Arquivo mensal: janeiro 2011

oINctacampeão!

Ainda é cedo pra atirar a primeira pedra, mas…

Boa noite palestrinos primo campione mondiale, oINctacampeões brasileiros!

Ontem no TV Famiglia Palestra, programa do qual já tive a honra de participar (não canso de lembrá-los!), Roberto Frizzo foi o convidado e foi entrevistado pelo Tarso, Protti, Formigão e Baianão.

Quem perdeu o programa pode assistir a íntegra no seguinte link.

Lá pelas tantas (a partir dos 47 minutos do vídeo), o Formigão perguntou pro Frizzo o que ele achava da proposta de separar o clube social do time de futebol, entenda-se, manter incomunicáveis as receitas de um e de outro, fórmula que sabidamente resultou em sucesso em outros clubes, como por exemplo o Inter.

Frizzo não concordou, disse que não dava pra dividir o clube social do futebol porque a teta da vaca era a mesma. Em meio ao debate sobre o tema, Formigão insistiu e disse que os donos do Palmeiras são os 18 milhões de torcedores, razão pela qual a receita do futebol não poderia se comunicar com o clube social, para ouvir em resposta que os 18 milhões não são donos, porque eles não pagam pro clube. Os donos são os 15 mil sócios, que são os condôminos… eles que compraram o título, eles que pagam.

Eu quase caí do sofá. Quer dizer que você que é torcedor do clube mas não é sócio, que paga R$ 160,00 para usar uma camisa oficial do Palmeiras; que paga R$ 40,00 pra assistir em pé a um jogo de futebol, muitas vezes com jogadores que você não pararia pra ver jogando num desafio ao galo; que pega uma caravana e vai acompanhar o Palmeiras fora do Estado, viajando 20 horas de busão num final de semana; você que gasta setecentos paus por ano de pay-per-view, você NÃO IMPORTA!

Quem importa são os octagenários que frequentam as quadras de Bocha, porque eles pagam a mensalidade de R$ 50,00. Esses são os verdadeiros agregadores de valor à Sociedade Esportiva Palmeiras. É pra eles que devem ser dirigidas as mulambas campanhas de marketing…

O programa foi pro intervalo e o Formigão nem voltou, de tão puto que deve ter ficado. O Protti deu a oportunidade do Frizzo tentar consertar – sem muito sucesso – e a entrevista continuou, até que o Tarso perguntou se havia possibilidade de numa futura eleição direta os sócios-torcedores terem possibilidade de votar.

A resposta, imediata, foi acho que não, porque eles não são sócios do clubeNós não podemos deixar o destino do clube tão na mão de pessoas que não tiverem um mínimo de vivência dentro do clube.

Resumo da ópera: o Palmeiras não é dos 18 milhões de torcedores, que sustentam o clube e são a única razão de a SEP não ter virado o “Palmeiras de Desportos”, como diz o Milton Neves, nesses 11 anos sem conquistas expressivas e uma visita ao Purgatório da Série B. Mas, o Palmeiras também não é dos seus 15 mil sócios, que pagam a mensalidade do clube e sustentam as despesas sociais…

… o Palmeiras é dos 288 conselheiros que conhecem quem é quem, que acompanham o dia-a-dia do clube, esses sim são os verdadeiros donos do Palmeiras.

Essa é a esplêndida visão da nossa nova diretoria. Quero muito crer que isso não passou de um mal-entendido. Por favor, que assim seja!

É muito cedo pra criticar, pra condenar ao insucesso a nova diretoria. Até ontem, o discurso vinha sendo coerente e o episódio aqui narrado pode ter sido um simples equívoco. Mas o alerta tem que ser dado desde já. Se não for repelida a mentalidade retrógrada e, de certa forma, feudal que há muito assombra o Palmeiras, é melhor o palmeirense manter suas expectativas baixas e a corneta em mãos.

Se os exemplos de sucesso forem desprezados assim como o Diabo fugiria da Cruz, aí sim que o Diabo-boi vai ter que fugir mesmo da Cruz (de Savóia), da Mancha, da TUP, da Pork’s e dos outros 18 milhões de “insignificantes” torcedores do Palmeiras…

Que o espirito do Tirone pai se apresente e ajude que o Tirone filho tenha um pouco mais de visão do que pareceu não ter seu vice presidente de futebol, para promover as reformas estatutárias tão necessárias e, principalmente, que tenha  sabedoria de agregar ao departamento de futebol um gestor profissional e um diretor de marketing dos mais competentes.

Porque pelo andar da carroça…

AVANTI PALESTRA!

Portuguesa 0x2 Palmeiras – Rodada 5 – Paulistão 2011

Em um jogo difícil, uma vitória maiúscula.

Desde o Palmeiras de Jorginho, em 2009, não víamos 4 vitórias seguidas. Sinais claros de novos e bons ares. O desacreditado Palmeiras do início do campeonato (né, Casagrande?), vai constituindo uma campanha regular e acima de todas as expectativas, até das nossas próprias.

O lado esquerdo da defesa continua sendo o calcanhar de Aquiles. Conivaldo e Caramujo continuam sem nenhuma condição de atuar com nosso manto. Mesmo assim, a estréia de Thiago Heleno foi boa, embora se tenha a consciência de que a dupla com Maurício Ramos forma uma zaga lenta. Nada que a volta de Gabriel Silva e a saída do Conivaldo e do Caramujo do time não resolvam.

Felipão manteve o 4-3-3 dos últimos 03 jogos, na minha opinião de forma equivocada, já que o Telmário jogando aberto – porque o Bigode, acertadamente, põe o Kléber de centro-avante – não funciona. Talvez fosse melhor já começar com o Patrik, com o Max ou com o MJ, que entraram no segundo tempo e acertaram o time.

Foi um jogo duro, em especial pra quem esperava uma Lusa fraca pela ausência de 8 titulares. O primeiro tempo, sem gols e sem grandes emoções, foi prova disso. Ora o Palmeiras dominava, ora a Lusa, mas sem muito perigo.

No segundo tempo, Felipão voltou com Patrik no lugar do inoperante Telmário, que já está merecendo o banco de reservas (não que alguma vez tenha merecido ser titular). Especialmente se forem consideradas as boas estreias de Max Pardalzinho e MJ. O primeiro foi a campo no lugar do @luansantanaevc, enquanto que o Rei do Pop entrou pra jogar meio fora de posição, no lugar do TInga.

E o gol custou a sair. Aos 36, Caramujo rolou da intermediária pro Gladiador dominar saindo da área e rolar na direita pro Cicinho pegar de primeira, de fora da área, bola cruzada e cheia de efeito, sem nenhuma chance pro goleiro Weverton. Um golaço, com direito a comemoração de torcedor. É Vitor, sua batata tá assando…

O Palmeiras soube conter as investidas da Lusa na busca pelo empate e, aos 46 fechou o caixão. Bola em profundidade para o estreante MJ (o Rei do Pop), que passou pelo meio de dois marcadores e rolou pro Gladiador no meio da área. Entre três marcadores da Lusa, Kléber girou de direita e, com a esquerda, deu números finais ao jogo. Resultado importante, que mantém o Palmeiras na cola das sardinhas, com mesmo número de pontos e 02 gols a menos de saldo.

Destaque pras boas estréias de Thiago Heleno, MJ e Max Santos. No primeiro lance do Pardalzinho, já limpou dois zagueiros da Lusa e ficou na cara do gol, mas finalizou em cima do marcador. Rápido e habilidoso, será muito útil para os jogo em que o Palmeiras tiver que puxar contra-ataques.

O Rei do Pop mostrou que, se continuar jogando assim, merece muito ser titular. É o que deve acontecer no próximo jogo, já que o Gladiador tomou o terceiro amarelo e não enfrenta o Mirassol.

E o Thiago Heleno, assim como o M. Ramos, foram seguros, embora o ataque da Lusa não oferecesse muito perigo, a não ser pelo bom camisa 11 da Lusa, Henrique, jogador diferenciado formado nas categorias de base da Portuguesa.

Marcos teve novamente uma atuação esplêndida, digna de um Santo, assim como o Gladiador, que apanhou novamente feito louco e foi um dos melhores em campo. Jogaram como a gente espera que eles joguem sempre.

Se ainda é cedo pra fazer alguma projeção otimista, o Palmeiras vai construindo uma campanha excelente e sem poder contar com seus principais jogadores. O time titular deve ser Marcos, Cicinho, Mauricio Ramos, Thiago Heleno e Gabriel Silva, Chico, Assunção (João Vitor), Tinga (Max Santos) e Valdívia, Kléber e MJ (Luan). E ainda tem gente pra chegar, especialmente se confirmadas as saídas de Lincoln e Danilo. É um time que pode ser muito versátil, em especial se o Felipão continuar acertando a mão nas substituições.

Enfim, as coisas vão bem. Como há muito tempo não se via. Tão bem que, desde a criação deste Blog, é a primeira vez que o Palpite do Maluquinho foi na mosca! Só errei quem fez os gols, mas aí cês já tão querendo demais…

Domingo que vem, teremos a chance de afastar de vez as nuvens negras do Palestra e afundar geral os Gambás toliminados da PréLibertadores. Daí não quero mais nada. Só um cafezinho!

Os gols do jogo, do youtube (imagens SporTV):

A ficha técnica, chupinzada do 3VV, como sempre! =)

FICHA TÉCNICA:
PORTUGUESA 0 X 2 PALMEIRAS

Estádio: Canindé, São Paulo (SP)
Data/hora: 30/01/2011 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Auxiliares: Márcio Jacob e Luis Alexandre Nilsen
Renda/público: R$ 224.520,00 / 9.304 pagantes
Cartões amarelos: Preto Costa, Domingos (POR); Kléber, João Vítor (PAL)
GOLS: Cicinho, 36’/2ºT (0-1); Kléber, 45’/2ºT (0-2)

PORTUGUESA: Wéverton, Paulo Sérgio (Rafael Silva, 24’/2ºT), Domingos, Preto Costa e Marcelo Cordeio;
Ferdinando, Ademir Sopa, Guilherme e Henrique (Dinei, 37’/2ºT); Héverton e Luis Ricardo. Técnico: Sérgio Guedes.

PALMEIRAS: Marcos, Cicinho, Mauricio Ramos, Leandro Amaro e Rivaldo; Márcio Araújo, João Vítor, Tinga (Adriano, 28’/2ºT); Luan (Max Santos, 10’/2ºT), Kléber e Dinei (Patrik, intervalo). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

AVANTI PALESTRA!

Tem Jogo! Lusa x Palmeiras – Rodada 5 Paulistão 2011

Alo palestrinos primo campione mondiale, oINctacampeões brasileiros!

Amanhã no Canindé o Palmeiras pode assumir a liderança isolada do Paulistão, dependendo também do resultado dos lambaris contra a bambizada.

Assunção está fora, lesionado, assim como Danilo, que viajou para a Italia e talvez nem volte mais. Mas o Santo foi relacionado, assim como Thiago Heleno e Max Pardalzinho. Eis os jogadores que podem ir pro jogo:

Goleiros: Marcos e Deola
Laterais: Cicicnho, Vitor e Rivaldo
Zagueiros: Mauricio Ramos, Thiago Heleno e Leandro Amaro
Volantes: Márcio Araújo, João Vitor e Bruno Turco
Meias: Tinga e Patrik
Atacantes: Kleber, Dinei, Luan, Adriano, Vinícius e Max Santos

Com isso, o time titular deve ser mantido no 4-3-3 com Marcos, Butt-Head (#2), Leandro Amaro (Thiago Heleno), Maurício Ramos e Conivaldo, João Vitor, Caramujo e Tinga, Kléber, @luansantanaevc e Telmário (#29).

Outra opção, refletindo o treino do meio da semana, pode ser o 3-5-2 com Marcos, Thiago Heleno, Maurício Ramos e Leandro Amaro, Butt-Head, Caramujo, João Vitor, Tinga e @luansantanaevc, Kléber e Telmário.

A Lusa não terá seus principais jogadores (Dodô, Mauricio, Marco Antonio, Fabrício e Heverton) e recebe o Palmeiras com Wéverton, Paulo Sérgio, Preto Costa, Domingos e Marcelo Cordeiro; Ferdinando, Sopa, Glauber e Ivo; Kempes e Luis Ricardo.

A arbitragem fica pro conta de Luis Alexandre Nilsen. A expectativa é que seja mais uma péssima arbitragem. Clássico tem que ter árbitro conhecido, macaco velho e não um mano que ninguém nunca ouviu falar, viu Coronel Marinho?

Se o Palmeiras almeja alguma coisa deste campeonato, não pode nem tomar conhecimento da Portuguesa. Não é um time bobo, mas sem seus principais expoentes, não pode fazer frente ao time de Felipão. A dúvida é saber como vai se comportar a zaga sem o Danilo, já que o Maurício Ramos tem falhado demais em bolas relativamente simples e o Conivaldo tem sido um fardo pra defesa, errando 103% das jogadas. Talvez por isso Felipão possa optar, antes ou durante da partida, pelo 3-5-2 visto nos treinamentos.

Por uma lambança da organização do Paulistão, amanhã à tarde estarão nas ruas as torcidas de Palmeiras, Portuguesa, Bambis, Lambaris e Gambás. O André Guerra, presidente da Mancha, chegou a mandar uma carta ao promotor Paulo Castilho exigindo que os jogos fossem alterados de data/horário ou que as medidas de segurança fossem devidamente adotadas. Até o momento não li que a PM ou o MP estariam adotando quaisquer precauções pra evitar confrontos. Depois reclamam, mas na hora de prevenir, eles proíbem a entrada de faixas e instrumentos musicais, verdadeiras “armas”. Vai entender… Muita atenção na ida e saída do jogo amanhã, galera!

Palpite do Maluquinho: 2×0 Palestra, gols de Adriano Michael Jackson (who’s bad?) e @luansantanaevc. Ah, e o Domingos vai expulso, aos 43 do primeiro tempo, se o juiz não for comédia.

AVANTI PALESTRA!

Arena Palestra Itália

Enquanto as obras da ARENA seguem a todo vapor, eu tava devendo um post decente sobre esta que será a primeira, maior e mais moderna arena multi-uso da América Latina.

A fonte das informações a seguir é o site oficial do clube.

Agência Palmeiras
27/05/2010 19h30
O torcedor palmeirense se despede do velho Palestra Itália, o estádio mais antigo em atividade no Brasil, palco de inúmeras glórias e alegrias, e começa a sonhar com a Arena, que será o mais moderno complexo esportivo das Américas. Prepare o coração, torcedor alviverde, porque o sonho de todas as gerações será colocado em prática e vai surpreender a todos com sua grandiosidade e beleza.

“Estamos prestes a sofrer uma verdadeira revolução na nossa história. O projeto Arena é um presente para todas as gerações de palmeirenses e palestrinos. Não é um projeto de uma Presidência ou uma diretoria, mas sim de todos os palmeirenses. Estamos muito perto de uma total independência financeira, da realização de ter um estádio moderno e um clube totalmente novo”, afirmou Luiz Gonzaga Belluzzo, presidente da Sociedade Esportiva Palmeiras.

A concepção do projeto ficou a cargo do arquiteto Tomás Taveira, um português que atualmente é uma das principais referências da nova arquitetura européia, com a assinatura de importantes projetos esportivos, como os estádios do Sporting, Leiria e Aveiro, todos utilizados com sucesso na Eurocopa 2004.

A capacidade da Arena está definida: 45 mil expectadores, ideal para abrigar qualquer tipo de jogos finais e, ainda, competições importantes internacionais. Com relação ao estádio atual, mudanças fundamentais serão realizadas.

O anel inferior da arquibancada será fechado na parte das piscinas, passando para uma capacidade de 30 mil lugares. Acima, dois andares com cerca de 250 camarotes e cabines de imprensa se erguerão (um restaurante, com vista para o campo, será instalado neste novo anel). A capacidade total deste novo espaço ficará em torno de 5 mil lugares. A imprensa ficará instalada nos dois lados do campo (do lado da av. Padre Tomás ficarão as cabines de TV, e do lado da Turiassu, as cabines de rádio e imprensa escrita). Por fim, um anel superior, que será destinado às cadeiras especiais da nova Arena, comportarão um público estimado de 10 mil torcedores.

Para não prejudicar a área do conjunto aquático e, assim, causar transtornos aos sócios, o campo de futebol será deslocado cerca de 7 metros em direção ao lado do placar eletrônico. A parte inferior do gramado –onde hoje estão os vestiários do futebol profissional, de um lado, e os vestiários femininos, de outro—será totalmente aproveitado no novo projeto. Este local contará com quatro novos e modernos vestiários para as equipes de futebol, totalmente adaptados às exigências da FIFA.

A entrada dos times em campo, assim como a posição dos vestiários, também muda. Na Arena, os times passam a ter entrada comum, pela área central do gramado (onde ficam hoje as numeradas cobertas). Assim, os ônibus com as delegações do Palmeiras e visitantes vão ter acesso pelo portão da Turiassu.

O Jardim Suspenso, inovação do Palestra Itália, continua. Mas com modificações. Os torcedores, por exemplo, não transitam mais no corredor abaixo do campo, que passa a ser apenas para o corpo administrativo da Arena, autoridades, policiais, ambulâncias, etc. Haverá, ainda, um estacionamento interno para o uso de caminhões e veículos da imprensa, além de carros da polícia e ambulâncias.

A Arena será construída com tecnologia de última geração e terá projetos de sustentabilidade, principalmente no que diz respeito ao uso e reaproveitamento de água, energia elétrica, etc.

Mas a futura Arena não será destinado apenas ao futebol: será um importante pólo de eventos culturais, musicais e esportivos em geral. Para shows, por exemplo, a capacidade chegará a 60 mil. Além do estádio, o complexo irá contar com um auditório modular que comportará entre 500 e 2.000 pessoas e um anfiteatro modular para receber eventos de 2.000 a 20 mil pessoas.

A localização da Arena é um dos grandes trunfos do projeto. A proximidade do centro da cidade e acesso a grandes vias — como a Marginal Tietê, avenidas Sumaré, Francisco Matarazzo, Marquês de São Vicente e Pompéia— faz com que o projeto seja único e diferenciado. Isto tudo na maior cidade da América do Sul e principal centro econômico do País.

O projeto

Com investimento total de cerca de R$ 300 milhões, a WTorre inicia o projeto de transformar o estádio Palestra Itália na mais moderna Arena multiuso das Américas, nos moldes de qualidade e conforto e praticidade das principais praças esportivas da Europa, e totalmente dentro dos rígidos padrões exigidos pelo caderno de encargos da FIFA. Deste total, cerca de R$ 50 milhões ficam destinados para a construção de melhorias no clube social, além dos novos vestiários junto às piscinas, e na construção de prédios administrativo e esportivo no complexo da Arena.

O projeto Arena está regularizado na Prefeitura de São Paulo e já passou com aprovação por todos os departamentos e secretarias municipais envolvidos na questão. Todas as garantias bancárias estão asseguradas, o que oferece total garantia e segurança para o início e conclusão do projeto.

As obras, no clube, já começaram pela relocação das quadras de tênis. “Nossa previsão é que em aproximadamente um ano os prédios administrativo e de quadras estejam prontos. Já em relação à Arena, calculamos dois anos. Ou seja, em meados de 2012 todo o complexo estará pronto”, afirma José Cyrillo Jr, diretor de Planejamento do Palmeiras.

O Palmeiras ganhará em todos os sentidos. O associado terá um clube completamente novo, o mais moderno do Brasil, com novas quadras cobertas, ginásio, restaurantes, lanchonetes e todo o conforto possível.

Na parte financeira, novas fontes de renda –hoje inexistentes– vão garantir um futuro brilhante à Sociedade Esportiva Palmeiras. A renda de todos os jogos do Palmeiras na futura Arena serão 100% do clube. Pelo contrato entre Palmeiras e WTorre, todas as despesas para a utilização da Arena (luz, água, segurança, limpeza, seguros, manutenções do gramado, etc.) ficarão a cargo da empreendedora –estes gastos estão estimados em cerca de R$ 9 milhões anuais, estimando-se até 40 jogos por ano.

O Palmeiras terá uma participação crescente em todas as propriedades da futura Arena (camarotes, cadeiras cativas e especiais, restaurantes, lanchonetes, etc.), durante os 30 anos de concessão, que variam de 5% (as propriedades) a 20% (as receitas), valores estes que crescem 5% a cada 5 anos.

 

“A Arena, quando concluída, não será apenas um moderníssimo espaço para o futebol, mas será o principal local dos principais shows e eventos da cidade de São Paulo. Será uma referência mundial, um motivo de orgulho para todos os palmeirenses”, disse Cyrillo, referindo-se às múltiplas formas de utilização do espaço.

Os dois vídeos da Arena no Youtube:

Nos Blogs La Nostra Casa e Novo Palestra, pode ser seguida a evolução das Obras.

AVANTI PALESTRA!

Alguns números sobre torcida

Pra quem possa interessar…

Outro dia li que em 2010, o Palmeiras vendeu 1.027 milhões de camisas oficiais, contra 1.038 milhões da gambazada, no ano do seu centenada. Matéria da revista VEJA.

Esta semana, foi publicado que na venda de produtos licenciados, a miniatura do goleiro Marcos representa 47% de todas as vendas no Brasil, seguido de Valdivia (25%) e Kléber (16%). O boneco do Gordo representa míseros 2% das vendas. E o do mano do meião, 1%. Matéria do GLOBOESPORTE.COM.

Com 22 milhões de acessos em 2010, o site oficial do Palmeiras é o segundo mais acessado no Brasil. Dados comentados pelo AnyThing Palmeiras.

Alguns dados mais antigos, mas não menos válidos, também interessam…

Ranking – venda de camisas em 2009 – média mensal:

Fonte: Jornal Valor Econômico e site do globo.com

1° Flamengo: 92.022

2° Corinthians: 87.174

3° Palmeiras: 73.905

4° São Paulo: 70.716

5° Vasco: 63.617

Ranking – comercialização de Pay-per-view em 2009:

Fonte: Globosat / Ibope / Datafolha http://www.futebolfinance.com/vendas-de-pa…bes-brasileiros

1° Flamengo: 12,6%

2° Corinthians: 11,8%

3° Palmeiras: 8,9%

4° São Paulo: 8,0%

5° Internacional: 8,0%

Ranking – material esportivo Adidas mais vendidos no mundo – maio/2010:

Fonte: O Estado de SP

1° Real

2° Milan

3° Chelsea

4° Bayern

5° Palmeiras

Posso continuar a citar outros dados, que mostram que às vezes, pesquisas sobre torcidas não são coerentes. Mas, se preferirem ler apenas o resultado final da pesquisa do DataFoda-se, por exemplo, então posso parar por aqui.

Não adianta perguntar pra qual time que o cara torce e pronto. Para que se possa ter uma verdadeira dimensão do papel da torcida para cada time, tem que se avaliar a quantidade de torcedores sim, mas também de que forma esse torcedor contribui ao clube. Daí porque critérios como a avaliação da compra de produtos licenciados e/ou oficiais, pay-per-view, arrecadação com bilheteria, etc, pode dar uma dimensão mais precisa sobre a diferença entre torcedor e simpatizante, que é o tal do grau de interesse.

A explicação, sempre precisa, sobre a influência que o grau de interesse deveria ter no resultado das pesquisas é do Vicente Criscio, no 3VV, e a conclusão que se chega na brilhante análise é que quantidade não corresponde a qualidade. Exemplo disso é que, segundo os dados da pesquisa, dos 34 milhões de urubus no Brasil, mais de 8 milhões não tem nenhum interesse por futebol e, logo, raramente compram camisas, vão aos jogos, etc e, portanto, não geram receita para o clube.

Outra coisa importante. A bilheteria não é a maior receita dos clubes. Faça as contas: 1 milhão de camisas vendidas significa R$ 150.000.000,00 de receita. Pro clube sobram 10 milhões, se for considerado que o fornecedor de material esportivo leva a maior fatia.

Um público médio de 10.000 pessoas a um ingresso médio de R$ 25,00 significa um faturamento médio de R$ 250.000,00 por jogo. Ou 100.000, abatidos os gastos com a realização da partida, em especial pros times que por estarem sem casa (momentaneamente ou desde sempre), alugam o Pacaembu. Se o clube mandar 40 partidas por ano, fatura 4 milhões de bilheteria. Se forem 20.000 a cada jogo, ainda assim a receita com venda de camisas seria maior. Isso sem falar em venda de produtos licenciados, patrocínio ou cotas de TV, outras fatias gordas do orçamento dos clubes.

E um último dado, que pode parecer surpresa para alguns: a média de público nos estádios depende necessariamente da qualidade do time em campo. Em 2008, que o Palmeiras havia sido campeão paulista e disputou o título até a reta final do Brasileirão, a média de público foi de 16 mil pagantes. Em 2009, em que o Palmeiras disputou o título e liderou por metade do Brasileiro, a média foi de 19 mil. Já em 2010, em que o time se situou no meio da tabela, sem chances de título, e que o estádio fechou e os jogos passaram a ser mandados ora no Pacaembu, ora em Barueri, a média foi de 10 mil. Ou seja, menos gente no campo não significa que a torcida está diminuindo. Significa que a torcida está indo menos no jogo, seja porque o time vai mal, porque o estádio fica a 30 kms do Centro da cidade e está marcado pras 22hs, ou por qualquer outra razão.

Esse raciocínio vale pra qualquer time. A média dos Gambás em 2009 (décimo colocado) foi de 20 mil. No ano passado, em que a gambazada deixou passar o Brasileiro mais roubado de todos os tempos e disputou o título até a última rodada, a média foi de 27 mil. Sinal que a torcida aumentou? Obviamente que não.

Todo time tem torcedor que só vai no jogo quando o time está bem. E tem os que bem ou mal, estão lá todos os jogos. Assim como os zé poltrona, que pisam no estádio, quando muito, só em clássico e final. A frequência com que cada um desses tipos de torcedor comparece no estádio não pode ser sinal de que a torcida aumentou ou diminuiu, que a torcida envelheceu, ou qualquer bobagem dessas que falam por aí.

Concluindo, minha opinião é de que mais torcida no estádio não quer dizer, necessariamente, uma melhor torcida. Já o nível de fanatismo e de comprometimento do torcedor com o clube, seja no estádio, na loja do clube ou na poltrona de casa, isso sim faz a diferença.

Por isso que o Palmeiras é a terceira maior TORCIDA do Brasil, mesmo com as pesquisas indicando que os Bambis tem mais SIMPATIZANTES.

Sintam-se à vontade para discordar. A maioria desses dados já estavam disponíveis há tempos e essas considerações já foram feitas, com muito mais propriedade, por todos os sites da mídia palestrina.

Mas, nunca é demais relembrar…

AVANTI PALESTRA!

PorcoNews n.18

Alo palestrinos oinctacampeões!

O Porconews de hoje é no pique e mais uma vez de dentro do taxi…

TREGUA

Há quanto tempo não liamos uma noticia dessas: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/palmeiras/noticia/2011/01/mesmo-sem-os-encantos-do-santos-palmeiras-celebra-com-boa-fase.html

As coisas parecem boas pro nosso lado. Tão boas que a imprensa gambá até deu uma folguinha pra gente. Coisa rara. Vamos ver o que acontece depois da primeira derrota…

RIVALDO NOS BAMBI

Acho que sou minoria, mas não tô nem aí do Rivaldo ter ido pras bichas. Lembram quando Evair foi pra lá? Ou o Sampaio? Nao deu em nada e continuam sendo nossos ídolos. E pra encerrar: lembram do que deu a volta do Giovani nas sardinhas? Sem mais.

DANILO

O zagueiro falastrão pode ser vendido nos próximos dias para a Udinese, por 4 milhões de reais. Tchau, já vai tarde. Como disse o Verdazzo essa sana sobre o Gordo dos Gambás: tem a boca maior que o futebol. Não vou sentir falta.

LENNY

Depois de passar 95% do seu contrato confraternizando com os enfermeiros do Departamento Médico do Palmeiras, Lenny foi embora. O Netinho da vovó representou toda a incompetência da diretoria. Primeiro por ter aceitado esse chinelinho como moeda de troca naquela fita do Thiago Neves com o Flu. Tinha que ter ido pro pau e no fim ficamos com fama de time bunda mole. Basta ver que hoje os lambaris tão querendo melar o pré-contrato do Maikon Leite. Depois, demorou demais pra mandar embora. Que isso não se repita.

Por hoje é só. Amanhã é nois no ensaio da Manvha e domingo, Canindé.

AVANTI PALESTRA!

Palmeiras 3 x 1 Paulista – Paulistão 2011

O Palmeiras obteve uma boa vitória contra o Paulista ontem, pela rodada 4 do Paulistão, igualando-se às sardinhas na liderança do Campeonato.

Cade o Casagrande agora, hein? Eu sei que é cedo pra falar, mas o bobentarista da Rede Gambá disse, aos 5 minutos da primeira transmissão do Campeonato, no jogo dos Bambis, que o Palmeiras não disputava o título. Na rodada seguinte, o comentário genial foi – O Palmeiras pode ser campeão ou ser rebaixado.

Deixando os babacas da imprensa de lado, ontem o Palmeiras jogou bola. O Assunção acertou o pé e guardou mais um gol de falta. Ali na bancada, pouco antes dele bater na bola, avisei pros camaradas que esta semana ele treinou cobrança de falta com o Felipão do lado, e disse que ainda estava se adaptando à bola. Eu disse pros caras – Ele ainda tá se adaptando a 2011, o juiz apitou, só deu tempo de dizer – Cala a minha boca! e a bola já estava na rede! Foi plástico, daqueles que o goleiro se esborracha na trave e não consegue tirar. Belo gol! Bem-vindo a 2011, Kid… mas, aí o Assunshow sentiu uma contusão e foi substituido ainda no primeiro tempo pelo João Vitor, o estreante da noite.

Aos 37, jogada de Luan pela esquerda, bola rolada pro Conivaldo dentro da área que achou Kléber, quase na marca do penalti, que fez gol de matador, dominou com a direita levantando pra fuzilar de esquerda, sem chances pro goleiro. 2×0.

No começo do segundo tempo, Felipão sacou o Telmário, que estava de espectador na partida e colocou seu xodó em campo, Patrik. A torcida queria ver o rei do Pop jogar, mas o Bigode fez certo. O time já estava começando a tomar canseira do Paulista que, perdendo por 2, foi pra cima do Verdão.

E não que é o Patrik deu certo ontem? Recebeu bola rasteira na entrada da área, dominou pro alto e mandou a bota, no canto oposto do goleiro. 3×0 e uma sensação que eu não tinha há algum tempo de PAZ…

… Que durou muito pouco, já que alguns minutos depois, Mauricio Ramos fez mais um, depois de bola cruzada e espirrada na área. Só que o gol foi contra e o Santo, que estava mais uma vez tendo atuação de gala no seu retorno, nada pôde fazer.

Mesmo assim, o Palestra não se abalou e continuou apresentando bom futebol até o final do jogo. Um pouco antes do final, Tinga deu lugar ao Vitor e Cicinho foi jogar no meio. Segundo o Felipão, essa mudança não é uma futura opção tática, apenas foi a alternativa encontrada pra fechar melhor o meio de campo e impedir que o bom time do Paulista crescesse no jogo.   

O fato negativo foi apenas 7.000 pessoas no Pacaembu ontem. Tudo bem que o jogo foi as 22hs, sem nenhum motivo aparente, tudo bem que teve ensaio da Mancha ontem no mesmo horário, tudo bem que o camponato acabou de começar, tudo bem que o ingresso não tá barato, mas 7.000 é sacanagem. Depois os caras zoam por aí e fulano fica ofendido…

Os gols da partida no youtube:

A ficha técnica, emprestada do 3vv, como de costume:

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 27/1/2011 – 21h50
Árbitro: Vinicius Furlan
Auxiliares: Giulliano Neri Colisse e Fabio Rogério Baesteiro
Renda/público: R$ 190.452,00 – 6.113 pagantes
Cartões amarelos: Baiano, Bruno Formigoni (PAU) Kleber (PAL)
Cartões vermelhos: Não houve
GOLS: Marcos Assunção 19’/1°T; Kleber 43’/1°T; Patrik 21’/2°T; Maurício Ramos (contra) 34’/2°T

PALMEIRAS: Marcos, Cicinho, Maurício Ramos, Danilo e Rivaldo; Márcio Araújo (João Vítor – 34’/1°T), Marcos Assunção e Tinga (Vítor – 34’/2°T), Luan, Kleber e Dinei (Patrik – 11’/2°T). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

PAULISTA: Cristiano; Bruno Formigoni, Eli Sabiá, Cleber (Fabiano – 35’/2°T) e Marquinhos; João Paulo, Baiano (Felipe Pinto – 25’/2°T), Barboza (Carlão – Intervalo) e Fábio Gomes; Rone Dias e Hernane. Técnico: Fernando Diniz.

A galera que foi no BuinBom representando antes e durante o jogo (detalhe pro Pesca na grade do Pacaembu!):

Este slideshow necessita de JavaScript.

E no palpite antes do jogo, lá no Buimbom, quem faturou o Motorádio foi o Saleta, que palpitou o placar certo e até o gol do Maurício Ramos, mas ele esqueceu de dizer que ia ser contra…

AVANTI PALESTRA!

Tem Jogo! Palmeiras x Paulista – Rodada 4 – Paulistão 2011

Depois do ótimo empate de hoje do time do Mc Donalds (by Fabio Pugliesi) contra a gambazada (será que vai ter twitcam hoje?), nesta quinta, às 21:50 (?), recebemos o Paulista no Pacaembu, pela Rodada 4 do Paulistão 2011. E vale o topo da Tabela!

Max, João Vitor, Thiago Heleno e Adriano já estão liberados para estrear, mas não é certo que todos sejam relacionados.

Felipão treinou dois esquemas táticos: o 4-3-3 que foi usado nos dois últimos jogos, com Rivaldo em campo e a opção do Adriano no lugar do Luan ou do Dinei e um 3-5-2, com Leandro Amaro de terceiro zagueiro e Luan de ala esquerda, sem Rivaldo no time. Além disso, Marcos pode voltar ao gol.

A escalação, então, é um verdadeiro mistério, e pode ser Deola (Marcos); Cicinho, Danilo, Mauricio Ramos e Rivaldo (Leandro Amaro); Marcos Assunção, Marcio Araujo e Tinga; Dinei, Luan (Adriano) e Kleber. MAs acho que o Felipão vai manter o esquema das duas últimas partidas.

Já os homi vem com Cristiano; Bruno Formigoni, Eli Sabiá, Cleber e Marquinhos; João Paulo, Baiano, Barboza e Fábio Gomes; Rone Dias e Hernane. Hello, strangers, só pra variar…

E na ladroagem, digo, na arbitragem, um tal de Vinicius Furlan. Hello stranger (2)!

Mas não vai ser moleza, o Paulista tá na nossa bota na tabela, com o mesmo número de pontos. Por outro lado, a vitória nos coloca com 10 pontos, o mesmo que as sardinhas que lideram a bagaça; se ganharmos por 4 gols, assumimos a liderança!

Então é isso. 20 hs eu já estarei com a primeira Original na mão lá no BuinBom.

Palpite do Maluquinho: 3×0 Palmeiras, Um do Kléber e dois do Rei do Pop, com direito a moonwalker!

AVANTI PALESTRA!

 

 

Rapidinhas do Maluco

Chico assinou agora à noite.

Max e João Vitor foram apresentados hoje à tarde.

E olha só que bacana a humildade do Max, se derramando em lágrimas por ter conhecido pessoalmente seu ídolo, o @denilsonshow lá na Academia, no dia de sua apresentação (crédito de Fabio Finelli).

A matéria será exibida no Jogo Aberto desta quinta-feira. Detalhe ficou para o golaço que o Max fez de fora da área no treino de hoje. (atualizado, veja o vídeo).

AVANTI PALESTRA!

%d blogueiros gostam disto: