Atlético Sorocaba 1×4 Palmeiras – Paulistão 14

O Palmeiras conseguiu uma vitória tranquila, apesar do susto de sair perdendo no placar de novo, segunda vez em três jogos. Nada de alarmante a se considerar que nos dois casos se trataram de falhas individuais bem com cara de início de temporada – a do Prass no jogo contra o Linense, e a do Lúcio/Henrique mo jogo de hoje, que foi mais uma falha de comunicação do que algo que precisemos nos preocupar.

Mas essa história de sair atrás do placar e ter que reverter o prejuízo é bem a cara do time da Série B, é bem a cara do Gilsão. E no ano passado, já vimos que às vezes a virada não vem. Enfim…

Dessa vez o Kleina acertou o esquema tático, jogando com “só” dois volantes (Marcelo Oliveira e Wesley), embora tenha insistido com Mazinho, que já tinha ido mal no jogo passado e hoje também não foi bem, provavelmente por estar sendo escalado fora de posição. O resultado disso é que Valdivia tinha que fazer sozinho o trabalho de armação, enquanto o Mazinho não conseguia se achar em campo.

Com a virada do Palmeiras, num belo gol do Leandro, que entortou o forgado do zagueiro do Atlético, Kleina mandou pro campo o Marquinhos Gabriel, e aí ficou claro o quanto o Mazinho tava jogando mal: sem afobação, o camisa 40 deu duas assistências, uma pro Juninho e outra pro Wesley, que carimbaram a estreia nota 10 do meia.

Enquanto o Bruno Cesar não fica disponível, o time tem que ser com o chinelo e ele no meio, Leandro e Kardec na frente e com “somente” dois volantes. Principalmente em jogos contra adversários fracos como o de hoje, não tem o menor cabimento jogar com 03 volantes.

E por falar em chinelo, ele mostrou o quanto ele é “o cara” do Palmeiras. Além de ter jogado muito, ainda matou com a havaiana esquerda e arrematou com a havaiana direita sem deixar cair  – a bola e as sandálias – pra fazer o gol de empate do Verdão. O que só aumenta minha raiva quando ele não está disponível. Se ele jogasse sempre, o Palmeiras teria conseguido resultados bem melhores nesses últimos 4 anos…

Merecem menção, também, os dois laterais, ambos renegados pela torcida, mas que tem cumprido com o que se espera deles quando vestem nossa camisa.

O time tá começando a ganhar cara, o Verdão é o único grande 100% ao lado do Gambá do Abc, que ganhou do Gambá da Capital ontem no Pacaembu. Mas o teste mesmo virá no próximo domingo, quando a gente enfrenta os bambis no Pacaembu. Quem sabe até lá já temos o Bruno Cesar disponível também. Quinta, 17horas, o Buin nos aguarda pra mais uma vitória do verde.

Ah, e pra quem achou o público da estreia no Pacaembu bom, hoje, em Sorocaba, com o Palmeiras jogando como visitante, tinham mais pagantes. Só pra constar..

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

 

ATLÉTICO SOROCABA 1 X 4 PALMEIRAS 

 

Local: Walter Ribeiro, Sorocaba (SP)
Data/Hora: 26/1/2014 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Cássio Luiz Zancopé
Assistentes: Carlos Augusto N. Júnior e Maria Eliza Correia Barbosa
Público/Renda: 11.218 pagantes/ R$ 537.260,00

 

Cartões Amarelos: Alex Willian, Boquita Fabão, Kasado e Montoya (ATS); Marcelo Oliveira e Valdivia (PAL)
Cartões Vermelhos: –
GOLS: Ewerthon, aos 13’/1ºT (1-0); Valdivia, aos 21’/1ºT (1-1); Leandro, aos 22’/2ºT (1-2); Juninho, aos 30’/2ºT (1-3) e Wesley, aos 47’/2ºT (1-4)

 

ATLÉTICO SOROCABA: Fábio; Fabinho Capixaba, Fabão, Montoya e Alex Reinaldo (Allan, 41’/1ºT); Boquita, Kasado (Michel, 32’/2ºT), Chico e Douglas Packer; Ewerthon e Alex Willian (Jefferson Maranhão, 7’/2ºT). Técnico: Ivan Baitello.

 

PALMEIRAS: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Henrique e Juninho; Marcelo Oliveira, Wesley, Mazinho (Marquinhos Gabriel, 19’/2ºT) e Valdivia (Felipe Menezes, 28’/2ºT); Leandro (Mendieta, 31’/2ºT) e Alan Kardec. Técnico: Gilson Kleina.

AVANTI PALESTRA! 

Publicado em 26/01/2014, em Palmeiras em Campo e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Marco Antonio Sardella

    É incrivel como as pessoas acham que até os médicos do Chile mentem quando dizem que o Valdívia tem problemas físicos que o impedem de estar sempre em campo, e pra complicar mais, quando ele está é sempre caçado (ontem ele sofreu a falta mais rápida dos últimos tempos). Só pra constar, eu sou um dos que achei que o público do primeiro jogo foi bom, pois o time vinha de uma 2a divisão, com a desconfiança de todos e um time com muitas ausências. Já ontem o time estava quase que o ideal, estreia do nosso maior craque e o time já ganhando a confiança de todos, portanto é mais que natural aumentar o público não é? Tudo tem um porque, basta um pouco de boa vontade para vê-lo.

    Saudações palestrina a todos. Esse ano vai ser gostoso ver o Verdão jogar.

  2. É isso aí, Maluquinho. O Palmeiras jogou para o gasto, mas dá mostra de melhoras, principalmente nas opções que temos no elenco agora. Só espero que o Kleina largue de ser teimoso e escale os melhores para a posição no lugar dos apadrinhados. Embora ele tenha entrado com o esquema certo, não entrou com as peças certas. O M Oliveira, no ano passado era uma opção (pouco usada) no banco, hoje é titularíssimo. Não entendo. Seria uma boa partida para o tal de França, pelo menos para vermos a que veio. Quanto ao Mazinho, voltou a ser Mazinho. O 2º tempo do primeiro jogo foi atípico; os outros 5 tempos que ele jogou refletem seu futebol mesmo, um jogador muito do fominha e sem muita categoria. Espero que o seo Girso veja isto também.
    AVANTE!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: