Arquivo diário: 30/06/2011

Palestra 2×0 Atlético/GO – BR 2011

Boa vitória pra 9.450 pagantes no maldito Canindé. Não me importa que seja a sétima vitória seguida no Estádio, sem tomar gols, que o Palmeiras não perde lá desde 2001, o Palmeiras é imenso e tem que jogar no Pacaembu enquanto a Arena não fica pronta. E outra coisa, jogar as 19:30 é outra vergonha. Se a diretoria é tão preocupada em economizar, devia saber que jogar no Canindé as 19:30 é perder dinheiro… Qualquer trainee sabe disso.

Vamos ao jogo.

O Palmeiras jogou contra o Atlético/GO como devia jogar sempre: sem tomar conhecimento desse modesto time de colhedores de tomate, dominando e pressionando a todo momento. As voltas de ButtHead, Gabriel Silva e Mauricio Ramos ao time foram boas, assim como tiveram muito boas atuações o Márcio Araujo e o Assunção, tão criticados aqui em outros tempos.

Tiago Heleno continua sendo excepcional na zaga, não perde uma bola, por cima ou por baixo. Luan também foi bem, acima da sua média normal e não tão espetacular como nos últimos jogos. Mas, na média geral foi bem.

A decepção segue com WPalestra e Lincoln. O primeiro até que se esforçou, jogou na sua posição de origem todo o primeiro tempo e parte do segundo (num determinado momento da segunda etapa Felipão o colocou pela direita), até acertou uma bola na trave, mas continua sem repetir as boas atuações que tinha com a camisa do Botafogo e do Cruzeiro. Começo a pensar que de repente a camisa tá pesando um pouco. Força, mano, você é bom jogador!

Do Lincoln eu já desisti. Realmente se eu fosse o Kléber estaria puto de ganhar menos que um jogador inoperante no elenco (embora eu discorde plenamente de como o Kléber tá conduzindo a situação). O pior é que o cara é muito bom, acima da média, mas dá uma impressão de que sempre falta alguma coisa, vontade, garra, sei lá. Já encheu.Volta logo, Mago!

E teve ainda o retorno do Tinga, que eu não vou cornetar, vou dar uma folga pro menino, que tem potencial. Mas hoje, faltou futebol de novo.

A estrela da noite, como já era esperado, foi o estreante Maikon Leite. Jogou muito, fez gol, driblou, correu, roubou bola, foi até meio fominha, mas mostrou que, finalmente, o Palmeiras está acertando em cheio nas contratações, assim como com TH e Butthead. Falta só mais um zagueiro e um meia, diretoria, bora trabalhar!

E o Kleber, que hoje não jogou por conta de um edema muscular na coxa (hã?), não fez tanta falta como em outras partidas. Continua sendo o jogador mais importante do elenco, mas se ele for embora, o Palmeiras não vai acabar. Que essa situação acabe logo, o palmeirense não merece passar essa angústia.

Enquanto isso, a emissora urubu/gambá se deu ao trabalho de subir no ar imagem de que o Kléber não comemorou o gol do Palmeiras lá do camarote, onde assitia o jogo. Sério, qual a relevância disso? Jogador é pago pra jogar bola, não pra se comportar como um fanático de arquibancada. Isso, deixa que a gente cuida. O cara tem que entrar e jogar, que é pra isso que ele é pago. O dia que o Palmeiras precisar de jogador engrossando o coro da arquibancada, vai ter virado o Atlético/GO. Um time que tem 17 milhões de torcedores só precisa de jogador pra jogar, viu Rede Globo?

Enfim, foi uma vitória tranquila, não só pela bela estréia do Maikon Leite, mas também pela consistência do Palmeiras, que se mostra um time extremamente regular e bem disposto, deixando claro que a derrota do último domingo foi normal, faz parte do percurso num campeonato dessa dificuldade, afinal por mais eficiente que seja o time, todo palmeirense sabe que não é time pra ser campeão invicto, assim como não é nenhum outro que disputa o Brasileirão.

Basta ver que os gambás e os urubus, por exemplo, que seguem invictos na competição, rendem bem menos que o Palmeiras em campo. O Flamengo está abaixo na tabela e quem viu o jogo dos gambás ontem sabe que o resultado de ontem foi, no mínimo, injusto e construído a partir de um penalti que, se fosse pro Palmeiras, o atacante tinha levado amarelo.

Próximo compromisso do Palmeiras é contra o América/MG na Arena do Jacaré. Vai ser pauleira de novo, especialmente porque o Coelho perdeu em casa pro Flamengo e segue na rabeira da tabela. Espero que até lá a contusão (hã?) do Kleber tenha passado e essa história de Flamengo seja mais uma piada, de preferência se um dia antes do jogo o Renato Mauricio Prado anuncie o Gladiador na Gávea! kkkkkkkk

OS LANCES DO JOGO (via SPorTV):

A FICHA TÉCNICA (via LANCE!):

PALMEIRAS 2 X 0 ATLÉTICO-GO

Estádio: Canindé, São Paulo (SP)
Data/hora: 30/6/2011 – 19h30
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Auxiliares: Erich Bandeira (PE) e Wilton Lins da Silva (PE)

Renda/público: R$ 242.709,00 / 9.450 pagantes
Cartões amarelos: Luan e Tinga (PAL); Bida e Rafael Cruz (ATG)
Cartões vermelhos: –
GOLS: Maikon Leite, 27’/1°T (1-0); Marcos Assunção, 34’/1°T (2-0)

PALMEIRAS: Marcos, Cicinho, Maurício Ramos, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção (Chico, 38’/2°T) e Lincoln (Tinga, 10’/2°T); Maikon Leite (Adriano, 36’/2°T), Luan e Wellington Paulista. Técnico: Felipão.

ATLÉTICO-GO: Márcio, Adriano (Rafael Cruz, intervalo), Gilson, Anderson e Thiago Feltri; Agenor, Pituca, Bida e Vítor Júnior (Élvis, 18’/2°T); Marcão (Juninho, intervalo) e Anselmo. Técnico: Paulo César Gusmão.

AVANTI PALESTRA!

Tem Jogo! Palestra x Atlético/GO – BR 2011 Rodada 7

Hoje, a partir das 19:30hs, no maldito Canindé, o Palmeiras enfrenta o maldito Atlético Goianense pelo Brasileirão.

Se vencer, o Palmeiras reassume a terceira posição na Tabela, ficando a um ponto das histéricas e a dois dos favelados.

A grande dúvida está na escalação de Kléber para o jogo. A imprensa cada hora fala uma coisa. No Globo Esporte, cravou-se que ele não joga. Outros portais colocam em dúvida a presença do Gladiador no jogo e a condicionam a um teste no vestiário antes da partida.

A grande verdade é que nada disso seria preocupação se o Kléber não tivesse sido extremamente infeliz na entrevista coletiva que deu na semana passada, quando poderia ter acabado de uma vez por todas com a polêmica, se tivesse simplesmente dito que não saía do Palmeiras por nada. Como deu a entender justamente o contrário, fica essa porra dessa angústia. Se eu fosse o Felipão, punha ele no jogo e tirava no minuto seguinte. “- Pronto! Vai ter que cumprir o contrato… Agora pede pro seu empresário puxar o saco do Tirone até os pentelhos caírem pra conseguir um aumento e acaba logo com essa putaria!”

Essa história já me irritou pra caralho. Mas voltemos ao post sobre o jogo…

Assim, se não houver mais nenhuma surpresa no Verdão, o time deve ser Marcos, ButtHead, TH, MRamos e Gabriel, Araujo, Assunção, Lincoln e @luansantanaevc, Maikon Leite e Dinei (Kleber/WPalestra).

Já o maldito Atlético/GO, que ganhou 3 vezes do Palmeiras no ano passado e ainda eliminou o Verdão da Copa do Brasil nos penaltis, em que os desgraçados dos jogadores conseguiram perder cinco penaltis, mesmo com o Marcão pegando 4, deve vir a campo com aquela montanha de refugos de sempre: Márcio; Adriano, Gilson, Anderson e Thiago Feltri; Agenor, Pituca, Bida e Vitor Júnior; Anselmo e Marcão. O Dragão vem de derrota em casa pro Vasco da Gama e vai querer se crescer pra cima do Palmeiras. Até agora só ganhou do Patético, em casa, e do Avai, fora.

Ou seja, é jogo pra vitória.

O Palmeiras vai jogar de novo no maldito Canindé. Um jogo às 19:30 no extremo norte da Capital não deve ter muito mais que 7.000 torcedores. Como explicou o Forza Palestra, é a economia mais burra que já se viu. É só acabar com a porra do Palmeiras B, como prometeu o presidente no Famiglia Palestra TV, que vai sobrar muito $$ pra jogar no Pacaembu e poder contar com um público de 15 a 20 mil pagantes… Eu, como além de tudo estou de férias, não vou ao Canindé hoje. Se queiserem ver meu $$ de novo, como ocorreu em todos os outros jogos dessa temporada, vão ter que voltar a jogar no Pacaembu. Aliás, como vai ser contra Santos e Flamengo, jogos em casa que estão marcados pro Pacaembu nos próximos dias 10 e 17, com o time disputando pontos importantes e há mais de 02 meses sem jogar naquele gramado? É foda tanta burrice, viu…

Enfim, voltando de novo ao post sobre o jogo de hoje, a vitória é a única alternativa. Alow, zaga! Chega de tomar gol de escanteio, hein???? Espero um 4×0 massacrante pra cima dos plantadores de tomate. Palpite do Maluquinho: 2 gols do Maikon Leite e dois do sertanejo vesgo, e com isso o Maluqueiras vai arregaçar no CartolaFC! E pro Kleber, que fique claro que com ou sem ele, aqui é Palmeiras sempre!

AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: