Ruínas da Pompéia

Perto do que aconteceu na última semana, desde que, na segunda-feira à tarde, começavam a ser definidos os detalhes sobre o clássico, com a escolha do Pacaembu para o jogo, digo que o dia até que ia sendo tranquilo.

Poucos gambás quiseram tirar um sarro, fora um ou outro que são tapados incorrigíveis e se bobear até acreditam que o Palmeiras não foi prejudicado ontem, ou que o Gambá jogou melhor… Falar o que, cada ignorante no seu quadrado.

Ainda sobre a arbitragem, pra afastar a fama de paranóico do palmeirense, destaco a isentíssima avaliação postada no twitter pelo comentarista Luis Ademar, da SporTV, a opinião de Alessandro Abate, no Lance! (com quem praticamente nunca concordo), a análise de Antero Greco, no Estadão, e a surpreendente matéria do quase sempre debochado Globo.Esporte, com a contribuição de Casagrande (que tinha dito, no primeiro jogo do ano, que o Palmeiras não tinha a menor chance de ser campeão e, ao que parece, se redimiu) e Caio Ribeiro:

Perdemos, mas fomos prejudicados e, mesmo com um a menos, fomos melhores. Nada diferente do que, de cabeça muito quente, postei aqui no Blog ontem. Orgulho de ser palmeirense! Página virada e, em agosto, tem mais, gambazada! E sem PCO, pelo amor de Deus!

Agora, o que preocupou hoje é o possivelmente insuperável abismo que acabou escancarado entre comissão técnica e diretoria. Claramente falta sintonia e, principalmente, comunhão de interesses.

Lembrem, palestrinos, que o Felipão não concedeu NENHUMA entrevista durante a semana, EM ESPECIAL depois do sorteio de araque que ratificou que a arbitragem seria do Paulo Cesar Oliveira. Foi a Diretoria que, na tarde de quarta-feira, levantou a questão de que o Palmeiras jamais teria escolhido esse árbitro para o jogo e que novo sorteio deveria ter sido realizado.

Muito desinformado dizendo que foi o Felipão quem criou um clima de guerra para o clássico mas, na verdade, foi a declaração da nossa Diretoria na quarta-feira que acirrou demais os ânimos (veja aqui).

Destaco trechos:

“Entendemos que após essa matéria deveria ter sido tomado o cuidado de excluí-lo do sorteio. É o campeonato mais importante do país e teve um desenvolvimento bonito. Com isso, corre o risco de ser desacreditado e criticado O Palmeiras acredita no bom senso da Federação para alterar essa condição. Entendemos que isso possa colocar em risco até a segurança do jogo. A torcida pode ter atitudes de protesto e até nossa integridade poderia ser ameaçada. Isso é preocupante”

e

“O Ministério Público deve ter a preocupação aumentada. Faço uma solicitação da Federação para que se reconsidere isso. Me preocupa o sucesso do Campeonato Paulista. O árbitro fica em posição de pressão, assim como a Federação. E nós ficamos em uma posição injusta “

Acabado o jogo, Felipão com sangue nos olhos, com muita razão, jogou merda no ventilador. Ao que deveria ter sido APOIADO pela Diretoria, especialmente pelo VP de futebol, que aquela altura, supreendentemente, dava entrevista fingindo que nada tinha acontecido.

Pra completar, Felipão falou o que todo mundo já sabia mas que ninguém admite saber: o Morumbi, 0nde o técnico e os jogadores queriam jogar, está sendo boicotado por todos os lados para favorecer a ilusão de a Copa do Mundo ser aberta em Itaquera. Jogo importante no Morumbi e sem os Bambis, nem a pau, Juvenal…

Daí hoje vem a cúpula palmeirense dizer que escolheu “sozinha” o Pacaembu e que o técnico não havia pedido pra jogar no Morumbi. Disse ainda, que não vai representar na FPF contra a péssima atuação do árbitro no jogo de ontem (veja aqui)… COMOFAZ???

Como pode em tão poucos dias nossa Diretoria passar de indignada e combativa pra resignada e submissa? Alguém explica?

Felipão ficou completamente vendido e, pior, totalmente abandonado pela Diretoria. Depois das afirmações que fez ontem, deverá responder processo, pegar gancho longo, enfim, segurar o rojão sozinho, enquanto que a Diretoria do Bananeiras, digo, do Palmeiras, tira o cu gordo e enrugado da seringa.

Enquanto o técnico luta e se prejudica pessoalmente pra defender os interesses exclusivos do clube (do qual ele é apenas empregado…), vê a diretoria fingindo que não é com ela, mais preocupada em tretar com a W.Torre do que acompanhar corretamente os bastidores do futebol e lutar pelo melhor para o Palmeiras.

Aí fica difícil…

AVANTI PALESTRA!

Publicado em 03/05/2011, em Visão da Arquibancada e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: