Arquivo mensal: outubro 2011

Galo 2×1 Palmeiras – BR2011 – Balanço 2011

Voltei. Chega de “…”.

Se fosse esperar o Palmeiras ganhar pra voltar a comentar os jogos, ia ter que encerrar o Blog. Por mais masoquista que possa parecer, gosto de fazer isso aqui.  Então vamos lá falar sobre mais uma derrota, assim como fazer um balanço geral desse 2011 que não acaba nunca.

Lembra da época que a gente ficava puto que o time só empatava? Então, palmeirense, a gente era feliz e não sabia. 3 derrotas por 2×1 depois do último empate, contra o Flamengo no Rio, estou com uma puta saudade de ver o Palmeiras empatar. Se tivesse mantido aquele ritmo, estaríamos hoje com 44 pontos e podíamos enterrar 2011 nas memórias de temporadas pífias, no meu caso, a vigésima sétima de trinta e três.

Agora, depois desses três jogos, o time vai ladeira abaixo e não dá nenhuma expectativa de reação. É a anti-penúltima campanha do segundo turno, uma vitória em 12 jogos, 9 pontos conquistados de 36 e já tem muita gente com a calculadora na mão. Ainda temos Coritiba em casa, Grêmio fora, Vasco em casa, Bahia fora, Bichas em casa e Gambás fora. Precisamos de mais 3 pontos pra sair de férias e esquecer este ano maldito sem se preocupar com o fantasma de 2002. Ou que os últimos continuem perdendo – como aconteceu hoje – o que parece muito mais provável de acontecer.

Analisando o desempenho do time no ano, não era pras coisas estarem desse jeito. Até o fim do primeiro turno, o Palmeiras era um time médio, disputando vaga na Libertadores e, pros mais otimistas, até o título – viramos o turno a 4 pontos da liderança – e não essa merda que se vê hoje.

Pra começar o declínio, perdemos a chance de disputar o título estadual numa roubalheira sem precedentes. Acho que foi ali que o ambiente começou a azedar. Faltou atitude da Diretoria, faltou mostrar amor pelo clube e que corre sangue italiano nas veias. Depois (e até mesmo antes!) daquele jogo, se esperava que Frizzo e Tirone tomassem alguma postura enérgica contra a arbitragem, que marcassem posição. Mas, não. Silêncio total e absurdo.

De lá pra cá, fomos prejudicados várias vezes, perdemos 10 pontos no apito só neste Campeonato, 11 se contarmos o jogo de hoje. Juiz nenhum mais tem medo de prejudicar o Palmeiras. Esse de hoje, por exemplo, já é especialista em prejudicar o Palmeiras na Arena do Jacaré contra o Galo. No jogo deste domingo, pelo menos um penalti absurdo a favor do Palmeiras, no Maikon Leite, não foi marcado. A expulsão do Valdívia é discutível. Maurício Ramos podia ter tomado só amarelo. Mas com um clube BUNDA-MOLE, a arbitragem não tem dó de prejudicar.

Imagine você, no seu emprego, vendo sua empresa ser prejudicada e o presidente e o diretor não fazem absolutamente nada, não esboçam nem mesmo uma reação?  Não dá muito orgulho de suar a camisa, dá?

Daí, um dos seus colegas recebe uma proposta de emprego pra ganhar o dobro, mas o seu chefe resolve não liberá-lo (supondo que existisse multa em contratos de trabalho como acontece com os jogadores). O seu colega pede aumento e não ganha. Aí, contrariado, resolve xingar presidente, diretor, chefe de departamento, tudo isso pra Deus e o mundo ouvir. E esse cara não é punido. Nem mesmo repreendido. Pelo contrário, é elogiado. E continua trabalhando ao seu lado por mais 6 meses, fazendo um puta corpo mole, envenenando o ambiente de toda a maneira que pode. O que antes era orgulho de “vestir a camisa” da empresa vai se tornando vergonha…  O ambiente vai pesando e aquela satisfação de trabalhar naquele serviço começa a virar preocupação.

É exatamente isso que se passa com o Palmeiras. Não é à toa que o Verdão está se especializando em “estragar” bons jogadores. Por mais vagabundos e sem caráter que possam ter sido, Vagner Love saiu do Palmeiras em 2009 pra ser campeão brasileiro em 2010. Diego Souza pode comemorar a triplíce coroa pelo Vasco ainda este ano.  O Judas, pra onde for, vai ser o bom jogador que sempre foi, independentemente da sua falta de caráter. Com treinadores, a mesma cena se repete. Muricy só não foi campeão no Palmeiras, até com o Fluminense levantou taça. Felipão, se sair daqui, vai ser campeão em qualquer lugar. A impressão que fica é que muito pouca gente agüenta trabalhar no Palmeiras.

Some-se a isso contratações infelizes, muitas das quais aprovadas pelo Felipão, certamente porque também não lhe foi dada muita escolha: “Quer o Gaúcho? Toma aqui o Carmona.”. Não nos esqueçamos das dispensas não menos infelizes. Lincoln, Pierre e Welington Paulista jogam bola no Avaí, no Atlético e no Cruzeiro, respectivamente. Não tiveram – cada um no seu grau e o Lincoln a parte – muita chance com o Felipão. WP não foi escalado nem 90 minutos como centro-avante, por causa do posicionamento do Judas e hoje jogamos com os fraquíssimos Fernandão e Ricardo Bueno. O Bigode preferiu o medíocre Araújo no lugar do Guerreiro. Pro lugar do Lincoln, temos Patrik. Mostraram-se péssimas escolhas.

 

Com isso, caem por terra dois mitos que foram repetidos aos 4 cantos por todos os palmeirenses este ano: – Felipão tira leite de pedra desse time; e – Sem o Bigode, estaríamos brigando pra não cair. Faltando 6 jogos pra 2012, Felipão não tira leite de lugar nenhum – parece ter perdido completamente o controle da equipe e muitas das escolhas erradas são dele – e estamos muito perto de ter que brigar pra não cair. No futebol, não existe milagre.

 

E, já tentando concluir um post pra lá de extenso, falemos dos jogadores. Pouco muda a cada jogo. Dessa vez, Felipão tirou Gabriel, Henrique e Maikon Leite do time. Rivaldo, Mauricio Ramos e Tinga não foram melhores. O time segue tomando gols bestas, como o segundo do Galo, numa bola perdida no ataque pelo Luan. Deola não é, nem nunca vai ser, o Marcos. A equipe demora demais pra reagir. Perdiam por 2×0 com 11 jogadores e resolveram ir pra cima com 9. Não faz sentido o jeito como o time entra apagado em campo.

Mas não endosso o coro de quem acha que estão tentando derrubar o treinador. Seriam burros se tentassem, é capaz do Tirone mandar o time inteiro embora antes de dispensar o treinador. E seria bom que mandasse embora mesmo, se não o time inteiro pelo menos uns 80%.

Pelo menos, esse ano não vai ficar pior que isso. Não vamos sofrer com perigo de rebaixamento. Estamos a 9 pontos do Ceará, primeiro da zona da degola. Que tem média de aproveitamento de 33%. Ou seja, só deve fazer mais 6 pontos na competição. Porque se fossemos depender só da gente…

Que 2012 comece com o que faltou em 2011: atitude, profissionalismo e competência.

AVANTI PALESTRA! 

PorcoNews n.56

Caríssimos palestrinos, mais um PorcoNews está no ar. Essa semana pouca coisa de importante aconteceu depois da segunda-feira trinufal para o Palmeiras. Então, o foco de hoje vai ser mesmo o protesto de segunda0-feira.

24 DE OUTUBRO DE 2011

26 de agosto de 1914 – a fundação; 24 de janeiro de 1915 – o jogo 1; 19 de dezembro de 1920 – o primeiro título; 20 de setembro de 1942 – a arrancada heróica; 22 de julho de 1951 – o mundial; 12 de junho de 1993 – o fim da fila; 16 de junho de 1999 – campeão da América. A todas essas gloriosas datas da história do nosso Palmeiras soma-se agora o dia 24 de outubro de 2011. O dia da revolução. O dia que a torcida reagiu e iniciou uma mudança histórica na mentalidade tacanha e retrógrada de quem dirige a SEP. 

Não foi o primeiro movimento, é bem verdade. Em janeiro de 2011 a Mancha promoveu o mesmo protesto diante da votação que elegeu Arnaldo Tirone presidente do Palmeiras. E o projeto Diretas Já também foi anterior a isso, quando no início de 2010 se iniciou a coleta de assinaturas de sócios do clube para que houvesse alteração da forma de eleição do mandatário alvi-verde.

Mas, o que tem de especial o dia 24 de outubro de 2011 é que foi justamente o dia em que os avessos à essa necessária mudança estatutária sentiram o golpe e perceberam que vão ter que recuar ou, no mínimo, escolher melhor suas armas. Os quase 600 participantes da manifestação do lado de fora, e os mais de 80 conselheiros e 1 oficial de justiça do lado de dentro, conseguiram brecar o golpe que iria anular a eficácia da escolha do presidente pelos sócios do clube. 

Ainda há muito pela frente. Mas, quando a missão estiver totalmente cumprida, temos que lembrar desse dia 24 de outubro de 2011 e reconhecer que foi quando as coisas começaram a mudar definitivamente. É o Dia da Reviravolta. Ou do Renascimento, como bem lembrou o Forza Palestra!

Mais sobre esse dia histórico no 3VV, Verdazzo!PTD. E aqui no Maluco também!

GRÊMIO QUER O JUDAS

Segundo as últimas informações, os gaúchos teriam até feito proposta: R$ 4,5 milhões, pela metade do passe do traíra que cabe ao Palmeiras. O Palmeiras, dizem, estaria interessado em Douglas, mas o Grêmio não aceita colocar o jogador na negociação. Aguarda-se cenas do próximo capítulo. Uma coisa é certa. Mesmo sem o Felipão no Palmeiras, a verdade é que o ambiente do Judas no Verdão azedou geral… a resistência da torcida com ele é imensa. Aconteça o que acontecer, não há a menor chance dele prosseguir no Palmeiras. Mais um cuzão que já vai tarde.

ASSUNÇÃO

O vovô-lante do Palmeiras voltou a treinar com bola, depois de uma luxação no ombro. Será que vamos ver o garotão estrear ainda em 2011?

VALDÍVIA

Ao menos, um pouco de sensatez. É o que se tira da entrevista coletiva que o Mago deu ontem para explicar problemas de ordem pessoal que não traduzem qualquer interesse a este espaço, senão o que já tanto comentamos – que o jogador curte uma noitada um pouco além da conta. Valdivia reconheceu que este foi o pior ano de sua carreira. Como não acompanhei o desempenho do chileno no Quatar, concordo que foi sua pior temporada no Verdão. Nem mesmo quando era reserva de Juninho Paulista e que tinha pouquíssimas oportunidades com Emmerson Leão, o Mago foi tão inconstante como desde o seu retorno, especialmente pela quantidade de jogos que participou, menos de 40% do total disputado pelo verdão neste 1 ano e meio. Por outro lado, Valdívia tem se mostrado um cara grato e que sabe bem o que o Palmeiras e a torcida representaram na sua carreira. Pena que nem todo mundo é assim, né Judas?

EURICADA

Entre meus amigos que amam futebol, nem todos eles palmeirenses, o termo “euricada” (como em “o cara deu uma bela euricada”), significa levar vantagem de alguma forma nem sempre muito correta. É a máxima do importante é levar vantagem, principalmente sobre os seus rivais do futebol. O adjetivo faz jus a uma figura das mais excêntricas do futebol brasileiro, o ex-cartola do Vasco Eurico Miranda. Na semana passada, o Barnechi, do Forza palestra, publicou o excelente post  Tributo a Eurico Miranda, no qual relembrou as peripécias – ou euricadas, se preferirem – do dirigente do Vascão que nunca pagou comédia pra ninguém e algumas vezes pagou caro por isso. Vale a leitura, com a devida parcimônia de que não se trata de uma homenagem ao polêmico cartola, mas sim de um relato sobre a sua forma de ser e das coisas que fez em nome do Vasco, sem qualquer espécie de julgamento (a qui ou lá no Forza) se foram corretas ou indevidas. Quem nunca quis ver o presidente do seu clube invadir o campo e confrontar o juiz que estava operando o time – especialmente esse juiz – que atire a primeira pedra.

TEM JOGO! GALO X PALMEIRAS – BR 2011 – RODADA 32

AVANTI PALESTRA!

Diretas Já

Uma torcida que não vende barato a incompetência de seus dirigentes. Esses são os palmeirenses.

Uma vitória épica foi obtida hoje na base da pressão. Cerca de 400 palmeirenses, além dos inúmeros conselheiros favoráveis ao movimento Diretas JÁ, conseguiram obrigar o presidente do Conselho Deliberativo, José Angelo Vergamini, a cumprir o Estatuto da Sociedade Esportiva Palmeiras, retirando de pauta a votação na assembléia de hoje, que era ordinária, do item f, que pretendia unificar em uma só votação as propostas de eleições diretas e do nefasto conselho gestor que, se aprovado, esvaziaria o poder do presdiente. Na prática, o que foi considerado verdadeiro “golpe”, signficaria que o sócio elegeria o presidente, que não mandaria no futebol. Como bem disse o Conrado, o presidente do Palmeiras iria virar uma raínha da Inglaterra…

Nem mesmo a tempestade que, a mando do Sapão, castigou a torcida a partir das 19 hs., dispersou o movimento. Logo, a chuva foi sucumbindo ao número cada vez maior de torcedores. Podia chover tijolos. Quando o carro de som estourou um OleOleOleOlá Diretas JÁ!, os conselheiros que já haviam tomado muita pressão para entrar na Academia, tiveram a certeza de que ninguém ia arredar o pé até que a lei do clube fosse respeitada.

E finalmente foi. Lá pelas 23 hs., o item f foi excluído da votação e deverá ser recolocado em pauta em Assembléia Extraordinária a ser convocada em breve. Fruto de uma demonstração monstruosa de força, que deixa claro que a torcida não admitirá mais tanto amadorismo, incompetência e, principalmente, esse maldito jogo de interesses pessoais que tanto assolam o Palmeiras.

E vamos pra próxima batalha! Parabéns a TODOS os palmeirenses!

AVANTI PALESTRA!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Atualização: Leia mais sobre o protesto no 3vv e no Verdazzo!.

Palmeiras 1×2 Figueirense – BR2011

Os vagabundos seguem sem vergonha nenhuma na cara. E eu sigo sem escrever.

AVANTI PALESTRA!

Tem Jogo! Palestra x Figueirense – BR2011 – R31

Já disse aqui que não tenho mais nada a escrever sobre esse time vagabundo.

Quando eles voltarem a ganhar, eu volto a escrever.

Enquanto isso:

AVANTI PALESTRA!

PorcoNews n. 55

Grazie, Palestras! PorcoNews na área.

FILANTROPIA

Ontem os integrantes da mídia palestrian tiveram a nobre surpresa de conhecer o mais novo ASPONE do Mumu, um “diretor adjunto” de comunicação, que deu entrevista para a Máquina do Esporte sugerindo que ia procurar os blogs e sites da mídia palestrina para que estes pagassem pela exploração da marca Palmeiras. O 3VV e o Verdazzo trataram de botar o pulha no seu devido lugar. Como essa medida só vale pros sites/blogs que geram lucros, quero saber como fica com os Blogs que nào ganham um puto, ou pior só gastam, como este aqui? Aliás, diga-se de passagem, não consigo imaginar que sequer os sites/blogs que geram lucro em razão da sua quantidade de acessos estejam empenhados em promover seus sites e blogs senão em razão exclusiva do amor pelo Palmeiras. Afinal, quem sonhar em ficar rico divulgando uma marca que, apesar de tão grandiosa, é tão mal explorada e administrada por seus dirigentes, deve estar ficando louco, ou então quer passar fome. Como este filantrópo aqui que vos escreve…

A “PIPA” DO BIGODE

Na semana passada, Felipão mandou os jornalistas fotografarem. Hoje foi dia de mandar os bambis chuparem. O Bigode acabou com a festa na floresta encantada  e disse que não vai pro lado cor de rosa da força no final do ano que vem. Pode chupar você também, Sonia Racy. Só falta agora o presidente pegar a foto da piroca do Bigode, enrolar e bater na mesa, botando ordem naquela balbúrdia generalizada…

E O OPOSTO?

Os clubes paulistas, à exceção dos Bambis, e o Sindicato dos Atletas definiram em acordo que não entrarão em campo em caso de “novas” agressões a jogadores. Só que, no caso João Vitor, o agressor foi ele. Gostaria que o Sindicato informasse que medida vai adotar quando um jogador agredir covardemente um torcedor? Que tal fechar o Sindicato?

Se alguém aí está se perguntando porque os Bambis ainda não aceitaram o acordo, a resposta é óbvia: as tricoloucas ADOOOOOORAM levar pau dos torcedores…

12 NOMES

Tá aí um bom começo. São 12 os nomes que constam na lista de reforços do Bigode para 2012. O número 12, como já dissemos aqui, é sagrado para todo palmeirense.

Mas,  é pra tomar cuidado. Em enquete feita pelo Maluco neste post aqui, os leitores puderam votar em nomes de “jogadores experientes” que a Diretoria poderia trazer, selecionados em comparação ao nivel das “promessas” recentemente contratadas. A lógica foi, se os “promessas” contratados são essas porcarias que estão aí, quais seriam seus equivalentes entre os jogadores “experientes”? Os leitores mandaram suas seleções neste post aqui e daí fizemos a enquete com todos os jogadores citados. 

Por enquanto, a seleção do Verdão 2012 e seus medalhões é formada por Gato Fernandez; Adãozinho (Baiano), Gladstone, Jr. Baiano e Lúcio; Alceu, Assunção, Taddei e Diego Souza Bunda de Urso; Gioino e Muñoz. MEODEOS!

A brincadeira serve como termômetro para o nível de confiança que o torcedor tem com essa diretoria mocoronga…

ANIVERSÁRIO DA MANCHA

Amanhá é dia de comemorar o aniversário da Mancha Escola de Samba, com muito Samba Enredo 2012, presenças confirmadas da Rainha Viviane Araujo, da musa Juju Salimeni e do Vai Vai, campeão do carnaval 2011.

O bicho vai pegar! Mais informações no site da escola: http://www.manchaverde.com.br

AVANTI PALESTRA!

Planejamento Segue a Todo Vapor

Depois do 2012? Vai Só Vendo…, os leitores do Maluco enviaram várias opções para o time do Verdão de 2012, em razão da promessa sem vergonha da diretoria em investir em jogadores “experientes”.

A seguir, os “pré-selecionados” pra trazer mais “experiência” pro Verdão. Votem e vamos ver quem ganha. Depois é só mandar pro Tirone e fazer pressão pelas contratações. É a voz do povo, presidente!

Imagina a seleção que vai sair…

Alguns podem até achar que não é momento para brincadeiras, mas é a maneira que eu encontro de protestar. Há não muitos anos, muitos desses nomes eram trazidos como se fossem a solução de todos os problemas do Palmeiras. E o tempo passou e, óbvio, foram verdadeiros fiascos, na sua absoluta maioria, ou então foram bons jogadores que, se voltassem hoje, iriam despertar toda a raiva do torcedor, como acontece mais com o Judas e um pouco menos com o Valdivia.

Agora vem essa promessa de contratações de jogadores experientes (o que deve ser entendido como tentativa de tirar o foco) e, sendo um pouco realista, não podemos esperar muito mais do que jogadores do nível desses feras aí. Aliás, vai ser surpresa se nenhum deles não aparecer na Academia no ano que vem.

Enquanto isso seguimos na lama, sem trocadilhos. Aposto que a seleção desse post ganhava do Palmeiras 2011. Ou, na pior das hipóteses, empatava.

Tá foda torcer pro Palmeiras… Mas a gente torce.

AVANTI PALESTRA!

2012? Vai Só Vendo…

Desculpem pelo post de ontem, que reproduzo a seguir:

“…”

Mas, realmente, não tenho mais nada pra escrever sobre essa cambada de vagabundos que vestem nossa camisa hoje. Apenas pra citar um exemplo, Tiago Heleno parecia estar jogando com dois sacos de cimento amarrados aos pés. Impressionante.

À inofensiva diretoria, restou o discurso covarde de que já trabalha com o Planejamento de 2012, como se pode ver da seguinte declaração do vice-presidente de futebol:

– Não queremos mais jogadores que venham como promessa, nada contra as promessas, mas precisamos de jogadores com mais experiência, que de mais equilíbrio para a equipe e que venham para ser resolutivos.”

A considerar que as tais “promessas” que o Frizzo mencionou foram contratações como Tinga, Carmona, Gérley, Paulo Henrique, João Victor, Patrik, Gabriel Silva e cia. limitada, que de promessa mesmo só a de que iam tirar o torcedor do sério (e que foi cumprida com êxito), o que se esperar dos jogadores com “mais experiência” que estão na pauta do planejamento de 2012?

Me permito arriscar: serão jogadores MUITO experientes, no melhor estilo Marcos Assunção, ou seja, um jogador que passou a carreira inteira na Europa sem  ganhar porra nenhuma – a não ser dinheiro – e volta pro Brasil com o absurdo status de líder de elenco, como se tivesse levantado o caneco da Champions League ano sim ano não. Lincoln e Ewerthon lembram alguma coisa?

Ou então serão jogadores do nível “raspa do tacho”, como foi o caso de Edmilson, Roque Jr. e Denilson, que tanto nos fizeram sofrer de raiva nos últimos anos, pela incapacidade de sequer caminharem em campo, o que se dirá correrem…

Também não podemos esquecer dos “promessinhas” que foram parar no Leste Europeu ou na Asia e “não se adaptaram”, voltando pouco tempo depois com a “fama” de jogador tarimbado. O nome Robert dá algum estalo na cachola?

Assim, com um pouquinho de imaginação e muito ceticismo, dá até pra escalar o Verdão pra estreia do Paulistão 2012. Vamos lá. Eu aposto em:

12 – Marcos – convencido pela torcida a ficar mais um ano, o Santo vai virar moleque perto das novas contratações do Palestra.

2 – Beletti – a aposentadoria no Ceará foi só fachada, disse ele, enquanto negociava seu retorno para o Verdão. No dia da apresentação, completou 9 meses sem sequer andar na praia e com mais cabelos brancos que o saco do Felipão.

3 – Gladstone – Um bom filho à casa torna, disse Frizzo na reapresentação do xerife.

4 –  Betão – Com o discurso de que aquela história de a família ser gambá era tudo mentira, Betão chega com moral de quem já liderou uma equipe rumo à Série B – e por isso sabe o que não deve ser feito.

6 – Roberto Carlos – O Palmeiras se deu bem nessa. Ganhou o Leilão com o Santos FC, onde o jogador queria encerrar a carreira, por R$ 1,2 MM ao mês mais licenciamento de produtos e publicidade. Mas vai valer a pena, garantiu a Diretoria.

5 – Kleberson – Pentacampeão, ué?!  e fim de entrevista coletiva…

8 – Alceu – Alceu, eu te amo!!!, gritavam os mais de 26 mil palmeirenses que compareceram ao canteiro de obras do Palestra para festejar o retorno do volante prata-da-casa.

10 – Ilsinho – Chegou de volta à Academia depois de ter colocado toda a culpa pela sua saída no ex-empresário do Judas. A quem ele nem conhecia na época. Mas foi culpa dele!

11 – Luan – Junto do Santo, é o único remanescente da familia Scolari. É xodó da torcida e, por isso, intocável. Além disso, é o capitão do elenco.

9 – Fernando Baiano – mais um gambá. E daí, pô?? Vocês da imprensa só vêem o lado negativo! Perguntado sobre qual seria o lado positivo, o gerente de futebol Buião encerrou a coletiva. 

7 – Cahê – Presente de Natal da construtora W. Torre pro Palestra. Walter Torre cuidou pessoalmente de todos os detalhes, e publicou de antemão a contratação no seu twitter. ELE é nosso! 

Técnicos: Valdir Spinosa e Jair Picerni – Depois da dupla Felipão/Murtosa, que decidiu treinar o Palmeiras B – muito mais autonomia e sossego por quase o mesmo salário – a diretoria resolve manter o duo de treinadores, e decide contar com esses importantes nomes na história recente do Verdão, junto de Buião, o novo manager

Folha salarial: 18 milhões (de Euros, é claro).

E aí, o Maluco quer saber: quem você acha que serão os jogadores experientes que a Diretoria vai contratar pra 2012? Deixe sua escalação do Palmeiras/2012 nos comentários! Quem acertar o nome mais bizarro paga uma rodada de cerveja do primeiro jogo do Verdão no Paulistão lá na Rua Javari, a nova casa do Palestra, depois da torcida ter depredado o Canindé e a diretoria da Lusa recusar liberar o estádio nem por todos os réis de Lisboa!

É, o ano que vem promete… Feliz 2012, palestrino!

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 1×2 Fluminense – BR2011


AVANTI PALESTRA!

Tem Jogo! Palestra x Florminense – BR2011 – R30

Acho que o palmeirense é um eterno sonhador. A boa apresentação da última quarta-feira, em que não fossemos roubados teríamos faturado os 3 pontos fora de casa, reacendeu uma pequena faísca de esperança em cada palestrino. Eu disse PEQUENA.

É cedo pra dizer que o Palmeiras ainda está vivo na disputa por alguma coisa este ano. O ambiente no clube e a crise instaurada até às raízes do Palestra não permitem muito otimismo, isso sem falar na evidente limitação técnica do time.

Mas particularmente para o jogo deste domingo contra o Flor, no maldito Canindé, eu tenho uma esperança um pouco maior de bom resultado. Primeiro, porque os 3 maiores enganadores do time – na minha opinião – não jogam: Assunção está machucado, Judas está afastado e Araújo – que vai jogar – não será mais escalado na lateral direita, onde estava entregando mais que bandido pé de chinelo quando negocia delação premiada. Com a volta do Caramujo para o meio, onde ele vinha sendo muito bom jogador, e do Valdivia na armação do time, devemos ter uma equipe mais compacta em campo, sem aquele buracão que o Assunção deixa na marcação.

Em segundo lugar, o time mostrou uma raça contra o Flamengo há muito não vista, correu, brigou, saiu atrás no placar injustamente e foi buscar o empate e teve até chance de ganhar. Acho que os jogadores se deram conta que, afinal, eles também são prejudicados pelo péssimo desempenho do time até então, lembraram que tem pernas e principalmente brio, e se essa mentalidade for mantida neste domingo podemos até surpreender a forte equipe das Laranjeiras.

O Verdão deve iniciar amanhã com Deola, Paulo Henrique, Henrique, Tiago Heleno e Gabriel Silva; Marcio Araujo, Chico, Luan e Valdívia; Maikon Leite e Fernandão.

Do outro lado, teremos pela frente o time de melhor campanha no segundo turno, treinado pelo Abelão e que deve jogar com Diego Cavalieri, Mariano, Leandro Euzébio, Márcio Rosário e Carlinhos; Valencia, Fernando Bob, Marquinho e Deco; Rafael Sobis e Fred.

Vai ser osso. Mas vai dar Verdão. Na porrada, na dificuldade e nos minutos finais, o Verdão ganha amanhã por 2×1. Gols de Fernandão e Chico, o capitão.

Amanhã, meio-dia no Alviverde/L’Osteria – o que estiver aberto, viu Izidoro – e depois Canindé, aquela pocilga… E não poderá faltar: EI, MARTINUCCIO, VAI TOMAR NO CU!

AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: