Palmeiras 3 x 2 XV de Piracicaba – Paulistão12

A escalação de 4 reservas pro jogo de hoje pesou e o Palmeiras penou pra conseguir ganhar do XV de Piracicaba. Os titulares Leandro Amaro, Cicinho, Juninho e Luan (este último, ainda bem) descansaram e deram lugar a Artur, Gerley, Mauricio Ramos e Maikon Leite. Daniel Carvalho jogou na posição de Valdivia e Patrik reassumiu o lugar ocupado por João Vitor no último domingo.

Com isso, o que se viu foi uma queda considerável de produção do Verdão em relação ao jogo contra o Santos. O XV teve muito espaço pra jogar e deu trabalho pro Palmeiras. Mas foi o Palmeiras que abriu o placar, aos 15 minutos. Daniel Carvalho – que segundo o Bigode na coletiva pós-jogo já perdeu 5 quilos – recebeu de Fernandão, entrou na área pela esquerda e bateu cruzado, firme e com precisão, exatamente ao contrário do que faz o Maikon Leite o jogo inteiro: 1×0 Verdão e um belo gol.

O que poderia parecer um prenúncio de um jogo fácil foi mudando aos poucos, com o XV tomando conta das iniciativas. Aos 31, numa falta em que o jogador do XV foi cruzar e errou, Deola errou ainda mais, pulando na bola feito uma cabrita no cio e tomou um gol bizarro, o famoso PUTA FRANGO.

Ainda deu tempo do André Cunha, sim aquele mesmo, chutar uma bola cruzada de fora da área que passou bem perto, mas dessa vez o Deola parecia estar nela…

Logo aos 2 do segundo tempo, o Verdão desempatou o jogo. Como? Gol de falta do Assunção, é claro. Assim fica difícil reclamar dele. O 20 começou o ano inspirado. Dos 11 gols do Palestra até aqui, 7 tiveram participação dele. Resta torcer para que o Felipão acerte de uma vez por todas a posição dele no time – assim como fez contra o Santos, colocando o Assunção como um terceiro homem no meio. Hoje, o Bigode resolveu voltar Patrik ao time, e o futebol compacto e de manutenção de posse de bola do domingo foi pro saco de novo, assim como contra o Catanduvense.

De novo, a alegria do palmeirense não durou muito. Em mais um lance bizarro, numa saída errada do Deola num cruzamento em que o Gerléy ficou só assistindo (o 22 espalmou a bola para o meio), no rebote a bola foi cruzada rasteira, Deola derrubou Henrique na tentativa de cortar o cruzamento, a bola sobrou solta na pequena área e o Maurício Ramos completou a lambança, tentando tirar pra escanteio, mas acertando o gol. Eram 26.

Na sequência, o Palmeiras deu a saída e Daniel Carvalho sofreu falta. Na cobrança, Assunção – ele de novo, acertou a bola na cabeça do estreante Artur, que tirou do goleiro e foi comemorar o terceiro gol do Verdão.

Daí o Bigode perdeu a vergonha e abusou dos volantes. João Vitor que já havia entrado no lugar do Patrik, recebeu a companhia do Chico em substituição ao Daniel Carvalho. 4 volantes pra segurar o poderoso XV de Piracicaba. Bom… não vou nem começar. No fim das contas, deu certo, o Palmeiras soube manter o resultado e, de sobra, assumiu a liderança do campeonato, ao menos até o complemento da  rodada desta quinta.

Barcos estreou e, na minha concepcão, foi bem. Apesar da bola não ter chegado – fruto da escalação utilizada – o Pirata mostrou habilidade no domínio da bola, fez boas tabelas com o Maikon Leite, que só não deram melhor resultado porque o 7 adora chutar todas as bolas nas redes pelo lado de fora…

Enfim, não foi uma boa atuação, mas a vitória veio e esse vai ser mais um daqueles jogos em que, ao final, se pensa que o que vale são os 3 pontos. Tem muita coisa pra melhorar,  e ainda deve ter mais gente chegando por aqui. Mas o Palmeiras parece caminhar pro lado certo.

OS LANCES:

 AS IBAGENS (destaque pra tomada da “taça Libertadores” de Gambá, que quase gerou um incidente – alow FAAP, vamo colocar uns seguranças mais bem preparados pra trabalhar?):

Este slideshow necessita de JavaScript.

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 3 x 2 XV DE PIRACICABA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 08/02/2012 – 22h
Arbitro: Rodrigo Braghetto (SP)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior (SP) e Rogério Pablos Zanardo (SP)

RENDA/PÚBLICO: R$ 237.331,00/ 7.352 pagantes
CARTÃO AMARELO: Gláuber, Alex Cazumba e Marcus Vinicius (XVP)
CARTÕES VERMELHO:-
GOLS: Daniel Carvalho, 15′ 1º/T (1-0), Ricardinho, 31′ 1º/T (1-1), Marcos Assunção, 2′ 2º/T (2-1), Maurício Ramos (contra), 26’/2°T (2-2), Artur, 28’/2°T (3-2)

PALMEIRAS: Deola, Artur, Henrique, Maurício Ramos e Gerley; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Patrik (João Vitor, aos 10’/2°T) e Daniel Carvalho (Chico, aos 30’/2°T); Maikon Leite e Fernandão (Barcos, aos 15’/2°T). Técnico: Felipão.

XV DE PIRACICABA: Gílson, Everton, Marcus Vinicius e Toninho; André Cunha (Marlon, aos 40’/2°T), Adilson Goiano, Glauber (Savoia, aos 37’/2°T) , Ricardinho e Alex Cazumba; Paulinho (Adílson, aos 15’/2°T) e Hugo. Técnico: Moisés Egert.

Publicado em 09/02/2012, em Geral, Palmeiras em Campo e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. kkkkkkkkkkkkkkkk a taça libertadores de gambá ficou IRADA!

  2. Sérgio Saleta

    Depois da chegada da rapazy, o segura ficou a pampa, estranho né Maluco? Também nublaram a entrada da FAAP….
    Abs

  3. Gerson Guarino

    Ótimo comentário Little Crazy ! abração

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: