Diferença entre Pensar Grande e Pensar Pequeno

Iniciemos por aqui, post do jornalista Marcondes Brito, de 24 de janeiro de 2013:

Palmeiras e Flamengo, dois clubes tradicionais, de grandes torcidas, com muitos títulos conquistados, resolveram vir as público e abrir o jogo.

O novo presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, comunicou hoje, durante a apresentação do diretor-executivo, José Carlos Brunoro,  que não tem interesse na contratação do meia Riquelme. O dirigente alegou que o principal motivo é a questão financeira. Ou seja, o sonho da torcida de ter um time forte em 2013 vai esbarrar na falta de grana.

Situação semelhante à do Flamengo. O presidente do rubro-negro carioca, Eduardo Bandeira de Mello, publicou uma carta aos associados sobre os 20 dias de trabalho da nova gestão. O texto tem como principal tema as dificuldades financeiras que desde o fim do ano passado sofre com penhoras da Justiça. Bandeira reconhece que o quadro é crítico, como a imprensa tem noticiado, e diz que a diretoria tem feito todos os esforços para resolver a questão. O presidente também pede aos sócios que ajudem o clube com o pagamento das mensalidades.

Os torcedores de Palmeiras e Flamengo, portanto, precisam de muita paciência para ver seus times novamente brigando por títulos. Dificil vai ser aturar a gozação dos torcedores rivais, sejam em São Paulo ou no Rio de Janeiro.

O negrito acima é de minha autoria. Porque acabaram ali, em 24 de janeiro de 2013, as semelhanças entre os dois clubes.

O Palmeiras teria a chance de disputar o Paulista, a Libertadores da América, depois de 04 anos, e defenderia o título da Copa do Brasil conquistado em 2012. Anda teria a Série B pela frente. 

Já o Flamengo iria jogar Carioca, Brasileiro e Copa do Brasil.

O Palmeiras caiu no Paulista diante do Santos, num jogo melancólico, depois de ter feito uma campanha irregular. A essa altura já não contávamos mais com nossa maior estrela, e mandávamos jogadores titulares embora em troca de baciadas de reservas dos rivais.

O Flamengo também foi mal no Carioca. Não disputou nem a Taça Guanabara e nem a Taça Rio, se não me falha. Mas mesmo com as dificuldades financeiras, que não eram poucas, aliás, eram possivelmente muito maiores do que as do Palmeiras, o Flamengo trouxe Elias, André Santos, Marcelo Moreno, Carlos Eduardo, Chicão, enfim, contratou jogadores que estavam na Europa ou que eram titulares nas suas equipes anteriores. Como se espera de um time grane, mesmo com grana curta. 

O Palmeiras “abriu mão” da Libertadores e da Copa do Brasil ao não se reforçar à altura dos torneios. Perdeu pro Tijuana em casa de forma bisonha. E na Copa do  Brasil, foi eliminado pelo sem-camisa Atlético PR, que chegou à final do torneio sem muita dificuldade, apesar dos adversários que foram superados.

Já o Flamengo, mesmo com as dificuldades financeiras, se planejou pra não cair no Brasileirão e apostou todas as fichas na Copa do Brasil, que disputou desde o início do torneio, no primeiro semestre. E deu certo, afinal, faturou o título.

Enquanto no Palestra Itália jogou-se fora a oportunidade de disputar Libertadores no ano do Centenário e montou-se um time de refugos pra jogar a Série B – que até com uma equipe de categoria de base dava pra subir – na Gávea foram feitos investimentos à altura da camisa, ainda que não muitos, e o resultado tá aí: no ano que vem, o Flamengo vai usar a vaga da Libertadores que podia ter sido nossa.

E essa é a diferença de pensar grande e pensar pequeno. As dificuldades financeiras sempre vão existir, e quando os times estão em má fase, como foi o caso do Palmeiras e do Flamengo em 2012, elas serão ainda mais evidentes.

Mas um time grande não pode jamais abrir mão da sua grandeza. Muito do dinheiro investido pelo Flamengo além do que talvez pudesse gastar pra trazer bons reforços vai voltar com o prêmio recebido pela conquista da Copa do Brasil, pelo dinheiro que será recebido pela disputa da Libertadores no ano que vem, pela receita que será gerada com novos patrocinadores interessados em expor sua marca no torneio internacional, enfim, com lucros que só a conquista de um título de expressão (Série B não conta) podem trazer.

Fica a reflexão: será que com a manutenção do Barcos, e com a chegada de pelo menos 02 reforços de nome, não seriamos nós a gritar Tricampeão hoje?

Que estaríamos a sonhar com a Libertadores no ano do Centenário?

Que estaríamos de volta a Série A em setembro, já podendo iniciar o planejamento de 2014 com 03 meses de antecedência?

Quem souber, que se arrisque a responder…

AVANTI PALESTRA! 

Publicado em 27/11/2013, em Visão da Arquibancada e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Sua analise entre as gestões desses dois times grandiosos
    está corretissíma,meu caro e lamento por minha ignorância
    á respeito do seu post antigo,agora sei que o Palmeiras está em estado de total penuria de títulos.
    Obrigado por sua atenção

  2. Correta analise de uma gestão baseada no apoio de uma crápula denominado mumu, estamos pensando pequeno, porque a politica alviverde é pequena, não há mais o pioneirismo de décadas passadas, somos hoje administrados por verdadeiros BUNDA MOLES, uma turminha de bar , sem café, não temos mais hombridade de esmurrar as mesas das federações , para impor o respeito conquistado nos gramados, sendo claro que seremos por mais um ano coadjuvantes, no Paulista, na Copa do Brasil, e se não cuidarmos , estaremos prestes de mais um rebaixamento!

  3. dézão Palestra 1976

    Parabéns pela reflexão.
    Faço suas as minhas palavras.

  4. @RogerioTorresR

    concordo com cada letra deste post, mandou muito maluquinho. Abraço.

  5. Planejamento passa longe do Palestra

  6. Gerson Guarino

    Perfeito Zera ,ótimo texto . abs !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: