Arquivo diário: 08/10/2014

Botafogo 0x1 Palmeiras – Br14

Paro aqui pra escrever esse post tomando uma Gordelícia, pensando em quantos números ruins derrubamos hoje. Foram 23 rodadas sem o goleiro titular. 21 sem ganhar um jogo como visitante. Desde agosto de 2012 sem ganhar no Rio de Janeiro. Desde a parada pra Copa do Mundo sem estar numa posição tão “alta” na tabela.

E mesmo assim ainda faltam alguns 14 pontos pra esse ano ser mais um daqueles que o palmeirense conseguirá apagar da memória.

O que mais marcou hoje foi, de novo, a falta de capacidade do Palmeiras em matar um jogo relativamente fácil. Dois lances do Allione ressuscitaram o fantasma de Florianópolis, quando o argentino deixou de passar, ora pro Wesley, ora pro Leandro, bolas que seriam o prego na tampa do caixão do Botafogo.

E coube ao Henrique, ele mesmo, do joelho direito que não dobra, a garantir os três pontos, com um improvável gol depois de uma também improvável matada de bola daquelas que o Henrique nunca dá, isso numa jogada mais que genial do Valdivia, que girou duas vezes sobre a zaga dos cariocas antes de cruzar.

Coube também ao Prass espalmar pra frente aquelas bolas que o Deola sempre espalmava pra dentro.

Resultado final foi um jogo ruim, tenso, teste de nervos pro palmeirense, e que culminou nos três pontos e, até aqui, 12a posição na Tabela. Faltam 14 pontos, ou um pouco menos.

9 pontos ganhos dos últimos 12 disputados. E só não é excelente porque perdemos em Floripa os 3 pontos mais ganhos da história do futebol…

Sábado o Felipão tem dívida a pagar com o palmeirense. Estaremos lá.

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO 0 X 1 PALMEIRAS

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 8/10/2014 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Fabricio Neves Correa (RS)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) Jose Antônio Chaves Franco Filho (RS)
Renda e público: R$ 218.760,00 / 9.122 pagantes / 10.200 presentes
Cartões amarelos: Matheus, Carlos Alberto (BOT); Marcelo Oliveira, Juninho, Valdivia (PAL)
Gols: Henrique 4’/2ºT (0-1)

BOTAFOGO: Helton Leite; Régis, Matheus, André Bahia e Junior Cesar; Airton (Wallyson 15’/2ºT), Gabriel, Fabiano (Carlos Alberto 31’/1ºT) e Ramírez; Rogério e Zeballos (Yuri Mamute 30’/2ºT) – Técnico: Vagner Mancini.

PALMEIRAS: Fernando Prass; João Pedro, Lúcio, Tobio e Juninho; Marcelo Oliveira, Victor Luis, Wesley (Washington 41’/2ºT) e Valdivia; Cristaldo (Leandro – intervalo) e Henrique (Allione 32’/2ºT) – Técnico: Dorival Júnior.

AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: