O Palmeiras e o Empresário Bocudo

Nos últimos dois dias, muito se falou a respeito de um tal Marcelo Goldfarb, empresário de jogadores, por ocasião de um comentário feito no facebook. Matérias sobre o ocorrido estão no IG, Lance!, GloboEsporte, e nos palestrinos 3VV e Verdazzo!, entre outros.

Tá bom, o cara zuou o Palmeiras, disse que nao temos mais que 600 torcedores e que a grandeza do clube se equipara a Guarani e Noroeste. E muita gente se revoltou. Tenho duas coisas a comentar a esse respeito.

A primeira é que o que o empresário falou não é nem um pouco diferente do que estamos ouvindo dos torcedores dos outros times a cada novo dia, a cada novo vexame. Eu, pro exemplo, fui um dos 3618 pagantes que assistiram atônitos, num Canindé imundo e caindo aos pedaços, a derrota do Palmeiras para o Fluminense. Desisti de ir ver o Palmeiras jogar até o fim deste ano por um motivo simples: além do futebol medíocre que a equipe apresenta, a diretoria insiste em mandar jogos no Canindé, em Barueri e não quero nem imaginar onde mais escolherão pro time jogar no ano que vem. Dá nojo ver esse Palmeiras jogar, onde tem jogado e como tem jogado. Essa diretoria amadora e inoperante está transformando os jogos do Palmeiras em eventos esportivos dignos de um público que normalmente atenderia a um jogo do Noroeste, do Guarani ou então, pior ainda, a um Noroeste x Guarani.

Muito antes de me incomodar do que um empresário de jogadores de segunda linha tem pra falar, me incomodo com o que essa diretoria vem fazendo pra apequenar nosso Verdão. Li ontem no 3VV, por exemplo (no mesmo link acima), que o presidente da FPF, conselheiro vitalício da Sociedade Esportiva Palmeiras, move seus pauzinhos pra colocar a Copa das Confederações em São Paulo… no estádio dos Bambis!!!! O mesmo cara que, dias antes, comemorou como se fosse gol a escolha do Estádio da Pouca Vergonha, também conhecido por Black Chicken Arena, para a abertura da Copa, agora faz o corre pro Panetone também não ficar de fora. E a Arena Palestra, de longe o melhor estádio que existirá em São Paulo, vai sendo deixada de lado por sua “própria gente”…

O que nos leva à segunda coisa que tenho pra falar a respeito das declarações do empresário falsastrão… É repugnante a omissão e a falta de pulso (e de timing tambem) com que o Palmeiras tem sido dirigido. É mais fácil ver o mandatário vestindo agasalho de clube inglês do que defendendo o clube oportuna e energicamente. Passamos por um dos anos em que o Palmeiras mais foi prejudicado em toda a sua história e NEM POR UMA VEZ o vice-presidente de futebol se dignou a mandar fazer uma reclamação formal a respeito da atuação de algum árbitro, oferecer veto a outros, ou mesmo pegar o microfone da imprensa imunda e xingar o safado de tudo que é nome, como fez o presidente Beluzzo que, sem se preocupar  com as conseqüências pessoais que aquela atitude teria, colocou a honra do Palmeiras em primeiro lugar e até respondeu processo por isso.

É por essas e outras, palmeirense, que qualquer babaca fala o que quer do Palmeiras. Porque não tem ninguém pra defender a falta de respeito de empresários, da imprensa e até dos próprios jogadores. Fosse este um clube em que as coisas fossem levadas à sério, como deve ser – como já foi, empresários como este aí ou aquele que arruinou a carreira do Judas, teriam o tratamento que merecem. Portas fechadas no Palmeiras para sempre. Reporter tirou onda do Palmeiras? Não entra mais na Academia. Jogador xingou vice-presidente? Rescisão por justa causa e cobrança da multa de R$ 150 milhões na Justiça. É assim que se mantém respeito. Com consequências e com atitude.

Por isso, muito antes de me preocupar com o que um Zé Ninguém tem a dizer sobre o Palmeiras, me incomoda o que os dirigentes não tem a dizer para ele. O Palmeiras não tem quem o defenda, a não ser o seu sofrido torcedor. Estamos largados. Isso sim que tira meu sono.

AVANTI PALESTRA!

Publicado em 02/11/2011, em Geral e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Esta aí um belo exemplo de como estão tratando o Palestra, vem esse Marcelo Dias nos zuar … vai vc e o Guarani para a puta q pariu !!! Só o q me faltava ver um caipira de merda e burro (pqe no texto ninguem ofendeu o falecido time dele,aprenda a ler)vir cagar regra,sua mediocridade ja começa em apontar semi de Brasileiro como triunfo … só pode ser brincadeira. Comparar gestões ok,mas grandeza de clube hahahah, piada. Vai se fuder caipira !!!

  2. Assino embaixo cara! Não vejo ninguém da diretoria defendendo o Palmeiras. A gambazada tem seu presidente falastrão, mas ele compra a briga com quem fala mal do seu time. Os bambis, do alto do seu salto, e por mais nojento que seja o jj, tb seguem na mesma linha. O santos tem um otimo presidente que vira e mexe sai defendendo o clube quando aparece qualquer especulação (v. os casos onde anunciaram a venda do neymar). E nós, com este bando de bananas, interesseiros, omissos, sem vergonha! Outro dia num churrasco com amigos, tive uma forte discussão com um cumpadre gambá, exatamente por isso: quem defende o palmeiras somos nós torcedores. Os sem vergonhas que deveriam fazer isso, não fazem. Mas, estaria sendo injusto se não mencionasse o Felipão nesse comentário. Ele é o único lá dentro que defende a instituição de acordo com o que merece a grandeza do Palmeiras. Por isso torço que ele fique por lá por muito mais tempo, e que os vagabundos que jogam e dirigem, vão embora. Grande abraço. Paulo Loboda – Jundiaí.

  3. Marcelo Dias

    Tenha respeito pelo Guarani, caro colega.

    Não fossem gestões nojentas como a que dirige o seu Clube hoje, nós não seríamos humilhados dessa maneira.

    O meu Guarani foi campeão brasileiro em 78 em cima do seu Palmeiras. O meu Guarani esteve na semifinal do brasileiro de 83, na final em 86, na final em 87 e novamente na semifinal em 94. O meu Guarani é um dos vinte maiores clubes do ranking da CBF.

    Se o seu Palmeiras fosse um clube interiorano, de uma cidade menor, e não tivesse a enxurrada de dinheiro de patrocínio que recebe – nem uns bons anos de Parmalat -, o seu Palmeiras não seria muito diferente do meu Guarani, pois a direção do seu palmeiras é tão nojenta quanto a do meu Guarani.

    Tenha respeito, amigo.

    Marcelo.

    • Meu amigo bugrino, leia o post desarmado e com um pouco de atenção.

      Mencionei seu Guarani apenas para me referir ao pequeno público que tem ido aos jogos do Palmeiras. Nao desmereci o seu time senão ao constatar uma realidade. Guarani e Noroeste são, de fato, times de torcidas pequenas. Não trato isso com qualquer descaso. Repare bem que o post é exclusivamente sobre o Palmeiras. Quem faltou com o respeito com o Guarani foi o empresário do Ricardo Bueno. Vá cobrá-lo e não a mim.

      Abraço,

  4. Belo texto…..Aprovado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: