Sardinhas 1×2 Palmeiras – Paulistão 12

Ê freguesada! Os lambaris acharam que iam levar, tadinhos! KKKKKKKKKKK Dança agora, Neymarra, dança!!! KKKKKKK Chupa seu muleque de merda!!!!! Chupa que aqui é Palestra!

O Palmeiras foi a campo com uma proposta diferente, e que há tempos eu tenho insistido aqui no Maluco pelo Palmeiras: Assunção não pode ser volante e o time não pode ser escalado em função dele. Felipão, que pelo jeito anda lendo este humilde blog – olha o Maluquinho viajando – “entendeu o recado” e mandou a campo João Vitor, promovendo o Assunção para um terceiro homem de meio de campo. Teria sido perfeito se o Luan tivesse sido sacado do time. Mas aí o Felipão ia ter que dizer que o técnico sou eu, e não ia pegar bem pra ele…

Com a repaginação do meio de campo, o Palmeiras dominou o setor o jogo inteiro. A falta de velocidade que o Assunção sempre demonstra quando joga de volante – especialmente na marcação – foi compensada pela presença de mais um volante, deixando o 20 com menos responsabilidade na marcação. Com isso, o Verdão teve mais posse de bola, criou mais jogadas e mesmo durante as oscilações normais do domínio do jogo, o time foi muito bem, coordenou e mandou no jogo os 90 minutos. Nó tático no quitandeiro.

Pra variar, o que falta pro Palmeiras é qualidade nas finalizações. Os atacantes perdem gols incríveis.

Do lado do Boqueirão, os contra-ataques perigosos eram neutralizados um a um pela zaga alviverde. Que teria sido perfeita, não fosse um lance de bola parada aos 27 do segundo tempo, Leandro Amaro e Henrique sumiram e o moleque mimado apareceu sozinho, na cara do gol, entre Luan e Fernandão – isso mesmo – pra abrir o placar pras sereias. Uma puta injustiça.

A essa altura, o Palmeiras já tinha desde o fim do primeiro tempo Daniel Carvalho (muito bem – quase fez um golaço), no lugar do Valdívia, machucado (mais uma vez).

E seguimos pressionando, perdendo gols incriveis, como na defesa mirabolante do lambari numa bola quase embaixo da trave do Luan, até finalmente aos 40 e lá vai pedrada sair o empate. Como sempre, escanteio do Assunção, gol de cabeça do Fernandão. Mas o empate ainda não faria justiça ao futebol que as equipes apresentaram. Faltava um gol.

E ele veio, meio sem querer, meio contra, num cruzamento do Juninho aos 45 que parecia que não ia dar em nada, mas acabou desempatando o jogo no desvio de um dos lambaris. 2×1 Palmeiras, justíssimo.

Alow André Rizek, seu merda! O Palmeiras não é favorito em nenhum clássico, mas é Palmeiras, seu pau no cu! Aqui os maluco treme, seu trouxa! Vai pagando pau daí que a gente vai arrepiando daqui.

Aos poucos, Felipão vai dando a impressão de estar atento às peculiaridades do time que comanda. Depois de uma escorregada ao mandar a campo na quarta-feira o time no mesmo formato do que se viu por quase todo o trágico 2011, o Bigode mexeu no esquema e, o que parecia ser conservador, mostrou-se uma escolha acertada pras circunstâncias do jogo que se apresentavam. Chupa Muricy, Laor, Neymar, Ganso, Elano e todos os sardinhas de plantão. Fregués é freguês e ponto.

Parabéns ao Bigode. Mostrou que ainda sabe e muito de bola. Se sacar o Luan do time titular vira gênio.

Agora a piada do dia fica por conta da manchete do Lance! “VIRADA HERÓICA – Santos joga melhor e abre o placar com Neymar, mas Palmeiras não desiste e vence com gol salvador nos acréscimos: 2 a 1” Que jogo esses putos viram? O Santos jogou melhor aonde? Vão todos tomar no olho da bunda! Chupa, imprensinha de merda, aqui é Palmeiras!

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

Estádio: Eduardo José Farah, em Presidente Prudente (SP)
Data/hora: 5/2/2012 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho e Fábio Rogério Baesteiro
Renda/ público: R$ 705.260/25.933 pagantes
Cartões amarelos: Neymar (SAN), Pará (SAN); Cicinho (PAL)
Cartões vermelhos: Ibson, 42′ 2º/T
GOLS: Neymar, 26′ 2º/T (1-0); Fernandão 42′ 2º/T (1-1); Juninho 45′ 2º/T (1-2)

SANTOS: Rafael, Maranhão, Bruno Rodrigo, Durval; Arouca, Henrique, Elano (Ibson, 18′ 2º/T), Ganso; Neymar e Borges (Alan Kardec, Intervalo). Técnico: Muricy Ramalho.

PALMEIRAS: Deola, Cicinho (Ricardo Bueno, 34′ 2º/T), Leandro Amaro, Henrique, Juninho; Marcos Assunção, Márcio Araújo, João Vitor, Valdivia (Daniel Carvalho, 43′ 1º/T); Luan ( Maikon Leite, 27′ 2º/T) e Fernandão. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

AVANTI PALESTRA!

Publicado em 05/02/2012, em Geral, Palmeiras em Campo e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Grande Maluquinho! Gostei do blog. Está de parabéns, tenho acompanhado sempre.

  2. Também concordo que clássico deva ser em SP CAPITAL, apesar do ótimo retrospecto principalmente em Prudente.
    Bom, pelo que li teremos peixe e cerveja, um por conta do Wilson e outro por conta do Maluquinho (rango e breja na faixa galeraaaaa) rsrsrs
    Até quarta.
    abraço!

    • Ahahahah, Mas só ofereci cerveja porque tenho um amigo grande empresário do turismo que irá custear! KKKKKK Salário de blogueiro não dá nem pra tomar água da torneira.

  3. Wilson Rodolfo Ferreira, Bombeiro do Sangue Verde, Campo Grande-MS

    Só pra ressaltar a respeito do CAFUNDÓ DO JUDAS….sou de Campo Grande-MS, torcedor fanático pelo PALMEIRAS e até que eu tenha conhecimento Presidente Prudente é interior do Estado de São Paulo….e por eu morar em Campo Grande não partilho do entendimenhto que aqui seja o CAFUNDÓ DO JUDAS, é interior sim, onde há muitos, mas muitos PALMEIRENSES, portanto peço a gentileza de tratar o interior do país, lugar onde moro, com um pouquinho mais de carinho, de mais a mais, quem sabe em um futuro próximo você derrepente não aparece por aqui para uma bela pescaria e quem sabe mude seus conceitos com relação ao interior, afinal partilhamos do mesmo amor incondicional…..O PALMEIRAS……

    • Amigo, fique tranquilo. Meus conceitos do interior sao os melhores possíveis. Sou neto de um cidadão de Bariri, região de Jau e de uma cidadã de Franca. Passei boa parte da infância no interior. Nao pretendi em momento algum menosprezar o interior. Mas insisto que lugar de clássico é na Capital. O torcedor que, como eu, está em todos os jogos do time nao merece essa sacanagem. Pelo menos o Palmeiras se dá bem por aí. 8 vitorias e 3 empates. Obrigado pelo convite e estando em Sao Paulo pra ver o Palmeiras, uma cerveja é por minha conta. Abraço,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: