Palmeiras 3×0 Sardinhas – BR2011

Nada como pegar o freguês pela frente. Chupa Muricy! Chupa 3 vezes.

O Verdão não se ressentiu da ausência de Lincoln e do Judas e só precisou de 45 minutos pra liquidar o fraco time santista, que jogou desfalcado de Neymar, Ganso e Elano, mas com a zaga titular campeã da Libertadores, já que o Pará substituiu Jonatan em vários jogos pela competição sulamericana.

No ataque, Felipão colocou Dinei no lugar do Iscariote, que foi bem e não deixou a desejar, e com Patrik no lugar do Lincoln, também muito bem. Ainda contamos com a volta de Gabriel, mais um de ótima atuação, e com a presença dessa vez regular de Leandro Amaro na vaga do suspenso TH.

Aos 20, jogada do Gabriel pela esquerda, bola rolada pro Luan (outro que jogou bem) e colocada com precisão pro Maikon Leite, na cara do goleiro, que ele deixou no chão antes de abrir o placar.

Mais um pouco e num escanteio de Assunção, Mauricio Ramos fez o segundo.

E numa jogada típica de Luan, na qual ele roubou a bola na defesa pela esquerda, correu o campo inteiro, errou o cruzamento, ganhou o rebote do zagueiro, rolou errado pro Patrik, que passou pro Araujo, a bola espirrou no zagueiro e sobrou na área pro #40 sentar a bota, cruzado no ângulo, pra fazer 3×0. GO-LA-ÇO!

No segundo tempo, o Verdão administrou o resultado e não sofreu muito perigo com o Santos, tirando uns dois lances do Borges que o Marcão teve que isolar a bola. Felipão ainda colocou Tinga no Maikon Leite, João Vitor no ButtHead e Pierre no Patrik. Mas foi só. Só? Foi ótimo!

Mudando um pouco de assunto, como bem anotou meu amigo @DivinoBlog, a diferença entre a ausência do Lincoln e do Judas hoje foi simples. Enquanto o Lincoln agiu como homem e pediu para não ser relacionado porque ele tinha proposta e assim poderia ir embora para outro time, o Judas desacatou o departamento médico do clube e a comissão técnica e arrumou um exame médico pra dizer que tava machucado, não se dirigindo à concentração com o restante do elenco. Por mim, Judas, enrole o exame e entoche dois palmos pra dentro do seu rabo, sem-vergonha!

Assim como Judas, o Iscariote, que traiu Jesus por 30 peças de prata, o @KleberJudas30 jogou todo o prestígio que tinha com a torcida numa lata de lixo, deixando o time na mão por causa de dinheiro. É uma atitude intolerável não só para a torcida, mas para o próprio elenco.

Resta agora a diretoria do Palmeiras ter pulso firme. Se ele ficar, deve ser punido como seria  qualquer outro jogador, pela absurda insubordinação. E se sair, que o Palmeiras exija de qualquer interessado aquilo que tem direito por contrato. No caso, R$ 140 milhões. Se ninguém quiser pagar, que treine separado em Guarulhos junto com os outros renegados.

Felipão, aliás, já anunciou que deverá tomar com o Judas a mesma atitude que teve com Tinga. Assim se espera. A palhaçada deve lhe custar a braçadeira de capitão e, se fosse no meu time, ainda ia ter que jogar com “PEÇAS DE PRATA” escrito no lugar do nome, logo abaixo do seu número, coincidentemente, o 30.

Domingo que vem, com ou sem o Judas, vamos derrubar o último invicto do ano. Não será fácil, mas se o Verdão jogar como hoje, depenamos os urubus. E, é um mero palpite, mas acho que tem um certo dentuço aí que vai sentir uma fisgada na coxa durante a semana…

OS LANCES DO JOGO:

AS FOTOS:

Este slideshow necessita de JavaScript.

OS VÍDEOS DA TORCIDA:

A FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 3X0 SANTOS

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 10/7/2011 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Herman Brumel Vani (SP)

Renda/público: R$ 444.239,00 / 16.751 pagantes
Cartões amarelos: João Vítor (PAL); Léo, Pará (SAN)
Cartões vermelhos: –
GOLS: Maikon Leite, 20’/1ºT (1-0); Mauricio Ramos, 29’/1ºT (2-0); Patrik, 44’/1ºT (3-0);

PALMEIRAS: Marcos; Cicinho (João Vítor 33’/2ºT), Maurício Ramos, Leandro Amaro e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção e Patrik (Pierre 43’/2ºT); Maikon Leite (Tinga 23’/2ºT), Luan e Dinei. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

SANTOS: Rafael; Pará, Edu Dracena, Durval e Léo; Possebon (Roger Gaúcho, intervalo), Arouca e Danilo; Diogo (Tiago Alves 17’/2ºT), Borges e Rychely (Felipe Anderson, intervalo). Técnico: Muricy Ramalho.

AVANTI PALESTRA!

Publicado em 11/07/2011, em Palmeiras em Campo e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Maluco, Santos o caraio lugar de peixe é dentro do aquário… E o palmeiras está acima de qualquer jogador , Se o Santos estava desfalcado existem 2 problemas 1 problema do Santos e outro é do Palmeiras então que se dane ontem nosso verdão jogou bonito e definiu como sempre esperamos, não precisamos de estrelas e sim jogador com vontade com atitude, Kleber agiu como um judas sim, não merece o respeito que ele adquiriu, pelo menos o meu e o Palmeiras deu um show sem ele é assim que tem que ser …

  2. É nóixxxxx ,e acho q o jogo contra os Urubus será daq 10 dias . abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: