Arquivo mensal: janeiro 2013

Palmeiras 3 x 0 São Bernardo – Paulistão13

Pedíamos aqui antes do jogo, apenas, que os jogadores que entrassem em campo hoje vestissem nossa camisa com dignidade. Não há lugar pra mais nenhum vexame como o visto no último domingo.

E parece mesmo que os jogadores, ainda muito afobados, ainda muito pressionados (com razão, diga-se), entenderam isso e deram conta de vencer o limitadíssimo São Bernardo. Nada de extraordinário, é verdade, mas um empate contra o adversário de hoje poderia selar o destino de muita gente…

Destaques individuais: Barcos, nem preciso falar. Nem só pelos 2 gols, mas a simplicidade e a seriedade do capitão espantam. Ele não sorri, não fala com o adversário, não fala com o juiz. Ele simplesmente vai lá e faz o(s) dele, e como faz. Aos 30 e poucos do segundo tempo – já tinha guardado 2 – ele recebe um passe dentro da área, domina a bola com um toque só de direita, já tirando o zagueiro e mandando uma bomba de esquerda mesmo, uma pena que o goleiro defendeu. Se alguém entra na área e chuta uma bola mal batida (será que eu to falando do Maikon Leite) e ele tava em melhor posição, ele perde a cabeça. Se tiver chance de fazer 10 gols por jogo, tem que fazer os 10. Sei que a lenga-lenga da renovação do contrato dele deixou muita gente de nariz torcido, mas hoje ele é O cara do Palmeiras.

Valpinga. Não quer ser vaiado, é só jogar bola. Fácil. Valdívia motivado é um dos melhores jogadores da sua posição, como bem disse o PN. Resta ele querer. Hoje quis. Deu um gol, fez outro. Jogou muito bem. Botou o Maikon Leite na cara do gol trezentas vezes, mas, bom… era o Maikon Leite. Agora, a fama não deixa de perseguir o meia. Há três rodadas do Carnaval, tomou o primeiro amarelo besta. Não será qualquer surpresa ao Palmeirense se ele estiver suspenso no dia 10/02, domingo de Carnaval, contra o Mogi… Aliás, se ele tomar cartão no próximo jogo, contra o XV, vai ter mesmo que forçar o terceiro contra o Atl. Sorocaba pra não correr o risco de ficar de fora contra os lixos. É… enfim, se continuar jogando mais e falando menos, machucando menos, talvez até o torcedor volte a confiar. Até lá, é um passo por vez.

Kleina, por sua vez, mostrou que, no mínimo, não é covarde ou teimoso. Não tá funcionado o esquema tático? Muda. Simples. Vai jogar com um adversário mais fraco, em casa? Então, pra cima dos caras, tira um volante e põe um atacante a mais. Teve um técnico que ganhou uma Libertadores por aqui fazendo isso. 3 volantes fora, 3 atacantes em casa. Mas parece que ele esqueceu disso uma década depois… Ainda, ponto pro Kleina de ter aproveitado um jogo ganho pra testar formações diferentes prum mesmo esquema tático, com Wendel no Ayrton, Patrik Vieira no Vinicius e Edilson no Valpinga. Não tem jeito, elenco reduzido como o do Palmeiras, esses testes são quase obrigação. Mesmo assim, muito DT de renome preferia fazer 1 x 0 e tirar um atacante pra colocar um volante, pra “garantir” o resultado… E o Neto e o Denilson, que essa semana bancaram que o Kleina tinha perdido o vestiário, devem estar agora um chupando o outro. ahahahah

Wesley, não é nenhum Arouca, mas aos poucos vai se soltando, embora ainda pareça muito desinteressado. Sei lá se não tô sendo injusto, mas eu ia ter um tesão do caralho de vestir a camisa do Palmeiras, já ele parece que joga no time da firma do sogro, sei lá…

Próximo jogo, o Palmeiras enfrenta o XV no Barão de Serra Negra. Os piracicabanos vem de 02 derrotas pra Mogi e Penapolense. Pra cima Palmeiras!

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 3 X 0 SÃO BERNARDO

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data e hora: 31/1/2012, às 19h30
Árbitro: Adriano de Assis Miranda
Auxiliares: Fausto Augusto Viana Moretti e Risser Jarussi Corrêa

Renda e público: R$ 177.540,00 ; 5.313 pagantes
Cartões amarelos: Valdivia (PAL) Gleidson (SBO)
Cartões vermelhos: Nenhum
GOLS: Barcos, aos 33’/1T (1-0); Valdivia, aos 5’/2T (2-0), Barcos, aos 10’/2T (3-0)

PALMEIRAS: Fernando Prass, Ayrton (Wendell – 38’/2T), Henrique, Maurício Ramos e Juninho; Márcio Araújo, Wesley e Valdivia (Edilson – 33’/2T; Maikon Leite, Vinícius (Patrick Vieira – 18’2T) e Barcos. Técnico: Gilson Kleina.

SÃO BERNARDO: Wilson Júnior, Régis, Samuel, Marcio Garcia e Gleidson Souza; Dudu, Glaydson (Michel – intervalo), Cleber e Luciano Mandi (Gil – 32’/2T; Ricardinho (Naldinho – 17’/2T). Técnico: Luciano Dias.

AVANTI PALESTRA!

Tem Jogo! Palestra x São Bernardo – R. 4 Paulistão13

Se tem uma coisa que o torcedor palmeirense que comparecer hoje ao Pacaembu não pode abrir mão, é que o time que entrar em campo 19:30 para enfrentar o São Bernardo jogue com DIGNIDADE.

Não vou entrar no mérito do que é torcer, se o correto é como para alguns, que entendem que devem apoiar o time o tempo inteiro, ou para outros, que se sentem no direito (legítimo, por sinal) de vaiar e cobrar jogadores claramente em dívida com o time. Entendo e já participei dos dois lados.

Fui um daqueles que, mesmo depois do 6×0 sofridos em Curitiba na CdB de 2011, fui ao Pacaembu no jogo da volta, apesar do boicote que foi organizado por parte da torcida.

Também já xinguei muitos jogadores no estádio, em especial aproveitadores como Valpinga e Luan.

Assim, tanto quem apóia como quem cobra tem seus motivos. Agora, o que ninguém pode abrir mão é de um time jogando sempre com dignidade e honrando as tradições do maior vencedor desse país. Um time que acabou de ser rebaixado e se dá ao luxo de perder prum time minúsculo dentro de casa, com 1 jogador a mais por pelo menos 40 minutos, não é digno de vestir a camisa do Palmeiras e jogar perante sua torcida.

E pouco importa se o 10, o 11 ou qualquer outro número tenha jogado bem, ou tenha feito um gol. Como eu disse aqui, uma derrota dessas é de todos, é pra cobrar do roupeiro ao presidente, e não pode haver exceções.

Isso devia ser unanimidade. Não podemos admitir insignificantes como Maikon Leite ou Wesley vindo dizer que nossa torcida é exigente, muito menos aplaudir um jogador medíocre que disse estar de saco cheio da torcida. Nós somos o maior patrimônio do Palmeiras, e jogador nenhum devia ousar falar o nome da torcida senão para agradecer. Especialmente depois de perder como nas circunstâncias da derrota do último domingo. Ou depois de ter sido rebaixado.

Pronto, tomei partido… sou dos que acham que tem que vaiar sim, embora quem pense o contrário está no seu direito de não ser obrigado a vaiar, mas também não poderá criticar quem o faz.

Não podemos nunca abrir mão de um time digno em campo, insisto.

E hoje, no Pacaembu, é só isso que eu espero ver. Dignidade, mesmo que eventualmente isso não se traduza em vitória. Não é pedir muito… não há nada de exigente nisso, viu Sr. Brunoro?

E o Kleina, aparentemente já sentindo a quentura do óleo em fogo baixo que a imprensa imunda lhe reserva, não pretende dormir no ponto: vai no 4-3-3, mas com Vinícius de 3º atacante (vish), ao lado de Barcos e Maikon Leite. Vamos ver no que dá. Pra dar lugar a ele, Denoni volta ao banco, junto com Patrik Vieira, que deixa a posição para, finalmente, Valpinga começar o ano como titular, “mesmo sem estar 100%”, diz a imprensinha…

Vão a campo: Prass; Ayrton, Henrique, MR e Juninho, Caramujo, Wesley e Valpinga, Vinícus, Barcos e Maikon Leite.

Do outro lado estará o fraco São Bernardo, 1 ponto ganho de 9 disputados, ostentando a vice-lanterna da competição. Típico candidato a aplicar mais um vexame à vasta galeria palestrina. Só que não, dessa vez não. Hoje não…

 Dá 3×0 Palmeiras, com 2 de Maikon Leite (acreditem) e 1 do Barcos.

Estaleiro quase no fim, a alta do DM virá em breve e o próximo jogo em casa será o debute do Maluco em 2013 nos gramados.

Mas o Bonde vai estar lá, pode apostar!

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 2×3 Penapolense – Paulistão13

Senhores,

Não tem perdão. Uma derrota como essas prum time que nunca jogou na Série a1 do Campeonato Paulista é pra apanhar do roupeiro ao novo presidente, Brunoro e Feitosa inclusive e, o Brunoro, aliás, já chegou mandando mal demais, dando entrevista falando que o palmeirense tem que ser mais fanático e menos exigente? VÁPRAPUTAQUEOPARIU! Olha o que nós temos que aguentar???? Melhor ficar quieto do que falar merda…

Não adianta falar que 02 gols da Penapolense foram irregulares, uma falta que nao existiu no primeiro gol e uma falta em cima do Henrique no terceiro, ou que o juiz não marcou um pênalti logo no começo do jogo no Barcos. Nada disso importa.

É obrigação ganhar dum time que nunca tinha pisado no Pacaembu e, mais ainda, jogando com 1 a menos por 30 minutos.

E, presidente, a limpa no elenco tem que ser imediata! O palmeirense não aguenta mais asnos como Marcio Araujo, Maikon Leite, Mauricio Ramos, Vinicius… Aliás, Kleina, tá pedindo pra sair também, hein? Vinicius????? VÁPRAPUTAQUEOPARIU vc também…

Assim não dá nem pra reclamar da imprensa imunda, o Palmeiras pede pra ser zoado às vezes, e hoje foi um desses dias.

6 dias na cadeira já deu mais do que tempo pra trocar a caneta pelo facão, presidente… Se não começar limpando a casa desse amontoado de derrotados, o projeto, que dizem ser muito bom, já nasce morto.

É, palestras, vai ser um ano desgraçado, e bota desgraçado nisso…

OS LANCES (sim, eu sei que é castigo, mas…):

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 2  X  3 PENAPOLENSE

Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/hora: 27/1/2013 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Fabio de Jesus Volpato Mendes
Auxiliares:  Daniel Luis Marques e Vitor Carmona Metestaine
Renda e público: R$ 265.840 / 7.543 pessoas
Cartões Amarelos: Fio, Neto e Jaílton (PEN); Ayrton, Henrique e Wendel (PAL)
Cartões vermelhos: Jaílton (PEN)

GOLS: Ayrton, 7’/1ºT (1-0); , Guarú, 10’/1ºT (1-1), Magrão 14’/1ºT (1-2), Perez 25’/2ºT (1-3) e Luan 44’/2ºT (2-3)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Ayrton, Henrique, Maurício Ramos, Wendell, Márcio Araújo, João Denoni (Valdivia, intervalo), Wesley e Patrick Vieira (Vinicius, intervalo); Maikon Leite (Luan, 35’/2ºT) e Barcos. Técnico: Gilson Kleina

PENAPOLENSE: Marcelo; Alex Travassos, Jailton, Biro, Rodrigo Biro; Liel (Dênis, 23’/2ºT), Anderson Carvalho, Neto (Fernando, 41’/2ºT), Guaru; Fio (Perez, 13’/2ºT) e Magrão. Técnico: Edson Só

AVANTI PALESTRA!

 

Tem Jogo! Palmeiras x Penapolense – R03 Paulistão13

Logo mais, 17 horas, o Verdão volta a campo pelo Paulistão13, dessa vez contra o Penapolense, no estádio do Pacaembu.

Mal começou o ano e já perdemos a presença da boa surpresa Souza no time titular, com edema ósseo. Por outro lado, ganhamos a ausência do Juninho, que voltou de férias o mesmo pereba do ano passado. Mas, diante da ausência de um lateral esquerdo reserva no elenco, devemos ir de Wendel… Com isso, vamos de Prass, Ayrton, Henrique, MR e Wendell, Caramujo, Denoni, Wesley e Patrik Vieira, ML e Barcos.

De qualquer forma, será o primeiro jogo na gestão Brunoro/Feitosa, contratados nos últimos dias para os cargos de CEO e gerente de futebol, respectivamente. Nobre aliou a experiência de Brunoro com uma aposta: Feitosa, que já foi preparador físico no Verdão, nunca exerceu a atividade de gerente de futebol. Diferentemente de Sampaio, Feitosa será o homem da diretoria no vestiário, mas não deverá participar da negociação de novos atletas para o elenco. Enfim, boa sorte aos dois e ao Palmeiras, nós precisamos.

Hoje, ainda sem liberação do DM (que deve sair – por bem ou por mal – nesta terça)l o Maluco não irá ao Pacaembu. Mas o Bonde vai estar lá.

Barcos marca de novo hoje, e o Verdão fará 2×0 no Penapolense, o segundo gol será de Wesley.

AVANTI PALESTRA!

Oeste 1 x 3 Palmeiras – Paulistão13

Vejam como são as coisas: tivesse aquele penalti do Barcos entrado no jogo contra o Bragantino, o Palmeiras teria 6 pontos e dividira a liderança do campeonato com os Lambaris. Os babacas da imprensa, desses que fazem festa porque depois de 1 ano em um clube um chinês acertou um drible, iam dizer que a crise do Palmeiras acabou, que o time tá uma máquina e tal. A imprensa é ridícula, tratam o futebol como um circo cabe a nós tratá-los como os palhaços que são.

Falando do jogo, o Palmeiras conseguiu converter as jogadas em gol e furou o bloqueio montado Oeste que, em boa parte do jogo até o primeiro gol, chegou a se defender com 9 jogadores de linha. No final, 3×1 pro Verdão, Barcos, Patrik e Luan marcaram pro verde.

Mesmo assim, perdemos muitos gols, Ayrton e Maikon Leite foram os campeões. Este último, joga com a cabeça tão baixa que só um colete cervical resolve. Na defesa, a Avenida Juninho deu as caras de novo.

Mais uma boa partida do Souza, que eu não elogiei no último jogo por pura birra, hoje reconheço. E que saiu machucado, puta que pariu, a bruxa não larga o pé do Palmeiras… Valdívia, que finalmente apareceu em campo, entrou no segundo tempo e mostrou que, com um pouquinho de vontade, pode ajudar o Palmeiras sempre e não a cada 4 rodadas. E Luan, que foi pro jogo nos últimos 10 minutos, entrou como sempre, mas fez um gol pra aliviar um pouco a barra. Mas é pouco alívio, só até o próximo jogo…

Alow imprensa pau no cu, o time que estava sem ganhar desde outubro ganhou, seus filhos da puta! Agora vão lá falar do quanto o Zizao fala bem português ou do loiro-xoxota-tingida na cabeça do Neymar, que é o que lhes resta.

Domingo tem Penapolense no Pacaembu. Eh nóis!

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

OESTE 1 X 3 PALMEIRAS

Local: Teixeirão, em São José do Rio Preto (SP)
Data/Horário: 23/1/2013, às 22h
Árbitro: Rodrigo Braghetto
Assistentes: Rogerio Pablos Zanardo e Leandro Matos Feitosa

Renda e Público: 11.166 pagantes/renda não disponível
Cartões Amarelos: Eduardo, Dezinho (OES); Juninho, Maurício Ramos (PAL)
Cartões Vermelhos: Nenhum
GOLS: Barcos, 26’/1ºT (0-1); Patrick Vieira, 32’/2ºT (0-2); Serginho, 19’/2ºT (1-2); Luan, 44’/2ºT (1-3)

OESTE: Fernando Leal, Eduardo, Dezinho e Ligger; Dede, Wanderson, Paulo Vitor, Peterson e Jefferson (Lelê – 9’/2ºT); Serginho e Jheimy (Marcinho – 16’/2ºT). Técnico: Luiz Carlos Martins

PALMEIRAS: Fernando Prass, Ayrton, Maurício Ramos, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Wesley, Souza (João Denoni – 22’/2ºT) e Patrick Vieira (Valdivia – 18’/2ºT); Maikon Leite (Luan – 38’/2ºT) e Barcos. Técnico: Gilson Kleina.

AVANTI PALESTRA!

PorcoNews n.89

PorcoNewslogo

Depois de quase 05 meses, PorcoNews de volta no ar, Palestras!

BOA SORTE, PAULO NOBRE

Ontem os conselheiros do Palmeiras, por 153 votos contra 106, elegeram Paulo de Almeida Nobre presidente do Verdão. Sim, todos vocês já sabem disso, é só pra não deixar o registro. Vai ter muito trabalho pra arrumar o coreto que foi deixado de pernas pro ar por aquela trupe que pretendo nunca escrever o nome aqui.

Neste primeiro dia de mandato, Nobre esteve na Academia, se apresentou aos jogadores e pediu que eles honrem a camisa e respeitem o torcedor. Se jogador de futebol fosse bom entendedor, muita gente tinha pegado o boné e se mandado. Quem sabe para ao menos um a ficha já tenha caído.

PEDIU PRA SAIR, 02, AGORA NÃO VOLTE ATRÁS 

Luan pediu pra sair. No mesmo dia que Larry, Curly e Moe foram embora? É muito bom pra ser verdade… Sério, tem que ser verdade… E, antes de sair, troca uma ideia com o Juninho e com o Marcio Araujo. Não custa nada… E não mude de ideia. Não sabe brincar, não desce pro pray… E vá com Deus desfilar seus dois pés direitos lá na puta que pariu.

COPINHA

O Palmeiras perdeu por 3×2 pro Santos e foi eliminado da competição mais uma vez pelos sardinhas. Jogo marcado por uma presença absurda da torcida do Palmeiras e por uma inexplicável substituição feita pelo técnico Narciso que, aos 20 e poucos do primeiro tempo, sacou do time o zagueiro Luis Gustavo, que tinha acabado de fazer um penalti imbecil no jogador do Prantos. 

Na sua primeira exibição pro novo chefe, Narciso errou e feio. Queimou o moleque e perdeu o time. Depois ainda foi arrojado, sacou um volante pra colocar um atacante quando o time perdia por 2×0, e quase deu certo, o Palmeiras esboçou reação, diminuiu, tomou mais um gol, diminuiu de novo mas não teve forças pra fazer o terceiro.

Muitos jogadores que eram esperança da torcida mostraram pouco ou quase nada. Não quer dizer que não sirvam. Alguns certamente não servem. Mas, pra mim, isso quer dizer que tem que trabalhar o psicológico dessa molecada. Vestir a camisa do Palmeiras não é pra qualquer um e os moleques sentem o peso. Profissionalizar a direção das categorias de base, acabar com a farra dos empresários e com o Palmeiras B, e dar oportunidade pros moleques no time de cima será um dos grandes desafios do novo presidente.

De qualquer forma, parabéns pro torcedor que foi à Barueri e mostrou que o palmeirense é foda mesmo. E que esses moleques nos rendam pelo menos um lateral direito, um zagueiro, um meia, um atacante, etc…

ROMAN

Muito torcedor palmeirense passou o dia querendo saber se o Riquelme vem ou não vem, outros tiveram a manhã de criar um hash no twitter #NobreTrazoRiquelme e teve até gente perguntando também no famigerado tuinter se a torcida do Palmeiras tinha gritado  o nome do argentino durante o jogo da Copinha em Barueri. Só pode ser piada…

Esqueçam o gringo, porra! Se ele vier ele veio, se ele não vier, não veio. E pronto. Até parece que se o Riquelme chegar o Palmeiras estará automaticamente de volta a série A e classificado pra final da Libertadores… Chega de alienação! Já não bastam as Klebetes, Valdivetes e Assuncetes, agora já tem Riquelmete? Pára… Não precisamos só de um camisa 10, precisamos de um time inteiro…

E meu palpite é que ele NÃO vem e que é melhor assim. O tio do sobrinho do porteiro do amigo de um amigo meu conhece o motorista do tio do Paulo Nobre que disse que ele não vem. Que pena… 

CONVOCAÇÃO DA SELEÇÃO

 Excelente a “reportagem” do Olé do Brasil sobre a convocação da Felipão. Como disse o Baragatti no tuiter hj, Luan blefou e se deu mal, pensou que ia pedir pra sair na segunda, ser convocado na terça e assinar com um grande europeu na quarta. É amigão… um Toulosse na sua carreira já foi demais…

TEM JOGO! OESTE X PALESTRA, R2 PAULISTÃO13

Logo mais, às 22hs, tem Palestra encarando o Oeste de Itapolis pelo Paulista. Tem que recuperar os pontos desperdiçados em casa.

Foram relacionados:

Goleiros: Fernando Prass e Bruno;
Laterais: Ayrton e Juninho;
Zagueiros: Maurício Ramos, Henrique e Marcos Vinícius;
Volantes: Márcio Araújo, Wesley, João Denoni e Wendel;
Meias: Valdivia, Souza e Patrick Vieira; e
Atacantes: Barcos, Maikon Leite, Luan, Mazinho e Caio. 

Viu só??? O Valpinga vai pro jogo! Tendência dele sofrer um novo “entorse” que só vai curar depois do Carnaval é enorme.

Palpite é de 3×0, Barcos, Souza e Henrique marcam.

E é isso, porcada, PorcoNews de volta na parada. 

AVANTI PALESTRA!

O Fim da República das Bananas

Palmeirense,

Independentemente da atual situação do time, do calvário da Série B que está por vir, da ausência de c0ntratações de peso para a disputa da temporada que é marcada, também, pela volta do Palmeiras à Libertadores, hoje é dia para se celebrar.

Termina na noite de hoje a mais vergonhosa e ridícula administração que já se viu na Sociedade Esportiva Palmeiras.

Nem dá vontade de relembrar aqui os fatos tragicômicos praticados por essa gestão estapafúrdia, repletos de trapalhadas, bananices, falta de postura e até mesmo de conhecimento da história antiga ou recente do clube, somados a declarações absurdas, desconexas, falastronas, enfim, tudo de pior pra fazer o palmeirense morrer de vergonha perante o mundo e que, apesar do acidente da Copa do Brasil, culminou no quase que lógico rebaixamento da equipe para a Série B, marco maior do castigo que Tirone e Frizzo impuseram aos palmeirenses nesses 02 anos de terror.

A nau a deriva finalmente terá um novo comandante, Perin ou Nobre, e qualquer um dos dois, ao que parece, pelo simples fato de assumirem o lugar antes ocupado por El Rubio, já estará fazendo mais do que seu antecessor.

Amanhã começa vida nova na Sociedade Esportiva Palmeiras, e será hora de arregaçar as mangas e correr atrás dos 02 anos desperdiçados com as estripulias dos patetas até então no comando.

Mas só isso não será o suficiente.

Dia 02/02, aí sim, a renovação do conselho será o grande passo pra tirar o Palmeiras desse limbo, afinal, foram os conselheiros que aí estão hoje que elegeram Tirone, Frizzo e companhia…

Por isso, palestrino, não se esuqeça, no dia 02, vote na arquibancada!

E Tirone, Frizzo e cia., boa sorte na vida, mas pra longe do nosso Palestra.

Pra terminar, palestras, podem comemorar. Acabou a República das Bananas!

#AArquibancadaChegou

#NósSomosoPalmeiras 

 AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 0 x 0 Bragantino – Paulistão13

E começou 2013, palmeirense, ou seria 2009?

Brincadeiras à parte, vamos começar a temporada aqui maneirando na cornetagem, afinal, não adianta picas, se corneta resolvesse alguma coisa, o Palmeiras seria campeão todo santo ano…

Assim como nos últimos jogos do Verdão no ano passado, o que faltou ao time pra sair do zero com o péssimo time do Bragantino – que, com o u sem Marcelo Veiga, só bate e se defende – foi um meia articulador, já que o cantor vagabundo que joga com a 10 – só por mais alguns dias, ao que consta – está com dor no tornozelo – leiam bem, eu disse DOR, porque LESÃO, não foi constatada nenhuma.

Honestamente, muito me preocupa a incapacidade do Palmeiras de vencer equipes cujo único propósito é se defender. Isso porque, a se  manter esse elenco, o Palmeiras só pode pensar em disputar a Série B e voltar pra onde jamais deveria ter saído, os demais campeonatos, Paulistão incluído, podemos esquecer, não temos nenhuma chance.

Por isso, temos que aprender urgente a furar essas retrancas malditas, parar de abusar dos cruzamentos na área e da falta de criatividade na armação das jogadas. Afinal, o Verdão é a única equipe grande a disputar a Série B este ano, é o “time a ser batido” e vão ser pelos menos umas 30 rodadas de ataque do Palmeiras contra defesa dos adversários.  Alow, Kleina, pára de dormir no ponto, chefia, chance como essa de dirigir uma equipe vencedora como o Palmeiras é uma na vida e outra na morte…

E ao Barcos, perder pênalti não faz bem pra visibilidade pra jogar a Copa do Mundo, hombre…

Enfim, é isso.

Puta merda, pra quem não ia cornetar, descasquei geral. Não tem jeito. Odeio empate. Preferia que perdesse.

E já chega. Quarta tem mais em Itápolis.

Infelizmente não tem fotos do Pacaembu hoje. Fui vetado pelo DM. Literalmente. Tô pior que o chileno pinguço.

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 0 X 0 BRAGANTINO

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/Hora: 20/1/2013 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Vinícius Furlan
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior e Alex Alexandrino

Renda e público: 10.167 pagantes / R$340.890
Cartões amarelos: Malaquias e Rafael Defendi (BRA)
Cartão vermelho: –
GOLS: –

PALMEIRAS: Fernando Prass, Ayrton (Caio – 38’/2ºT), Maurício Ramos, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Wesley, Souza e Patrick Vieira (Maikon Leite – 20’/2ºT); Luan (Mazinho – 25/2ºT) e Barcos. Técnico: Gilson Kleina

BRAGANTINO: Rafael Defendi, Carlinhos, André Astorga e Kadu, Geandro, Preto (Neto – 24’/2ºT), Thiago Santos (Matheus – 18’/2ºT), Léo Jaime e Barboza; Malaquias e Lincom (Diogo – 11’/2ºT). Técnico: Mazzola Junior

AVANTI PALESTRA! 

Vá com Deus!

Há poucos minutos, o empresário do jogador Marcos Assunção anunciou que o atleta não vestirá mais a camisa do Palmeiras.

O jogador, de 36 anos, que foi resgatado pelo Palmeiras do Grêmio Itinerante Barueri/Presidente Prudente, onde ele devia ganhar, quando muito, uns 50 mil, chegou no ano de 2010 e não demorou pra se destacar naquilo que realmente é bom: bater faltas e escanteios.

Com a aposentadoria do Santo, se tornou capitão do time e, se por um lado foi responsável por muitos dos gols do Verdão, por outro, era o grande culpado do buraco do lado esquerdo do meio campo que servia de muleta pra justificar a presença de aberrações como Luan jogando de ala-volante-atacante todo santo jogo. Ou seja, era um jogador com prós e contras, como o é boa parte do elenco palmeirense.

Dizem que o veterano ganhava 250 mil reais e que pediu 400, isso mesmo QUATROCENTOS MIL REAIS pra renovar por mais 2 anos (até os seus 38 anos, o que significaria um investimento de R$ 9,6 milhões), o que obviamente foi recusado, loucura que não seria cometida até mesmo pelos incompetentes que hoje administram o clube, em especial pela condição física do jogador, que terminou o ano com um joelho só, e nada indica que em 2013 seria diferente.

Vejam só como são as coisas: Há dois anos e meio atrás, o cara ganhava 1/8 do que pediu pro Palmeiras pra renovar, isso depois de ter contribuído, assim como o resto do elenco, com o vexame do rebaixamento do maior campeão nacional.

Se ele (ou qualquer outro jogador) tivesse vergonha na cara, jamais pediria aumento para renovar, ainda mais dessa ordem, pra jogar a Série B. 

Portanto, Assunção, vá com Deus. Quero ver quem vai te pagar 400, ou nem precisamos ir tão longe, os mesmos 250 paus que você ganhava aqui no Palmeiras…

E é por isso que cada vez que eu vejo jogador dando entrevista, com lágrima no olho, jurando que vai dar a vido pelo clube, eu penso: MENTIROSO FILHO DA PUTA! Por 400 paus por mês, dar a vida é pouco, é o mínimo…

Jogador gosta é de dinheiro e o clube que se foda. No fim das contas, sempre será assim.

Palmeirenses, meus caros, somos nós. E mais ninguém. 

AVANTI PALESTRA!

Encontrado!

UFA!

Tudo não passou de um pesadelo pra parte da nossa torcida fã incondicional do pudim de cana Valpinga, ops, do jogador Valdivia: ele foi encontrado!

E está tudo bem com ele, graças a Deus! AMÉM!

Alguns diziam que ele estava tratando do joelho lesionado que não o deixou jogar desde 06 de outubro passado, ou então da fibrose na coxa esquerda que o tirou de mais da metade dos jogos disputados pelo Palmeiras desde o seu retorno, no segundo semestre de 2010.

Mas não foi nada disso.

O Mago decidiu mudar de carreira, já que no futebol as coisas não estão indo lá muito bem, a não ser o salário formidável que pinga todo mês na conta do chinelo, ops, chileno.

No melhor estilo Juanes, Valdívia vai virar cantor. Isso mesmo, moçada, e o vídeo abaixo não me deixa mentir a carreira já começou:

Sim, ainda falta muito pro cachaceiro, ops, atleta, poder se chamar de cantor, mas, sem dúvida, ele já é muito mais “artista” do que jogador de bola…

E, com isso, já dá pra ter uma boa idéia do quanto esse safado, ops, aliás, é SAFADO mesmo, vai fazer pelo Palmeiras em 2013…

Acorda Palmeirense, isto é, os POUQUÍSSIMOS que ainda não acordaram! Chega de vagabundos!

AVANTI PALESTRA! 

%d blogueiros gostam disto: