Sardinhas/FPF 2×1 Palmeiras – Paulistão14

Ganhou na Vila o time que jogou com goleiro e juiz a favor.

Como não tínhamos dúvidas, Bruno fez a diferença. Pro adversário. Tomou um gol – o segundo – que o Prass pegava. Nem pulou na cabeçada do primeiro gol dos caras. Não se mexeu. Nem pra fingir que ia na bola…O palmeirense pode começar a torcer pelo corpo fechado do Prass, porque se dependermos desse frangueiro nas próximas fases, pode dar adeus pro caneco.

Os números às vezes enganam. O fato do Palmeiras ter uma das melhores defesas da competição se deve graças a seguidas atuações monstruosas do Prass. A zaga do Palmeiras é pesada e muito fraca. Hoje isso ficou evidente: Marcelo Oliveira, Tiago Alves, Eguren e Juninho são muito fracos na marcação. Quando o Prass não tá, não há quem salve. E há quem diga que o Henrique não faz falta. Sem ressuscitar assunto morto, eu discordo.

E como também não tínhamos dúvidas, o Oliveira garantiu os 03 pontos pros Lambaris, quando não marcou falta escandalosa do Neto no Marcelo Oliveira, que foi segurado com os DOIS BRAÇOS pelo zagueiro rival no lance do primeiro gol. Todo mundo viu, menos o cretino do LFO. Ainda deixou o Lambari sentar a botina, não marcou várias faltas, enfim, teve uma atuação digna de deixar molhadinho o irmão mais velho.

Se essa diretoria sonha em disputar títulos, está mais que na hora de parar de arrumar confusão com a torcida do Palmeiras e começar a azucrinar a Comissão de Arbitragem da FPF. Nenhum Oliveira, nenhum, seja o original, o caçula ou a sobrinha, pode atuar novamente em jogos do Palmeiras. Nunca mais. É momento de mostrar força. Não tinha um VP só pra isso? Então, bora trabalhar, jão! 

De positivo, se é que há algo de positivo numa derrota, o segundo tempo do Palmeiras foi bom, embora tenha ficado muito claro que o Santos resolveu administrar o resultado. E o empate, e talvez até a vitória, só não veio por causa do Aranha, que fez pelo menos 02 defesas que eram gola certos do Porco. E também, por causa do juiz, que também administrou muito bem a derrota do Palmeiras.

Mas, pra quem achava que o Palmeiras tem elenco, precisa repensar um pouco. Um time em que entra Felipe Menezes e Vinicius pra tentar mudar um resultado adverso num clássico, já pode se despedir do mundo.  Wesley não tem substituto no elenco, assim como Lucio, Valdivia, Kardec e Prass. 1/2 time sem peça de reposição adequada não é ter elenco. E precisa saber que porra acontece que Marquinhos Gabriel, Diogo, Wellington e Wesley estão há um cu de tempo sem jogar. Reta final tem que ter força máxima! Alo, DM!!!! 

Por último, diante de todas as circunstâncias, não foi a pior das derrotas, especialmente porque com ela, o Palmeiras evita um possível e difícil cruzamento com os bambis na semifinal, jogo único. Com isso, o caminho do Palmeiras pra taça passa a ser, em tese, mais fácil, com o Bragantino no meio de semana, Botafogo ou Ituano no final de semana e depois ou Bambis, com mando de jogo nosso no segundo jogo, ou os sardinhas com o segundo jogo na Vila, isso se ninguém perder pontos nessas próximas fases. Se, por exemplo, o Palmeiras ganha os dois jogos de quarta e domingo, e o Santos empata um – e decide nos penaltis, a melhor campanha volta a ser do Palmeiras e aí o segundo jogo passaria pro Pacaembu de qualquer jeito.

Chegou a horada verdade. O paulistão começa agora.

O Gambá enfrenta quem mesmo? NÃO PERA! AHAHAHAH

Pra cima deles(as), Palestra!

 OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

SANTOS 2 X 1 PALMEIRAS

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data/Hora: 23/3/2014, às 16h
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Júnior e Danilo Ricardo Manis
Público/Renda: 12.179/R$ 369.066,00
Cartões amarelos: Alison, Bruno Peres, Gabriel, Neto e Thiago Ribeiro (SAN); Valdivia e Eguren (PAL)
Cartões vermelhos: Nenhum

GOLS: Neto, 24’/1ºT (1-0); Thiago Ribeiro, 35’/2ºT (2-0) e Alan Kardec, 43/2ºT (2-1)

SANTOS: Aranha; Bruno Peres, Neto, David Braz e Mena; Alan Santos, Alison (Lucas Otávio – 32’/2ºT) e Gabriel (Lucas Lima – 37’/2ºT); Geuvânio, Thiago Ribeiro e Rildo. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

PALMEIRAS: Bruno; Bruninho, Lúcio, Tiago Alves e Juninho; Eguren (Felipe Menezes – 30’/2ºT), Marcelo Oliveira, Valdivia e Bruno César (Patrick Vieira – 24’/2ºT); Leandro (Vinicius – 37’/2ºT) e Alan Kardec. Técnico: Gilson Kleina.

AVANTI PALESTRA!

Publicado em 23/03/2014, em Palmeiras em Campo e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Peter Erick de Oliveira

    Eu concordo plenamente! Eu me assustei quando Cléber Machado disse que o Bruno estava no gol. Nada contra, mas, como você falou, a defesa do Palmeiras é uma das melhores por causa de São Prass. Infelizmente, o VERDÃO tem time limitado, sem substituto para Valdivia, Wesley, Kardec, Lucio e Prass.
    Mas vamos buscar mais um título. DALE VERDÃO!!!

  2. Pedro Paulo Marsiglia

    Alem desses jogadores citados no DM, onde esta o tal de Josimar que o Kleina Flinstones quis tanto , mas nao é bem relacionado pro banco?…. Forza Palestra!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: