ESTADO DE SÍTIO

Salve meus amigos Centenários, infelizmente e lamentavelmente chegamos ao ponto de ter que adotar medidas extremas e que vão na contramão das gestões profissionais bem sucedidas, que definitivamente não fazem parte do nosso show! De horror por sinal!

A gota d’água foi no último sábado, diante de mais de 30 mil abnegados, com a presença maciça de familiares, todos com cara de assustados, parecendo um verdadeiro cenário de filme de terror, realmente melancólico e preocupante, basta ver a quantidade de brindes jogados no chão ao final do massacre Gaúcho.

Em suma, saímos do estado de atenção e entramos no chamado estado de sítio, sem água (no nosso caso dinheiro), energia (no nosso caso motivação) e sem pessoas habilitadas para resolver essa crise sem precedentes (nossos dirigentes e comissão técnica).

Pegando o gancho dos 12 mandamentos que o Blog desenvolveu (na despedida do Marcão), elenco aqui 05 ações imediatas, que não podem ocorrer de forma isolada e 100% delas devem ser colocadas em prática prá ontem:

1) Infelizmente não deu liga a gestão de Gareca, precisamos de alguém que tenha pulso e busque resultados o quanto antes. Outra coisa, Coloquem o Marcos ou Evair para tratarem com os jogadores, mudem o Departamento de Futebol. O Valentin pode ter êxito em alguns jogos, mais é muita responsabilidade para ele nesse momento.

2) Mudar a rotina de treinamentos, intensificando a carga e concentração, quem chiar, rua! Empenho total e intensificado, nem jogadas ensaiadas temos, lembrando que na draga dos anos 80 essa alternativa nos salvava. Cruzamentos, escanteios e jogadas repetitivas na defesa.

3) Avaliar psicologicamente 100% dos jogadores e efetuar tratamento naqueles que estiverem desequilibrados emocionalmente ou incomodados com essa pressão. A bola está queimando nos pés de muitos.

4) Presidência e alianças se empenharem ao máximo nas tratativas com a CBF, arbitragem e imprensa para que amenizem nas falhas e no terrorismo desenfreado. Deixem a eleição prá depois de Outubro.

5) Inaugurar o quanto antes a ARENA, o Pacaembu não é nosso caldeirão e essa fator tem feito a diferença contrária ao que precisamos. Aparem as arestas com a construtora, deixem a arbitragem rolando e quando a decisão vier, as partes se acertam. Por hora, a Arena funcionando nos dará dinheiro e será a nossa casa.

Geralmente um Estado de Sítio tem duração de 30 dias, mas no nosso caso como o buraco é mais embaixo, podem adotar essas medidas por tempo indeterminado e contem com a torcida para que as cobranças e exigências sejam cumpridas, afinal, em 2015 boa parte desses perebas terão sumido do mapa, nós, apaixonados torcedores, estaremos por aqui, como sempre! Tolerância ZERO.

 

 

Publicado em 03/09/2014, em Marketing e Afins, por Marcelo Nacle. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Rogerinho Fumo

    Não sei mais o que pensar. Estamos
    Conformados com o apequenamento do Gigante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: