Palmeiras 2×0 Goiás – BR14

Com um time bem escalado – na medida das limitações do atual elenco – não é que as vitórias aparecem? Era essa percepção que faltava ao Gilson Kleina, que tantas e tantas vezes errou ao escalar, mexer e até na hora de montar o banco de reservas.

Embora tenha optado por manter Marcelo Oliveira na zaga, o que é um erro, o interino Valentim abandonou o time infestado de volantes do Kleina e mandou pra campo 3 atacantes, com Henrique centralizado, Diogo na direita e Leandro na esquerda, num 4-2-3-1 – ou 4-3-3, se preferirem – que fez com que o Palmeiras marcasse o Goias no campo de defesa do adversário.

O resultado foi o domínio pleno do jogo, um 2×0 construído ainda no primeiro tempo que não foi ameaçado nenhum momento. Lucio, impedido, fez o primeiro em arremate numa cobrança de falta de William Matheus, e Henrique – 3 gola em 3 jogos – fez de cabeça após cobrança de lateral também do William Matheus. 2 assistências num só jogo podiam nos livrar algumas rodadas do Juninho, embora eles sejam tão parecidos que é difícil ver diferença.

Partida excelente do Valdívia, até tomar, de forma burra e irresponsável, e aos 42 do segundo tempo, o terceiro cartão amarelo, 3 em 3 jogos, e conseguir um descanso no final de semana contra o Vitória. Não dá pra entender o que passa na cabeça dele. Pede o cartão o jogo inteiro, enche o saco do juiz sem pear, totalmente desnecessário. Por isso que não dá pra confiar no cara. Puta jogo dificil na Bahia e o cara não vai jogar… é foda!

Seguimos aguardando o novo treinador e, é claro, a meia dúzia de reforços que esse time precisa pra ficar razoável. Enquanto isso não acontece, só podemos dizer que faltam 40 pontos…

Menos de 8 mil pagantes. Uma vergonha. Nem falo mais nada. Por hoje…

AVANTI PALESTRA!

Publicado em 10/05/2014, em Palmeiras em Campo e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. O nivel do brasileirão esse ano eh terrível. Logo, jogar marcando o adversário em seu campo de defesa, vai sempre forçar esses adversários medíocres a rifar a bola ou errar passas. O Kleina fazia justamente o contrário: chamava o adversário para cima da gente, com o homem mais adiantado do Palmeiras sendo o Valdivia marcando na altura do circulo central, patético. Nosso elenco eh de mediano pra fraco, mas com times como figueira, criciuma, goias, Atl.PR, Coritiba, soh o Kleina mesmo para nos fazer passar sufoco e sofrer medo de rebaixamento. Não fosse pela mediocridade dele, tenho certeza, a atual diretoria não teria perdido tanto a credibilidade com a torcida. Muitos apontam erros da diretoria que eu discordo. Para mim, os dois erros mais terríveis foram renovar com o Leandro e renovar com o Kleina. No caso do Leandro, foram 8 milhões jogados na lata do lixo em um cara que desde o ano passado mais fazia merda do que ajudava, o que já justificava a não renovação, mas esse ano ele conseguiu piorara ainda mais. E no caso do Kleina, como eu disse, nos custou campeonatos, custou a credibilidade e paz para a diretoria trabalhar, e minou ainda mais um clube já combalido. Eu preferia que o Palmeiras tivesse trazido uma aposta qualquer até ao invés de renovar com o Kleina: se você já tá no fundo do poço, você tem de fazer mudanças, pior não fica.

  2. Rogerinho Fumo

    Ainda respiramos por Aparelhos

    • Sobre o cartão do valdivia, nao sabia que ele ja ia se apresentar pra seleção chilena na semana que vem. de qualquer forma, o esporro fica pelos outros dois cartões bestas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: