Palmeiras 1×0 Atlético/PR – Copa do Brasil 2013

A defesa do título da Copa do Brasil começou com uma vitória magra que, se podia ter sido melhor, pra liquidar a fatura, por outro lado não teve gol do adversário, o que conta – e muito – nesse torneio.

Kleina ameaçou jogar com 3 atacantes, com Ananias no lugar do Charles, mas a contusão de Leandro fez o treinador manter o esquema com 3 volantes e Ananias a frente ao lado do Kardec, no 4-3-1-2 de sempre.

E o Palmeiras teve toda a oportunidade do mundo de liquidar a fatura já no jogo de ida. Abriu o placar bem no comecinho do jogo, era só administrar a posse de bola e encaixar um contra-ataque pra fazer o segundo e ir por Paraná mais tranquilo. Mas quem teve chance mesmo foi o adversário, com pelo menos 7 boas oportunidades de empatar. O Palmeiras teve mais 3 chances de gol, duas com Mendieta e uma com o Kardec, mas que também foram perdidas.

Preocupou o volume do jogo do adversário, e a falta de capacidade do time em prender a bola no ataque e evitar as investidas do Atlético que, porém, não reverteram em gol.

Melhor pro Palmeiras. Diante de todas as circunstâncias, 1×0 foi goleada.

Menção honrosa ao Prass. Pegou tudo que foi no gol hoje. Goleiro bom faz a diferença.

E as fazetes do chileno, gostaram do partidão que ele fez ? Não, pera…

William Mendieta jogou muito. De novo. MERECE a 10, que está vaga. Não, pera…

Marcio Araujo e sua incrivel habilidade de deixar o jogador adversário sempre na cara do gol. Até quando?

E o Vilsão salvador, pra alegria do público feminino do alambrado (e de um certo senhor mooquense).

Última coisa: ingresso mínimo a R$ 50,00, 20 mil pessoas no estádio hoje. No jogo contra o Paraná, ingresso a R$ 40, foram 32 mil. Porque será?

Agora, é só marcar um gol no jogo da volta e o caixão do Atlético estará lacrado.

Enquanto isso, no Mato Grosso, teve time queridinho da imprensa levando sapecada do LuVERDEnse. E teve beijoqueiro expulso, aquele mesmo, o exemplo de profissionalismo, que acha feio cavar cartão, mas cavar falta pode, soquenão. Foi pro vestiário beijar o outro gambá que tinha sido expulso. Que dó da formigaynha…

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 1 X 0 ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/Horário: 21/08/2013, às 19h30
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Guilherme Dias camilo (MG) e Cleriston Clay (SE)

Renda/público: R$ 801.315,00 / 20.856 pagantes
Cartões amarelos: Mendieta, Eguren e Alan Kardec (PAL); Zezinho, Jonas e Everton (ATP)
Cartões vermelhos: Não houve

GOL: Vilson, 3’/1ºT (0-1)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Luis Felipe, Vilson, Henrique e Juninho (Ronny, 38’/2ºT); Márcio Araújo, Charles (Eguren, 31’/2º), Wesley e Mendieta; Ananias (Serginho, 47’/2ºT) e Alan Kardec. Técnico: Gilson Kleina.

ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo (Jonas, 31’/1ºT), Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; João Paulo, Zezinho, Everton e Elias (Ederson, intervalo); Marcelo e Dellatorre (Felipe, 33’/2ºT). Técnico: Vagner Mancini.

AVANTI PALESTRA!

Publicado em 22/08/2013, em Geral e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: