Palmeiras 1 x 0 Barbarense – Paulistão13

Sportv.globo.com:

Ainda sob efeito da tragédia na Bolívia, Corinthians sofre pra empatar com Bragantino: 2 a 2.

Estreante, Leandro mostra estrela e salva Palmeiras de vexame.

A última manchete, que estava neste link aqui, já foi tirada do ar. Pros palhaços da imprensa, o Palmeiras ganha e escapa de vexame (empate). Nenhum dos marrons lembrou que o Palmeiras chegou ao gol da vitória com um jogador a menos… Já os lixos, vitimas que são (para a imprensa imunda) da tragédia na Bolívia, conseguem um empate, mesmo com todo o sofrimento a que foram submetidos nos últimos dias. Nenhum marrom lembrou de colocar na manchete que o empate “sofrido” veio com um penalti marcado aos 50 minutos do segundo tempo… Podia ser piada, mas não foi. Cada vez mais eu tenho asco da imprensa imunda, uma faxina nas redações é pra ontem…

O vexame a que se referia a matéria, na verdade, foi um time do Barbarense armado pra marcar com 11 e não atacar com ninguém. 0 4-3-3 anunciado era, na verdade, um 4-6-0 da pior qualidade. Mesmo assim, o Palmeiras criou várias oportunidades, muitas delas desperdiçadas pelos atacantes e outras paravam na mão do goleiro Walter. Foram pelo menos 03 defesas absurdas e outras 02 muito boas.

O que já não estava fácil ficou ainda pior quando Marcelo Oliveira, num lance que nem falta fez, tomou o segundo amarelo e foi expulso. Mesmo assim, a proposta do Barbarense era clara. Não atacar, custe o que custar. Um único lance levou perigo ao gol do Prass, que resolveu na saída de bola. O técnico teve as manhas de, com 1 a mais, sacar um atacante pra colocar um defensor. Mereceu perder…

E foi justamente nos pés do Leandro, o estreante do dia, que o gol mais do que justo saiu. Pressão na saída de bola feita por Caio Mancha, a bola sobrou pro atacante, que limpou um zagueiro e bateu colocado, no canto esquerdo, sem chance pro bom goleiro da Barbarense.

Depois, foi só administrar o resultado e comemorar mais 03 pontos. Atuações muito boas do Prass, Vilson, Massa, Souza e Patrik Vieira, além do bom retorno do Valpinga e da estreia pé quente do atacante Leandro.

Na quinta, pela Liberta, o Verdão visita o Libertad, em Assuncion, Paraguay. Deve ser um dos jogos mais difíceis do Palmeiras nesta fase da competição. Teste de fogo pro Kleina e pros jogadores. A expectativa, porém, é cada vez melhor.

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 1 X 0 UNIÃO BARBARENSE

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 24/2/2013 – 16h
Árbitro: Rodrigo Guarizo do Amaral (SP)
Assistentes: Vicente Romano Neto e Alex Ang Ribeiro

Renda/ público: R$ 476.310/ 19.128
Cartões amarelos: Itaqui, Bruno Pires, Juliano e Edilson (UBA); Leandro (PAL)
Cartões vermelhos: Marcelo Oliveira (PAL)
GOL:
 Leandro 36’/2T (1-0)

PALMEIRAS: Fernando Prass, Weldinho, Maurício Ramos, Henrique, Marcelo Oliveira, Vilson, Márcio Araújo (Caio), Souza, Wesley (Valdivia), Patrick Vieira, Vinícius (Leandro). Técnico: Gilson Kleina.

UNIÃO BARBARENSE: Walter, Alex, Juliano, Edson Borges, Guilherme Batata, Júnior Goiano (Edilson), Itaqui, Bruno Pires (Rafael Silva), Cesinha, Caihame (Dairo), Bachin. Técnico: Moisés Egert.

AVANTI PALESTRA! 

Publicado em 24/02/2013, em Palmeiras em Campo e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. De 1×0 em 1×0 tamo chegando. Gostei do MASSAraújo, Showza e Leandro…Valpinga, quando quer, joga muita bola.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: