Arquivo diário: 31/01/2011

oINctacampeão!

Ainda é cedo pra atirar a primeira pedra, mas…

Boa noite palestrinos primo campione mondiale, oINctacampeões brasileiros!

Ontem no TV Famiglia Palestra, programa do qual já tive a honra de participar (não canso de lembrá-los!), Roberto Frizzo foi o convidado e foi entrevistado pelo Tarso, Protti, Formigão e Baianão.

Quem perdeu o programa pode assistir a íntegra no seguinte link.

Lá pelas tantas (a partir dos 47 minutos do vídeo), o Formigão perguntou pro Frizzo o que ele achava da proposta de separar o clube social do time de futebol, entenda-se, manter incomunicáveis as receitas de um e de outro, fórmula que sabidamente resultou em sucesso em outros clubes, como por exemplo o Inter.

Frizzo não concordou, disse que não dava pra dividir o clube social do futebol porque a teta da vaca era a mesma. Em meio ao debate sobre o tema, Formigão insistiu e disse que os donos do Palmeiras são os 18 milhões de torcedores, razão pela qual a receita do futebol não poderia se comunicar com o clube social, para ouvir em resposta que os 18 milhões não são donos, porque eles não pagam pro clube. Os donos são os 15 mil sócios, que são os condôminos… eles que compraram o título, eles que pagam.

Eu quase caí do sofá. Quer dizer que você que é torcedor do clube mas não é sócio, que paga R$ 160,00 para usar uma camisa oficial do Palmeiras; que paga R$ 40,00 pra assistir em pé a um jogo de futebol, muitas vezes com jogadores que você não pararia pra ver jogando num desafio ao galo; que pega uma caravana e vai acompanhar o Palmeiras fora do Estado, viajando 20 horas de busão num final de semana; você que gasta setecentos paus por ano de pay-per-view, você NÃO IMPORTA!

Quem importa são os octagenários que frequentam as quadras de Bocha, porque eles pagam a mensalidade de R$ 50,00. Esses são os verdadeiros agregadores de valor à Sociedade Esportiva Palmeiras. É pra eles que devem ser dirigidas as mulambas campanhas de marketing…

O programa foi pro intervalo e o Formigão nem voltou, de tão puto que deve ter ficado. O Protti deu a oportunidade do Frizzo tentar consertar – sem muito sucesso – e a entrevista continuou, até que o Tarso perguntou se havia possibilidade de numa futura eleição direta os sócios-torcedores terem possibilidade de votar.

A resposta, imediata, foi acho que não, porque eles não são sócios do clubeNós não podemos deixar o destino do clube tão na mão de pessoas que não tiverem um mínimo de vivência dentro do clube.

Resumo da ópera: o Palmeiras não é dos 18 milhões de torcedores, que sustentam o clube e são a única razão de a SEP não ter virado o “Palmeiras de Desportos”, como diz o Milton Neves, nesses 11 anos sem conquistas expressivas e uma visita ao Purgatório da Série B. Mas, o Palmeiras também não é dos seus 15 mil sócios, que pagam a mensalidade do clube e sustentam as despesas sociais…

… o Palmeiras é dos 288 conselheiros que conhecem quem é quem, que acompanham o dia-a-dia do clube, esses sim são os verdadeiros donos do Palmeiras.

Essa é a esplêndida visão da nossa nova diretoria. Quero muito crer que isso não passou de um mal-entendido. Por favor, que assim seja!

É muito cedo pra criticar, pra condenar ao insucesso a nova diretoria. Até ontem, o discurso vinha sendo coerente e o episódio aqui narrado pode ter sido um simples equívoco. Mas o alerta tem que ser dado desde já. Se não for repelida a mentalidade retrógrada e, de certa forma, feudal que há muito assombra o Palmeiras, é melhor o palmeirense manter suas expectativas baixas e a corneta em mãos.

Se os exemplos de sucesso forem desprezados assim como o Diabo fugiria da Cruz, aí sim que o Diabo-boi vai ter que fugir mesmo da Cruz (de Savóia), da Mancha, da TUP, da Pork’s e dos outros 18 milhões de “insignificantes” torcedores do Palmeiras…

Que o espirito do Tirone pai se apresente e ajude que o Tirone filho tenha um pouco mais de visão do que pareceu não ter seu vice presidente de futebol, para promover as reformas estatutárias tão necessárias e, principalmente, que tenha  sabedoria de agregar ao departamento de futebol um gestor profissional e um diretor de marketing dos mais competentes.

Porque pelo andar da carroça…

AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: