue, quem quiser comemorar que comemore, quem quiser simplesmente celebrar o alívio e ir embora pra casa esperando que em 2015 essa campanha estapafúrdia não se repita, que assim seja.     

Agora é com a gente.

É guerra!

Pra cima Palmeeeeiras!

Essa imprensa de Gambá, FDP!      

Publicado em 05/12/2014, em Visão da Arquibancada e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. A que ponto chegamos…meu Deus!!!

  2. Na verdade é o que estamos fazendo, não dando muita moral a isso, porém até eu mesmo as vezes acredito nessas merdas… Mais enfim… Correto o que disse!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: