Palmeiras e Valdívia atropelam Avaí no Pacaembu

Ontem, foi dia do Atlético Mineiro fazer um favor ao palmeirense e colocar a gambazada no seu devido lugar… atrás do segundo colocado. Hoje, foi a vez do Palmeiras devolver a gentileza ao Galo Doido, e manter em um ponto a diferença dos mineiros para o time catarinense e, também, da zona da degola. 4×1 no Avaí, para retribuir, com juros e correção, a injusta derrota do primeiro turno, que marcou o primeiro jogo do Felipão no comando do Palmeiras.

20 jogos depois, Felipão transformou aquele amontoado de jogadores em um time de futebol. Hoje percebe-se que o cara é inteligente. Achou o esquema tático e não o abandona por nada neste mundo. Já disse aqui que acho uma certa teimosia do Felipão insistir em Rivaldo no time titular. Mas, pensando bem, embora seja amplamente desqualificado, o volante é o jogador reserva que mais se aproxima de tentar exercer a função do titular Tinga na equipe: marcar, muito, e sair jogando.

Não, este blogueiro não ficou louco. NÃO quero Rivaldo no time titular. Mas está claro que o Lincoln não conseguiria imprimir o mesmo ritmo na marcação que o Tinga e, em muito menor grau o Rivaldo, exercem no meio de campo.

Um meio de campo com Lincoln e Assunção no primeiro combate possivelmente iria abrir um buraco na meia, como cansamos de ver no ano passado, quando CX10 e Pierre estavam contundidos.

Então, até o Tinga voltar, é melhor que o time comece mesmo com o cabeça-de-bagre do Rivaldo. Pior é que hoje ele quase jogou bem…

Vamos ao jogo. O primeiro lance da partida já mostrava o que estava por vir: Valdivia recebeu a bola e driblou o meio de campo inteiro do Avaí.

Na seqüência, vacilo da inédita zaga Fabrício e Mauricio Ramos que terminou com uma bola no travessão de Deola.

Ainda no começo do jogo, falta em Kléber na intermediária, lado esquerdo. Assunção bateu com veneno e o Mago, quase da entrada da área, desviou consciente, tirando do goleiro Zé Carlos. Palmeiras 1×0.

Mais um lance genial do Mago pelo meio, falta não marcada com vantagem para o Assunção chutar forte, perigosamente, de fora da área.

E o Rivaldo quase fez um golaço, com drible de corpo e finalização em cima do goleiro.

O Avaí passou a pressionar e vinha tentando descontar até que, num lance de escanteio, a bola sobrou para Roberto, impedido, empatar. Lance díficil, só contra o Palmeiras é irregular… Fim do primeiro tempo.

E o segundo tempo começou com o Palmeiras sem modificação. Logo de cara, aos 4 minutos, o Mago recebeu bola no meio, limpou o zagueiro e sentou a bota, do meio da rua, no ângulo direito, um golaço, plástico, lindo, lindo, linnnndo (assim narrou Ulisses Costa), digno de derrubar da cadeira a Tania Clorofila. GO-LA-ÇO! Esse é o Mago, esse é o cara! Sou mais feliz hoje por ter presenciado uma pintura dessas ao vivo.

Daí o lance inusitado do jogo. O juiz marcou penalti em Rivaldo aos 10 minutos, que não foi. O goleiro do Avaí, então, resolveu foder de vez com o time catarinnse. Primeiro, deu um soco na bola que estava na mão do Valdívia, recebendo um cartão amarelo. Depois, após ter defendido o penalti muito mal batido pelo Gladiador, resolveu tirar uma onda com o Kléber, enfiando a mão na cara do K30. Agressão clara, cartão vermelho e outro penalti pro Palmeiras. Ô cara burro… Dessa vez o K30 guardou. Palmeiras 3×1.

Vitor sofreu contusão e deu lugar ao Patrick… Depois Rivaldo saiu para a entrada de Lincoln.

Aos 25, Gabriel Silva, canhoto, dominou com a direita e com ela mesma acertou o ângulo do goleiro do Avaí. Outro golaço, do meio da rua. 4X1, pra dar números finais ao jogo. Como deveria ter sido no primeiro turno. Destaque para a atuação de gala do Mago, que fez dois, causou, marcou, roubou bolas e simplesmente o melhor em campo, como a muito o palmeirense não via.

Com o resultado, o Palmeiras se manteve na nona posição, junto com Santos e Gremio. Está a dez pontos do Fluminense, 9 do Cruzeiro e 7 da gambazada. E ainda enfrenta os 3. Dá pra chegar? Sinceramente não sei. Mas depois de 13 pontos de 15 disputados, e o futebol do time crescendo enquanto que Fluminense, Corinthians e Cruzeiro vão tropeçando, não é impossível.

Dos times que estão na nossa frente, o Palmeiras já pegou no segundo turno o Gremio (vitória fora de casa), o Inter (vitória em casa), empatou com o Santos na Vila, e ainda joga com A/PR – fora, Botafogo – fora (próximo jogo), Gambá, Flu – em casa e Cruzeiro – fora.

E muitos desses ainda se enfrentam. Cruzeiro e Gambá, Cruzeiro e Flu, e por aí vai.

Há 05 rodadas atrás, eram 16 pontos. Agora são “só” 10. Com todos esses confrontos diretos, a se manter a ascensão do time, o Palmeiras passa a ser um dos candidatos a vaga na Libertadores e, quem sabe, até… Como diz meu brother Saleta, deixa no gelo, ainda é cedo pra falar…

Só sei que, se deixarem, a gente leva. E como. Arrancada heróica é com a gente mesmo.

Antes que eu me esqueça: CHUUUPA GUGA!

AVANTI PALESTRA!

Publicado em 08/10/2010, em Palmeiras em Campo, Visão da Arquibancada e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: