Palmeiras 2×0 Vitoria – BR14

O Palmeiras venceu um jogo que tinha a importância de uma final de Copa do Mundo como, aliás, terão todos os jogos até o final desse campeonato maldito. A importância dos 03 pontos hoje era tamanha que, se o Palmeiras não os tivesse conquistado, estaria ainda em último e há 04 pontos do décimo-sexto colocado. Seria uma tragédia.

O poder de reação após o massacre do final de semana, ainda que contra um adversário do mesmo (baixo) nível que o Palmeiras, é significativo e dá um mínimo alívio pro torcedor. Fizemos 06 pontos contra um adversário direto. Domingo temos a chance de repetir o feito, se ganharmos do Figueirense lá em SC.

E a diferença se deu justamente nas entradas cirúrgicas de Nathan na zaga e Valdivia no meio. Infelizmente o Palmeiras dependerá dele até o fim do ano pra escapar do pior. Dele e do Prass, que dizem, volta contra o Botafogo, o que totalizará 23 jogos fora. Uma eternidade.

A importância do 10 fica estampada no segundo gol, depois de mil anos, vimos uma linha de passe funcionando na frente: Valdivia – Cristaldo – Bernardo, até Henrique, de primeira, pra fechar o caixão do Vitória.

Juninho, que não foi mal hoje – mas foi péssimo em todos os outros jogos – está fora do jogo de domingo, pelo terceiro amarelo. Mazinho, com luxação no ombro, provavelmente não joga também, De novo, teremos um time diferente em campo.

Agora só resta ao palmeirense rezar. Domingo o 10 joga, Segunda será julgado pelo STJD e a tendência é ser punido, mas dessa decisão cabe recurso e efeito suspensivo, assim, se ele não aprontar em Floripa, devemos tê-lo em campo também contra o Chapecoense.

Bambi, vice-lider, jogando contra o Flamengo (maior torcida do Brasil = setor visitante lotado), 16 mil pessoas no Panetone.

Palmeiras, último colocado, jogando contra o Vitoria (setor visitante às moscas), 16 mil pessoas no Pacaembu.

E ainda ousam dizer que a torcida cor de rosa é maior que a nossa… Só se for em pesquisinha do BambiPress mesmo. Se fossem elas na nossa situação, não dava 2 mil pessoas na Gaiola ontem…

Pena que a diretoria esperou chegar nessa draga pra aprender a importância do torcedor na bancada. Enfim…

Faltam 07 vitórias. Faltam 13 jogos. Agora aguenta, palmeirense… vai assim até o ano acabar.

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 2 X 0 VITÓRIA

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data e horário: 25 de setembro de 2014, quinta-feira, às 19h30
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence e Bruno Raphael Pires (ambos de GO)
Público/Renda: 14.907 pagantes/R$ 325.605,00
Cartões amarelos: Nathan e Juninho (Palmeiras); Juan, Richarlyson, Mansur e Luis Aguiar (Vitória)
GOLS: Lúcio, 25’/1ºT (1-0); Henrique, 16’/2ºT (2-0)

PALMEIRAS: Deola; João Pedro, Lúcio, Nathan e Juninho; Renato, Victor Luis, Mazinho (Bernardo, 12’/2ºT), Valdivia (Bruno César, 33’/2ºT) e Cristaldo (Patrick Vieira, 28’/2ºT); Henrique. Técnico: Dorival Júnior

VITÓRIA: Gatito Fernández; Nino, Roger Carvalho, Kadu e Juan (Willie, 12’/2ºT); Adriano, Richarlyson (Richarlyson, 12/2ºT), Cáceres e Marcinho; Dinei e William Henrique (Luis Aguiar, 24’/2ºT). Técnico: Ney Franco

REAGE PALESTRA!

Publicado em 25/09/2014, em Palmeiras em Campo e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Rogerinho Fumo

    Domingo que jogue o Bernardo ao lado do Valdivia. No banco e no céu, San Gennaro nos abençoando. Vaaaaai Palmeiras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: