Arquivo diário: 03/03/2011

Chegou a nossa hora! Mancha Veeeeeeerdeeeee!!!

Ah, muleque! Agora é com nóis mesmo!

Amanhã, seja na Avenida ou na Arquibancada do Anhembi, nos camarotes ou pela TV, quem é manchista vai sentir o coração bater mais forte!

Quem frequentou o barracão ou os ensaios da escola, e até mesmo quem só parou um minuto pra ouvir o samba deste ano sabe do que eu tô falando.

Não vejo a hora de estar na concentração e ver o Vaguinho pedindo aquela benção e depois já emendando com AQUELE ESQUENTA Verdadeiro orgulho de um povo!

Vamo quebrar tudo amanhã! Onde quer que você esteja, lembre que às 3hs da manhã do sábado uma nova história vai estar se desenhando no Carnaval! Chegou a nossa vez

Sai do chããããããooooooo! Sai do chããããããooooooo! Sai do chããããããooooooo!

O bicho vai pegá! O coro vai comê!

É  VERDE O SANGUE QUE CORRE NA VEIA,

MANCHA, ETERNA GUERREIRA!

AVANTI MANCHA!

Palestra 5×1 Comercial/PI – Copa do Brasil

Ô placar mentiroso…

Cheguei no Pacaembu animado com a notícia que tinha ouvido no rádio: Kléber, Luan e MJ na frente e Tinga fora.

Mas, foi só subir na arquibancada e ver o Tinga lá e o time de novo com três volantes, num 4-4-2 conservador (pra ser educado) pra enfrentar o temido Comercial/PI.

E, obviamente, o time até produzia, mas esbarrava na incompetência dos finalizadores. Os palmeirenses perdiam um, dois, três gols até que tomaram o primeiro, que me gelou a espinha até ver a bandeirinha levantada.

Mais alguns minutos, mais uma chuva de gols perdidos e lá vai outra bola pra rede do Palmeiras. Anulado de novo! Ufa…

Ainda deu tempo do Mago perder um penalti e o Comercial ficar com um a menos. Só quando se concretizou a segunda expulsão, as coisas mudaram.

MJ fez o primeiro, e o segundo, o terceiro e o quarto gols. Um chute rasteiro e três cabeçadas. Gabriel fechou a conta.

Agora, o que impressiona e é inexplicável foi a proeza da zaga, que conseguiu sofrer um gol de um modesto time do Piauí com dois jogadores a menos. Mas, pra mim, não é surpresa alguma. Danilo vendido, TH parecendo um boi e MR de malas prontas… não adianta nada trazer camisa 9 se a zaga vai continuar essa peneira…

Algumas coisas sigo sem entender: o que torna o Caramujo inamovível? Qual a função tática do Assunção? Se o Felipão elogia tanto o Patrik, porque não botar o TInga no banco? Chico foi contratado pra ser reserva?

Mesmo assim, a ótima atuação do MJ foi o que salvou. Fez cinco (um foi anulado), e nos últimos três jogos, marcou em todos, inclusive contra as donzelas. Merece não sair mais do time.

Nas arquibancadas, o que não se viu: torcedores. Menos de 4.000 pagantes é lamentável. Parabéns à incompetente diretoria, que deveria ter baixado o preço depois do vacilo da semana passada lá em Piauí…

Mas a gente tava lá, no que acabou virando uma autêntica reunião da Mídia Palestrina: os administradores deste Blog e mais o Verde dos Verdes, Divino e REC na mesma chapa.

À exceção do fotógrafo, os rostos dessa trupe desenhavam bem a situação do início de jogo.

É certo que o time não ajuda, mas continuo achando que o Felipão podia achar uma formação menos capenga, com apenas um dos três titulares atuais (Tinga, Assunção e Caramujo). Custa tentar?

Bom, que venha o Uberaba!

As fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Ficha Técnica:

PALMEIRAS 5X1 COMERCIAL

Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 2/3/2011- às 21h50 
Árbitro: Marcio Chagas da Silva (RS)
Auxiliares: Marcelo Bertanha Parisson (RS) e Tatiana Jacques de Freitas (RS)
Renda/público: R$ 134.461,00/ 3.509 pagantes
Cartões amarelos: Marcos Assunção, Cicinho, Thiago Heleno (PAL); Evandro, Izael, Tiaguinho (COM)
Cartões vermelhos: Rafael, 6’/2ºT (COM); Evandro, 11’/2ºT (COM)
GOLS: Adriano, 16’/2ºT (1-0); Adriano, 20’/2ºT (2-0); Binha, 27’/2ºT (2-1); Adriano, 32’/2ºT (3-1); Adriano, 34’/2ºT (4-1); Gabriel Silva, 38’/2ºT (5-1)

PALMEIRAS: Deola, Cicinho (Patrik, 15’/2ºT), Thiago Heleno, Danilo e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção (Chico, 21’/2ºT), Tinga e Valdivia; Kleber (Luan, 25’/1ºT) e Adriano. Técnico: Felipão.

COMERCIAL-PI: Neto, Barata, Junior Soares, Rafael e Tiaguinho; Ivanzinho, Fred, Evandro e Izael (Binha, 18’/2ºT); Tony (Paulinho, 42’/2ºT) e Zé Rodrigues (Bizerra, 13’/2ºT). Técnico: Anibal Lemos.

Os Gols:

 

Os palpites – o Beto quase faturou:

 

AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: