Arquivo mensal: agosto 2011

Tem Jogo! Botafogo x Palestra – BR2011 R20

A vitória do último domingo serviu pra botar o Verdão de vez na briga pelo caneco. A se avaliar os oponentes que temos à nossa frente, a campanha do Palmeiras não fica devendo pra nenhum. Sao apenas 3 derrotas e 14 gols sofridos em 19 jogos, o que faz do Verdão disparado a melhor defesa do torneio. Entre os 6 primeiros, o Palmeiras é também o melhor mandante, com 7 vitórias e 3 empates. O que falta pro Verdão deslanchar de vez é melhorar a campanha como visitante, até aqui 03 derrotas, 5 empates e só 1 vitória.

Nada melhor que  um jogo de 6 pontos pra servir de marco pra mais uma arrancada heróica do Verdão. Se vencer o Botafogo, o Palestra vai a 35 pontos, volta ao G4 e pode ficar a 2 pontos da liderança, a depender dos resultados dos outros jogos. Mas não vai ser moleza.

Primeiro, porque o time do Harry Potter só perdeu um jogo em case e empatou outro, tendo vencido os outros 7 disputados. Vai jogar completo, a não ser pela ausência do zagueiro Antonio Carlos, que dará vaga pro Gustavo, aquele mesmo de 2008.

Já o Verdão foi pro Rio sem 4 titulares: Marcão, poupado depois de 4 jogos seguidos, Luan, suspenso de novo (já são 9 amarelos…), Maikon Leite, fora por mais 20 dias e Valdivia, de novo com a seleçao do Chile. Com isso, devemos ter um time bem fechadinho e entupido de volantes, competindo a armação apenas ao Patrik. Subiremos ao gramado do Engenhão  com Deola; ButtHead, TH, Henrique e Gabriel; Chico, Assunção, Araujo e Patrik; Kleber e Fernandão. No segundo tempo, Ricardo Bueno deve estreiar com a 9, conforme o placar do jogo. Caso o Palmeiras esteja vencendo, a substituição mais provável deve ser a mesma do clássico, João Vitor no Assunção e a estréia do RB9 fica pra domingo.

O Botafogo vai jogar com Jefferson; Lucas, Gustavo, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Renato, Maicosuel e Elkeson; Herrera e Loco Abreu.

Pra aumentar um pouco mais a tensão, a arbitragem fica por conta de mais um estranho: o alagoano Francisco Carlos Nascimento,que vai ser  auxiliado por Alessandro Rocha de Matos  e por Erich Bandeira. Os dois últimos são velhos conhecidos da torcida do Palmeiras. Lembra do empate com o Atlético em Sete Lagoas, em que o bandeirinha anulou gol do Lincoln depois de ser avisado por um câmera do Atlético que a bola havia saído? Pois bem, naquele jogo eram esses dois os auxiliares…

Pode se preparar, palestrino, hoje é a primeira final de campeonato. Ao todo serão 19 daqui até o dia 4 de dezembro, quando, se San Genaro quiser, vamos só cumprir tabela contra a Gambazada no Pacaembu já com a faixa do 9º título no peito…

Palpite do Maluquinho: 1×0, gol de Chico de cabeça em cobrança de escanteio do Kid.

AVANTI PALESTRA!

Líder do que?

Hoje foi dia de ouvir de novo as mesmas desculpas de sempre: Ah, o Palmeiras não ganha nada faz 10 anos, O Corinthians tem mais torcida. Ou então algumas novidades como fomos campeões do turno, perdemos mas ainda somos líderes…

Saindo um pouco da retórica da #freguesabilidade eterna dos Gambás, e olhando pra liderança de mentirinha dos pebinhas, há algumas semanas a imprensa deu destaque sobre o site Placar Real, criado por torcedores que não divulgam o time que torcem e que, a partir de critérios objetivos de erros da arbitragem em todos os jogos do BR 2011 (como explicou o Verdazzo!), estabeleceu uma tabela paralela do Campeonato, contabilizando os pontos tungados dos times pela arbitragem desqualificada ou mal intencionada, conforme o caso.

Pois bem, ao final do primeiro turno, a classificação do campeonato seria a seguinte, não fossem os erros de arbitragem:

Aí o palmeirense se pergunta: será que se tivéssemos uma diretoria casca grossa, e que a cada erro de arbitragem oficiasse a CBF, a Comissão de Arbitragem, o Paulo Schmitt, o Blatter, o Obama e quem mais tivesse que ser oficiado para pararem de roubar o Verdão, essas tabelas não poderiam ser iguais?

Já não cansaram de ver o time ser prejudicado mais do que qualquer outro time sem fazer nada?

Quando o presidente ainda era candidato, participei do Famiglia Palestra no qual ele foi entrevistado e pude ouvir da boca dele que na sua gestão seria prioridade uma reaproximação do clube com as entidades gestoras do futebol estadual e nacional, visando tornar mais robusta a representatividade do clube perante a FPF e a CBF.

A se considerar a semi-final do Campeonato Paulista, apitada por quem foi, do jeito que foi, e sem qualquer providência oficial do clube e, ainda, o atual desenho do campeonato brasileiro, em que o Palmeiras, depois de 19 jogos, é disparado o time mais prejudicado da competição, fica a impressão de que o que o clube está aproximando da FPF e da CBF é o calo do pé, pra ser cada vez mais pisado e repisado por quem comanda o futebol.

Alow Diretoria!!! Vamo acordar! Vamo correr atrás de defender o Palmeiras, porra! O palmeirense tá cansado de ver o Verdão ser garfado jogo após jogo sem que o clube manifeste qualquer indignação. Só o Ei, juiz, vai tomar no cu! da arquibancada não vai resolver. Será que só a torcida quer ver o time campeão?

Quanto à gambazada, vocês já deviam saber. Só é líder no apito, na bola não tem procês não. Ano passado foi a mesma coisa, no final vai ter chororo na favela. Todo mundo sabe que o Gambá campeão do primeiro turno é igual Safety Car. Só lidera quando não tá valendo nada! KKKKKKKKK

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 2×1 Gambá – #freguesabilidade

Se eu fosse mandar recado aqui pra cada gambazinho que eu conheço que merece um chupa muito, chupa muito, ia ter que escrever um livro. Se já não bastasse ontem terem que ouvir ” Ei Curintia, vai tomá no cu!” ser transmitido direto do UFC RIO pra mais de 250 países e 40 milhões de espectadores, a vitória do Verdão de virada, com gol digno de Pelé do Fernandão matador de Gambás deu conta de humilhar de vez os freguesinhos da Marginal S/N. Chupem muito todos vocês, seus pebinhas! Aqui não tem 1×0 “papai e mamãe”, ou então classificação (pra ser vice) nos penaltis, depois de ter escapado de um vexame com um empate roubado com 1 a mais, etc. Quando a gente ganha de vocês, é com humilhação, é de virada, é com zagueirinho medíocre saindo bravinho… KKKKKKKKKKK CHUPA MUITO!

Eu tinha a mais absoluta certeza que o Palmeiras iria ganhar hoje dos marginais. Tanta que, no Tem Jogo! do Derby, cravei que o placar seria 2×1 pro Verdão. Como sempre, errei os autores dos gols, mas acertei a escalação. Era obvio que o Felipão não ia começar o jogo com o time com 3 jogadores de frente. Não é a dele. E por isso mesmo foi até bom que o Palmeiras começasse o jogo perdendo, mesmo depois de ter equilibrado o melhor momento inicial da Gambazada. Foi um gol ridículo, daqueles sem querer que só os Gambás marcam, que refletia toda a mediocridade do time da piada pronta.

Felipão entendeu logo que não era jogo pro Patrik e não esperou o intervalo. Gol de placa do Bigode, que aos 30 minutos mandou a campo no lugar do 40 o estreante Fernandão, o matador de Gambás. A principal mudança tática que isso representou já vinha sendo vista nos outros jogos do Palmeiras quando o Telmário jogava. O Kléber não é centro-avante e não sabe jogar no meio dos zagueiros. Quando o Telmário entrava, ele ficava de referência na área e o Kléber podia cair pelas pontas e voltar pra buscar a bola sem se preocupar que o ataque ficava sem ninguém. Mas, quando a bola chegava no Telmário, faltava um mínimo de qualidade pra virar gol.

Hoje não faltou. Não, o Fernandão não é craque. Atacante não precisa ser. Basta fazer o feijão com arroz, e fazer gol, é claro.

Logo numa das suas primeiras participações no jogo, em cobrança de escanteio, foi justamente nele em quem a bola desviou e sobrou pro Luan empatar, aos 34 do primeiro tempo. O Palmeiras já jogava muito mais bola que o Small Club a essa altura. A virada era uma questão de tempo.

Aos 7 do segundo tempo, o vira-vira chegou num passe perfeito do Assunção no peito do Fernandão (a quem o Castan tá procurando até agora), que só estufou a bola pra cima e completou deslocando do goleiro de mentirinha dos Gambás…

Daí foi a vez do Felipão ser genial de novo. Sacou o Assunção do time aos 31 e fechou de vez o meio de campo com o João Vitor, apostando nas jogadas de contra-ataque.

Tava garantida a a virada e a gambazada caiu mortinha em campo. A #freguesabilidade pesou, diria o filósofo Adenor Tite. E se não fosse o fraquíssimo irmão do Pilantra, o massacre teria sido maior. O safado caçula deixou de marcar várias faltas pro Palmeiras e faltaram cartões pros zagueiros dos Gambás Wallace, Castan – que seria o segundo (já achou o Fernandão?), e principalmente vermelho pro Chorão, digo, Chicão, que acertou uma cotovelada no Mago no primeiro tempo que se fosse o Kléber era vermelho direto e 720 dias de suspensão, né Paulo Schmitt??

Dos nossos jogadores, foi uma partida insegura do Santo, em outros tempos aquele gol morfético dos Gambás não entrava nem fodendo. Mas foi a presença do Marcão em campo no segundo tempo que serviu pra dar suporte à irrepreensível atuação dos zagueiros, e excelente do Chico, ora atuando como terceiro zagueiro, ora como volante. O lateral Araújo (que tambem foi bem) que se cuide… Já o Gabriel começou mal, tomou bronca do Marcão na parada técnica e depois se acalmou e fez o dele.

Luan ia sendo o Luan nosso de cada dia, grosso/raçudo de sempre, até o gol marcado. Depois disso, principalmente no segundo tempo, jogou muita bola. Felipão inverteu ele no Kléber, que foi jogar na esquerda, enquanto que o Luan corria a lateral direita duma bandeirinha até a outra sem parar. Se ele fosse um pouquinho menos fominha, podia ter se consagrado em um lance em que podia ter passado pro Gladiador marcar ao invés de dar um daqueles chutes sem noção. No primeiro tempo também teve um lance desses. Mas, em se tratando do Luan, o gol de empate e a atuação do segundo tempo já merecem os parabéns.

Assunção cobrou bem o escanteio do primeiro gol e deu um passe perfeito pro segundo. Mas sua grande contribuição foi ter dado lugar ao Joao Vitor. Felipão finalmente percebeu as limitações do Kid. Ele simplesmente não aguenta correr o jogo inteiro atrás dos armadores dos times adversários. É um jogador que tem que saber ser usado. Hoje, foi usado perfeitamente. E quando sua presença no campo ia sobrecarregar o time, Felipão não vacilou. É isso aí, Bigode!

O Mago foi muito importante no jogo de hoje, embora não tenha feito um bom jogo taticamente. Errou muitas jogadas e foi prejudicado pelo juiz safado em outras. Mas soube prender a bola e, principalmente irritar os jogadores medíocres dos Gambás. Chupa, Chicão! Pode chorar, Gambazão!

Kleber até foi bem, mas seu futebol foi prejudicado pela quantidade absurda de faltas sofridas dos zagueiros gambás, muitas delas não marcadas pelo “Junior”. Jogou com uma camisa da Mancha por baixo da #30, e se tivesse feito gol ia ficar pequeno pra galinhada. Deram sorte, mas ainda tem um jogo esse ano…

Mas pra mim, como diria Mauro Beting, o nome do jogo de Palmeiras 2, Gambá 1, foi Fernandão, o matador de Gambás, que recebeu, ajeitou no peito e mandou pra casa do caralho toda essa gambazada morfética! Cade a placa dele, hein Pres. Pudente? CHUPA! CHORA MUITO! EO EO FERNANDÃO É MATADOR! IH FUDEU, FERNANDÃO APARECEU!!!! Ah muleke, se todo jogador que já vestiu essa camisa estreasse desse jeito… Continue assim que eh nóis!

Freguesia é uma merda. Já não tem mais graça ganhar dos Gambás. Achei que ia ficar mais feliz, mas nem… Tudo só voltou ao normal. Nada mais que isso. Mesmo assim, chupa muito, chupa muito, Gambazada! E Chora muito, Adenor! Maldita freguesabilidade… KKKKKKKKKKKKKK

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 2 X 1 GAMBÁ

Estádio: Prudentão, em Presidente Prudente (SP)
Data/hora: 28/8/2011 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Vicente Romano Neto (SP)

Renda/público: R$ 962.666,00 e 36.299 pagantes
Cartões amarelos: Gabriel Silva, Chico (PAL); Leandro Castán, Jorge Henrique e Chicão (COR)
Cartões vermelhos:-
GOLS: Emerson, 18’/1ºT (0-1); Luan, 34’/1ºT (1-1); Fernandão, 6’/2ºT (2-1);

PALMEIRAS: Marcos, Márcio Araújo, Thiago Heleno, Henrique e Gabriel Silva; Chico, Marcos Assunção (João Vitor, 31’/2ºT), Patrik (Fernandão, 31’/1ºT) e Valdivia; Luan e Kleber. Técnico: Murtosa.

GAMBÁ: Julio Cesar, Wallace (Edenilson, 34’/2ºT), Chicão, Leandro Castán e Ramon; Ralf, Paulinho e Danilo (Willian, 13’/2ºT); Jorge Henrique (Morais, 23’/2ºT), Liedson e Emerson. Técnico: Tite Chora Muito.

AVANTI PALESTRA!

Tem Jogo! Palmeiras x Gambás – BR2011 Rodada 19

Chegou a hora de mais um clássico contra a Gambazada. É um jogo que o palmeirense espera o ano inteiro. Jogar contra o maior rival é um ânimo a mais pro jogador, pra torcida, pra imprensa… A grande cagada fica por conta de fazer o jogo em Presidente Prudente/MS. É lamentável o torcedor que vai assistir a Palmeiras e Atlético/GO (ou PR ou MG) ou Palmeiras e Bahia num Canindé modorrento, ser obrigado a se deslocar 1200 kms pra assistir o maior clássico do país. Mas, enfim, sobre isso já falei aqui, o jogo vai ser lá mesmo e foda-se. Só fica a dica, se eu fosse conselheiro do Palmeiras, não votaria num presidente que opta por mandar os jogos do time no Canindé ou na fronteira com o Pantanal…

Pro jogo de amanhã o Palmeiras terá a ausência do ButtHead, suspenso graças a um cartão amarelo bem do safado dado pelo Abade na semana passada, e Maikon Leite, que vive péssima fase técnica e física no Palmeiras, bem ao contrário de suas temporadas no Santos e no Atlético/PR. Precisa melhorar, muleke… Além disso, o lateral Paulo Henrique, que ainda não jogou mas poderia ser opção pra vaga do ButtHead, também se contundiu e está fora.

Surgiu boato de que Fernandão, o atacante recém contratado do Guarani,  poderia ser a arma secreta para o clássico. Mas eu não ponho fé não, Felipão tem sido tudo menos arrojado esses tempos. Quando muito, vai pro banco de reservas, o que seria até lógico, já que a única opção ofensiva é o garoto Vinicius, em razão da contusão dos outros 2 atacantes.

Com isso, o time que vence a Gambazada amanhã por 2×1, 2 gols do #Judas30ÉGambáMesmoeDai?, vai ser Marcos, Márcio Araújo, Henrique, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Chico, Marcos Assunção, Patrik e Valdivia; Kleber e Luan.

A Gambazada pode vir com quem for, foda-se  a escalação deles. Pode trazer o Sheik, o PapaBurguer, a turma toda do Ronald McDonald, que vai ser ferro. Pode vir com Imperador, com o presidente, com o dono da boca na quebrada, vão ser atropelados. Ronaldo, Vera Verão, Lacraria e todas as bonecas do mundo não seguram o Palestra amanhã! Dessa vez não vai ter boi pra gambazada, nem a arbitragem do irmão do safado vai salvar a pele deles… O Mago será o nome do jogo amanhã e mandará pelo menos um favelado pro vestiário mais cedo. E tome chute no vácuo… aquela piada dos gambás no treino antes de perderem a final do campeonato paulista pro nosso freguês de praia vai custar caro!

 

E que não venham os Gambás na segunda-feira dizer que o jogo não valia nada. Primeiro porque vale, se a Gambazada perder amanhã deve perder também, e definitivamente, a liderança da competição. Depois, mesmo que não fosse esse o caso, já escrevi aqui que Palmeiras x Gambás nunca será somente um jogo. É muito mais que isso!

Pra cima deles Verdão! Quero ver o Mago zuar e o #30 imitar uma galinha D’Angola em cada um dos gols. AHAHAHAH, Eh nóis!

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 3 x 1 Vasco – Sulamericana 2011

O presente de aniversario que a torcida queria quase veio. Pra variar, os requintes de crueldade que o destino prepara para o Palmeiras tem sido cada vez mais constantes.
Quem imaginava que um chucro feito o Jumar iria castigar a gente desse jeito?
Pois é Palmeirense, sua vida é sofrer… Que mais pode ser dito?
Quanto ao jogo de ontem, me surpreendeu ter ouvido de um Gambá feito o Neto que o Heber prejudicou o Palmeiras. É o quinto jogo seguido com esse safado apitanso que o Palmeiras perde ou não consegue o resultado necessário.
Mas a desclassificação ocorreu mesmo na semana passada, quando anularam o gol do Telmario que nos colocaria na próxima fase do torneio.

Luan, Kleber e Assunção fizeram a nossa parte.  E o Jumar não fez a dele… que era simplesmente ser Jumar. Será que o cara que fez a música “eu tenho medo do Jumar” tava pensando nesse dia 25 de agosto?

Só resta agora o Brasileiro, e o Palmeiras vai ter que se superar e muito se ainda quiser disputar alguma coisa esse ano. 

Domingo, é final de campeonato. a primeira de uma série de vinte finalíssimas. 

OS LANCES:

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 3 X 1 VASCO
Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 25/8/2011 – 20h15 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Carlos Berkenbrock (Fifa-SC)

Renda/público: R$ 291.048,00 e 9.493 pagantes
Cartões amarelos: Gabriel Silva, Maikon Leite (PAL); Allan, Renato Silva (VAS)
Cartões vermelhos:-
GOLS: Luan, 12’/1ºT (1-0); Kleber, 8’/2ºT (2-0); Jumar, 12’/2ºT (2-1); Marcos Assunção, 47’/2ºT (3-1)

PALMEIRAS: Marcos; Cicinho, Henrique, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção e Valdivia; Luan, Kleber e Maikon Leite (Vinícius, 25’/2ºT). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

VASCO: Fernando Prass, Allan, Dedé, Renato Silva e Márcio Careca; Rômulo, Jumar, Bernardo e Diego Souza; Leandro (Fagner, 15’/2ºT) e Elton. Técnico: Ricardo Gomes.

O BONDE NO PACAEMBU:

Este slideshow necessita de JavaScript.

AVANTI PALESTRA!

 

PorcoNews Especial – 97 Anos de Glórias


Como não se sentir especial no dia de aniversario do clube do seu coração? Como não se sentir parte de uma coisa diferente, única, inexplicável, que é esse orgulho de ser palmeirense?

Que leva milhares de pessoas a vestir o manto na rua todo dia 26 de agosto, pouco importando se o time foi eliminado de um torneio poucas horas antes?

O PorcoNews de hoje é exclusivamente dedicado aos 97 anos da Sociedade Esportiva Palmeiras, completos neste 26 de agosto de 2011.

NÃO VIVEMOS DE TÍTULOS

A frase que sempre foi nossa mas foi roubada pelos marketeiros Gambás pra justificar a eliminação da pré-libertadores (HA HA HA EU NUNCA VOU PARAR DE RIR) define bem o sentimento do palmeirense de amor incondicional pelo Verdão, seja na época de vacas magras (como agora) ou na época de vacas gordas. Mas nunca foi usada pra justificar a falta de conquistas, pois o Campeão do Século XX acumula 297 títulos nesses 97 anos de história, dentre eles 8 campeonatos brasileiros, a libertadores de 1999 e o primeiro Campeonato Mundial, conquistado em 1951. É pra morrer de inveja mesmo…

NAO IMPORTA O QUE DIGA ESSA IMPRENSA DE GAMBÁ

De tanto ver o Palmeiras ser desdenhado e desrespeitado por essa imprensa gambá maldita, a torcida do Palmeiras mostrou sua força e criou a sua própria imprensa, a mídia palestrina, que conta com mais de 100 sites e blogs catalogados contribuindo com o dever de informar o palmeirense sem o viés gambá e bambi das redações convencionais. Este blog muito se orgulha de, mesmo que de forma modesta, poder contribuir com o dever de informar a nação palmeirense, e sonha um dia poder chegar ao mesmo nível que 3VV, Verdazzo, PróPalmeiras, PTD, Famiglia Palestra e tantos outros íc

ones da mídia palestrina.

Como não poderia deixar de ser, o aniversário do verdão foi destaque em toda a mídia palestrina:

No 3VV, o Drops desse dia 26 tratou de lembrar aos avessos que a grandeza do clube supera a tudo e a todos; No PróPalmeiras a história de glórias desses 97 anos foi relembrada; O Forza Palestra, pra mim, foi o mais competente ao definir com precisão o que sente o palmeirense nessa data festiva. Ah, e tem este post aqui também…

FALA, MALUCO! ESPECIAL 97 ANOS

Pro Fala, Maluco! de hoje tomei a liberdade de pegar, sem pedir, depoimentos que dois parceiraços de arquibancada fizeram nesse dia 26 de agosto em homenagem aos 97 anos. O último depoimento é um comentário feito aqui no blog pelo neto do Capitão Adalberto Mendes, o militar que entrou portando a bandeira do Brasil defronte ao time da recém-nascida Sociedade Esportiva Palmeiras, imagem que ficou reconhecida historicamente por Arrancada Heróica. Com vocês, Victor Claandrino, Fernando Rovaron e Irilberto Mendes:

Victor Calandrino 

VOCÊ PODE ME FAZER SOFRER COMO ME FEZ ONTEM,QUARTA, SÁBADO,DOMINGO,COMO INÚMERAS VEZES,INÚMEROS JOGOS,MAS PALMEIRAS O QUÃO FELIZ VOCÊ ME FAZ COM TÃO POUCO,É ENORME O SUFICIENTE PARA NÃO CABER EM MINHAS PALAVRAS. EU TE AMO POR NÃO SABER FAZER OUTRA COISA ALÉM DE TE AMAR, E SOFRO POR NÃO AGUENTAR TE VER NO CHÃO,E MESMO PERDENDO AOS 47 DO SEGUNDO TEMPO,MEUS OLHOS AINDA BRILHAVAM,SABE POR QUE ? PORQUE VOCÊ É O MEU AMADO PALMEIRAS ! PARABÉNS PELO SEUS 97 ANOS DE GLÓRIAS, ETERNO AMORE MIO !!!

 Fernando Rovaron

SÓ PRA QUEM É E SABE OQ SIGNIFICA SER PALMEIRAS!!! NÃO DA PRA EXPLICAR ESSE SENTIMENTO, CORRE NA VEIA O CORAÇÃO EXPLODE NO PEITO SÓ PELO SIMPLES MOTIVO DE DIZER ESSE NOME ”PALMEIRAS”…

NA BOA? QUE SE FODA SE FICAMOS 16 ANOS NA FILA, SE GANHAMOS UM PAULISTA NOS ULTIMOS 10 ANOS, SE ESSA DIRETORIA É INCOMPETENTE, SE TEMOS JOGADORES MEDIOCRES QUE NÃO HONRAM NOSSA CAMISA….NO FINAL O QUE IMPORTA É QUE O PALMEIRAS É MAIOR QUE TUDO  ISSO E QUE É IMENSURÁVEL O AMOR QUE TEMOS PELA ENTIDADE….NOSSA TORCIDA É GUERREIRA, VALENTE E CARREGA ESSE TIME NAS COSTAS, EM QQ SITUAÇÃO EM QQ LUGAR NO MUNDO ….chega senão meu coração não aguenta…pra quem me conhece sabe que que as lagrimas correm, mas de emoção, amor, carinho e respeito!!E o melhor de tudo, o Palmeiras me deu amizades como a maioria de vcs, especialmente Bruno (Belo), Salinha, Guina, Maluquinho,Simi, Gé….vcs são foda!!!OBRIGADO MEU PALMEIRAS!!! ATÉ MEU ULTIMO SUSPIRO DEFENDEREI SUAS CORES!!!

AQUI É PALMEIRAS PORRRAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!

Irilberto Mendes

Aqui quem lhes escreve é Irilberto Mendes, neto do General Adalberto Mendes, agradeço demais esta homenagem que fazem a meu querido avô, estou muito grato a todos vocês por esta reportagem e que nunca deva ser esquecida pelos torcedores do Palmeiras e que isso mostre a todos o que é ser realmente um Palmeirense vibrante, nato e sonhador em prol dessa grande agremiação. Mais uma vez obrigado a todos pela homenagem e lembrança deste dia tão heroico para vocês Palmeirenses.

33 ANOS REPRESENTANDO

Posso me orgulhar em dizer que faço parte de um terço da história do Palmeiras. A bem da verdade, foram 26 anos sem títulos, mas em apenas 7 anos pude ver esse time ser bi campeão brasileiro, 4 vezes campeão paulista, campeão da Copa do Brasil e campeão da Libertadores. Pra mim já é o bastante, não meço meu amor pelo Palmeiras pelo que o Palmeiras me dá de conquistas. É o oposto. Meu amor pelo Palmeiras eu meço naquilo que eu faço pelo Verdão. Este blog é só uma das tantas provas de amor, e muitas outras virão. Nesses tantos outros anos em que não vi títulos, pude construir infindáveis amizades nos estádios, na esquina do alviverde, na L’Osteria, na Mancha, sempre movidas pelo mútuo amor incondicional à Sociedade Esportiva Palmeiras. A seguir, um pouco do que é, pra mim e pros meus, ser parte dessa torcida que canta e vibra:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Parabéns, Meu Verdão Querido! Sempre ao seu lado, cantando, vibrando e te defendendo contra tudo e contra todos.

AVANTI PALESTRA!

Tem Jogo! Palmeiras x Vasco – Sulamericana Round1 Jogo de Volta

Esta quinta-feira pode ser o início de uma semana perfeita pro palmeirense.

Segunda-feira foi dia de resignação, mais um ano sem vitória no Panetone. Por outro lado, a certeza de que o time jogou mais e mereceu vencer compensaram o sabor de injustiça pelo empate, mais uma vez roubado. Pra completar, saiu pela culatra a tentativa da gambazada de prejudicar o ambiente do Palestra pro jogo de domingo. Quem tem amigo em Osasco já sabe há muito tempo que o Kleber era Gambá e foi da Gaviões. GRANDE MERDA…

Agora a parada é o Vasco na Sulamericana. Os cariocas não tão nem aí pro torneio, o que pode até ser ruim pro Palmeiras, pois ele vão jogar sem preocupação nenhuma. Por outro lado, o time deve ser reserva, já que o Vasco cresce na disputa do Brasileiro e vai optar por poupar alguns de seus jogadores.

Foda-se eles. O que importa é o Palestra. O resultado que elimina os penaltis é 3×0. Já o 2×0 é loteria. Por isso mesmo, o Palmeiras deve ser mais ofensivo que de costume. O losango do Madureira deve ter Valdivia no meio, Luan na esquerda, Maikon Leite na direita e o #30 na frente. Patrik fica no banco. Mauricio Ramos segue fora. E Araujo pode perder a vaga pro Chico. Assim, o Palestra joga com Marcos, ButtHead, Thiago Heleno, Henrique e Gerley; Chico, Marcos Assunção, Valdivia e Luan; Maikon Leite e #30.

Mas não vai ser nada fácil. O juiz é aquele careca sem vergonha, com quem o Palmeiras perdeu as 4 últimas partidas apitadas pelo encéalo lustroso. O bandeirinha é aquele narigudo sem vergonha, que adora arrumar encrenca com técnicos. Felipão e o Leão que o digam… Por isso mesmo que o Felipão nem vai pro banco. Amanhã é com o Murtosa. Último jogo dele foi em 15 de julho de 2010, vitória do Verdão sobre os lambaris, 2×1 no Pacaembu. Mesmo assim, o espirito copeiro de Scolari estará presente, assim como já vimos no ano passado neste mesmo torneio, nesta mesma fase, neste mesmo Pacaembu…

Então vai que é nóis, Verdão! O Pacaembu deve encher e a torcida vai jogar com o time pra vitória. E o placar vai ser exatamente o necessário. 3×0, Assunção, Thiago Heleno e Luan.

17:30, no BuimBom. E vamo que vamo. Vamo que domingo vai ter Gambá atropelado em Prudente…

AVANTI PALESTRA!

Bambi 1×1 Palmeiras – BR2011

De novo, o Palmeiras flertou com a vitória naquela pocilga da pederastia, mas ela não veio.

Jogamos mais bola, como sempre, mesmo com a inexplicável escalação com 03 volantes, o que levou Márcio Araujo a atuar quase que como atacante. Vai entender o Felipão… menos mal que no intervalo ele corrigiu a cagada. Para constatar o melhor desempenho do Verdão contra as frangas, basta ver que Marcos fez uma única defesa em todo o jogo, enquanto que o goleiro de hockei deu a sorte de 3 gols feitos do Palmeiras terem ido em cima dele, duas vezes com Luan e uma com Patrik.

E pra manter à risca a maldição daquele estádio cretino, o Palmeiras tomou o gol no final do primeiro tempo, justamente quando já tinha neutralizado toda e qualquer pressão que o fator casa pudesse significar pras bichas (afinal deu vergonha da torcida delas, botaram 13 mil num clássico?).

No intervalo, Márcio Araujo, o nosso atacante do primeiro tempo, deu lugar ao Maikon Leite, e o Palmeiras finalmente pôde ir pra cima correr atrás do prejuízo. Não demorou muito e na cobrança de falta do morto do Assunção, Henrique desviou, o goleiro de Hockei ameaçou ajoelhar, ameaçou levantar o bracinho, mas não pôde fazer nada. 1×1.

Aos 40 do segundo tempo, depois do juiz safado ter deixado os zagueiros bambis baterem no Kléber o jogo todo, sem punição (enquanto que o ButtHead foi amarelado na segunda falta, e não pega os Gambás na semana que vem), veio o lance capital: Kléber tomou um tranco por trás dentro da área… penalti? Imagina, nunca contra as bichas no Panetone…

Fim de jogo e outro empate injusto naquele antro maldito. Já são 5 jogos sem vencer na temporada, e 18 sem ganhar na Gaiola. Hoje a evolução que o time vinha tendo nos últimos jogos só foi vista no segundo tempo, quando o time foi escalado com coerência. Márcio Araujo de meia atacante não dá, né Felipão? Podíamos estar comemorando vitória, não fosse essa peripécia, hein, chefe… Mas, enfim… que venham o Vasco e os Gambás!

OS LANCES:

 

 

AS FOTOS:

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.


A FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 1 X 1 PALMEIRAS

Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/hora: 21/8/2011 – 16h
Árbitro: Cleber Wellington Abade (SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcio Luiz Augusto (SP)
Público e renda: R$ 587.700,00 / 16.813 pagantes
Cartões Amarelos: Cicinho (PAL)

GOLS: 41’/1ºT, Dagoberto (SPO); 16’/2ºT, Henrique (PAL)

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Rhodolfo, Xandão e João Filipe; Piris, Wellington, Carlinhos, Rivaldo (32’/2ºT, Cícero) e Juan; Dagoberto e Fernandinho (24’/2ºT, Marlos). Treinador: Adilson Batista.

PALMEIRAS: Marcos, Cicinho, Leandro Amaro, Henrique e Rivaldo; Chico, Marcio Araújo (Intervalo, Maikon Leite), Marcos Assunção e Patrik (33’/2ºT, João Vitor); Luan e Kleber. Treinador: Luiz Felipe Scolari.

AVANTI PALESTRA! 

Tem Jogo! Bambi x Palestra – BR2011

Nada melhor do que cruzar a escrete da Floresta Encantada pra dar início à reabilitação do Palmeiras na temporada. Não são poucas as passagens na história em que o Palmeiras ressurgiu em cima da bixarada.

A mais marcante delas, em 1942, conhecida por Arrancada Heróica, é emblemática pra qualquer palmeirense e dispensa explicações. Mas, nos últimos anos, o Verdão não tem se dado bem contra a escória do Jardim Leonor. A última vitória no Panetone foi em 20 de março de 2002, uma quarta-feira à noite data em que se viu o que José Silvério chamou de um gol pra enfeitar o futebol. Eu estava lá:

De lá pra cá, segundo levantamento do Barneschi no Forza Palestra, são 6 empates e 11 derrotas. É como se aquele gol tivesse amaldiçoado o Palmeiras naquele Panetone maldito.

Mas não é nada disso. Boa parte dos resultados foram conquistados pelo Bambi daquele jeito de sempre, na mão grande. contando com a ajuda indispensável da arbitragem. Os jogos da Libertadores de 2005 e de 2006, eu também estava lá, são emblemáticos. O último então, depois do vergonhoso roubo de Wilson de Souza Mendonça, aquele que conseguiu ser afastado da Federação Pernambucana de Futebol, quase provocou minha longa ausência dos estádios, tamanha a frustração de ver o time ser prejudicado sem a menor dó. Mas, eu não desisti.

Foi também contra as gazelas, no Morumbi, que eu pude ver Cesar Sampaio dar um gol pro Animal e marcar um golaço inesquecível. Foi na seminifinal do Brasileiro de 1993, mas vocês já sabiam disso:

Amanhã, é dia de ressurgirem essas pinturas como a do Alex ou do Monstro de Palestra Itália, e acabar de vez com essa zica na Gaiola das Loucas. Vai depender muito da atuação de Cleber Wellington Abade, o responsável pela arbitragem do jogo deste domingo.

Os cartões amarelos do jogo contra o Bahia nos custaram Valdivia, Tiago Heleno e Vermey para o clássico. Entram Patrik, Leandro Amaro (Chico) e Rivaldo. A ausência do Mago será muito sentida, mas analiso essa questão de uma maneira diferente. Valdivia contra os Gambás vai ser imprescindível. Imagina o ódio que ele não deve estar dos pebinhas, depois que ficaram imitando o chute no vácuo após a semifinal do Paulista desse ano, quando o Mago se contundiu no lance. Os Gambás vão pagar caro por isso…

O Verdão deve ir a campo com Marcos; ButtHead, Leandro Amaro, Henrique e Rivaldo; Araujo, Assunção, Patrik e Luan; #30 e Maikon Leite.

Já os Bambis não terão Lucas, e deve ir a campo com Goleiro de Hockei; Piris, Xandão, Rhodolfo e Juan; Wellington, Carlinhos Paraíba, Cícero e Rivaldo; Dagoberto e Fernandinho.

Está na hora de reagir, Palestra! Pra cima das gazelas! OOOOO VAMO GANHA PORCOOOOOOOOOOO!

Palpite do Maluquinho: 1×0, gol de Henrique.

AVANTI PALESTRA!

PorcoNews n. 46

Boa noite, palestras! PorcoNews is on!

EU QUERIA SER UMA MOSCA…

Pra saber o que o Frizzo e o Felipão conversaram hoje no CT… Deixo pra vocês a imaginação sobre o diálogo. Eu imagino que o Felipão queria saber a receita secular de molho de tomate siciliano da familia Frizzo, mas o vice-presidente e recusou a divulgar. Afinal, segredos de família, só para os amigos…

COLETIVA DEPOIS DO JOGO

Felipão mandou bem na entrevista após o jogo de ontem. Foi sereno e resignado, calmo, não entrou na onda dos repórteres (que queriam sangue, como sempre) e mostrou que não vai ser um velho senil que, por acaso, é conselheiro do clube, que vai acabar com a paz dele. A cobertura completa das entrevistas do jogo dessa quinta é de Alex Muller.

RICARDO BUENO

É do Palmeiras. Jogador, Galo e Palmeiras  chegaram num acordo e o atleta jogará pelo Palmeiras neste Brasileirão. Quem garante é o empresário do jogador, em entrevista pro Lance!. Vamos aguardar a confirmação. Ricardo Bueno surgiu no Oeste de Itapolis em 2010 (depois de passar pelo Gremio sem jogar), quando marcou 16 gols em 19 jogos pelo Paulistão do ano passado. No Galo, não repetiu a mesma boa fase e amargava a reserva daquele time ridículo que conseguiu tomar uma virada vexatória dos Gambás no meio da semana.

Portanto, é cedo pra falar se vai ser um bom reforço ou não. Vai depender de como o Felipão for escalar o rapaz, de como a camisa vai pesar…

TELMÁRIO

O atacante ficará fora do Palmeiras por pelo menos 60 dias. Em menos de um ano de clube, é a segunda contusão grave do jogador. Fazer o quê… É pagar salário pro cara não jogar de novo. Logo agora que o Felipão entendeu que o Judas não é centro avante e o Telmário vinha sendo utilizado como referência na área, e o time ia ganhando um novo padrão tático,  como visto especialmente no jogo contra o Vasco no domingo passado. Mas não dá pra lamentar não. Sou muito mais ver o Vinicius tendo uma chance, sobe o Miguel Bianconi e o próprio Ricardo Bueno, se vier, sei lá. Só sei que o Telmário é muito fraquinho, a começar pela escolha do apelido… Melhoras e, depois, siga seu caminho, meu jovem.

VAMO MATA OS BAMBI

A célebre frase, do ex-presidente Belluzzo, representa bem como o palmeirense se sente toda vez que vamos jogar com o time mais imundo da história do futebol. Este blog não cansa de endossar a vontade do palestrino em atropelar a bixarada a cada vez que os times se cruzam.

Ainda na primeira semana de vida do Blog, tivemos o clássico no Pacaembu do ano passado, que o Palmeiras não mereceu perder, mas perdeu, pra variar um pouco. Antes do jogo, fiz um post sobre as gazelas do Jardim Leonor, que fica aqui reproduzido:

A seguir, um pouquinho do que queremos ver no domingo: vamos tirar as meninas pra dançar!

(Créditos: Youtube)

Valdívia humilha em castelhano:

Alex – Soberano:

Galeano é foda!

Robert (ahahah)

Mancha

E, por fim, uma foto do acervo pessoal: Marisa…

Vai PALESTRA!!! Pra cima delas!

AVANTI PALESTRA! 

 

%d blogueiros gostam disto: