Arquivo mensal: janeiro 2012

Os Dois Lados da Moeda

Muito se falou no início deste maldito 2011 que o Palmeiras não tinha dinheiro, que o clube estava quebrado, que a ordem era economia, economia e mais um pouco de economia, que o clube não faria loucuras pra trazer jogadores, blablablablabla…

Com isso, ao invés de jogadores renomados e com poder de solução das deficiências do clube, o Palmeiras apostou em Tinga, Rivaldo, Ricardo Bueno, Fernandão, Gérley, João Victor e outros promessinhas que, como todo mundo sabe, não deram em nada. Pior, o Palmeiras quase caiu, só fez o palmeirense passar vergonha, apanhamos de 6 em Coritiba, fomos eliminados da Sulamericana pelo time reserva do Vasco. Mas as contas, estas iam de vento em popa, diria um marinheiro…

Por falar em Vasco, vejam só: o time de São Januário vive hoje situação complicadíssima em termos financeiros. Os jogadores, sem receber salários há meses, decidiram – em rebelião – não se apresentar para a concentração definida pelo clube.

E como foi o ano do Vasco em 2011? Primeiro, foram contratados jogadores já conhecidos, como Diego Souza, Juninho (sim, ele veio de graça), Felipe, Alecssandro, e ainda investiu-se em jovens talentos como Bernardo, Elton, Fagner, além de contar com profissionais na direção do departamento de futebol (Rodrigo Caetano).

E ai? O Vasco disputou a final da Taça Rio – e perdeu, é verdade, mas foi campeão da Copa do Brasil, garantindo vaga na Libertadores deste ano. Chegou à semi-final da Copa Sulamericana e foi vice-campeão Brasileiro, só não levando o caneco, como todos sabemos, porque foi vergonhosamente assaltado na última rodada do campeonato.

Aí vem a questão: pergunte pro torcedor vascaino o que ele preferiria: ver o time quebrado (como está hoje), mas disputando e ganhando títulos ou com as contas em dia e não disputando merda nenhuma?

Resposta mais óbvia não há. Torcedor quer que se fodam as contas do clube. Não é por menos: time que não arrisca no futebol, inclusive nos resultados financeiros, vira coxinha, não chega em lugar nenhum. 

Aqui, não devia ser diferente. O Palmeiras não é restaurante. Pouco importa quantos beirutes saem das chapas das lanchonetes das alamedas. Clube de futebol não tem que dar lucro, tem é que dar títulos à torcida. O lucro, neste último caso, é consequencia.

Sim, como decorrência lógica de um clube ser vitorioso, o apelo de marketing é maior, porque o torcedor compra mais camisa, o clube aparece mais no jornal, a imprensinha é um pouco menos filha da puta e, no fim das contas, isso agrega mais resultados financeiros ao clube. Ainda mais em se tratando de Palmeiras, com uma torcida que, mesmo com o clube na draga que está, consome produtos do clube como se aqui fosse a Catalunha. Os resultados financeiros vem com os títulos, mas os títulos não vem com os resultados financeiros. Evidente, não?

Mas nossa realidade é outra. Aqui, na visão dos nossos diretores de “vanguarda”, o que importa são as finanças. É isso o que faz um clube ser próspero. Títulos? Pra que títulos? Se você tem muitos títulos, vem alguém e te protesta, né presidente?

E vamo pra Paulista comemorar!

AVANTI PALESTRA!

Diretas Já!

Palmeirense, guarde a data: no primeiro final de semana de março, você tem um compromisso pelo bem da Sociedade Esportiva Palmeiras! Aguarde e acompanhe os sites e blogs participantes (AcordaNet) e saiba mais em breve, assim que for finalmente definida a data certa do jogo Palmeiras x São Caetano, pela 12a rodada do Paulistão.

AVANTI PALESTRA!

Catanduvense 1 x 1 Palmeiras – Paulistão12

Não vou mais comentar empate.

Resultado mais filho da puta não há. Sem os jogadores titulares à disposição (Valdivia principalmente, Barcos ainda é incógnita…) devemos empatar pelo menos mais uns 20 jogos esse ano. 

Pra mim, os malditos jogadores deviam jogar até desmaiarem, mas só para o jogo quando alguém estiver ganhando. Se tivéssemos perdido da Lusa e ganhado hoje, teríamos 1 ponto a mais. Por isso, enfiem o empate no rabo.

Parabéns diretoria, mais um ano com um time nota 6 e sem elenco. Assim vamos longe…

Será que só eu vejo que o time inteiro é sacrificado pra se manter em campo um jogador senil e lento como o camisa 20? Time campeão não se faz com volante molenga. É a posição mais importante do jogo. Não importa quantos gols e bolas na trave saiam dos pés dele, essa muleta não resolveu o ano passado, não vai resolver este ano. Simples assim.

O que dizer do camisa 36? No desafio ao galo, um penalti como esse que o figura cometeu justificaria uns bons tapas na cara. Pra deixar de ser burro.  

Última: a escalação foi boa, mas podia ter sido melhor. Carmona e Carvalho no meio, Ricardo Bueno e Maikon Leite. E o Luan? RE-SER-VA no Palmeiras B! Mais um merda que livram a cara só porque corre. Bela merda correr, correr e correr e não chegar a lugar nenhum. Outra muleta rachada. E o Maikon Leite e Ricardo Bueno, podiam criar uma nova regra pra eles: a cada 3 gols perdidos no mesmo jogo, substituição imediata e pode ir embora do estádio. Nada de voltar com a delegação. Quem sabe assim criam um pouco de vergonha.

Hoje sem vídeo ou ficha técnica. A gente não merece.

A temporada de vexames está aberta.

AVANTI PALESTRA!

Tem Jogo! Catanduvense x Palestra – R03 Paulistão12

Logo mais, 17hs, o Palmeiras enfrenta o Catanduvense, lá em Catanduva, pela rodada 3 do Paulistão.

Valdívia, machucado, não joga. E o péssimo Tinga nem relacionado foi – grazie San Gennaro!

Assim, possivelmente teremos em campo Deola, Cicinho, Leandro Amaro, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Pedro Carmona e Luan; Maikon Leite e Ricardo Bueno. É o time ofensivo que o torcedor quer ver há tempos.

O Catanduvense joga com João Paulo, Lorran, Cléber, Ednei e Anderson Paim; Fabinho Carioca, Dú, Washington e Alex William; Lúcio e Alemão. O time, que subiu esse ano pra primeira divisão do estadual, ainda não conseguiu ganhar. Soma apenas um ponto no campeonato e a expectativa é que não some nenhum hoje.

Palpite do Maluco: 3×0, gols de Assunção, Luan e Maikon Leite.

E antes que eu me esqueça, Catanduvense: ingresso a 80 paus é a puta que pariu! Bom retorno pra Série B!

Logo mais, no L’Osteria pra acompanhar o jogo do lado de mais vários palestras. 

AVANTI PALESTRA!

PorcoNews n.67

Buenas Palestras! Com atraso, mais um PorcoNews chegando, mas nada de notícias fresquinhas, porque aqui não é blog da bambizada.

AQUI NÃO É MARINA

Barcos só não fez chover no treino dessa sexta-feira, porque já estava chovendo. Marcou 3 vezes. Dois deles foram golaços, um inclusive mereceu aplausos dos demais jogadores. Deu até dó do Chico, que marcava – ou tentava – o nosso novo centro-avante.

Isso não quer dizer muita coisa. Adriano Chuva, que em 1 ano de Palmeiras – antes de arrebentar o joelho na mureta do Ulrico Mursa – nunca marcou um gol numa partida oficial, chegou a marcar dois gols de bicicleta nos treinos do Palmeiras. Treino é treino, jogo é jogo, diriam os filósofos da bola. Agora, que esse Barcos promete, isso ele promete.

Já a estreia do Pirata ainda deve demorar um pouco. LDU e Palmeiras não se entendem quanto às pendências e documentos necessários e, por enquanto, o jogador ainda nem foi apresentado. A expectativa é de que sua primeira partida pelo Verdão seja contra o Prantos, em Prudente/MS, no próximo domingo.

Uma coisa é certa. Frizzo tinha razão. O Palmeiras não é marina. Por isso mesmo que a âncora está de saída. Ciao, ciao.

ARTUR VEM AÍ

O Palmeiras deve apresentar na próxima semana o lateral direito Artur, que será contratado por empréstimo do São Caetano. O jogador vem pra compor elenco e ser o reserva do ButtHead. Boa sorte, Artur!

TOTEM

Dio Mio, se for verdade que a diretoria do Palmeiras preparou esse busto aí ao lado pra homenagear o Santo, ou contrataram um gambá pro trabalho, ou então um indígena que, sem saber o significado de “busto”, fez um totem, aquelas esculturas de madeira mau-encaradas que serviam para “proteger” a aldeia dos espiritos. E tem gente dizendo que a homenagem é pro Sargento Pincel… O mais impressionante e incrível é como essa aberração foi parar online no site oficial do clube. Durou pouco, já saiu do ar, mas que subiram no site, eles subiram. É incompetência demais prum clube só…

MAGO E TINGA FORA

Para o jogo de amanhã, um desfalque e um reforço: Valdívia e Tinga estão fora. O Mago, de tanto apanhar da Lusa, com a condescendência do corno do árbitro da partida, acabou o jogo com o tornozelo inchado que pode tirá-lo não só da partida do Catanduvense amanhã, mas ainda do jogo contra o Mogi na quarta-feira. Tinga, pasmem, sequer foi relacionado pra partida de amanhã. Será que o Felipão ouviu as nossas preces? Com isso, devemos ter Carmona (ou Daniel Carvalho) e Patrik na equipe titular. Maikon Leite também corre por fora.

@MANCHACARNAVAL

Na noite desta sexta-feira, debaixo de muita água, a Mancha Verde fez mais um ensaio técnico primoroso no Anhembi. A chuva não afugentou os componentes da escola e deu pra sentir uma boa dose da emoção que será o desfile deste ano. Parabéns pra quem foi! Quer saber mais? Então já pra quadra da escola! Os ensaios são as quintas, 21hs, e sábados, 22hs (aos sábados sempre tem um show antes, então o ensaio começa um pouco mais tarde). A seguir só uma palhinha do que te espera por lá:

Amanhã, como sempre, na L’Osteria Paletsra, a partir das 15hs, pra acompanhar Palmeiras x Catanduvense. Chega lá!

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 1×1 Portuguesa – Paulistão12

Está aberta a temporada oficial de empates no Palmeiras. Ontem,  a se considerar que o Verdão perdia o jogo, até que não foi mal negócio. Mas eu sempre vou achar empatar uma merda. Especialmente se o Palmeiras foi melhor e teve mais chances que o adversário, como ontem.

De novo, fomos castigados com a presença do Tinga na equipe titular. Até quando, mio San Gennaro, até quando?? E o pior é que o moleque, que não é essa porcaria toda, está sendo sacrificado por ser escalado na meia, quando joga mesmo é de segundo volante. Não irá me surpreender se no futuro, ele fora do Palmeiras se mostre bom jogador em outra equipe.

Pelo menos, só durou 45 minutos. Felipão, mesmo sem estar perdendo, resolveu tirar o 17 pra colocar o Maikon Leite já na volta pro segundo tempo. Devia estar com vergonha do futebol horrível da equipe até então. Mas foi a Lusa que, aos 4, numa falha bisonha da zaga (a bola passou entre Henrique, Assunção e Juninho – o que estava fazendo o Leandro Amaro na lateral da área eu não sei), abriu o placar.

O Palmeiras então foi pra cima. Valdivia, como sempre, ia colocando os bagres na cara do gol, e o desperdício era geral. Até ele mesmo errou um chute fácil da pequena área, numa ótima jogada do Maikon Leite, que Ricardo Bueno conseguiu completar na trave. 

Aí o inusitado aconteceu. Luan, péssimo no jogo, foi substituído, para a estréia do Daniel Carvalho. Quem diria, hein Bigode, Tinga e Luan fora do time no mesmo jogo? E foi uma estreia até que razoável do gordinho, embora o peso e a falta de ritmo tenham “pesado”, a qualidade no passe do Palmeiras melhorou significativamente com ele em campo. Se emagrecer, vira titular  – ou pelo menos deveria.

O volume de jogo era bom, mas faltava o gol. Que custou a sair, só veio aos 38, cruzamento do Maikon Leite e antecipação do Ricardo Bueno, se redimindo, em parte, da quantidade absurda de gols perdidos neste e no último jogo. O Palmeiras ainda tentou a virada, mas não deu tempo.

No fim, foi um resultado até que interessante. Apesar do empate, as alterações corrigiram a escalação bisonha e quem sabe sirvam pro Bigode perceber que precisa mexer no time titular logo. O Maikon Leite não é nenhum primor, mas não pode ser banco num time tão limitado como o Palmeiras, em que Luan e Tinga são os preferidos. É só querer, Bigode.

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 1 X 1 PORTUGUESA

Estádio: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/hora: 25/01/2012 – 22h
Árbitro: Leonardo Ferreira Lima (SP)
Auxiliares: Fabio Luiz Freire (SP) e Maiza Teles Paiva (SP)

Renda/público: R$ 245.216 e 7.983 pagantes
Cartões amarelos: Maylson (POR); Henrique (PAL)
Cartões vermelhos:-
GOLS: Maylson, 4’/2ºT (0-1); Ricardo Bueno, 35’/2ºT (1-1);

PALMEIRAS: Deola, Cicinho, Henrique, Leandro Amaro e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção (João Vitor, 36’/2ºT), Tinga (Maikon Leite, intervalo), Valdivia e Luan (Daniel Carvalho, 17’/2ºT); Ricardo Bueno. Técnico: Murtosa

PORTUGUESA: Weverton, Luis Ricardo, Leandro Silva, Renato e Marcelo Cordeiro; Boquita, Léo Silva, Maylson (Raí, 39’/2ºT) e Henrique; Vandinho (Rafael Oliveira, 24’/2ºT) e Edno. Técnico: Jorginho.

AVANTI PALESTRA! 

Conheça o Acorda, Palmeiras!

Neste último sábado foi protocolado na secretaria da Sociedade Esportiva Palmeiras um documento dando conhecimento ao presidente do clube sobre o Movimento Acorda, Palmeiras! (veja foto abaixo).

O objetivo primordial do Acorda, Palmeiras! é, por meio dos associados, chapas e grupos da SEP que o compõem, reconduzir o Palmeiras a sua costumeira posição de protagonista de alguns dos principais momentos do futebol, seja pelas vitoriosas equipes, seja pela gestao de vanguarda, de coragem e de respeito.

Conheça mais do Acorda, Palmeiras! acessando a apresentação do movimento Acorda, Palmeiras!. E fique atento para a divulgação das ações do Acorda, Palmeiras! aqui no Maluco pelo Palmeiras e nos demais blogs e sites participantes: Verdazzo!, Antena Verde e Blog do Divino

AVANTI PALESTRA! 


Linguiceiros 1 x 2 Palmeiras – Paulistão 2012

Boa vitória num mau jogo. Podia parar com essa simples frase. Mas aqui a gente gosta de cornetar, então, vamos lá.

Primeiro: o time que jogou hoje tinha apenas 2 jogadores de diferença do que terminou 2011 – Bruno e Juninho (tinha também o Tinga no lugar do Patrik, mas quem consegue distinguir um do outro?). Vocês queriam goleada?

O jogo começou do jeito que a gente já sabia. Se o Palmeiras fizesse um gol, seria de bola parada. E foi logo aos 6, escanteio do Assunção, cabeçada do Leandro Amaro. 1×0 Verdão. O restante do primeiro tempo foi na maior parte o Bragantino no ataque – batendo escanteios que a zaga invariavelmente perdia na bola aérea – e, dos 30 pra frente, o Valdivia articulando jogadas pela esquerda com o Luan – péssimo tecnicamente – e pela direita com o Cicinho – que vinha sendo o monstro do jogo.

Ah, e a partir dos 30 do primeiro tempo até o fim do jogo, o que se viu também foi Valdivia apanhando copiosamente da zaga dos linguiceiros. A filosofia do Marcelo “Ferguson” Veiga, aplicada há vários anos em Bragança, resume-se a três palavrinhas mágicas: Senta, A, e Bota! E os caras não economizaram: 6 linguiceiros foram amarelados, e o juiz não expulsou o camisa 5 – ou outros – por pura semvergonhice.

 Mesmo assim, o chileno, depois que acordou, virou o nome do jogo. Dá até pena do Valdivia. Se o Palmeiras tivesse um ataque um pouquinho menos HORRÍVEL, o Mago sairia todo jogo com 04 a 05 assistências. Como os caras são tão ruins que só sabem comer de colher, o jogo do Verdão se transforma num festival de desperdício de gols feitos.

E entre uma e outra chance desperdiçadas, veio o castigo: Cicinho, que vinha sendo o segundo melhor em campo, chegou atrasado dentro da área e derrubou o linguiceiro: penalti pros caras, que o Bruno quase pegou. Pulou no canto certo mas não chegou. Me disse o Pepe Reale (o nosso Papa) durante o jogo, que em 2003, na base do Palmeiras, Deola era o goleiro titular, mas na hora dos penaltis quem ia pro gol era o Bruno. Ele pulou certinho na bola, o que pra mim já é 95% da obrigação do goleiro no lance capital. O resto é sorte. Iam-se 20 minutos e o jogo estava empatado.

Valdivia continuava apanhando, mas continuava botando o Luan Basten e o Ruimcardo Bueno na cara do gol, e nada… Este último, que ousa vestir uma das “9” mais temidas da história do futebol (a camisa dele deveria ser n. 0,0000000009), conseguiu isolar pra arquibancada uma bola em que, sozinho com o goleiro, tentou dar uma cavadinha. Foi tão ridículo que foi imediatamente substituído. Foi pouco: merecia ter o contrato rescindido. Ô bicho ruim…

Felipão resolveu então chamar o Fernandão. É curioso imaginar o que o Felipão treina com os jogadores durante a semana, se NUNCA se vê uma mudança tática no time. Pelo menos não no momento certo. É sempre o 9 no 19, o 17 no 40, o 6 no meia dúzia… Enquanto isso, em campo, o butijão (ou seria butijinho) do Assunção seca, o meio de campo vai abrindo feito uma cratera e o adversário vai crescendo e mesmo asim, a primeira opção é sempre o 6 no meia dúzia… Dava pra ser mais criativo, hein Bigode?

Até que, lá pelos 38 do segundo tempo, faltando 10 pra acabar, o Bigode finalmente resolveu ganhar o jogo e tirou o modorrento do Tinga pra colocar o Maikon Leite. No primeiro lance do Milk, depois de mais uma jogada desconcertante do Mago, gol de cabeça do camisa 7 e um puta alívio do caralho… Puta que pariu, como esse time irrita o torcedor…

Sofrido pra caralho, mas o que vale são os 3 pontos. Insisto no que terminei dizendo em 2011: o time é ruim, mas o Bigode ajuda a piorar. Ricardo Bueno e Tinga são duas piadas de mau gosto com o palmeirense. Não é possível esses caras serem titulares do Palmeiras todo santo jogo…

Se o tal do Barcos for só mediano vai se consagrar ao lado do Valdivia. Isso, é claro, se o Bigode for convencido que usar dois meias armadores no mesmo time não é nenhum crime ou algo imoral…

Quarta-feira tem BuinBom! Trabalhos iniciando 19hs e pra cima dos portuga.

OS LANCES:

ENTREVISTAS PÓS-JOGO (by Alex Muller):

A FICHA TÉCNICA:

BRAGANTINO 1 X 2 PALMEIRAS

Estádio: Nabi Abi Chedid (Marcelo Stefani), Bragança Paulista (SP)
Data/hora: 22/1/2012 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Auxiliares: Rafael Ferreira da Silva e Fausto Augusto Viana Moretti
Renda/público: R$ 240.986,00 / 8.200 pagantes
Cartões amarelos: Murilo Henrique (BRA), Wellington (BRA), Luis Henrique (BRA), Serginho (BRA), Paulo Roberto (BRA), Júnior Lopes (BRA); Cicinho (PAL), Henrique (PAL), Maikon Leite (PAL), Leandro Amaro (PAL)
GOLS: Leandro Amaro, 6’1º/T (0-1), Wellington de pênalti, 14′ 2º/T (1-1), Maikon Leite 39’2º/T (1-2)

BRAGANTINO: Rafael Santos; Murilo Henrique, André Astorga e Luiz Henrique; Victor Ferraz, Serginho, Wellington, Fernando (Júnior Lopes, 18’2º/T) e Léo Jaime; Romarinho (Paulo Roberto 20’2º/T) e Giancarlo (Bruno, 38’2º/T). Técnico: Marcelo Veiga.

PALMEIRAS: Bruno; Cicinho, Henrique, Leandro Amaro, Juninho; Márcio Araújo, Tinga (Maikon Leite, 37′ 2º/T), Marcos Assunção, Valdívia (Chico 47′ 2º/T); Luan e Ricardo Bueno (Fernandão, 22’2º/T). Técnico: Felipão

AVANTI PALESTRA!

 

Tem Jogo! Bragantino x Palestra – Paulistão12 R1

E começa mais uma temporada do Verdão. Ao time base do fim de 2011, acrescente-se o lateral Juninho e é isso. Daniel Carvalho fica no banco, do Roman eu nao sei e o Barcos, bom esse nem anunciado foi, e em se tratando de Palmeiras…
Luan, que era dúvida, vai pro jogo. Então teremos Bruno, ButtHead, Leandro Amaro, Henrique e Juninho, Araújo, Assunção, Tinga e Valdivia, Ricardo Bueno e Luan.
E o Braga? Foda-se o Braga. Tem que ganhar e pronto. Mas nao espere nada diferente do que aquele mesmo futebol canalha de sempre, abusando de bolas paradas e o Valdivia botando os bagres na cara do gol pra perderem 1, 2, 3 chances claras. Mesmo assim, dá Palmeiras.
Palpite do Maluco: 2×0 pro Palestra, gols de Luan e ButtHead.
15 hs na L’Osteria. Bora aê?
AVANTI PALESTRA!

PorcoNews n.66

Salve, Palestras! O impossível aconteceu! Pintou novidade na Academia! Isso e muito mais do que rolou na semana do Verdão agora, no PorcoNews, o semanário que todo Palmeirense lê, ou deveria kkkkkkkk!

BARCOS

O que parecia improvável, inimaginável, incrível, finalmente aconteceu nesta semana: apesar das piadas nefastas do vice, o Palmeiras contratou um centro avante: trata-se de Hernan Barcos, 27, também conhecido como El Pirata, trazido da LDU e que, dizem, seria um dos nomes pedidos por Felipão na famosa lista dos crustáceos-boleiros…

Mas, como alertou com razão o Verdazzo!, Barcos não é nenhuma arca de Noé, pelo menos ainda não… Elevamos a essa condição de salvadores da pátria o Judas, o Valdívia e até o Felipão e, por enquanto, só quebramos a cara. Mas nada impede que o Barcos se adapte bem ao estilo de jogo  do Palmeiras – o que não deve ser dificil, atacante de área e bom cabeceador (no DVD mágico) – e nos ajude a suprir essa carência que, na minha opinião, já dura seus bons 13 anos, desde a saída do Evair.

Boa sorte, Barcos! Chupa, Âncora!

COPINHA

E não deu de novo. O Palmeiras caiu mais uma vez  na Copinha, após perder ontem por 4×3 para o Atlético/PR. Apesar do revés, o Verdinho serviu pra mostrar que existem várias alternativas na categoria de base do Palmeiras para tornar nosso elenco mais competitivo, como Diego S. Xavier, Bruno Dybal, Bruno Sabiá, Luiz Gustavo, João Denoni, entre outros. Obviamente, esses jogadores têm que ser aproveitados com inteligência, mas precisam ter chance. O palmeirense não agüenta mais a ditadura Tinga/Patrik, hein Bigode? Chega de beicinho e põe a molecada!!!!

Quanto ao jogo temos que destacar a luta da molecada: 1 a menos quase o jogo inteiro e mesmo assim quase que os garotos arrancam um empate no fim. Parabéns pela garra.

Mas não tem erro. É aquela coisa… uns não ganham a Copinha, outros a Libertadores! Sem mais.

@MANCHACARNAVAL

Mano, quem ainda não foi nos ensaios de quinta-feira na Quadra da Escola de Samba Mancha Verde não sabe o que tá perdendo! Os ensaios tão lotando e nem mesmo a chuva de ontem impediu que a Quadra lotasse e a comunidade desse show ao som de O dia vem anunciar / A humildade é a voz da razão / Sou Mancha Verde Guerreira / Ergeuendo a bandeira, aceitando a missão!

Ao que tudo indica, teremos o Santo ao nosso lado na avenida pra ajudar a trazer o caneco. E se você ainda não se convenceu, vou deixar aqui outros dois bons motivos. E nos vemos quinta que vem!

MAIS UMA DO ORELHA

o famigerado ORELHA, que muito já contribuiu por aqui, levantou no site da Antena Verde uma discussão muito interessante: quando a diretoria do clube irá tratar o torcedor do Palmeiras como um ativo do clube? Leia mais lá no site da Antena Verde

PAULISTÃO

Vai começar o Paulistão, galera! E já vamos encarar o maldito Bragantino, em Bragança. A safada da Globo, porque o Palmeiras vendeu os direitos de transmissão do amistoso com o Ajax para a Band, decidiu transimitir o jogo das gazelas, que é na Capital, ao invés do Verdão, que joga fora. Que se foda. Vamos pra Bragança. Ou então vamos assistir o jogo na Rua Caraibas. A se definir.

Sobre o time que entra em campo, arrisco Bruno, Cicinho, Leandro Amaro, Henrique e Juninho, Araujo, Assunção, Tinga e Valdivia, Maikon Leite e Ricardo Bueno. Deola está suspenso e dá lugar ao Bruno, um ano sem disputar uma partida oficial. Luan está machucado e por isso o Milk é que vai pro jogo. Daniel Carvalho? Vai precisar parir antes de poder atuar. Faltou essa lá no post de boas vindas ao jogador. No amistoso contra o Red Bull ficou claro que ele ainda está mais pro time dos casados…

OFF: O MUNDO DÁ VOLTAS

Há mais ou menos 1 ano atrás, Palmeiras e Gremio desistiam oficialmente da contratação daquele dentuço mercenário e abriam caminho para que o atravessador Flamengo fechasse com a “bomba”. Ha mais ou menos seis meses, o mesmo Flamengo decidiu aliciar o Judas e criar uma crise sem precedentes no time do Palmeiras que, se não era brilhante, vinha sendo um time dificílimo de ser vencido. Dali pro diante o declínio foi quase que infreável.

Passados esses 12 meses, pouca coisa me alegra mais do que ler as notícias sobre o clube da Gávea. Jogadores sem receber há 03 meses, o mercenário dentuço achando que tá jogando de favor e só querendo saber de gandaia, o otário do Pirulito mandou o time à merda e não viajou pro jogo da Pré-Libertadores, o Madureira rodando em falso e arquitetando mais uma demissão por querer ser mais pica grossa que os jogadores… E pra completar, eis que a dona “Alicia” Amorim leva um chapéu sem dó vindo das Laranjeiras e ainda tem a pachorra de ir na imprensa pra cobrar ética no futebol. Mas que coisa, não??? Quem diria que um boço como Thiago Neves fosse aprontar uma dessas? KKKKKKKK Ah se fosse por aqui… Agora só falta ver o Florminense na merda. De preferência com o Thiago Neves e Martinuccio perdendo penaltis na final da Libertadores. Depois disso, só um cafézinho…

19.01.2012

A data acima não está escrita ali porque neste dia completou-se 1 ano da trágica administração Tirone/Frizzo, ou porque falta só 1 ano pra eles saírem fora. 19.01.2012 trata-se do dia em que, finalmente, o Maluco pelo Palmeiras tornou-se sócio da S. E. Palmeiras. Mais do que um sonho realizado, pra mim se associar ao clube tornou-se quase uma obrigação, que na minha opinião se estende a todos que querem de alguma maneira ver o Palmeiras livre dos males que tanto o prejudicam. Agradeço ao Tarso por me instruir no processo. E já aviso! Vamo chegá chegando na bagaça! Aguardem! KKKKKKK

AVANTI PALESTRA! 

%d blogueiros gostam disto: